Você está na página 1de 34

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

PREDIAIS
PROFª TAÍSA ANDRADE BARBOSA
DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL
DIMENSIONAMENTO DE
CONDUTORES
DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES

 O dimensionamento dos cabos fase, isto é, a definição da bitola dos cabos utilizados no
projeto, deve ser feito através das tabelas da NBR 5410/2004.

 O dimensionamento deve ser feito para cada fase do circuito. O dimensionamento dos
cabos neutro e terra serão função da seção do condutor fase.
DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES

 A Tabela 47 da norma define a seção mínima dos cabos para cada tipo de sistema.

ATENÇÃO: A seção dos cabos será dimensionada em função da corrente elétrica,


das condições da instalação, do material utilizado, da temperatura e da queda de
tensão. A tabela 47 apresenta apenas a seção mínima. Ou seja, a bitola nunca poderá
ser inferior a apresentada nessa tabela, mas poderá ser superior, se o
dimensionamento assim determinar.
 OBS: Circuitos de força = circuitos de tomadas (TUG’s e TUE’s)
DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES

 ETAPAS DO DIMENSIONAMENTO DOS CABOS:


1. Como o cabo será instalado?
2. Quantos cabos carregados (fase e neutro) tem no meu circuito?
 OBS: quando o sistema está em aberto, apenas o cabo fase está energizado, no entanto, quando o circuito
é fechado, o cabo neutro também se energiza. Por isso, considera-se como cabos carregados no circuito
tanto o FASE como o NEUTRO.
3. Qual o tipo de isolação do meu cabo, a temperatura máxima que ele suporta e a temperatura
ambiente?
4. Qual a quantidade de circuitos que está no mesmo eletroduto do circuito que está sendo
dimensionado?
5. Qual a corrente que vai passar pelos cabos?
 1. Como o cabo será instalado? Tabela 33 (NBR 5410)

 O método 7, de
referência B1, é
o tipo mais
comum em
instalações
residenciais
 2. Quantos cabos carregados (fase e Tabela 46 (NBR 5410)
neutro) tem no meu circuito?

F+N

F+F
 3. Qual o tipo de isolação do meu cabo? Tabela 36 (NBR 5410)

Isolação: PVC
Temperatura no condutor: 70º
Temperatura do ambiente: 30º

Entra na tabela com as referências


encontradas anteriormente e a
corrente de projeto calculada,
através da equação:

P = i. U

Onde: P: potência
i: corrente de projeto
U: tensão
 4. Qual a quantidade de circuitos no Tabela 42 (NBR 5410)
mesmo eletroduto?

Tabela 36 e método
de referência B1

• Deve-se aplicar o fator de correção na corrente de acordo com a quantidade de circuitos no eletroduto.

• Quanto maior a quantidade de circuitos em um eletroduto, maior o calor, e menor é a capacidade de


condução de corrente.
 5. Qual a corrente que vai passar pelos
cabos?

 A corrente que efetivamente irá passar nos condutores é a corrente corrigida devido ao
agrupamento dos circuitos em um eletroduto. Essa corrente é calculada pela seguinte
equação:

iC = iT * fator de correção

Onde:
iC: corrente corrigida
iT: corrente do condutor obtida na tabela 36 da NBR 5410 (essa corrente deve ser a imediatamente
superior à corrente de projeto calculada)

 A corrente corrigida deve ser maior que a corrente de projeto, caso contrário,
deve-se escolher um cabo de maior seção (bitola).
DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES

 Por fim, verifica-se se a seção do cabo encontrada é maior ou menor que o mínimo estabelecido
pela norma (Tabela 47 da NBR 5410). Deve-se escolher sempre a MAIOR seção.

 Se seção encontrada < seção mínima adota-se a seção mínima


 Se seção encontrada > seção mínima adota-se a seção encontrada
DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES
Corrente
 EXEMPLO PRÁTICO: calculada
 Considerando a divisão dos circuitos do exemplo a seguir.
 Pegando como exemplo o circuito 5 (A. serv.) abaixo:
DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES

 EXEMPLO PRÁTICO:

 1. Como o cabo será instalado?


 Condutor isolado embutido na parede (Tabela 33 -> método 7, referência B1)

 2. Quantos cabos carregados tem no meu circuito?


 Circuito 4 -> FASE, NEUTRO E TERRA -> Logo, 2 cabos carregados (FASE e NEUTRO)

 3. Qual o tipo de isolação?


 PVC -> Tabela 36
Tabela 36 da NBR 5410
 EXEMPLO PRÁTICO:
 Corrente de projeto do
circuito 5 = 9,4 A

 Corrente da tabela iT= 11A

 Seção nominal (bitola) =


0,75 mm²
DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES

 EXEMPLO PRÁTICO:
 4. Quantos condutores no mesmo eletroduto? • Analisando o circuito 5,
percebe-se que o eletroduto
que está agrupado com mais
circuitos, como é o mostrado
na figura. Isto é, o circuito 5
está agrupado com mais
dois circuitos (circuitos 1 e
3)
DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES

 EXEMPLO PRÁTICO:
 4. Quantos condutores no mesmo eletroduto?
 Logo, total de 3 circuitos agrupados em um mesmo eletroduto.

• Entrando na Tabela 42,


determina-se o fator de
correção de corrente.
Neste caso igual a 0,70.
DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES

 EXEMPLO PRÁTICO:
 5. Qual a corrente que vai passar pelo condutor?
 Aplicando-se a equação para correção da corrente:

Como iC deu menor que a corrente de


iC = iT * fator de correção
projeto (9,4 A), deve-se adotar uma
iC = 11 * 0,70 bitola maior na tabela 36 e conferir se
será suficiente.
iC = 7,7 A
DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES

 EXEMPLO PRÁTICO:
 5. Qual a corrente que vai passar pelo condutor?
 Voltando na Tabela 36, nota-se que a próxima seção é a de 1mm² para uma corrente tabela de 14A.
DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES

 EXEMPLO PRÁTICO:
 5. Qual a corrente que vai passar pelo condutor?
 Voltando na Tabela 36, nota-se que a próxima seção é a de 1mm² para uma corrente tabela de 14A.
 Logo:

iC = iT * fator de correção
Como iC agora deu MAIOR que a
iC = 14 * 0,70
corrente de projeto (9,4), então OK!
iC = 9,8 A
 EXEMPLO PRÁTICO:
 Então acabou o dimensionamento para esse circuito? Meu cabo será de 1mm²?

Falta verificar a seção mínima Como o circuito 5 é um circuito


NÃO!
estabelecida pela norma de tomada (circuito de força)

Seção mínima, para cabos de


cobre (Cu) = 2,5 mm²

Logo, como 2,5 mm² é maior


que 1 mm². Será adotado o
cabo de 2,5 mm²
DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES

 Seção dos condutores NEUTRO:


DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES

 Seção dos condutores TERRA:


DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES

 EXEMPLO PRÁTICO:
 Logo, como o condutor FASE obteve seção igual a 2,5 mm²:

NEUTRO = 2,5 mm²


TERRA = 2,5 mm²
DIMENSIONAMENTO DE
ELETRODUTOS
DIMENSIONAMENTO DE ELETRODUTOS

 As dimensões internas dos eletrodutos e de suas conexões devem permitir que, após
montagem, os condutores possam ser instalados e retirados com facilidade.

 Dessa forma, a NBR 5410 estabelece uma taxa de ocupação. Isto é, determina a área
máxima a ser utilizada pelos cabos, incluindo o isolamento.
DIMENSIONAMENTO DE ELETRODUTOS

 Taxa de ocupação da área dos eletrodutos segundo NBR 5410:

 53% no caso de eletroduto com apenas 1 condutor;


 31% no caso de eletroduto com 2 condutores;
 40% no caso de eletroduto com 3 ou mais condutores.
DIMENSIONAMENTO DE ELETRODUTOS

 Como a área útil do eletroduto é dada por:

 E considerando que = é a soma das áreas externas dos condutores a serem instalados, então,
o diâmetro interno do eletroduto pode ser determinado pela equação pela equação:

 Onde: f = 0,53 (se 1 cabo); f = 0,31 (se 3 cabos); f = 0,40 (se 3 ou mais cabos)
DIMENSIONAMENTO DE ELETRODUTOS

 Com base nesses cálculos, foram


criadas tabelas, de acordo com as
taxas de ocupação e tipo de
material.

 Nas instalações elétricas residências


o eletroduto mais comum é o tipo
flexível corrugado.
DIMENSIONAMENTO DE ELETRODUTOS

 No caso de instalações mais simples a tabela abaixo pode ser usada de modo a referenciar e
simplificar o dimensionamento dos eletrodutos:
DIMENSIONAMENTO DE ELETRODUTOS

 Tabela para a conversão da seção do


eletroduto de “mm” para
“polegada”:
DIMENSIONAMENTO DE ELETRODUTOS

 EXEMPLO PRÁTICO:
 Com o dimensionamento, obteve-se condutores fase, neutro e terra = 2,5 mm² no circuito 5.
Observa-se que esse circuito passa pelo eletroduto mostrado na figura com outros dois
circuitos (1 e 3).
DIMENSIONAMENTO DE ELETRODUTOS

 EXEMPLO PRÁTICO:
 Dessa forma, considerando que os cabos dos circuitos 1 e 3 também são de 2,5 mm²,
determina-se o diâmetro do eletroduto:

Logo, eletroduto de
1” ou 25 mm.
REPRESENTAÇÃO DA SEÇÃO DOS CABOS E DO
DIÂMETRO DO ELETRODUTO NO PROJETO

 Segundo a norma da Coelba, a planta baixa e cortes dos projetos


elétricos devem estar na escala 1:25 ou 1:50. Os candutores e
eletrodutos de maior
 A representação da seção dos cabos (condutores) deverá ser predominância do
utilizando o simbolo hastag(#) seguido do valor numérico da bitola projeto podem não ser
do cabo. identificados no
desenho dessa maneira,
 Ex: #2,5 (condutor de 2,5 mm²) desde que seja colocada
 A representação do diâmetro do eletroduto deverá ser feito com o uma nota/observação
especificando, a bitola e
símbolo fi (Ø) seguido do valor numérico do seu diâmetro. diâmetro desses
 Ex: Ø16 (eletroduto de 16 mm de diâmetro) elementos.

Você também pode gostar