Você está na página 1de 26

O vector livre u representa todos


os segmentos orientados que têm:
 a mesma direcção

Jorge Freitas
 o mesmo sentido
 o mesmo comprimento
• Operações com vectores
1. Adição Regra do Triângulo:
 
u v  
v u
   
u +v v +u
Regra do paralelogramo  
u v

Jorge Freitas
Casos particulares
  • Mesmas direcção e sentido
u +v
 
u v • Mesma direcção e sentido oposto
Propriedades da adição
• Propriedade Comutativa • Propriedade Associativa • Elemento Neutro
   
u +v = v +u ( u + v) + w = v + ( u + w)     
o+v =v +o = v

 
v  w Nota:
 
u +v
v O vector nulo
  tem direcção e
u +v
   
(u + v ) + w sentido
u  indeterminados

Jorge Freitas
u

  w • Simétrico
u v  
  v+w     
v +u ( −v ) + v = v + ( −v ) = o
    
u + ( v + w)
v u
2. Produto de um número por um vector

Produto de um número k por um vector v é um vector com:

• a mesma direcção de v
• a norma = k ⋅ v

de v se k > 0
• sentido =  
de - v se k < 0

Jorge Freitas
   
• Se k = 0 ou v = o então k ⋅ v = o


u
 
2u − 2u
 1
3u − u
2
Propriedades
• Distributiva em relação à adição de vectores
   
k ⋅(u + v ) = k ⋅u + k ⋅ v


 v  
u 3⋅ ( u + v )
 
u +v

Jorge Freitas

3⋅ u

 
3⋅ u + 3⋅ v


3⋅ v
Propriedades
• Distributiva em relação à adição de números
( k + h ) ⋅ u = k ⋅ u + h ⋅ u

 ( 2 + 3) ⋅ u = 2 ⋅ u + 3 ⋅ u
u

Jorge Freitas
5⋅u

3⋅u
 
2⋅u + 3⋅u

2⋅u
Propriedades
• Associativa
 
a ⋅ ( b ⋅ u ) = ( a ⋅ b) ⋅ u

 

u 3 ⋅ ( − 2 ⋅ u ) = −6 ⋅ u


− 2⋅u

Jorge Freitas

− 6⋅u


− 6⋅u
3. Soma de um ponto com um vector

 
u A+u = B
A soma de um ponto
•B
com um vector é
 um ponto
u
A

Jorge Freitas


B − A= u
A diferença de dois
pontos é um
AB = B − A vector
Dois vectores não colineares constituem
Uma base, porque é possível exprimir
Qualquer outro vector a partir destes dois

Jorge Freitas
f

e
Dois vectores não colineares constituem
Uma base, porque é possível exprimir
Qualquer outro vector a partir destes dois

   
v  v = v1 e + v2 f
v2 f
 
 v v = ( v1 , v2 )

Jorge Freitas
f

e 
v1e

v

 
v v2 f

Jorge Freitas
f
 
v1e e
  
v = v1 e + v2 f

v = ( v1 , v2 )

v

  
v = v1 e + v2 f

v = ( v1 , v2 )

Jorge Freitas

v1e f

e
 
v v2 f

v


f 
v1e

 e
v2 f 
   v

Jorge Freitas
v = v1 e + v2 f

v = ( v1 , v2 )

v


f 
v
 
e 
0f v1e
  

Jorge Freitas
v = v1 e + 0 f

v = ( v1 , 0 )

v1 > 0

v


  f
v v1e

e

   0f

Jorge Freitas
v = v1 e + 0 f

v = ( v1 , 0 )

v1 < 0

v

v

 v2 f
f
 
e 0e
  

Jorge Freitas
v = 0 e + v2 f

v = ( 0, v2 )

v2 > 0

v


f
  
v2 f e 0e
   

Jorge Freitas
v = 0 e + v2 f v

v = ( 0, v2 )

v2 < 0

v ( 3,2 )

P(3,2)


j

Jorge Freitas
i
NO PLANO
Bases Ortonormadas

( )      
e, f ⇔ e f ∧ e = f =1

Só vectores

f

Jorge Freitas

e

Referencial Ortonormado
( )
     
0, e , f ⇔ e f ∧ e = f =1

Pontos e vectores
NO ESPAÇO
Bases Ortonormadas
        
( e1 , e2 , e3 ) ⇔ e1 e2 e3 ∧ e1 = e2 = e3 = 1

Só vectores

e2
 e

Jorge Freitas
e3 1

Referencial Ortonormado
        
( O, e1 , e2 , e3 ) ⇔ e1 e2 e3 ∧ e1 = e2 = e3 = 1

Pontos e vectores
A soma de um ponto com um vector é um ponto


A+v = B

B(4,1)

j

Jorge Freitas
i

A( − 2,−2 ) + v ( 6,3) = B( 4,1)

A(-2,-2) ( − 2,−2) + ( 6,3) = ( 4,1)

Para somar um ponto com um vector,


somam-se as respectivas coordenadas
A diferença de dois pontos é um vector

B(4,1)

j

Jorge Freitas
i

A(-2,-2)
AB = B − A = ( 4,1) − ( − 2,−2 )
= ( 4 + 2,1 + 2 ) = ( 6,3)
A soma de dois vectores numa base

  
w=u + v

Jorge Freitas

v ( 2,3)   
u ( 5,1) + v ( 2, 3) = w( 7, 4 )

u ( 5,1)

j ( 5,1) + ( 2, 3) = ( 7, 4)

i
Para somar dois vectores, basta somar
ordenadamente as coordenadas
Propriedades da adição numa base ( i , j )
 

     
u = u1i + u 2 j v = v1i + v2 j
Propriedade Comutativa
     
u + v = u1i + u2 j + v1i + uv2 j
   
= u1i + v1i + u 2 j + v2 j =

Jorge Freitas
 
= ( u1 + v1 ) i + ( u2 + v2 ) j =
 
= ( v1 + u1 ) i + ( v2 + u 2 ) j =
 
= v +u
   
u +v = v +u Verificam-se todas as
propriedades da adição de vectores
Produto de um número por um vector

v ( 3,2 )

3 v = 3 ( 3,2 ) = ( 9,6 )
6

Jorge Freitas
2

v

j

i 3 9
Para multiplicar um vector por um número,
multiplica-se esse número pelas coordenadas
Fim

Jorge Freitas
Jorge Freitas
2002