Você está na página 1de 10

FUNDAMENTOS PARA O TFG

PLANO DE TRABALHO // 19/03/2021


ETAPAS DE FUNDAMENTOS PARA O TFG
ETAPA -1 PLANO DE TRABALHO

ETAPA -2 REVISÃO BIBLIOGRAFICA

ETAPA - 3 LEITURAS PROJETUAIS

ETAPA -4 DIGNOSTICO DA ÁREA DE INTERVENÇÃO E


LEVANTAMENTO DO TERRENO

ETAPA – 5 PROGRAMA DE NECESSIDADE E


FLUXOGRAMA

ETAPA - 6 DIRETRIZES DE PROJETO


PLANO DE TRABALHO PARA TFG O QUE É?

O Plano de Trabalho é uma pequena amostra do que pretende apresentar no seu TFG.

Entretanto, durante o semestre, será possível alterar ou mesmo mudar o assunto original do
seu plano de trabalho.

Recomenda- se escrever um texto “curto”, em até cinco páginas em folhas A4, fonte Times New
Roman 12, digitado em espaço 1,5.

Durante o processo de produção do caderno do TFG o plano de trabalho pode se transformar


na introdução do trabalho.

Não é necessário neste momento pensar em diagramação e formato do caderno final.


PLANO DE TRABALHO PARA TFG DEVE CONTER:
• 1- TEMA: apresentar o objeto do seu trabalho, o projeto que pretende realizar

• 2- RESUMO DO TRABALHO: Resumir de forma clara e concisa o trabalho de pesquisa que se pretende fazer. O leitor deve conseguir, apenas
com o resumo, entender de modo geral o objetivo e a relevância do trabalho;

• 3- JUSTIFICATIVA DA RAZÃO DA ESCOLHA DO TEMA: Faça uma breve introdução do porquê da escolha do tema e a sua importância para o
estudo. Pode conter uma descrição geral do trabalho indicando as referências bibliográficas relacionadas com o tema;

• 4- OBJETIVOS: Os objetivos a serem atingidos com o trabalho de pesquisa devem ser relatados de forma clara e conexa com a justificativa
descrita anteriormente;

• 5- METODOLOGIA: Deve ser descrita a metodologia que vai ser empregada no trabalho, abordando as técnicas que serão utilizadas e a
forma de análise dos resultados. Pesquisa bibliográfica/ Leituras projetuais ( no mínimo 3)/ estudo de caso/entrevistas/ Diagnóstico da área
de intervenção/ Levantamentos do terreno de intervenção/Programa de necessidade e fluxograma/ Diretrizes de projeto ( conceito/
partido/ espacialização do programa no terreno/ volumetrias);

• 6- CRONOGRAMA: As atividades devem ser listadas em um cronograma relativo ao semestre de 2021-1 No cronograma devem ser
especificadas as previsões para as datas de início e fim de cada atividade.

• 7- BIBLIOGRAFIA: As referências bibliográficas citadas no trabalho devem ser relacionadas. Orientamos o uso das normas da ABNT.
PLANO DE TRABALHO PARA TFG DEVE CONTER:
SUGESTÃO PARA O MODELO DA CAPA DO PLANO DE TRABALHO

TÍTULO DO TRABALHO

Nome do Aluno: noonononononononoon


Nome do Orientador: Profa. Catherine D’Andrea
Centro Universitário Estácio de Ribeirão Preto
Curso de Arquitetura e Urbanismo

Data:
REVISÃO BIBLIOGRAFICA
A revisão bibliográfica deve conter temas que se relacionem com o trabalho proposto.
Busca na bibliografia existente, pensamentos de autores, pesquisas cientificas que abordem
assuntos correlatos ao tema do trabalho.
Exemplo:
Tema: Edifício multifuncional
Revisão bibliográfica:
1- O espaço e suas funções
2- Deslocamentos e suas complicações
3- Mobilidade urbana sustentável
4- Cidade compacta
5- Conceitos de unidades de ocupação planejada
REVISÃO BIBLIOGRAFICA

Para cada tema escolhido deve-se descrever, refletir e


concluir sobre os assunto.

Na revisão bibliográfica o conteúdo é baseado em


textos, livros e pesquisas existentes.

E portanto sempre com citações diretas ou indiretas de


autores.
Exceto quando a reflexão ou conclusão for sua.
REVISÃO BIBLIOGRAFICA
Exemplo citação indireta:

A cidade ideal se apresenta como fruto dos valores éticos, filosóficos e sociológicos de cada cultura
e de cada época. As teorias da cidade evoluem e enriquecem, por isso é difícil saber como é a
cidade ideal, já que algum tempo depois da sua definição ela já não vai corresponder às
expectativas da época. Assim, o Urbanismo não pode ser observado apenas sob o ponto de vista de
uma técnica de estudo e intervenção física do espaço, pois quando de intervém na sua morfologia,
ele necessita ser estudado e planejado conhecendo os aspectos sociológicos, filosóficos, históricos,
etc. e sendo que uma cidade é resultado das diversas mudanças que ocorrem na sociedade, e que
lhe impõe transformações (BONET CORREA, 1989).

No entanto, Segundo Bonet Correa (1989) o termo Urbanismo teria sido criado em 1868, quando
Cerdá escreveu a Teoria General de la Urbanización. O seu surgimento teria acontecido em 1910,
quando teria sido apresentado no Congresso de Londres onde se reuniram vários dos estudiosos
pioneiros no campo do Urbanismo. Neste ano seria utilizado pela primeira vez o termo “Urbanismo”
e se realizou a primeira exposição sobre o mesmo, que teve lugar em Berlim, na Alemanha.
Porém muitos consideram, equivocadamente, como se o Urbanismo fosse, “de fato e de
direito essencialmente pertencente à tradição do saber arquitetônico” Souza (2002)
baseados nas 8 O que parece ainda persistir dentro de ótica corporativista, mas acredito
que esta visão esteja ultrapassada. 10 premissas de Le Corbusier (1984:4, apud.: SOUZA,
2002) que afirmou:

“(...) o urbanista nada mais é que o arquiteto. O


primeiro organiza os espaços arquitetônicos, fixa o lugar
e a destinação dos continentes construídos, liga todas as
coisas no tempo e no espaço por meio de ma rede de
circulações. E o outro, o arquiteto, ainda que
interessado numa simples habitação e, nesta habitação
numa mera cozinha, também constrói continentes, cria
espaços, decide sobre circulações. No plano do ato
criativo são um só o arquiteto e o urbanista(...)”