Você está na página 1de 35

Transmissão de Calor

Análise do tempo de resfriamento de


um líquido em uma caixa térmica

Fonte: Gazeta do Povo

Cristian João Turra, Gabriel Zilio, Lucas Borges


Transmissão de Calor
• Problema

Um grupo de amigos está de férias e após noites de festa percebem que sempre há o mesmo
problema, tomaram toda a cerveja gelada na noite anterior. Sem opção para o almoço, compram
cerveja quente, então um dos amigos formado em engenharia resolve colocar seus anos de
estudo em prática, afim de descobrir o método mais rápido para gelar a cerveja e aproveitarem o
almoço.

Fonte: Deposit photos


Transmissão de Calor

• Materiais Utilizados

Caixa de isopor 5 litros

2 sacos de Gelo 3 Kg
Fonte: Autores Fonte: Autores

6 Latas de cerveja

1 Multímetro

1 Termo higrômetro

Pedaços de Isopor Fonte: Autores Fonte: Autores

Sal moído
Fonte: Autores
Transmissão de Calor

• Experimento

Testes realizados em temperatura ambiente a 13 ºC, buscando atingir a temperatura do


líquido a 4ºC, colocando a latinha dentro de uma caixa de isopor com isolamento nas pontas
simulando um cilindro infinito para os diversos experimentos, cada um com suas especificações
para teste de transferência de calor.

Fonte: Autores Fonte: Autores


Transmissão de Calor

• Experimento

Fonte: Autores Fonte: Autores


Transmissão de Calor
• Experimento

Gelo e ar

Segundos ↓ T gelo -2,3


0 00:00:00 13
30 00:00:30 11
Temperatura em ºC

87 00:01:27 10
223 00:03:43 9
456 00:07:36 8
757 00:12:37 7
1241 00:20:41 6
1602 00:26:42 5
2186 00:36:26 4

Tempo em segundos
Fonte: Autores
Transmissão de Calor
• Experimento

Água

Segundos ↓ T agua -0,3


0 00:00:00 13
Temperatura em ºC

60 00:01:00 6
80 00:01:20 5
160 00:02:40 4
260 00:04:20 3
450 00:07:30 2
675 00:11:15 1
1323 00:22:03 0
1500 00:25:00 0

Tempo em segundos
Fonte: Autores
Transmissão de Calor
• Experimento

Gelo e sal
Segundos ↓ T gelo salgado -19


0 00:00:00 13
30 00:00:30 9
00:01:58 8
Temperatura em ºC

118
188 00:03:08 7
315 00:05:15 6
416 00:06:56 5
584 00:09:44 4
749 00:12:29 3
973 00:16:13 2
1158 00:19:18 1
1410 00:23:30 0
2038 00:33:58 -1

Tempo em segundos
Fonte: Autores
Transmissão de Calor

• Experimento

• Porque o gelo tem sua temperatura diminuída com a adição de sal?

Ao colocar sal no gelo, ele começa a se dissolver, está ação ocasiona um


aumento da entropia que consequentemente diminui o ponto de fusão do gelo.
Esta diminuição do ponto de fusão é o que causa as baixam temperaturas,
já que o gelo a 0 graus começa a passar para o estado líquido com adição de
sal, tal transformação utiliza energia do sistema, e retirando energia das pedras,
consequentemente sua temperatura diminui
Transmissão de Calor

• Considerações

• Cilindro infinito

• Propriedades da cerveja iguais às da água

• Propriedades constantes (massa, calor específico,


densidade, dimensões, coeficiente condutivo)
Transmissão de Calor
• Resolução
Constantes:

• Temperatura ambiente: 13ºC  • Calor específico da água (): 4186,8

• Temperatura objetivo: 4ºC • Densidade da água (): 999,8395

• Comprimento da lata (L): 0,13m • Coeficiente condutivo água (: 0,59

• Raio da lata (r): 0,026 m • Coeficiente condutivo gelo (: 1,89725

• Massa: 0,36 Kg
Transmissão de Calor
• Resolução Estimativa de porcentagem de gelo e ar

Aproximadamente 20% de contato da


lata com o gelo

Fonte: Autores
Transmissão de Calor

• Resolução Cálculo do coeficiente convectivo (h)


• Caso 1: Gelo e ar

 Pelo experimento temos : t = 36min e 26s = 2186s

Interno:
  𝑚 𝑐 𝑝 ∆ 𝑇 0,36 ∗ 4186,8∗( 4 −13)
𝑞𝑐= =
∆𝑡 2186 −0

 𝑞 𝑐 =− 6,21𝑊

 E c interno e externo são iguais:

  𝑞 𝑐 =𝑄
˙

𝑄=−
˙
  6,21𝑊
Transmissão de Calor

• Resolução Cálculo do coeficiente convectivo (h)


• Caso 1: Gelo e ar

Externo:   𝐴
𝑄=𝑈𝐴
 ˙ ∆𝑇 𝑈𝐴 =
𝑅𝑡
−1 −1 −1
 𝑅 𝑡 1 1 8 𝜋 𝑟𝐿h 2 𝜋 𝐿𝑘𝑟 8 𝜋 𝑟𝐿h 𝐿 𝑝+ 2 𝜋 𝐿𝑘𝑟 5 𝐿𝑝
𝐴
=
(5
+
5 𝐿𝑝
) =
5 (+
5 𝐿𝑝 ) ( =
5 𝐿𝑝 ) =
8 𝜋 𝑟𝐿h 𝐿 𝑝+ 2 𝜋 𝐿𝑘𝑟
2 𝜋 𝑟𝐿h 4 2 𝜋 𝐿𝑘𝑟

  ( 𝑇 ∞ −𝑇 𝑠 1 )( 8 𝜋 𝑟𝐿h 𝐿 𝑝 +2 𝜋 𝐿𝑘𝑟 )
𝑄=
˙
5𝐿𝑝
  5 𝐿𝑝 𝑄
˙ 5∗ 0,03 ∗(−6,21)
−2 𝜋 𝐿𝑘𝑟 −2 ∗ 𝜋 ∗0,13 ∗ 0,026 ∗1,89725
( 𝑇 ∞ −𝑇 𝑠 1 ) (− 2,3 −13 )
h= =
8 𝜋 𝑟𝐿 𝐿 𝑝 8∗ 𝜋 ∗ 0,026 ∗ 0,13∗ 0,03

  𝑊
h𝐺𝑒𝑙𝑜 /𝑎𝑟 =8,06 2
𝑚 𝐾
Transmissão de Calor

• Resolução Cálculo do coeficiente convectivo (h)


• Caso 2: Água

 Pelo experimento : t = 2 min e 40s = 160s

Interno: Externo:
 
𝑞𝑐=
𝑚 𝑐 𝑝 ∆ 𝑇 0,36 ∗ 4186,8∗( 4 −13)
= 𝑄=𝑈𝐴
 ˙ ∆𝑇 𝑈𝐴= 2 𝜋 𝑟𝐿h
 
∆𝑡 160 −0  

𝑞
  𝑐 =− 84,78𝑊
𝑄=−
 ˙ 0,28245 h 𝑚2 𝐾

 Igualando interno e externo:

−84,78
  𝑊 =−0,28245 h 𝑚2 𝐾
  𝑊
há 𝑔𝑢𝑎 =300,16 2
𝑚 𝐾
Transmissão de Calor

• Resolução Cálculo do coeficiente convectivo (h)


• Caso 3: Gelo e sal

 Pelo experimento : t = 9 min e 44s = 584s

Interno:
  𝑚 𝑐 𝑝 ∆ 𝑇 0,36 ∗ 4186,8∗( 4 −13)
𝑞𝑐= =
∆𝑡 584 − 0

𝑞
  𝑐 =− 23,23𝑊

 E c interno e externo são iguais:

  𝑞 𝑐 =𝑄
˙

𝑄=−
 ˙ 23,23 𝑊
Transmissão de Calor

• Resolução Cálculo do coeficiente convectivo (h)


• Caso 3: Gelo e sal

Externo:   𝐴
𝑄=𝑈𝐴
 ˙ ∆𝑇 𝑈𝐴 =
𝑅𝑡
−1 −1 −1
 𝑅 𝑡 1 1 8 𝜋 𝑟𝐿h 2 𝜋 𝐿𝑘𝑟 8 𝜋 𝑟𝐿h 𝐿 𝑝+ 2 𝜋 𝐿𝑘𝑟 5 𝐿𝑝
𝐴
=
(5
+
5 𝐿𝑝
) =
5 (+
5 𝐿𝑝 ) ( =
5 𝐿𝑝 ) =
8 𝜋 𝑟𝐿h 𝐿 𝑝+ 2 𝜋 𝐿𝑘𝑟
2 𝜋 𝑟𝐿h 4 2 𝜋 𝐿𝑘𝑟

  ( 𝑇 ∞ −𝑇 𝑠 1 )( 8 𝜋 𝑟𝐿h 𝐿 𝑝 +2 𝜋 𝐿𝑘𝑟 )
𝑄=
˙
5𝐿𝑝
  5 𝐿𝑝 𝑄
˙ 5∗ 0,03 ∗(−23,23)
−2 𝜋 𝐿𝑘𝑟 − 2∗ 𝜋 ∗ 0,13∗ 0,026 ∗1,89725
( 𝑇 ∞ −𝑇 𝑠 1 ) ( −19 −13 )
h= =
8 𝜋 𝑟𝐿 𝐿 𝑝 8 ∗ 𝜋 ∗ 0,026 ∗ 0,13∗ 0,03

  𝑊
h𝐺𝑒𝑙𝑜 / 𝑠𝑎𝑙= 26,91 2
𝑚 𝐾
Transmissão de Calor

• Comparação de resultados do coeficiente convectivo

  Gelo e ar

Água

Gelo e Sal
Transmissão de Calor

• Equações base para cálculo do tempo

Tabela 5.2a – Resumo de resultados da transferência de calor transiente para casos de temperatura constante na superfície
  q ∗( F 0 )
Soluções Aproximadas

Geometria Soluções Exatas  < 0.2   0.2 Erro máximo (%)

  1 2
Cilindro Infinito   −0,5 −0,65 F 0 2 e− 𝜁 1 F 0 0,8
√π F0
𝐽  0 ( 𝜁 𝑛 ) =0 𝜁  1 =2,4050
Transmissão de Calor

• Equações base para cálculo do tempo

Tabela 5.2b – Resumo de resultados da transferência de calor transiente para casos de fluxo térmico constante na superfície
  q ∗( F 0 )
Soluções Aproximadas

Geometria Soluções Exatas  < 0.2   0.2 Erro máximo (%)

−1
 
 
1 π π 
2
∞ − 𝜁𝑛𝐹0

[ ] √
−1
Cilindro Infinito 1 𝑒 1 2,1
2 𝐹0+ − 2∑
4 𝑛=1 𝜁 2𝑛 2 F0

8 [ 2 F0+
4 ]
𝐽  1 ( 𝜁 𝑛 ) =0
Transmissão de Calor

• Caso 1: Gelo e ar

Temperatura constante na superfície


Transmissão de Calor

• Resolução Cálculo do tempo


• Caso 1: Gelo e ar Temperatura constante na superfície

∗ } 𝐿} over {𝑘 ( {𝑇} rsub {∞} − {𝑇} rsub {𝑖} )¿


 

𝑞
  } = {𝑚 {𝑐} rsub {𝑝} ∆ 𝑇} over {2 𝜋 𝑟𝐿 ∆ 𝑡 ¿
𝑞 =𝑞 ¿
  ∗ 𝑚 𝑐 𝑝 (𝑇 𝑓 −𝑇 𝑖) 0,36 ∗ 4189,8 ∗(4 −13)
𝑞 = =
2 𝜋 𝑟𝑘 (𝑇 ∞ −𝑇 𝑖)(𝑡 𝑓 −0) 2 ∗ 𝜋 ∗ 0,026 ∗ 0,59(−2,3 −13) 𝑡 𝑓

  ∗ 9198,79
𝑞 =
𝑡𝑓
  𝑘∆𝑡 𝑘 (𝑡 𝑓 − 0) 0,59 𝑡 𝑓
𝐹 0= 2
= 2
= 2
𝜌𝑐𝑝𝐿 𝜌𝑐𝑝 𝐿 999,8395 ∗ 4186,8 ∗ 0,13

  =8,34 ∗ 10−6 𝑡
𝐹 0 𝑓
Transmissão de Calor

• Resolução Cálculo do tempo

• Caso 1: Gelo e ar Temperatura constante na superfície

 Para < 0.2

  ∗
𝑞 =
1
−0,5 −0,65 F 0 9198,79
  1 −6
√π F0 = −0,5−0,65 ∗ 8,34 ∗10 𝑡 𝑓
𝑡𝑓 − 6
√ π ∗ 8,34∗10 𝑡 𝑓
 Isolando temos:
 

=
OK!
Transmissão de Calor

• Resolução Cálculo do tempo

• Caso 1: Gelo e ar Temperatura constante na superfície

 Para 0.2

2   9198,79 2
−2,4050 ∗8,34 ∗10
−6
𝑡𝑓
  ∗
𝑞 =2 e − ξ F0 1 =2 ∗ e
𝑡𝑓

 Isolando temos:

=
Não se aplica!
Transmissão de Calor

• Caso 2: Água

Fluxo constante na superfície


Transmissão de Calor

• Resolução Cálculo do tempo


• Caso 2: Água Fluxo constante na superfície

∗ } 𝐿} over {𝑘 ( {𝑇} rsub {∞} − {𝑇} rsub {𝑖} )¿


 

𝑞
  } = {𝑚 {𝑐} rsub {𝑝} ∆ 𝑇} over {2 𝜋 𝑟𝐿 ∆ 𝑡 ¿
𝑞 =𝑞 ¿
  ∗ 𝑚 𝑐 𝑝 (𝑇 𝑓 −𝑇 𝑖) 0,36 ∗ 4189,8 ∗(4 −13)
𝑞 = =
2 𝜋 𝑟𝑘 (𝑇 ∞ −𝑇 𝑖)(𝑡 𝑓 −0) 2 ∗ 𝜋 ∗ 0,026 ∗ 0,59(−0,3 −13) 𝑡 𝑓

  ∗ 10582,06
𝑞 =
𝑡𝑓
  𝑘∆𝑡 𝑘 (𝑡 𝑓 − 0) 0,59 𝑡 𝑓
𝐹 0= 2
= 2
= 2
𝜌𝑐𝑝𝐿 𝜌𝑐𝑝 𝐿 999,8395 ∗ 4186,8 ∗ 0,13

  =8,34 ∗ 10−6 𝑡
𝐹 0 𝑓
Transmissão de Calor

• Resolução Cálculo do tempo

• Caso 2: Água Fluxo constante na superfície

 Para < 0.2


 
 
1 π π 10582,06 1 π π
𝑞 =

2 √ −
F0 8 𝑡𝑓
=
√ −
2 8,34 ∗10− 6 𝑡 𝑓 8

 Isolando temos:
 

=
OK!
Transmissão de Calor

• Resolução Cálculo do tempo

• Caso 2: Água Fluxo constante na superfície

 Para 0.2
−1
 10582,06 −1
  1 1

𝑞 = 2 F 0+
[
4 ] 𝑡𝑓 [
= 2 ∗ 8,34 ∗ 10−6 𝑡 𝑓 +
4 ]
 Isolando temos:

=
Não se aplica!
Transmissão de Calor

• Caso 3: Gelo e sal

Temperatura constante na superfície


Transmissão de Calor

• Resolução Cálculo do tempo


• Caso 3: Gelo e sal Temperatura constante na superfície

∗ } 𝐿} over {𝑘 ( {𝑇} rsub {∞} − {𝑇} rsub {𝑖} )¿


 

𝑞
  } = {𝑚 {𝑐} rsub {𝑝} ∆ 𝑇} over {2 𝜋 𝑟𝐿 ∆ 𝑡 ¿
𝑞 =𝑞 ¿
  ∗ 𝑚 𝑐 𝑝 (𝑇 𝑓 −𝑇 𝑖) 0,36 ∗ 4189,8 ∗(4 − 13)
𝑞 = =
2 𝜋 𝑟𝑘 (𝑇 ∞ −𝑇 𝑖)(𝑡 𝑓 −0) 2 ∗ 𝜋 ∗ 0,026 ∗ 0,59(−19 −13)𝑡 𝑓

  ∗ 4398,17
𝑞 =
𝑡𝑓
  𝑘∆𝑡 𝑘 (𝑡 𝑓 − 0) 0,59 𝑡 𝑓
𝐹 0= 2
= 2
= 2
𝜌𝑐𝑝𝐿 𝜌𝑐𝑝 𝐿 999,8395 ∗ 4186,8 ∗ 0,13

  =8,34 ∗ 10−6 𝑡
𝐹 0 𝑓
Transmissão de Calor

• Resolução Cálculo do tempo

• Caso 3: Gelo e sal Temperatura constante na superfície

 Para < 0.2

  ∗ 1 4398,17
  1 −6
𝑞 =
√π F0
−0,5 −0,65 F 0 = −0,5− 0,65∗ 8,34 ∗ 10 𝑡𝑓
𝑡𝑓 −6
√ π∗ 8,34 ∗10 𝑡𝑓
 Isolando temos:
 

=
OK!
Transmissão de Calor

• Resolução Cálculo do tempo

• Caso 3: Gelo e sal Temperatura constante na superfície

 Para 0.2

2   4398,17 2
− 2,4050 ∗ 8,34 ∗10
−6
𝑡𝑓
  ∗
𝑞 =2 e − ξ F0 1 =2∗ e
𝑡𝑓

 Isolando temos:

=
Não se aplica!
Transmissão de Calor

• Comparação de resultados do tempo

  Com base nos cálculos e no experimento realizado, nos 3 casos o é menor que 0,2. Sendo assim,
utilizou-se a primeira resposta de cada caso. Além disso, nos casos do “Gelo e ar” e “Gelo e sal” foi
considerado a temperatura constante na superfície e na “Água” foi o fluxo constante na superfície, com
o intuito de obter os resultados mais condizentes com a realidade.

  Gelo e ar Erro: 38,96%

 Água Erro: 717,01%

 Gelo e Sal Erro: 1,41%


Transmissão de Calor

• Conclusão

Devido aos experimentos e cálculos realizados, concluiu-se que a água por


ter um coeficiente convectivo maior consegue transferir calor com melhor
eficiência que apenas “ar e gelo” e “gelo com sal” mesmo com o gradiente de
temperatura menor.
Transmissão de Calor

• Referências:
• GAZETA DO POVO. Como gelar cerveja rápido? Conheça os métodos. Disponível em:
<https://www.gazetadopovo.com.br/bomgourmet/como-gelar-cerveja-rapido-metodos-pressa/>. Acesso
em: 27 jun. 2019.

• SABER ATUALIZADO. Por que o sal derrete o gelo?. Disponível em:


<https://www.saberatualizado.com.br/2015/07/por-que-o-sal-derrete-o-gelo.html?m=1>. Acesso em: 1
jul. 2019.

• MASCHIO, Dionet. Desenvolvimento de um conceito para otimizar o tempo de resfriamento de


latas de cervejas. Joinville, Outubro 2018. Disponível em:
<http://www1.sp.senac.br/hotsites/blogs/revistainiciacao/wp-content/uploads/2018/10/2-IC.pdf>. Acesso
em: 1 jul. 2019.

• INCROPERA, Frank P. et al. Fundamentos de transferência de calor e de massa. 6.ed. Rio de


Janeiro, RJ: LTC, 2008. 642 p. ISBN 9788521615842.