Você está na página 1de 18

The Context of Organization Structures

Pugh, D., Hickson, D., Hinings, C., &


Turner, C. (1969). The Context of
Organization Structures. Administrative
Science Quarterly, 14(1), 91-114.
doi:10.2307/2391366

Apresentação – Matheus Prudente Cançado

Pugh, D., Hickson, D., Hinings, C., & Turner, C. (1969). The Context of Organization Structures. Administrative
Science Quarterly, 14(1), 91-114. doi:10.2307/2391366
The Context of Organization Structures
Lacuna na Literatura Identifcada pelo Autor

Pesquisadores, até então, utilizando a premissa que uma variável é a maior


responsável pela caracterização da estrutura organizacional. Desconsideram as
correlações de várias variáveis e seus impactos na estrutura.

Tamanho era a variável mais apontada como delimitador da estrutura por


alguns pesquisadores. Outros focavam na tecnologia de produção/serviço e
alguns a dependência.

Todos são relevantes, mas sem uma análise multivariada deles, qual suas
importâncias relativas?

Pugh, D., Hickson, D., Hinings, C., & Turner, C. (1969). The Context of Organization Structures. Administrative
Science Quarterly, 14(1), 91-114. doi:10.2307/2391366
The Context of Organization Structures
Objetivo:

Demonstrar as possibilidades da abordagem de análise multivariada com o


objetivo de testar a relação dos elementos do contexto com a estrutura
organizacional

Pugh, D., Hickson, D., Hinings, C., & Turner, C. (1969). The Context of Organization Structures. Administrative
Science Quarterly, 14(1), 91-114. doi:10.2307/2391366
The Context of Organization Structures
Metodologia:

Pesquisa Quantitativa – Análise Multivariada

Métodos Mistos?
Artigo Original – Entrevistas, escalas subjetivas(parte) e análise de componentes
principais

Pugh, D., Hickson, D., Hinings, C., & Turner, C. (1969). The Context of Organization Structures. Administrative
Science Quarterly, 14(1), 91-114. doi:10.2307/2391366
The Context of Organization Structures
Amostragem

Aleatória Estratificada

52 organizações – Divisão em Escalas


46 organizações – Análise Multivariada

Pugh, D., Hickson, D., Hinings, C., & Turner, C. (1969). The Context of Organization Structures. Administrative
Science Quarterly, 14(1), 91-114. doi:10.2307/2391366
The Context of Organization Structures
De 40 escalas
primárias,
consolidadas
em 14.

Tabela –
Correlação das
14 escalas com
as principais
variáveis
estruturais.

Pugh, D., Hickson, D., Hinings, C., & Turner, C. (1969). The Context of Organization Structures. Administrative
Science Quarterly, 14(1), 91-114. doi:10.2307/2391366
Pugh, D., Hickson, D., Hinings, C., & Turner, C. (1969). The Context of Organization Structures. Administrative
Science Quarterly, 14(1), 91-114. doi:10.2307/2391366
The Context of Organization Structures

Correlação
entre as 14
escalas

Pugh, D., Hickson, D., Hinings, C., & Turner, C. (1969). The Context of Organization Structures. Administrative
Science Quarterly, 14(1), 91-114. doi:10.2307/2391366
Stimchombe (1965) – No correlation
should be expected between age and
Impersonality of origin.

Pugh, D., Hickson, D., Hinings, C., & Turner, C. (1969). The Context of Organization Structures. Administrative
Science Quarterly, 14(1), 91-114. doi:10.2307/2391366
Construindo as Escalas

Como chegar às escalas?


.
.
.

Pugh, D., Hickson, D., Hinings, C., & Turner, C. (1969). The Context of Organization Structures. Administrative
Science Quarterly, 14(1), 91-114. doi:10.2307/2391366
Correlação

Variável Variável Estruturação Concentra Controle do Observação dentro da variável


DE ATÉ
Secundária Primária de ção de Fluxo de secundária
Atividades Autoridade Trabalho

Impessoalidade Sem correlação relevante com


Empreendedoras Burocráticas Irrelevante Relevante Relevante
da Origem Idade

Origem e Inversamente Sem correlação relevante com


Idade 170 anos atrás 29 anos atrás Irrelevante Irrelevante
História Relevante Impessoalidade

nenhum dos 3
Mudanças Inversamente
tipos de todos os 3 tipos Irrelevante Relevante Correlação relevante com idade
Históricas Relevante
mudança

Responsabilidade Inversamente relevante com


Capital Fechado Governo Irrelevante Relevante Relevante
Pública Relação - Propriedade/Gestão
Controle e
Propriedade
Relação -
Concentração de Diretorias Inversamente Inversamente relevante com
Propriedade/ Irrelevante Irrelevante
Votos Interligadas Relevante Responsabilidade Pública
Gestão

Pugh, D., Hickson, D., Hinings, C., & Turner, C. (1969). The Context of Organization Structures.
Administrative Science Quarterly, 14(1), 91-114. doi:10.2307/2391366
Correlação
Variável Controle do
Variável Primária DE ATÉ Estruturação de Concentração de
Secundária Fluxo de
Atividades Autoridade
Trabalho
Tamanho da 241 funcionários* e £100k 25.052 funcionários* e £38M
Relevante Irrelevante Irrelevante
Organização Ativo Líquido* Ativo Líquido*
Tamanho Tamanho da
Organização 460 358.000 Relevante Relevante Irrelevante
Pai/Holding
Aspectos Ideológicos
Inversamente
e Objetivos da Produto específico e Orietada para o cliente e Irrelevante Irrelevante
Diretrizes Relevante
Empresa Qualidade dos produtos Seleção de clientes(Pesos
(Charter) Variabilidade (Pesos diferentes) Diferentes)
Irrelevante Inversalmente Relevante Irrelevante
Operacional
Integração do Fluxo Sem tempo de espera no Uma parada interrompe todo o Inversamente
Relevante Inversalmente Relevante
de Trabalho fluxo de trabalho fluxo de trabalho Relevante
Tecnologia
Custos com força de
5% 70% Irrelevante Relevante Relevante
trabalho
Localização Número de plantas 1 unidade mais de 100 unidades Irrelevante Relevante Relevante

Dependência alta (% de vendas


Nenhuma Dependência
alta para único cliente, filial
Dependência (única planta, único Irrelevante Relevante Irrelevante
pequena, fornecedor único,
dono, etc.)
etc.)
Dependência
Trabalha em função das
Relacionamento com Não reconhece o Inversamente
diretrizes do sindicato inclusive Relevante Irrelevante
Sindicatos sindicato Relevante
com funcionários fazendo parte

Pugh, D., Hickson, D., Hinings, C., & Turner, C. (1969). The Context of Organization Structures.
Administrative Science Quarterly, 14(1), 91-114. doi:10.2307/2391366
Correlação
Variável Controle do
Variável Primária Estruturação Concentração
Secundária Fluxo de
de Atividades de Autoridade

Modelo Binário
Trabalho
Impessoalidade da
0 1 1
Origem
Origem e
Idade 0 0 -1
História Correlação
Variável Controle do
Mudanças Históricas 0 1 -1 Variável Primária Estruturação Concentração
Secundária Fluxo de
de Atividades de Autoridade
Trabalho
Responsabilidade Aspectos Ideológicos e
0 1 1 0 0 -1
Pública Diretrizes Objetivos da Empresa
Controle e
(Charter) Variabilidade
Propriedade 0 -1 0
Relação - Operacional
0 0 -1
Propriedade/Gestão Integração do Fluxo de
1 -1 -1
Trabalho
Tecnologia
Tamanho da Organização 1 0 0 Custos com força de
0 1 1
trabalho
Tamanho
Tamanho da Organização Localização Número de plantas 0 1 1
1 1 0
Pai/Holding
Dependência 0 1 0

Dependência

Relacionamento com
1 0 -1
Sindicatos

Pugh, D., Hickson, D., Hinings, C., & Turner, C. (1969). The Context of Organization Structures. Administrative
Science Quarterly, 14(1), 91-114. doi:10.2307/2391366
Resultados – Correlações Relevantes

Pugh, D., Hickson, D., Hinings, C., & Turner, C. (1969). The Context of Organization Structures. Administrative
Science Quarterly, 14(1), 91-114. doi:10.2307/2391366
Resultados

Pugh, D., Hickson, D., Hinings, C., & Turner, C. (1969). The Context of Organization Structures. Administrative
Science Quarterly, 14(1), 91-114. doi:10.2307/2391366
Resultados

Notar que o Fator preditivo


aumenta relativamente com
“tamanho” e “integração do
fluxo de trabalho” mas
praticamente não aumenta
com “Tamanho da
organização
mãe/holding/etc.”

E assim acontece nos outros


Pugh, D., Hickson, D., Hinings, C., & Turner, C. (1969). The Context of Organization Structures. Administrative
Science Quarterly, 14(1), 91-114. doi:10.2307/2391366
contextos..
Contribuições
Correlação de múltiplas variáveis de contexto e estrutura organizacional
Elencou a importância relativa de cada variável
Criação de um modelo preditivo mesmo sem relação causal
Estabeleceu uma estrutura de operacionalizar conceitos validados
empiricamente, proporcionando pesquisas futuras a se aprofundarem mais
dentro do tema, com maior rigor científico.

Sugestão de pesquisa
Usar a mesma metodologia reduzindo o objeto de estudo, por exemplo:
organizações governamentais e organizações privadas, visto que apresentaram
bastante discrepâncias.

Pugh, D., Hickson, D., Hinings, C., & Turner, C. (1969). The Context of Organization Structures. Administrative
Science Quarterly, 14(1), 91-114. doi:10.2307/2391366
Dúvidas?

Pugh, D., Hickson, D., Hinings, C., & Turner, C. (1969). The Context of Organization Structures. Administrative
Science Quarterly, 14(1), 91-114. doi:10.2307/2391366

Você também pode gostar