Você está na página 1de 54

Curso Técnico em Manutenção Automotiva

Sistemas de Segurança Veicular

Professores:
Antônio Carlos Lämmerhirt
Geovani Roberto Kreling
Para refletir...

• O que você quer ser quando crescer?

• O que você faz para atingir seus objetivos e


realizar seus sonhos?
Sistemática de Avaliação

• Quadro Síntese (2,0);


• Atividades Complementares (3,0);
• Situação de Aprendizagem (5,0);
Segurança Veicular

• O que é Segurança Veicular?


Segurança Ativa
• Busca soluções para evitar
que o acidente ocorra;
• Melhoria no controle
direcional;
• Melhoria nas frenagens;
• Melhoria da percepção
veicular;
• Redução nos níveis de
dispersão;
Segurança Ativa
• Exemplos de Sistemas de Segurança Ativa:
– Sistema de Freios ABS;
– Sistema de Controle de Estabilidade (ESP);
– Sistema de Controle de Tração (ASR);
– Sistema de Sinalização e Iluminação;
– ...
Segurança Passiva

• Busca soluções para reduzir os


efeitos dos acidentes de trânsito;
• Melhoria na retenção dos
ocupantes;
• Complemento a ação dos
dispositivos retentores;
• Melhoria na proteção cervical;
• Absorção da energia resultante
das colisões, evitando que sejam
transferidas para os ocupantes;
Segurança Passiva
• Exemplos de Sistema de Segurança Passiva:
– Cintos de Segurança;
– Air Bag;
– Carroceria;
– Coluna Retrátil;
Índice de Segurança Veicular
• Classifica o veiculo quanto a segurança do ocupante
e seu patrimônio;
• Leva em consideração:
– Segurança Ativa (45%);
– Segurança Passiva (40%);
– Segurança Patrimonial (15%);
• Classificação no ranking por estrelas (0,5 a 5
estrelas);
• Resultados disponíveis em:
• www.cesvibrasil.com.br
Crash Test
• Consiste no impacto de
veículos automotores
contra barreiras
indeformáveis ou
deformáveis;
• Tem por objetivo avaliar
a segurança automotiva
para verificar se
cumprem determinadas
normas de segurança
em situações de colisão;
Novo Uno sem Air Bag
Cruze LT c/ Air Bag duplo
Crash Test

• Mais informações e resultados em:


www.latinncap.com
www.globalncap.com
www.euroncpa.com
Sistema de segurança

Alguns dados importantes que merecem


nossa atenção...
Alguns dados...
• 3500 pessoas morrem por dia vítimas de acidentes de
trânsito no Mundo, cerca de 1,3 milhões por ano;
• Cerca de 50 milhões se ferem anualmente;
• No Brasil, o número de mortes no trânsito em 2012 foi de
aproximadamente 47.000 pessoas, cerca de 127 por dia;
• Cerca de 150.000 ficam gravemente feridas;
• 30% dos leitos de Pronto-Socorro e UTI’s nos hospitais
públicos brasileiros são ocupados por vítimas de
acidentes de trânsito;
• Em 2011, o custo do SUS com vítimas de acidentes de
trânsito foi de aproximadamente R$ 200.000.000,00.
Alguns dados...

• No Brasil, em 2011 apenas 31% dos veículos


licenciados eram equipados com AIR BAG e/ou ABS;
• Na Europa e EUA, praticamente 100% dos veículos
são equipados com AIR BAG e ABS de fábrica;
• Segundo as resoluções 311/ 2009 e 312/2009 do
CONTRAN, a partir de 2013, 60% dos veículos
vendidos no Brasil devem possuir AIR BAG e ABS; e
em 2014, 100% dos veículos 0 Km;
Questões
• O que são e qual a função dos sistema de
segurança ativa e passiva em um veículo?
• Na sua opinião, Qual a importância dos
sistemas de segurança veicular para a redução
de acidentes e mortes no trânsito?
• Qual o impacto que a obrigatoriedade de
sistemas de segurança veicular, como Air Bag
e ABS, trarão para o setor de reparação
automotiva?
Sistema de Freios ABS
• ABS – Antilock Braking System (Sistema Anti-
bloqueio de freio);
Sistema de Freios ABS
• Tempo de Reação Humana – Percepção à Ação
Sistema de Freios ABS

• O sistema controla a pressão de frenagem aplicada


às rodas, independente da força aplicada pelo
motorista no pedal de freio;

• O objetivo é manter o rolamento dos pneus durante


todo tempo, até a parada total ignorando o tipo e as
condições do piso;
Sistema de Freios ABS
• O sistema capta valores de aceleração,
desaceleração e travamento das rodas através de
sensores específicos;
• Estes valores são transmitidos a uma central
eletrônica, onde são processados e confrontados com
valore ideais de referência, que estão previstos para
cada condição de frenagem;
• Se a central eletrônica detectar a tendência ao
travamento de uma ou mais rodas, intervém na
modulação da força de frenagem, através da central
eletro-hidráulica;
Sistema de Freios ABS
• Comparativo: Pressão Frenante X Velocidade da Roda
X Velocidade do Veículo

Sem ABS Com ABS


Sistema de Freios ABS
Sem ABS Com ABS

• Principais Vantagens:

– Manutenção da
estabilidade
direcional durante a
frenagem
Sistema de Freios ABS
– Melhoria da dirigibilidade, durante a frenagem:
Sem ABS Com ABS
Sistema de Freios ABS
– Possibilidade de realizar manobras mesmo com o
freio totalmente aplicado
Sem ABS Com ABS
Sistema de Freios ABS
– Diminuição da distância de frenagem
Sistema de Freios ABS
• Principais Componentes do Sistema:
– Grupo Eletro-hidráulico:
• Central Eletrônica;
• Central Eletro-hidráulica
– Sensores de Rotação das rodas;
Sistema de Freios ABS
Sistema de Freios ABS
• Central Eletrônica:
– Processa as informações recebidas dos sensores
de rotação das rodas e comanda a central eletro-
hidráulica;
– Através das frequências emitidas pelos sensores
das rodas, a central eletrônica é capaz de obter
valores de aceleração, desaceleração e velocidade
de cada roda, elaborando uma velocidade de
referência, que irá indicar a velocidade instantânea
do veículo;
Sistema de Freios ABS
– A velocidade de cada roda é comparada com a
velocidade de referência;
– Dessa forma, a central mantém o controle sobre a
frenagem de cada uma delas;
– Se uma das rodas tender ao travamento, a central
eletrônica enviara um comando a central eletro-
hidráulica, que atuará controlando a força de
frenagem direcionada a roda que perdeu aderência
a fim de evitar o travamento;
– Um interruptor instalado no pedal de freio informa a
central que o motorista esta freando;
Sistema de Freios ABS
• Central Eletro-hidráulica:
– Tem a função de fazer
variar a pressão do fluído
de freio que chega até os
atuadores (pinça, cilindro de
roda), controlando assim a
força de frenagem;
– É comandada pela central
eletrônica, a qual esta
acoplada;
Sistema de Freios ABS
Sistema de Freios ABS
• Sensor de Rotação das rodas:
– São responsáveis por informar
a central eletrônica a
velocidade instantânea em
cada roda;
– Existem dois tipos de sensores
de rotação mais aplicados a
sistemas de freios ABS:
• Sensores Indutivos (ou de
relutância magnética);
• Sensores Ativos (ou
Magnetorresistivos);
Sistema de Freios ABS
• Sensores Indutivos:
– São Compostos
Basicamente de uma
bobina e um imã
permanentes
envolvidos por um
corpo plástico com um
flange para fixação
– O Sensor é montado de
frente a uma roda
dentada (roda fônica)
Sistema de Freios ABS
– Funciona através dos princípios de indução
eletromagnética:
Sistema de Freios ABS
Sistema de Freios ABS
• Sensor Ativo:
– Foram desenvolvidos com
objetivo de criar um produto
padronizado, de baixo custo,
peso e dimensões reduzidas
e com possibilidade de ler
valores de rotação próximos
a zero, além de sofrer pouca
interferência de campos
magnéticos externos;
Sistema de Freios ABS
Sistema de Freios ABS
– Gera uma onda quadrada, cuja frequência se altera
conforme a rotação da roda;
Sistema de Freios ABS

• Descrição do Funcionamento do Circuito


Hidráulico:
Fase de Repouso
1- Central Eletrônica;
2- Acumulador
Hidráulico;
3- Motor Elétrico;
4- Eletrobomba de
Recuperação;
5- Câmara de
Amortecimento;
6- Cilindro Mestre;
7- Servo-Freio;
8- Válvula de Redução
rápida de pressão;
9- Eletroválvula de
carga;
10- Eletroválvula de
descarga;
11- Pinça de Freio;
12- Sensor de Rotação;
13- Roda Fônica;
14- Furo de Restrição;
Fase de Carga da Pressão
1- Central Eletrônica;
2- Acumulador
Hidráulico;
3- Motor Elétrico;
4- Eletrobomba de
Recuperação;
5- Câmara de
Amortecimento;
6- Cilindro Mestre;
7- Servo-Freio;
8- Válvula de Redução
rápida de pressão;
9- Eletroválvula de
carga;
10- Eletroválvula de
descarga;
11- Pinça de Freio;
12- Sensor de Rotação;
13- Roda Fônica;
14- Furo de Restrição;
Manutenção da Pressão
1- Central Eletrônica;
2- Acumulador
Hidráulico;
3- Motor Elétrico;
4- Eletrobomba de
Recuperação;
5- Câmara de
Amortecimento;
6- Cilindro Mestre;
7- Servo-Freio;
8- Válvula de Redução
rápida de pressão;
9- Eletroválvula de
carga;
10- Eletroválvula de
descarga;
11- Pinça de Freio;
12- Sensor de Rotação;
13- Roda Fônica;
14- Furo de Restrição;
Fase de descarga da pressão
1- Central Eletrônica;
2- Acumulador
Hidráulico;
3- Motor Elétrico;
4- Eletrobomba de
Recuperação;
5- Câmara de
Amortecimento;
6- Cilindro Mestre;
7- Servo-Freio;
8- Válvula de Redução
rápida de pressão;
9- Eletroválvula de
carga;
10- Eletroválvula de
descarga;
11- Pinça de Freio;
12- Sensor de Rotação;
13- Roda Fônica;
14- Furo de Restrição;
Sistema de Freios ABS

• VIDEO
Manutenção ABS
• Sensores:
• Limpeza;
• Resistência Elétrica;
• Central Eletro-hidráulica:
• Manutenção Periódica;
• Chicote Elétrico (seguir esquema elétrico);
Sistema ASR
• ASR: Anti Slip Regulation (Sistema antideslizamento);

• Controla e intervém automaticamente toda vez que se


verifica um deslizamento em uma ou ambas rodas
motrizes durante a arrancada;
Sistema ASR
• Trabalho com os sinais provenientes dos sensores de
velocidade das rodas;
• Compara o valor da velocidade das rodas de cada
lado do veículo;
• Ao perceber diferença de velocidade entre as rodas
de um mesmo lado do veículo, intervém, reduzindo a
potência do motor e/ou atuando no sistema de freios
hidráulicos;
• O função ASR é esta ativada em todas as condições
de funcionamento do veículo, mas é excluída, quando
a velocidade ultrapassar 80 Km/h.
Sistema ASR
• Estratégias de Funcionamento:
– Se o deslizamento envolve as duas rodas motrizes,
devido à excessiva potência transmitida pelo motor,
a função ASR intervém junto ao sistema de
gerenciamento eletrônico do motor para reduzir sua
potência;
– Se o deslizamento ocorre somente em um das
rodas motrizes, a função ASR intervém freando
automaticamente a roda que está deslizando,
transferindo a força de tração para outra roda;
Sistema ASR
1- Eletrobomba de
recuperação;
2- Eletroválvula de
admissão;
3- Eletroválvula de
comando;
4- Pinça de Freio;
5- Eletroválvula de
descarga;
6- Eletroválvula de carga;

Você também pode gostar