Você está na página 1de 15

Gestão de Hospedagem

Aula 3 – Gerente Geral

Prof.a Me. Silvia Rizzo di Lione


• APS
• Etapa 1: Consultar o link
http://periodicos.uesc.br/index.php/cultur/article/view/339, referente ao
artigo “Revenue Management: estudo de caso do gerenciamento de receitas
em uma rede hoteleira”.

• Etapa 2: O artigo apresentado para leitura e consulta mostra a análise do


cenário econômico, a importância da criteriosa segmentação de mercado e o
estudo da previsão de demanda como requisitos fundamentais e
imprescindíveis na aplicação da referida técnica de gestão de receita.

• Explique os indicadores de desempenho descritos para a mensuração da


técnica de gestão, demonstrando os resultados obtidos da rede hoteleira após
a implantação dos processos de gerenciamento de receitas por meio de um
comparativo de desempenho. Este trabalho deve ter no mínimo 8 laudas.

Prazo: 14/05
Vale 0,1 da N2
GERENTE GERAL
Habilidades de Gestão
Supervisão Geral

• Fonte: GESTÃO DE OPERAÇÕES HOTELEIRAS


Autores: David K. Hayes e Jack D. Ninemeier
Editora: Pearson
Capítulos 2: O Gerente geral do Hotel
Capítulo 3: Habilidades de Gestão e Supervisão do GM
Discussão em Grupo

Em grupo de 4 a 5, discutir o que vocês acreditam que um


Gerente Geral deva ter:
(anotar em um papel para entregar) (20 minutos)

- Principais responsabilidade
- Habilidades e Capacidades

- Anotar em um papel para discutirmos depois.


Compartilhar as discussões em grupos
PRINCIPAIS RESPONSABILIDADES

- Relação com os Investidores


Apresentação de Resultados e negociação para investimentos imobiliários (FF&E)

- Gestão de Afiliação da Marca


Monitorar os padrões de qualidade impostos pela marca
- Relação com a Comunidade

Empregabilidade; divulgação local, relacionamento com prefeitos, policiais


PRINCIPAIS RESPONSABILIDADES

- Apoio aos Gerentes


Líder de gerentes que gerenciam equipes. Não é necessário
conhecimentos técnicos específicos, mas um entendimento mínimo
para poder gerenciar.

- Gestão do Hotel

Controle e
Planejamento
Avaliação

Recrutamento e
Organização
Direção
DESENVOLVIMENTO DAS HABILIDADES

Educação:
• Tecnólogo
• Graduação (Bacharelado)
• Graduação Avançada (Pós Latu Sensu ou Stricto Sensu)
• Treinamento On the Job

Desenvolvimento Profissional:
• Associações de Comércio e de Classe (ABNIH,etc)
• Leituras
HABILIDADES DE GESTÃO

• VANTAGENS:
• GERENCIAR POR EXEMPLO
• “O ditado “tudo começa pelo topo”, bastante popular
na hotelaria, é verdadeiro. O modo como o GM
(general manager) se sente e se posiciona em relação
a questões como higiene, segurança ou oferta de
excelência em serviços ao hóspede provavelmente
influenciará a atitude dos funcionários do hotel
quando estes se depararem com as mesmas questões.
O mesmo ocorre no tocante ao foco nas relações
humanas dentro do hotel “ (p. 47)
PRINCIPAIS FUNÇÕES

Gestão de Nível Gerente


Superiorgeral

Gerentes de
Gestão de Nível Médio
Departament
o

Supervisores /
Gestão de Supervisão
Gerentes

Equipe de Base
 HABILIDADES DO GERENTE GERAL
-Habilidade Conceitual: entender e interpretar as informações
-Habilidade Interpessoal: capacidade de se entender com pessoas
-Habilidade Administrativa: capacidade de organizar e focar seus
esforços para a demanda do hotel
-Habilidade Técnica: conhecimento das principais áreas
operacionais do hotel

 RELACIONAMENTOS DO GERENTE GERAL


-Membros da Equipe de gerentes (comitê executivo)
-Demais funcionários do hotel
-Hóspedes / Clientes
-Outras Organizações
-Membros da Sociedade
CAPACIDADES NECESSÁRIAS

• Adaptar-se a mudanças, e buscá-las


• Planejamento
• Liderança / disciplina
• Organização
• Delegação
• Fluxo de Comunicação

• Motivação
• Tomada de Decisão
TOMADA DE DECISÃO

TRADICIONAL RECENTE CONTEMPORÂNEA


• O gerente tomas as decisões • O gerente toma as decisões • O gerente permite que a equipe
unilateralmente após ouvir as opiniões de outras envolvida no problema tome as
pessoas decisões.

CUIDADO! DECISÃO EM GRUPO:


VANTAGENS: DESVANTAGENS:
-Mais opiniões e mais conhecimento -O Gerente é responsável pela decisão, ainda
sobre o problema que não concorde
-Maior número de soluções -Tempo “desperdiçado” por membros da
-Maior número de pessoas envolvidas equipe para a discussão do problema
na decisão -Gerente ter que escolher um lado
-Elevação do moral da equipe -Funcionários mais “fortes” podem manipular
-Decisão mais facilmente os mais “fracos”
implementada -Gerente deve intermediar o processo de
decisão
-Processo mais demorado
PRÓXIMA AULA

Gestão de Receitas
Conceitos e Métricas
• EMAIL: srlione@anhembi.br