Você está na página 1de 16

Muitas dúvidas...

Vamos
esclarecer algumas!
ELETIVA – MERCADO DE TRABALHO – 3°BIMESTRE
PROF° LAÍSA GUILHERME
Identificação: Eletiva
Professora (a): Laísa Guilherme
Ano/Série: 1°C/ 2°D/ 3°E
Número de aulas que equivale: 2 aulas
Semana: 14/09 a 18/09
Código no Classroom:
1°C – fwxvxu
2°D – k2hr4j5
3°E – 73ym57o

Prazo de entrega: até dia 19/09


Na atividade anterior vocês deixaram algumas dúvidas sobre o assunto que estamos
trabalhando e agora tentarei ao máximo esclarecê-las.
Percebi que o assunto está sendo proveitoso e que estão se engajando bastante, tentem
aproveitar ao máximo.
Vamos às dúvidas, leiam com atenção.
Porque devemos te contratar?

Essa foi a dúvida que a maioria pediu maiores esclarecimentos, é uma pergunta que causa
um certo tipo de nervosismo.
Recorra ao anúncio que a empresa colocou sobre a vaga:
Antes de se apresentar para a entrevista de emprego é extremamente importante que você
estude profundamente os requisitos exigidos pela vaga. Procure sempre valorizar os pontos
onde você possui mais habilidade de acordo com aquela vaga. Construa o seu discurso em
função daquilo que for pedido nos requisitos do anúncio. O objetivo é mostrar que você é o
candidato ideal para aquela oportunidade.
Pensem como se fossem peças de um quebra-cabeças, você deve estudar os requisitos da
vaga que constam no anúncio. Isto a fim de avaliar onde as habilidades e competências do
seu currículo se encaixam no perfil. Desta forma, você pode dar respostas, como os
exemplos abaixo:
Entrevistador: Porque a empresa deve te contratar?
Candidato: Eu acredito que a minha experiência se encaixa perfeitamente com o que a sua
empresa está procurando. Digo isso porque eu possuo ótimas habilidades de comunicação
com diferentes tipos de pessoas. Por exemplo, quando eu trabalhei numa fundação como (ou
estagiário de) auxiliar administrativo, nosso departamento organizou um levantamento
estatístico nacional e durante seis meses. Até o fechamento da pesquisa eu trabalhei como
ponto principal do projeto.
Entrevistador: Porque a empresa deve te contratar?
Candidato: Estou seguro de que a minha experiência como Vendedor se encaixa
adequadamente com o que vocês procuram. Afirmo isso em função dos últimos anos em
que estive trabalhando na empresa ABC. Apesar do período de crise que o país atravessou,
fui capaz de manter o nível das vendas, sempre com uma pequena margem de crescimento
em relação ao ano anterior.

OU...
Além de escolher respostas que se encaixam como um quebra-cabeças, você também pode
pensar em respostas do tipo “pedra preciosa”.
Do mesmo jeito que uma pedra preciosa possui valor pela raridade, mostre que possui
alguma habilidade ou competência única. Isto pode fazer toda a diferença para a empresa.
Veja abaixo exemplos de resposta onde a pessoa coloca o seu foco no que a torna única e
singular.
Entrevistador: Porque a empresa deve te contratar?
Candidato: Entendo que meu interesse por aprofundar meus conhecimentos em Excel podem
fazer uma grande diferença. Durante o último ano fiz dois cursos de Excel Avançado por
conta própria. A aplicação direta do conhecimento adquirido pode trazer grande impacto no
setor de Contas a Pagar e Receber da empresa, diminuindo erros e agilizando os processos.
Entrevistador: Porque a empresa deve te contratar?
Candidato: Eu penso que a minha paixão por pessoas junto com a minha habilidade de
prestar suporte técnico, são essenciais para esta posição. Gosto muito da área de suporte
técnico, por causa disso eu acabei por estudar mais sobre o assunto meu tempo livre. Fiz
uma formação online para que eu me tornasse capaz de atender a demanda crescente de
forma satisfatória. No final, acabei por receber um feedback muito positivo dos professores
do curso.
Lembre-se que é muito importante estudar previamente os requisitos da vaga. Isso fará toda a
diferença na hora de formular uma resposta. Quando esta pergunta surgir, lembre-se das
nossas duas comparações: quebra-cabeças e pedra preciosa.

O link também pode te ajudar: https://www.youtube.com/watch?v=wW3GnXvRwp8


O que ter em um currículo para chamar
atenção?
Existem algumas dicas que podem fazer diferença no momento em que o recrutador olhar
seu currículo:
1 – Apresentação: Para reter a atenção de um recrutador não é preciso enfeitar por demais o
currículo, com letras inovadoras, design arrojado ou formas coloridas, pelo contrário, o
básico é sempre a melhor opção. Optar por um modelo mais simples e limpo é certeiro
quanto à forma de se apresentar.
2 – Priorize as informações: As informações prioritárias devem estar logo de cara, como se
fosse um resumo do que vem ao longo do currículo. Além do nome, idade e contatos no
começo do currículo, você pode colocar também, em seguida, a graduação e possíveis cursos
extras que farão a diferença na hora da seleção. Evite apenas tecer elogios a si mesmo, pois a
personalidade também é levada em conta.
3 – Palavras-chave: Para chamar a atenção ainda mais dos recrutadores é possível fazer uso
de palavras-chave remetentes a vaga ou aos interesses da empresa no candidato para
valorizar ainda mais suas qualificações. Esse tipo de estratégia é fundamental principalmente
para os recrutadores que não têm tempo de ler todos os detalhes do currículo e necessitam de
agilidade para achar os termos específicos exigidos pela vaga. 
4 – Experiência em ordem cronológica: Uma dica importante para quem tem mais de uma
experiência é organizá-las em ordem cronológica, sempre da mais recente para a mais antiga
e com o tempo de permanência na instituição. Datas confusas e incertas podem afetar a
escolha do currículo, pois o recrutador não perderá tempo colocando em ordem todas as
empresas para saber qual foi a última em que esteve. Por mais que o estágio seja o melhor
momento para experimentar as diversas áreas da profissão, evite incluir as experiências em
que ficou pouco tempo na empresa, pois isso pode soar como falta de comprometimentos aos
selecionadores.
5 – Formação acadêmica, cursos e extracurriculares: Outro fator levado em conta durante a
seleção do currículo são as informações adicionais que dão aquele “algo a mais” como, por
exemplo, cursos relevantes a sua profissão, participação de palestras importantes, atividades
paralelas como trabalho voluntário, mas é preciso estar atento para não descrever os hobbies,
a pretensão salarial ou as referências, pois, a não ser que exijam, essas questões serão
levantadas durante as entrevistas.
Se você está em busca do primeiro emprego pode colocar os extracurriculares como, se
participou de alguma olimpíada e passou de fase, se recebeu menção honrosa em jogos
escolares, se foi aluno destaques. Informações desse tipo podem te ajudar.
 Não tem como dizer “faça tal curso e se dará bem”, tudo depende da área que você
quer seguir ou ingressar.
É correto falar sobre minha vida pessoal caso
o entrevistador pergunte?

Algumas perguntas pessoais podem ocorrer, na maioria das vezes não são invasivas. Você
pode responder dando pouco detalhes, caso seja um assunto que não goste de falar explique
pouco e se o entrevistador der abertura você pode dizer que não se sente confortável em
responder e explicar o motivo.
Mas se for perguntas leves, sobre sua história de vida e seu cotidiano, responda de forma
tranquila e sem colocar detalhes variados.
Outra pergunta nesse nicho foi: Devo falar qual a minha religião?
Na grande maioria das vezes a sua religião e seus usos e costumes não são levados em
consideração, ou seja, não interferem no seu profissional, então as empresas não perguntam
sobre e você também não precisa dizer. Caso for uma característica importante na empresa o
próprio recrutador irá te perguntar.
Algumas empresas podem aplicar uma prova
na entrevista?

Sim, não é raro isso ocorrer.


Por mais que não seja um método tão utilizado, algumas empresas que lidam mais com as
áreas de português e matemática podem aplicar uma prova aos candidatos em uma das fases
do processo seletivo. Isso serve como uma etapa de classificação e para te conhecer melhor
também. Na maioria das vezes são provas simples com questões de coesão e coerência e as
quatro operações básicas como base.
Devo perguntar sobre o salário ou não?

Não é legal perguntar sobre salário logo na primeira fase da entrevista, na maioria das vezes
o recrutador informa durante a conversa, mas quando não é informado evite perguntar, isso
passa que seu interesse é apenas no valor pago pelo seu serviço.
Sempre pesquise o salário base para o cargo que a empresa oferece, por exemplo, se a vaga é
para vendedor, o salário base gira em torno de R$ 1.300,00 (fora as comissões) então vá para
a entrevista sabendo que ganhará esse valor ou mais.
Outras dúvidas...

Surgiram muitas dúvidas sobre vestimentas, piercings, tatuagens, cabelo...


Essas são perguntas mais difíceis de responder por escrito e falaremos sobre elas em uma aula
pelo Meet (irei marcar a aula antes e aviso a todos, preciso me preparar melhor sobre o
assunto).

Outro ponto bem importante que surgiu foi sobre entrevistas coletivas, em grupo, vimos até
aqui como agir em uma conversa entre duas pessoas, mas temos a possibilidade de participar
de uma entrevista em grupo e as dicas são outras, bem diferentes, trarei esse assunto nas
próximas aulas pelos slides.
As dúvidas sobre ansiedade, nervosismo, pressão psicológica e como controlar tudo isso
na hora da entrevista, surgiram muito e estou preparando uma aula mais dinâmica e com
ajuda de um profissional para falarmos sobre isso, são assuntos fortes e delicados e falaremos
sobre eles, por isso já vão preparando suas dúvidas sobre o assunto. Lembrando que tudo será
avisado com antecedência.
Atividade:

Nossa atividade para essa semana é bem simples.


Como essa pergunta foi muito recorrente...
Vocês irão pensar sobre as dúvidas que tem em relação a ansiedade, nervosismo, pressão
psicológica, sensações que temos na hora da entrevista. Como controlar, como lidar melhor com
elas, como não “travar” por conta disso.
Irão enviar essas dúvidas para o meu whatsapp (16) 9.9311-0446 junto com seu nome e a turma
que pertence. Encaminharei as mesmas para a psicóloga que fará uma aula conosco pelo Meet
para tratar sobre esse assunto (não passarei o nome de quem fez a pergunta à ela, o nome é para
eu anotar quem está participando da atividade).
Essa aula será na semana do dia 21 ao dia 25, fiquem tranquilos que avisarei nos grupos o dia e
o horário. Por enquanto a tarefa de vocês é enviar as dúvidas.
Conto muito com o engajamento de todos! Envie as dúvidas até dia 19/09.