Você está na página 1de 25

DIMENSIONAMENTO

DE CIRCUITOS
ELÉTRICOS
RUBENS ALBERTO DOS REIS
PROTEÇÕES ELÉTRICAS
• FUSÍVEIS – São dispositivos de proteção e interrupção eventual dos
circuitos. Essa proteção baseia-se na fusão do elemento elofusúvel.

• Símbolo do fusível (norma ABNT):


• OS FUSÍVEIS MAIS COMUNS, ENCONTRADOS NOS EQUIPAMENTOS
INDUSTRIAIS, PARA A PROTEÇÃO DOS MESMOS, É O FUSÍVEL DIAZED:
• ESTE FUSÍVEL É MONTADO EM UMA BASE:
• A MONTAGEM COMPLETA, NECESSITA DOS SEGUINTES
COMPONENTES:
• ANEL DE PROTEÇÃO: Para evitar contatos acidentais;

• PARAFUSO DE AJUSTE: Cada fusível, dependendo da sua corrente, possui


um determinado diâmetro. Quanto maior a corrente, maior o diâmetro.
Por exemplo em um parafuso de ajuste de 10 A não consegue-se instalar
um fusível de 25 A, logo o parafuso de ajuste serve para que ninguém
consiga instalar, em uma determinada base, um fusível incorreto, caso
fosse possível, o equipamento ficaria com proteção incorreta, o que
poderia causar a queima do equipamento ou até um incêndio.

• TAMPA: Para fixar o fusível na base. Na tampa, existe a “janela”, que


serve para verificar, visualmente, se o fusível está queimado. Caso ele
esteja queimado, a espoleta se solta do corpo do fusível.
• PERCEBA QUE QUANTO MAIOR A CORRENTE DO FUSÍVEL, MAIOR O
DIÂMETRO DO MESMO.
• O corpo do fusível é feito de material cerâmico.
• Dentro do fusível está o elo fusível, que é por onde a corrente elétrica
circula.
• O elo fusível é dimensionado de acordo com a corrente elétrica. Por
exemplo, em um fusível de 10 A, o elo fusível é dimensionado para
esta corrente. Em correntes superiores a esta, o aquecimento
ocasionado pela corrente elétrica, faz com que ele queime.
• Dentro do corpo do fusível há areia de quartzo, muito parecido com
areia de praia, que envolve o elo fusível. A areia de quartzo é utilizada
para evitar, para quando houver a fusão do elo fusível, o calor não se
alastre, causando um incêndio.
• Ao elo fusível está presa a espoleta e caso o elo fusível se funda, a
espoleta salta, para que o operador perceba que o mesmo queimou.
• Para a compra de um fusível, precisa-se levar em consideração dos
fatores:
• - A corrente;
• - A característica de desligamento (efeito rápido ou efeito retardado).
* Efeito rápido: Quando não há variação de corrente elétrica entre a
partida e o regime de funcionamento. Exemplo: equipamentos
eletrônicos, etc
* Efeito retardado: Quando há variação de corrente entre a partida e o
regime de funcionamento. Exemplo: nos motores elétricos a corrente
de partida é alta, pois o motor precisa vencer as forças de inércia. O
retardamento é obtido através de um acréscimo de massa, na parte
central do elo fusível.
DISJUNTORES
• São dispositivos de proteção e interrupção eventual dos circuitos.
Essa proteção baseia-se na dilatação de duas lâminas de metais
diferentes, consequentemente, com diferentes coeficientes de
dilatação. Ou seja, a corrente elétrica circula por duas lâminas de
metais diferentes, causando aquecimento nas mesmas.
• Por exemplo quando circula uma, em um disjuntos de 50 A, uma
corrente maior do esta, as lâminas dilatam e chega a um ponto que
elas perdem o contato, interrompendo a circulação da corrente
elétrica, desligado o circuito.
• EXEMPLOS DE DISJUNTORES TRIFÁSICOS, BIFÁSICOS E MONOFÁSICOS:
• Símbolo do disjuntor (ABNT):
IMPORTANTE
• O DISJUNTOR OU FUSÍVEL, DEVE SER INSTALADO EM SÉRIE COM O
EQUIPAMENTO QUE IRÁ PROTEJER.
• EM UM CIRCUITO ELÉTRICO, VOCÊ SEMPRE DEVE ESCOLHER UMA
PROTEÇÃO (DISJUNTOR OU FUSÍVEL);
• A PROTEÇÃO DOS FUSIVEIS É MAIS EFICIENTE, LOGO DEVE SER
UTILIZADO EM EQUIPAMENTOS DE MAIOR CUSTO.
• O FUSÍVEL, UMA VEZ QUEIMADO, DEVE SER SUBSTITUÍDO E O
DISJUNTOR, UMA VER ATUADO, PODE SER REARMADO.
COMO DIMENSIONAR UM CIRCUITO
ELÉTRICO
• VAMOS DIMENSIONAR O CIRCUITO PARA UM CHUVEIRO ELÉTRICO DE
5.500 W, LIGADO EM 127 V.

• Inicialmente calcula-se o valor da corrente elétrica, pela fórmula:


I=P/U, onde:
• I = Corrente elétrica, em Amperes (A);
• P = Potência elétrica, em Watts (W);
• U = Tensão elétrica, em Volts (V).
• I = P/U
• I = 5.500 / 127 = 43,3 Amperes.

* Com o valor da corrente, consulta-se a tabela número 1 e escolhe-se


um condutor que suporte a corrente elétrica do circuito (no nosso caso
43,3 A).
TABELA 1 – CAPACIDADE DE CONDUÇÃO DE CORRENTE ELÉTRICA
DOS CONDUTORES.
BITOLA DO CONDUTOR (mm²) CAPACIDADE DE CONDUÇÃO DE CORRENTE (A)

1,5 15,5

2,5 21

4 28

6 36

10 50

16 68

25 89

35 111

50 134
• Sabe-se que corrente elétrica é a quantidade de elétrons, que
circulam pelo circuito.

• Analisando-se a tabela 1, o condutor que suporta a corrente elétrica


do nosso circuito (43,3 A), é o condutor de 10 mm² (pois suporta até
50 A). O condutor de 6 mm² suporta até 36 A.

• PRECISAMOS DE UM CONDUTOR DE 10 mm² PARA O NOSSO


CIRCUITO.
• Agora precisamos da proteção elétrica (disjuntor ou fusível);
• Vamos encontrar o disjuntor ideal (a forma para encontrar o fusível é
a mesma).
• Multiplica-se o valor da corrente elétrica do circuito por 1,2 (fator
multiplicativo determinado pela ABNT (Associação Brasileira de
Normas Técnicas).
• Disjuntor = I x 1,2:
• No nosso caso: Disjuntor = 43,3 x 1,2 = 51,96 A.
• Como não existe disjuntor com essa corrente (51,96 A) consulta-se a
tabela 2 e encontra-se o disjuntor mais próximo desse valor (51,96 A).
• TABELA 2 – CORRENTE DOS DISJUNTORES À VENDA NAS PRINCIPAIS
LOJAS DE MATERIAIS ELÉTRICOS NO BRASIL:

• 5 A - 10 A - 15 A - 20 A – 25 A – 30 A – 35 A – 40 A – 45 A – 50 A
60 A – 70 A – 80 A – 90 – 100 A – 125 – 150 A
• Como não existe o disjuntor “ideal” calculado (51,96 A) e consultando-
se a tabela 2, escolhe-se o disjuntor de 50 A, pois é o mais próximo de
51,96 A.
RESPOSTA
• O CIRCUITO DE UM CHUVEIRO DE 5.500 W, LIGADO EM 127 V, DEVE
TER UM CONDUTOR DE 10 mm² e UM DISJUNTOR DE 50 A.
ATIVIDADE
• 1) Dimensionar o circuito para um chuveiro elétrico de 5500 W, ligado em
220 V (apresentar cálculo);
• 2) Qual a finalidade do parafuso de ajuste, instalado na base dos fusíveis
diazed?
• 3) Como se identifica, visualmente, quando um fusível diazed está
queimado?
• 4) Como se identifica, com a utilização de um multímetro, quando um
fusível está queimado?
• 5) Qual a finalidade da areia de quartzo, colocada no interior dos fusíveis
diazed?
• 6) Como se consegue o retardamento dos fusíveis, de ação retardada?
• *MANUSCRITO
OBRIGADO
• Qualquer dúvida estou à disposição.