Você está na página 1de 95

Fundamentos de Nutrição e

Dietética
Importância da Nutrição:

NUTRIÇÃO
SAÚDE
ADEQUADA

PREVENÇÃO DIETA
O que é nutrição?

• É a combinação de alimentos
necessários para manutenção
das funções, para renovação,
crescimento e conservação da
vida.
Por que o corpo precisa de
alimento?

• Detenção de energia
• Reparar perdas do organismo
• Proporcionar crescimento
• Manter a vida
O que é alimento?

• Oferece elementos necessários para manutenção


do nosso organismo.
• São veículos de uma série de substância nutritivas,
que são chamados de nutrientes, que são:
-Hidratos de carbono,
-Gorduras
-Proteínas
-Vitaminas
- Água
- Sais Minerais
A Nutrição se divide em 3
tempos:
1) ALIMENTAÇÃO :

-Eleição: o que a gente escolhe para comer


-Digestão: subdivisão dos alimentos em
substâncias simples
-Absorção: alimento passa para o sangue
2) METABOLISMO: ( transformação que
sofre o alimento no organismo)
-Catabolismo: liberação energia.
- Anabolismo: armazena energia

3) EXCREÇÃO:
-Fezes: 130 ml
-Urina: + ou - 900ml
-Cutânea: + ou – 500ml
-Pulmonar: através da expiração
Necessidade Energética do ser
humano:
NE = MB+AF

NE = necessidade energética
MB = metabolismo basal
AF = atividade física

O consumo energético basal está por volta de


2000 cal/dia.
Trabalho

Leve 50 calorias /hora

50 a 100
Moderado
calorias/hora

100 a 200 calorias /


Pesado
horas
200 ou + calorias /
Muito pesado
horas
• Devemos ingerir uma
quantidade de alimento que
forneça exatamente a
quantidade de calorias que
nosso organismo necessita.
(balanço energético)
Nutrientes:
• Exercem 3 funções:
* Função energética
* Função construtora
* Função reguladora
Proteínas
• Construtoras
• São transformadas em aa
• Utilizadas na formação de novos tecidos e
secreções diversas ( hormônios, enzimas,
anticorpos, etc)

FONTES:
-Animais: ovos, carnes em geral, leite e derivados
-Vegetal: Leguminosas, cereais e castanha do Pará
Conseqüências da falta de
proteínas
• Crescimento retardado
• Menor desenvolvimento da musculatura
• Defeitos de postura (ombros caídos, cabeça
pendida, braços caídos ao longo do corpo)
• Cansaço fácil
• Falta de resistência
• Difícil cicatrização
• Edema
Gorduras ou lipídeos
• Representam a maior fonte de energia
• São mais calóricas que os hidratos de carbono
• Ajudam conservar a temperatura do corpo
• Protegem os órgãos
• Dão sabor e saciedade aos alimentos
• Lubrifica o intestino
• Veículos das vitaminas A,D,E e K

• FONTES:
-Animal: creme de leite, manteiga, banha de porco, toucinho e carnes gordas
-Origem vegetal: óleo vegetal, cereais, leguminosas, margarina e coco.
Conseqüências da falta de
gorduras:

• Emagrecimento
• Falta de resistência
• Falta de vitaminas A,D, E e K
Conseqüências do excesso de
gorduras

• Colesterol
• Diarréia
• Aumento de peso
Hidratos de Carbono

• Fonte energética
• Sevem para poupar as proteínas
• Ajuda no metabolismo da gordura

FONTES:
- Frutas, leguminosas, leguminosas, cereais,
arroz, mandioca, batata, açúcares, doces e
mel.
Conseqüências da falta de
Hidratos de Carbono
• Fraqueza
• Tremores
• Mãos frias
• Nervosismo
• Tonturas
• Desmaio
Conseqüências do excesso de
Hidratos de Carbono

• Obesidade
• Hiperglicemia
Vitaminas
Definição:
• São substâncias orgânicas necessárias que
não são sintetizadas pelo organismo.
• Sem as vitaminas os alimentos não são
aproveitáveis.
• Encontram-se em vários alimentos
• Lipossolúveis
• Hidrossolúveis
LIPOSSOLÚVEIS
Vitamina A
• Requer presença de gordura para absorção,
por isso, pode se reservada.
• Torna o organismo + resistente
• Melhora a visão (retina)
• Matem a vitalidade da pele, cabelos e unhas
• Anticancerígena
• Formação de tecidos epiteliais e ossos
Vitamina A
FONTES:
-Fígado, gema do ovo, creme de leite,
manteiga, rim, frutas, fubá, milho, cenoura,
couve, agrião, espinafre, chicória, mamão, etc

OBS: cores fortes ( amarelo ou verde escuro)


Excesso de Vitamina A
• Hipervitaminose (medicações)
• Cefaléia
• Fragilidade óssea
• Descamação da pele,
• Queda de cabelos
• Náuseas
Carência de Vitamina A

• Problemas visuais
• Cegueira noturna
• Pele seca
• Atraso no crescimento
Vitamina D
• Formação de ossos e dentes ( através da
fixação de cálcio e fósforo
• Anti-raquítica
FONTES:
-fígado, gema do ovo, leite e manteiga
- SOL ( pró-vitamina existente na pele)
Excesso de Vitamina D
• Anorexia
• Vômitos
• Cefaléia
• Sonolência
• Diarréia
Carência de Vitamina D

• Raquitismo ( peito de pombo)


• Pernas arqueadas
Vitamina k
• Anti – hemorrágica ( auxilia na coagulação)
• É sintetizada também pela flora intestinal
• Para ser absorvida precisa da gordura

FONTES:
-flora intestinal, hortaliças folhosas e verdes,
repolho crespo, ervilha, tomate e fígado.
Carência de Vitamina K
• Reduz a capacidade de coagulação
sanguínea
• Hemorragia

• Obs: Dificilmente haverá excesso de


vitamina K.
Vitamina E
• Vitamina anti-esterilidade ( necessária para
reprodução)
• Útil nas doenças nervosa e na velhice
• Protege o organismo contra doenças
cardiovasculares
FONTES:
- verduras, ovos, trigo, arroz integral,
legumes e frutas.
Carência de Vitamina E

• Esterilidade
• Facilita aborto
HIDROSSOLÚVEIS

Dissolvem facilmente na água-


diminuição do teor vitamínico do
alimento cozido.
Vitamina B1
• Protege a saúde do SNC
• Não é armazenada no organismo
( eliminado o excesso pela urina)
• Mantém a capacidade de contração dos
músculos do aparelho digestivo
• Age sobre o apetite
• Degradação de glicose
FONTES:

-Cereais integrais, leguminosas, carnes,


hortaliças de folhas verdes e levedura de
cerveja.
Carência de Vitamina B1
• Falta de apetite
• Sintomas nervosos
• Dor muscular
• Cãibras
• Formigamentos
• Fraqueza nas pernas
• BERIBERI (paralisia dos pés)
Vitamina B2

• Conservação dos tecidos


• Ajuda no metabolismo dos hidratos de carbonos
• Pouco armazenamento no organismo
• Excesso eliminado pela urina
• Importante na fisiologia ocular

FONTES:
-leite, queijo, carnes (fígado), erva, hortaliças,
cereais integrais e leguminosas
Carência de Vitamina B2

• Lesões nos lábios, língua, nariz, e olhos


• Olhos: ardor, fadiga ocular, prurido,
fotofobia e vascularização intensa.
Vitamina PP
• Previne Pelagra
- Manchas no corpo ( simétricas)
- Diarréia
- Agitação
- Alucinações
- Sono profundo
- Coma / Morte

FONTES: Fígado, carnes em geral, leguminosas e


cereais integrais.
Vitamina B12
• Vitamina antianêmica (previne anemia
perniciosa)
• Estimula a produção dos glóbulos
vermelhos

FONTES:
-fígado e rim
Vitamina C
• Eficiente contra gripes e resfriados
• Aumenta a resistência do organismo
• Atuam na formação dos dentes
• Fortalecem os vasos capilares
• Facilitam a absorção do Ferro
• Cicatrização de feridas
• União dos ossos (fraturas)

FONTES:
- limão, laranja, tangerina, morango, tomate, pimentão, cebola, caju, manga, goiaba, etc
SAIS MINERAIS
Definição

• Encontram-se em pouca quantidade no


organismo e a alimentação comum fornece
todos os elementos que necessitamos.
São importantes na:
-Formação de tecidos que sustentam o
organismo,
-Formação do esqueleto
-Composição dos órgãos internos
-Regulação do ritmo respiratório
-Secreção de glândulas que auxiliam na digestão
- Substituição das perdas do organismo
- Gestação e amamentação
O que causa a falta de sais
minerais no organismo?

• Não chega a produzir doença, mas perturba


a nutrição e baixa o nível de saúde sem que
a pessoa perceba.
• São interdependentes
Sais Minerais Importantes:

•Cálcio
•Ferro
•Flúor
•Potássio
•Sódio
•Cloro
•Iodo
•Fósforo
Cálcio
• É o sal mineral que existe em maior
quantidade no nosso organismo.
• Temos aproximadamente 1 kilo e meio
• Para que haja seu aproveitamento, é
necessária a presença de fósforo e vitamina
D.
• 99% estão nos ossos
• 1% estão nas células
Funções:

• Constituição de ossos e dentes


• Participa da coagulação do sangue
• Regula o batimento cardíaco
• Controla a contração muscular,
principalmente a do coração
Conseqüências da falta de cálcio:

• Descalcificação óssea (fraturas)


• Cáries
• Atraso no crescimento
• Demora na coagulação sanguínea
Podem evidenciar falta de cálcio
no organismo:
• Nervosismo
• Irritabilidade
• Tiques nervosos (roer as unhas, balançar as
pernas, etc)
• Cãibras
• Insônia
Fontes:
• Leite e derivados*
• Feijão
• Laranja
• Amendoim
• Alface
• Cenoura
• Couve
• Couve-flor
• Batata doce*
• Nabo*
Fósforo (P)
• 80% encontram-se no osso
• Não se conhece falta de P no organismo
• O excesso de P é eliminado pelas fezes e
urina.
Funções:
• Com o cálcio e vitamina D, combatem o
raquitismo.
• Contribui para o crescimento
• Combinado com o cálcio, é base de ossos e
dentes.
Fontes :

•Ervilha •Vísceras
•Banana
•Espinafre •Feijão
•Cenoura •Soja
•Milho
• Leite •Aveia
•Amendoim •Queijos •Couve
•Batata doce •Ovos •Crustáceos
•Carnes •Trigo
•Batata inglesa
Ferro
• Geralmente ingeridos em quantidade
insuficientes
• Para que seja absorvido é necessária a
vitamina C no organismo
Funções:
• Componente do sangue, fazendo parte dos
glóbulos vermelhos que transportam
oxigênio para o organismo.
• Fixa o oxigênio, permitindo que o sangue
venoso ( sem O2) se transforme em sangue
arterial (rico em O2), o qual transporta o
oxigênio dos pulmões para todas as partes
do organismo.
Fontes :
• Fígado, tomate, cenoura, agrião, cereais
integrais, brócolis, mostarda, serralha,
almeirão, couve
• Gema do ovo,carnes, rins, feijão, rapadura,
espinafre, ameixa preta e banana
Conseqüências da falta de
FERRO
• Anemia
• Desânimo
• Preguiça
• Incapacidade de concentração
• Vertigens
Iodo

Função:

• Seu aproveitamento no organismo é


controlado pela glândula tireóide, que o
utiliza para fabricação de hormônios
Conseqüências da falta de iodo
• Bócio
• Perturbação no crescimento
• Aumento de peso
• Perturbação no desenvolvimento sexual
• Diminuição da capacidade de trabalhar
• Perturbação no desenvolvimento mental
Fontes:
• Sal iodado, cebola, alho, agrião

• A lei pública obriga a colocação de iodo no


sal refinado.
Cloro e sódio
• Nunca estão sozinhos, combinados é o
nome científico do sal de cozinha.

• Função: composição do líquido do corpo


(lágrimas, sangue, suor, urina, etc), manter
o equilíbrio da PA
• Fonte: sal
Flúor

• Flúor : encontra-se no esmalte dentário e


nos ossos
-Há uma grande relação entre a falta de
flúor no solo e a presença de cáries.
-Colocando-se flúor na água a ocorrência de
cáries diminui.
Potássio:

• exerce papel na contração muscular


• Fontes: laranja, banana, tomate, etc.
ÁGUA
• Veículo de transporte de substâncias
nutritivas e faz parte de todos os tecidos do
corpo humano.
• Reguladora de temperatura
• Participa da composição do sangue, dos
sucos digestivos e tem relação com a PA
• 70% do nosso peso
• O homem resiste a falta de alimentos mais
do que a água
• Adultos e crianças devem ingerir
diariamente 3 litros de água
Falta de água
• Naturalmente perdemos água através da
respiração, transpiração e urina (2 litros)
• Uma perda de 20% da água é mortal
• A sede é um sinal de alerta
• Desidratação
Fibras
• É a parte dos vegetais que não é digerida
pelo organismo humano, não possui valor
alimentar
• Tem função básica de estimular o
peristaltismo intestinal (eliminando os
restos alimentares não aproveitados pelo
organismo)
Falta
• Prisão de ventre
• Hemorróidas
• Problemas circulatórios
• Obesidade
Excesso

• Pode ocasionar irritação no intestino

• Fontes :vegetais folhosos, ameixa preta,


frutas e verduras cruas, legumes, cereais
integrais, leguminosas, nozes e castanhas
Dietoterapia

Terapia Através dos Alimentos


Dietas específicas:
• Normal ou geral
• Branda
• Leve ou pastosa
• Líquida
• Hídrica
Dieta Normal ou Geral
• Dirigida aos pacientes que não requerem
modificações dietéticas
• Deve omitir alimentos gordurosos, muito
temperados, gelados, fermentativos e
irritantes
• Deve incluir todos os alimentos protetores,
como carne, ovos, leite, frutas e hortaliças.
Dieta Hídrica
• Não adequada
• Composta de carboidratos e água
• Não forma gases
• Não estimula o peristaltismo
• É servida a intervalos pequenos para fornecer
líquidos aos tecidos e aliviar a sede.
• Deve incluir: sucos, caldos de legumes, chá e água
açucarada
Dieta Líquida
• Utilizados todos alimentos líquidos, à
temperatura ambiente, que fornecem poucos
resíduos e seja facilmente absorvida
• Usada quando o paciente requer uma
restrição severa de material não digerível e
seja rapidamente absorvida
• Deve incluir: leite, caldo de carne, sopas
cremosas, suco de frutas, chá, café, etc
Dieta leve ou pastosa
• Pastosa em consistência e pobre nos
resíduos
• Pós –operatório gatrointestinal
• Pacientes que tenham dificuldades de
mastigar e deglutir.
• Deve incluir: caldo de legumes, mucilagens,
frutas amassadas, leite, arroz pastoso,
legumes refogados e ovo quente.
Dieta branda
• Similar à dieta geral
• Preparadas com alimentos não irritantes e que não
formem gases.
• Constituídas de alimentos macios, mas não
moídos ou triturados.
• Fácil digestão.
• Deve incluir: os mesmos alimentos das anteriores,
mais carne picada ou moída, arroz e macarrão bem
cozidos, legumes cozidos frutas cozidas ou sucos.
Dietas especiais
• Hiposódica
• Hipocalórica
• Hipoproteica
• Hiperproteica
• etc
A PIRÂMIDE DOS
ALIMENTOS
• é um instrumento de educação nutricional
que facilita a compreensão de informações
nutricionais sobre níveis e porções de grupos
de alimentos que devem ser consumidos
diariamente por indivíduos adultos saudáveis.

• demonstra como os diferentes tipos de


alimentos devem ser balanceados na dieta.
• Assim, a base da Pirâmide é constituída
por alimentos que devem ser
consumidos com freqüência, enquanto
no topo estão os alimentos que devem
ser consumidos com moderação.
Falta de Apetite
• Se for difícil comer alimentos sólidos, tente
alimentos líquidos: vitaminas batidas com leite
ou sucos. Podem ser combinadas diferentes
frutas e acrescido sorvete ou iogurte.

• Sopas podem ser bem atraentes e apetitosas.

• Vitaminas B
• Suplementos nutricionais específicos para pacientes com
câncer são boas alternativas na falta de apetite, pois
recuperam o paciente e ajudam no retorno do apetite.

• Aumente as calorias e proteínas dos alimentos preferidos.

Por exemplo: colocar creme de leite ou mel ou frutas secas


na salada de frutas, acrescentar mais leite em pó no café
com leite, passar margarina ou requeijão na bolacha ou
no pão, colocar mais margarina no purê ou na sopa
Náuseas e vômitos
• A ingestão de líquidos é muito importante
nessa fase, mas evite tomar bebidas durante
as refeições, prefira ingeri-las nos intervalos.
• Evite bebidas alcoólicas e cafeína.
• Procure não deitar logo após a refeição.
• Evite sentir o cheiro dos alimentos durante o
preparo, mantendo-se afastado do local de
preparação das refeições.
• Faça suas refeições em pequenas
quantidades, a cada duas ou três horas e
escolha alimentos de fácil digestão.
• Evite alimentos condimentados,
gordurosos ou doces em excesso.
• Evite comer 1 a 2 horas antes radioterapia
ou quimioterapia - Se sentir enjôo após o
tratamento, tome líquidos gelados e
sorvetes.
• Dê preferência a alimentos secos como
bolachas salgadas, biscoito de polvilho,
torradas, etc.
Pacientes com desconforto
oral:
• Evitar alimentos muito ácidos, secos, duros ou
picantes.
• Evitar alimentos muito quentes ou muito gelados.
• Diminuir o sal dos alimentos.
• Consumir alimentos mais macios e pastosos
Por exemplo: flans, pudins, gelatinas, sorvetes,
purês, sopas, cremes, mingaus etc.
• Experimentar suplementos alimentares ricos em
calorias e proteínas
• Fracionar refeições
Diarréia
• Evite os alimentos mais laxativos como:
verduras, cereais integrais, laranja, mamão,
ameixa, abacate, leite integral, queijos
gordurosos.
• Procure beber água ou soro caseiro para não
desidratar.
• Consuma alimentos como maçã, pêra, banana
maçã, goiaba, limão, melancia, maracujá.
• Faça preparações com maisena, creme de
arroz.
• Carnes brancas grelhadas
• Coca-cola sem gás
• Legumes: cenoura, batata, mandioquinha ou
chuchu em forma de purê, sem leite e sem
gordura, ou em forma de sopa com carne
branca ou de vaca magra
• Arroz ou macarrão preparados sem gordura e
bem cozidos
• Bolacha água e sal, água ou maisena,
biscoito
• Gelatina
 
 Intestino preso -
obstipação

• Aumentar a quantidade de líquidos durante


o dia.(2 a 3 litros)
• Aumente o consumo de verduras.(fibras)
• De preferência a frutas como a laranja com
bagaço, mamão, ameixa, abacate.
• Aumentar a atividade física
Evitar:
• Farinha de mandioca
• Maisena
• Creme de arroz
• Farinha Láctea
• Mucilon de milho e arroz
• Fubá
• Batata doce
• Massas em excesso
RECOMENDAÇÔES
GERAIS:
• Fazer diariamente, 5 refeições em
intervalos de 3 horas, obedecendo os
horários das refeições
• Devemos incluir em cada refeição, pelo
menos um alimento de cada grupo de
alimentos
• Nossa alimentação deve ser o mais
variada possível
• Não abusar no uso de Sal
• Usar o mínimo de óleo nas refeições e
evitar frituras ou alimentos gordurosos
• Além de nutritiva, nossa alimentação
deve ser apetitosa, atraente, para que
não fique monótona.
Conclusão
• Uma boa dieta é uma grande auxiliadora
para uma vida longa e saudavel.
• Para pacientes com graves problemas de
nutrição, uma dieta equilibrada pode fazer
com que o paciente evolua para a cura, se
seguida corretamente.
Bibliografia
• www.husfp.ucpel.tche.br/nutricao
• www.nutricaoempauta.com.br
• pt.wikipedia.org/wiki/Nutrição
• www.nutricaoportal.com.br