Você está na página 1de 87

CEUB – DIREITO CIVIL:

DIREITOS REAIS

Prof. Msc. Júlio César Lérias Ribeiro


E-mail: juliolerias@gmail.com
DIREITOS REAIS – Introdução.2
1. INTRODUÇÃO.

1.1 Relação Jurídica:


Sujeitos – ativo e passivo.
Vínculo – relativo e absoluto.
Objeto – prestação e bem.
fato jurídico.
autorização normativa.
DIREITOS REAIS – introdução.3
1.2 Distinções. D. Reais e D. Pessoais.

Teorias:
Realista – relação jurídica entre pessoa e coisa.
Personalista – relação jurídica entre pessoas.

Gozo ou exercício:
sem intermediário.
com intermediário.
DIREITOS REAIS – Introdução.4
1.3 D. reais. Características:
a) absoluto. 1228, caput.
b) seqüela. 1228, caput.
c) preferência. 1422.
d) especialidade. 1419.
e) atributividade. 1263.
f ) publicidade. 1227.
g) tipicidade. 1225.
h) ações reais. 1228, caput.
i) elasticidade. 1228, caput.
J) exclusividade. 1228, caput.
DIREITOS REAIS – Introdução.5
1.4 Diretrizes Teóricas. Código Civil:
a) sistematicidade : diálogo interno permanente.
ex. CC, 187 – 927; 1244 – 197.
b) operabilidade: alteração constante da norma sem
mudança formal.
ex. CC, 1228, p. 4º.
c) eticidade: padrão ideal de conduta humana.
ex. CC, 422; 1242.
d) socialidade: direito e dimensão social.
ex. CC, 1228, p. 1º; 1238, p. único; 1242, p. único.
DIREITOS REAIS – Propriedade.6
2. PROPRIEDADE.
- Propriedade em Geral
2.1 Conceito. Critérios:
a) sintético.
b) analítico.
c) descritivo.
2.2 Caracteres.
a) complexo.
b) absoluto.
c) perpétuo.
d) exclusivo.
DIREITOS REAIS – Propriedade.7
2.3 Sujeito, objeto e extensão.
a) sujeito. 1º.
- personalidade: aptidão qualitativa.
- capacidade de direito: aptidão quantitativa.
b) objeto.
- bem corpóreo e incorpóreo.
c) extensão. 1229.
- limitações legais: utilidade e interesse legítimo.
DIREITOS REAIS – Propriedade.8
2.4 Espécies.
a) quanto á extensão: CC-16, 525.
- plena: todos elementos com o proprietário.
- limitada: direitos reais sobre coisa alheia ou
resolúvel.
b) quanto á perpetuidade:
- perpétua: duração temporal ilimitada.
- resolúvel: duração temporal limitada.
DIREITOS REAIS – Propriedade.9
2.5 Limitações.
a) legais
- função social da propriedade. 1228, p. 1º.
- direito de vizinhança. 1228, p. 1º; 1277 e seguintes.
b) princípio geral de direito.
- função social da propriedade. 1228, p. 1º.
- uso normal dos direitos. 188, I.
c) voluntárias.
- cláusula de inalienabilidade. 1911
DIREITOS REAIS – Propriedade.10
 2.6 Propriedade temporária:
a) resolúvel.
- conceito: título aquisitivo – evento previsto - extinção da propriedade.
- ex: I – fideicomisso (1951) – fideicomitente – João
fiduciário – Maria
fideicomissário – Jose.
II – alienação fiduciária em garantia (1361).
III – retrovenda (505).
IV – venda com reserva de domínio (521).
V - venda a contento com condição resolutiva(509, por simetria).
VI - doação. reversão (547).
- efeitos legais. 1359. I – resolvidos direitos reais concedidos antes do evento.
II – ação real. 1228 caput
DIREITOS REAIS – Propriedade.11
2.6 Propriedade Temporária:
b) “ad tempus”
- conceito: título aquisitivo evento não previsto
(1360).
- ex: I – revogação. doação. Ingratidão (557).

- efeitos legais: I – mantidos direitos reais


concedidos antes do evento.
II - ação pessoal
DIREITOS REAIS – Propriedade.12
PROPRIEDADE IMÓVEL
2.1 sistemas aquisitivos:
- Brasil: título aquisitivo + modo aquisitivo = prop.
compra e venda registro (1245) =
presunção relativa de
propriedade, causalidade e
unilateralidade.

escritura pública (108).


DIREITOS REAIS – Propriedade.13
2.1 Sistemas aquisitivos:
- Francês = título aquisitivo.

- Alemão = título aquisitivo (juízes registrários) +


título aquisitivo e registro (registro. Imóveis) =
presunção absoluta de propriedade (princípios da
exatidão do registro e da proteção de quem confia no
registro); abstração e bilateralidade.
DIREITOS REAIS – Propriedade.14
2.2 modos aquisitivos:
direito hereditário. 1784
registro. 1245
Acessão. 1254
Usucapião. 1238
desapropriação judicial.
- classificação, quanto á origem =
originário = sem relação. transmissão. domínio anterior.
derivado = com relação. transmissão. domínio anterior.
DIREITOS REAIS – Propriedade.15
2.3 modos aquisitivos.
espécies:
A – Direito Hereditário:
- momento: morte (1784).

- efeito decorrente de registro de direito hereditário:


declaratório de disponibilidade administrativa.
DIREITOS REAIS – Propriedade.16
B – Registro. 6015, 168.
B1 - Características:
- presunção relativa de domínio, causal e unilateral. 1245, caput.
- oficialidade. 1245, caput.
- obrigatoriedade. 1245, caput.
- força probrante. 1245, caput.
- publicidade. 1227.
- retificação. 1247.
- constitutividade. 1225.
- continuidade. 6015, 195.
DIREITOS REAIS – Propriedade.17
B. Registro.
- valor vontade (1247, p. único) x valor confiança

B2. Propriedade aparente:


- pressupostos: - adquirente de boa-fé
- erro comum e escusável
- alienação onerosa
DIREITOS REAIS – Propriedade.18
B. Registro
B2. Propriedade aparente:
- hipóteses legais: herdeiro aparente (1817).
pagamento indevido (879).
simulação (167, p. 2).
fraude contra credores (161).
DIREITOS REAIS – Propriedade.19
C. Acessão.
C1. conceito: aumento. propriedade. força externa.
C2. natureza jurídica: modo aquisitivo.
C3. fundamentos jurídicos: evitar condomínio
indesejado. COISA NOVA.
C4. problemas jurídicos: DONO?
INDENIZAÇÃO?
DIREITOS REAIS – Propriedade.20
C5. espécies:
C5.1 discreta: não é modo aquisitivo, mas simples
exercício do poder de fruir proprietário (1228, “caput”).
aumento. propriedade. força interna (poder de fruir).
coisas acessórias: frutos
produtos
rendimentos
benfeitorias
DIREITOS REAIS – Propriedade.21
C5. acessão.
C5.2 acessão contínua: é modo aquisitivo da
propriedade sobre coisa nova decorrente de força
externa (união) natural ou humana.
- aumento. propriedade. força externa natural ou
humana.
DIREITOS REAIS – Propriedade.22
C.5.2.1 acessão natural:
A – aluvião (1250) própria (aterro natural).
imprópria (rio. menor. volume. águas).
B – avulsão (1251).

C – formação de ilhas (1249).

D – abandono do álveo (1252).


- todos.casos.sem indenização, salvo avulsão como direito.
- dono.terreno acrescido. dono. coisa nova. proporção da
testada.
DIREITOS REAIS – Propriedade.23
C5.2.2 acessão artificial:
- regras:
a) tudo quanto edificado no solo presume-se feito pelo
dono e a sua custa;
b) o dono do solo adquire tudo quanto edificado no
solo (ACESSÃO DIRETA), salvo se houver ACESSÃO
INVERSA.
c) a boa ou a má-fé influi na indenização.
DIREITOS REAIS – Propriedade.24
C5.2.2 acessão artificial:
- ACESSÃO INVERSA:
- a) fundamentos: evitar demolições antieconômicas
função social da propriedade
razoabilidade e proporcionalidade

- b) pressupostos: construtor de boa-fé


obra valiosa
solo alheio
indenização
DIREITOS REAIS – Propriedade.25
C.5.2.2 acessão artificial:
- hipóteses legais:
1 . 1254. terreno próprio. material alheio.
2. 1255, “caput”. construtor. solo alheio.
3. 1255, p. único. construtor de boa-fé. obra valiosa. Solo
alheio. Indenização. ACESSÃO INVERSA.
4. 1256. construtor e dono do solo de má-fé.
5. 1257. construtor de boa-fé. solo alheio. material alheio
DIREITOS REAIS – Propriedade.26
C5.2.2 acessão artificial
- hipóteses legais:
6. 1258, “caput”. construtor. boa-fé. terrenos limítrofes.
Pequena invasão. ACESSÃO INVERSA.
7. 1258, p. único. construtor. má-fé. terrenos limítrofes.
pequena invasão. ACESSÃO INVERSA NEGATIVA.
8. 1259, 1ª parte. construtor. boa-fé. terrenos limítrofes.
grande invasão.
9. 1259, 2ª parte. construtor. má-fé. terrrenos limítrofes.
grande invasão.
DIREITOS REAIS – Propriedade.27
D. Usucapião
- D1. conceito:
- D2. fundamentos:
- certeza da propriedade.
- sanar os defeitos do título aquisitivo
- função social da propriedade
- D3. Usucapião e Prescrição. Distinção:
- breve histórico:
- classificação: a) condições, b) objeto, c) finalidade
DIREITOS REAIS – Propriedade.28
D. Usucapião. Breve histórico:
- 1. Usucapião. Lei XII Tábuas.
- 2. Prescrição. Sistema Formulário: a) praescriptio;
b) intentio;
c) demonstratio;
d) condenatio;
e) adjudicatio.
- 3. Exceção. Reivindicatória:
- praescriptio longi e longissimi temporis
-4. Fusão. Efeitos. Dualista. Institutos Diversos.
DIREITOS REAIS – Propriedade.29
D. Usucapião.
D4. Requisitos:
- D4.1 Pessoal
- D4.2 Real
- D4.3 Formais
- D4.3.1 Posse: animus domini x causas contrárias
pacífica x contestada
contínua x interrompida
pública x clandestina
DIREITOS REAIS – Propriedade.30
D. Usucapião.
D4.3.2 Tempo:
- princípios : não -surpresa
segurança jurídica
razoabilidade
- regras:
a) 2028. manda aplicar . CC,16
b) 2029. aumenta 2 anos no 1238, p. único, 1242, p. único
até 2 anos da vigência do CC,02.
c) 2030. manda aplicar o 2029 no 1228, p. 4º.
DIREITOS REAIS – Propriedade.31
D. Usucapião.
D.4.3.3. Justo título:
- conceito: título aquisitivo com VICIO capaz de impedir ou
tornar sem efeito a transferência da propriedade.
- título HÁBIL:
- habilidade concreta: respeito á forma e registro.
- ex. escritura pública. compra e venda. falsa. registrada
- habilidade abstrata: sem respeito á forma e sem registro.
- ex. escrito particular. compra e venda. sem registro.
DIREITOS REAIS – Propriedade.32
D. Usucapião.
D.4.3.4 Boa-fé:
- subjetiva:
- real
- ignorância + circunstâncias. 1201, caput.
- presumida
- com justo título. 1201, p. único.
DIREITOS REAIS – Propriedade33
D. Usucapião.
D.5 Espécies:
1º Usucapião Extraordinário.
- sem função social. 1238, caput. posse
tempo. 15 anos.
- com função social. 1238, p. único. posse
tempo. 10 anos.
moradia habitual
ou produtividade.
DIREITOS REAIS – Propriedade.34
D. Usucapião. D.5 Espécies
2º. Ordinário.
- sem função social. 1242, caput.
posse/tempo. 10 anos/justo título abstrato/boa-fé.

- com função social. 1242, p. único.


Posse/tempo.5 anos/justo título
concreto/moradia/investimento social e econômico.
DIREITOS REAIS – Propriedade35
D. Usucapião. D5. Espécies.
3º. Constitucional urbano. CF,183. CC,1240. EC, 9º.
-posse/tempo 5 anos/área urbana 250m2/moradia/não
dono de outro imóvel/sem usucapião anterior.

4º Constitucional rural. CF,191. CC, 1239. Lei 6969/81, 7º.


-posse/tempo 5 anos/área rural
50ha/produtividade/moradia/sem domínio anterior.
DIREITOS REAIS – Propriedade36
D. Usucapião. D5 Espécies.
5º. Coletivo. Estatuto da Cidade. Lei 10257/o1, 10º.
-posse população baixa renda/tempo 5 anos/área urbana
superior a 250m2/moradia/terrenos não identificáveis/sem
domínio anterior.

6º. Conjugal. Lei 12424/11.


-posse direta e exclusiva/tempo 2 anos/área urbana até 250
m2/ abandono do lar do ex-cônjuge ou ex-
companheiro/moradia/sem domínio anterior/ sem
usucapião anterior.
DIREITOS REAIS – Propriedade37
E. Desapropriação Judicial. Pressupostos.1228, p. 4º e 5º.
-reivindicatória.
- posse considerável número de pessoas;
- tempo de 5 anos;
- extensa área;
 boa-fé (boa objetiva);
 obras e serviços de interesse social e econômico
relevante.
- indenização
DIREITOS REAIS – Propriedade38
E. Desapropriação Judicial x Usucapião Coletivo
- defesa x inicial e defesa
- urbano e rural x urbano
- com boa-fé x sem boa-fé
- com indenização x sem indenização

- previsão legal = 1228, p. 4 e 5.


DIREITOS REAIS – Propriedade39
2.4 Perda da Propriedade. 1275.
- I alienação + registro.
- II renúncia + registro.
- III abandono. 1276.
- conduta contrária real ao animus domini.
- ausência de posse alheira.
- arrecadação bem vago 3 ou 5 anos depois
- presunção absoluta de abandono, quando houver 3 anos
de não pagamento dos tributos.
- IV perecimento da coisa.
- V desapropriação.
DIREITOS REAIS – Propriedade40
2.5 Direitos de Vizinhança
a) Distinções:
- Vizinhança X Servidões
- LEI X VONTADE
- NECESSIDADE X UTILIDADE
- RECIPROCIDDADE X ENCARGO/PROVEITO
b) Conceito:
c) Natureza Jurídica:
DIREITOS REAIS – Propriedade41
2.5 Direitos de Vizinhança.
d) Conflito de Vizinhança:
- conduta num prédio
- dano noutro prédio
- nexo causal
e) Classificação quanto á onerosidade:
- onerosos: indenização obrigatória. 1285
- gratuitos: indenização eventual. 1313, p. 3
DIREITOS REAIS – Propriedade42
2.5 Direitos de Vizinhança.
f) Critérios reguladores das relações de vizinhança:
1) TEORIA DA PRE-OCUPAÇÃO. LID, 4º.
2) TEORIA DA PROIBIÇÃO DOS ATOS
EMULATIVOS. 1228, p. 2º.
3) TEORIA DO USO NORMAL. 188, I.
4) TEORIA DO USO NECESSÁRIO. 1278. 1279.
DIREITOS REAIS – Propriedade43
2.5 Direitos de Vizinhança. g) tutela:
dano = iminente
- nunciação de obra nova. 934, CPC
- dano infecto. 1280.1281
= atual
- cominatória. 461. p. 4º, CPC
= ocorrido
- demolitória. 1280
- indenizatória. 1280
DIREITOS REAIS – Propriedade44
2.6 Condomínio
 Condomínio Ordinário = tudo é comum
- Condomínio Edilício = partes comuns e exclusivas
2.6.1 Condomínio Ordinário
A – Concorrência de direitos
- subjetiva = comunhão = sujeitos com direito que
autoriza poderes concorrentes, iguais e simultâneos.
- objetiva = indivisão = coisa submetida a poderes
iguais, concorrentes e simultâneos.
DIREITOS REAIS – Propriedade45
2.6.1 Condomínio Ordinário
B – Condomínio = comunhão de domínio
C - Origem
- voluntário
- legal
- forçado = não divisão, não venda isolada da
parte ideal, não tende á extinção. Ex. tapumes
divisórios e partes comuns no edilício. 1331, p. 2º.
- fortuito = circunstâncias. Ex. herança. 1791
DIREITOS REAIS – Propriedade46
2.6.1 Condomínio Ordinário. D – Parte ideal
E - Natureza jurídica = teoria da propriedade integral
F - Formas = pro indiviso e diviso
G - Direitos dos condôminos
1 – direitos compatíveis com a comunhão. 1314
2 – reivindicar isoladamente1791
3 – defender a posse isoladamente1210
4 – vender a parte ideal = coisa divisível. 505
= coisa indivisível
5 – gravar toda a coisa ou só a parte ideal. 1420, p. 2º
DIREITOS REAIS – Propriedade47
2.6.1 Condomínio Ordinário
G – direitos. Condôminos
6 – a) regra: pedir a todo tempo a extinção do
condomínio. 1320, “caput”.
b) exceção1= pacto até 5 anos. prorrogável. 1320, p. 1º
c) exceção2= doação. Testamento. Até 5 anos. Sem
prorrogação. 1320, p. 2º
d) exceção das exceções = mesmo nos casos
anteriores poderá ser extingo se houver = requerimento
de interessado com graves razões. 1320, p. 3º
DIREITOS REAIS – Propriedade48
2.6.1 condomínio ordinário.
H – deveres
1 – pagar as despesas. 1315
2 – responder isoladamente por dívida em favor da
comunhão. 1318
3 – responder por frutos e danos. 1319
I – administração. 1323
1 – não uso e gozo comum, 2 – não extinção, 3 - aluguel, 4
– administração, que pode ser por estranho.
J – extinção = divisão da coisa. 1320. e divisão do preço. 1322.
e consolidação 1322.
DIREITOS REAIS – Propriedade49
2.6.2 Condomínio Edilício
A – LEI
- Código Civil = 1331 e seguintes.
- 4591/64
B – NATUREZA JURIDICA
- mescla de partes exclusivas (1331, p. 1º) e comuns
(1331, p. 2º e 3º).
- partes exclusivas = usar, gozar e dispor livremente;
isto é, sem consentimento dos demais consortes.
- partes comuns = condomínio forçado
DIREITOS REAIS – Propriedade50
2.6.2 Condomínio Edilício
C – Constituição. 1332.
- ato jurídico “inter vivos” ou “causa mortis”
D – Convenção. 1333 e 1334.
- natureza jurídica, forma (1334, p. 1º) e registro (1333,
parágrafo único).
E – Condôminos. Direitos ( 1335) e Deveres (1336).

F – Administração (1347) e Extinção (1357)


DIREITOS REAIS – Propriedade51
2.7 Propriedade Móvel
2.7.1 Modos aquisitivos
A – USUCAPIÃO -
- Usucapião Ordinário - 1260
posse, tempo, justo título, boa-fé
- Usucapião Extraordinário
posse, tempo - 1261
DIREITOS REAIS – Propriedade52
2.6 Propriedade Móvel – modos aquisitivos:
B – OCUPAÇÃO – 1263
- animus domini
- coisa sem dono coisa abandonada
coisa não apropriada
- ocupação lícita
DIREITOS REAIS – Propriedade53
2.7 Propriedade Móvel – modos adquisitivos:
C – ACHADO DO TESOURO – 1264
- coisa oculta preciosa
- dono não conhecido
- casualidade
D – ESPECIFICAÇÃO – 1269
- matéria prima alheia
- coisa nova
- não restituição ao estado anterior
DIREITOS REAIS – Propriedade54
2.7 Propriedade Móvel – modos aquisitivos:
E – COMISTÃO, CONFUSÃO E ADJUNÇÃO – 1272
- diversidade de donos
- casualidade
- não restituição ao estado anterior
- coisa principal
DIREITOS REAIS – Propriedade55
2.7 Propriedade Móvel – modos aquisitivos:
F – TRADIÇÃO – 1267
1. conceito
2. nuda traditio
3. espécies:
- material ou real – 1267, caput.
- fica ou consensual – 1267, p. único.
DIREITOS REAIS – Propriedade56
2.7 Propriedade Móvel – modos aquisitivos:
F – TRADIÇÃO
3 espécies
- ficta - constituto possessório
- traditio brevi manu
- aquisição da posse indireta
- alienação fiduciária em garantia
- casamento. comunhão universal
- simbólica
DIREITOS REAIS – Propriedade57
2.7 Propriedade Móvel
2.7.2 DESCOBERTA - 1233
- não é modo aquisitivo
- coisa perdida
- deveres – 1233 restituir
entregar. autoridade competente

- direitos – 1234 indenização


recompensa
DIREITOS REAIS – POSSE58
3. POSSE
3.1 Etimologia Jurídica
3.2 Teorias
3.2.1 Subjetiva (Savigny):
a. posse = elementos corpus
animus
b. posse derivada = depósito, penhor
c. distinção. posse e detenção = animus domini
d. fundamento. proteção da posse = paz social
DIREITOS REAIS – POSSE59
3. POSSE
3.2.2 Objetiva (Jhering):
a. posse. elementos = corpus
animus
b. posse através de terceiro = mediata e imediata
c. distinção. posse e detenção = proteção legal
d. fund. proteção da posse = defesa da propriedade
DIREITOS REAIS – POSSE60
3. POSSE
3.2.3 Sociológica (Hernandez Gil):
a. posse = conceito. não complemento da propriedade.
b. posse = visão tridimensional.
c. posse = função social da posse e da propriedade.
e. posse = fundamento. proteção da posse.
DIREITOS REAIS – POSSE61
3. POSSE
3.3. Natureza Jurídica/Objeto (corpóreo/incorpóreo).
- fato/direito
- real
- poder imediato/objeto/erga omnes
- pessoal
- não tipicidade/não registrável/ 10º, p. 2º,
CPC/não erga omnes (não protegida no petitório, 1228,
caput, e não protegida contra sucessor singular de boa-
fé, 1212).
DIREITOS REAIS – POSSE62
3. POSSE
3.4 Desdobramento. 1197= posse direta
posse indireta
- entrega temporária
- fundada em d. real/d. pessoal
- obrigação de restituir
DIREITOS REAIS – POSSE63
3. POSSE
3.5 COMPOSSE
Pro Indiviso = poderes iguais, concorrentes e
simultâneos
Pro diviso = extinção da composse
DIREITOS REAIS – POSSE 64
3. POSSE
3.6 Classificação
- Subjetiva. 1201/1202
- boa-fé/má-fé
- Objetiva.
- justa/injusta (1200)
- obtida pela = violência
clandestinidade
precariedade
DIREITOS REAIS – POSSE65
3. POSSE
3.7 Detenção
- dependente = desinteressada (1198)
- servidores da posse
interessada (1208)
- atos de tolerância/mera permissão

- independente = atos violentos/clandestinos (1208)


bens públicos (100/101)
DIREITOS REAIS – POSSE66
3 POSSE
3. 8 Caráter = boa/má; justa/injusta
- manutenção
- ninguém pode isoladamente mudar o caráter da posse
- a posse mantém o caráter da aquisição, salvo prova em
contrário (1203)
- mudança
- causa jurídica
- causa fática (teoria da proibição do comportamento
contraditório)
- sucessor singular de boa-fá (1212)
DIREITOS REAIS – POSSE67
3. POSSE
3.9 Acessão
- universal = ex. herança.
- união obrigatória (1206/1207, 1ª parte)
- singular = cessão da posse de imóvel
- boa-fé = união facultativa (1207, 2ª parte)
- má-fé = união obrigatória (1207, 2ª parte c/c 1212)
DIREITOS REAIS – POSSE68
3. POSSE
3.10 Aquisição e Perda
- aquisição (1204)
- perda (1223)
- teoria objetiva. Jhering
- revogação, ou não do 493, CC-16
DIREITOS REAIS – POSSE69
3. POSSE - 3.11 Efeitos
a) interditos possessórios = 1210 e s.
- proteção da posse contra lesões
- ameaça = interdito proibitório
- turbação = manutenção da posse
- esbulho = reintegração da posse
- fungibilidade
- ações possessórias
- dúplice
- rito = especial = força nova = com liminar 924 e s, CPC
= ordinário = força velha = sem liminar
DIREITOS REAIS – POSSE70
3. POSSE
3.11 Efeitos
b) Frutos. 1214 = boa-fé: frutos colhidos
despesas de produção
1216 = má-fé: despesas de produção
c) Resp. por dano ou deterioração. 1217 = boa-fé
1218= má-fé
d) Benfeitorias. 1219= boa-fé = indenização (necessárias e úteis);
retirada (voluptuárias, se o dono não pagar e não causar dano á
coisa) e retenção (necessárias e úteis)
1220 =má-fé = indenização (necessárias)
DIREITOS REAIS – POSSE71
3.12 Juízo possessório. Juízo petitório = distinções
- fato - direito
- posse - direito a ter posse
- ação possessória - ação petitória
- interditos - reinvidicatória = imóvel
- imissão de posse = imóvel
- busca e apreensão = móvel
- jus possessionis - jus possidendis
- 1210 - 1228, caput.
DIREITOS REAIS – POSSE71
3.12 Juízo possessório. Juízo petitório = separação
a) no tempo = 923, CPC
- 1º possessório
- 2º petitório
b) no espaço =
- 505, CC-16
- Súmula 487, STF
- 1210, p. 2º, CC-02
DIREITOS REAIS - GOZO72
4. DIREITOS REAIS SOBRE COISAS ALHEIAS
4.1 DIREITOS REAIS DE GOZO OU FRUIÇÃO
A– SUPERFÍCIE
1. LEI
- Estatuto da Cidade (Lei 10257) – 21/24 (urbano,
tempo determinado ou indeterminado, autoriza obra
no solo, subsolo e espaço aéreo)
- Código Civil – 1369 e s. (urbano ou rural, tempo
determinado, não autoriza obra no subsolo, salvo se
objeto da concessão).
DIREITOS REAIS – GOZO73
4.1 GOZO
A – SUPERFÍCIE
2. CARACTERÍSTICAS
- superficiário/proprietário
- transmissibilidade – 21, p. 5º, 1372
- alienabilidade com preferência 22, 1373
- suspensão acessão artificial
- extinção destinação diversa - 24, p. 1º, 1374
- extinta a concessão, volta a prop. Plena, salvo pacto em
contrário - 1375
DIREITOS REAIS – GOZO74
4.1 GOZO
B – SERVIDÕES
1. CARACTERÍSTICAS
- proveito, encargo e diversidade de donos - 1378
- imobiliário
- acessório
- perpetuidade
- indivisibilidade – 1386
- inalienabilidade
DIREITOS REAIS – GOZO75
4.1 GOZO
B – SERVIDÕES
2. CLASSIFICAÇÃO QUANTO AO EXERCÍCIO
- positivas/negativas
- contínuas/descontínuas
- aparentes/não aparentes – Súmula 415, STF
3. CONSTITUIÇÃO
- ato jurídico (testamento, contrato, tudo mediante
registro imobiliário - 1378), usucapião - 1379
4. EXTINÇÃO – 1388 e 1389
DIREITOS REAIS – GOZO76
4.1 GOZO
C – USUFRUTO
1. CARACTERÍSTICAS
- utilização econômica. conservação da substância da
coisa, salvo no usufruto impróprio
- posse direta e indireta
- temporariedade
- intransmissibilidade, salvo direito de acrescer – 1411
- inalienabilidade – 1393
- usufruto por alienação e retenção – 1400, p. único
DIREITOS REAIS – GOZO77
4.1 GOZO
C – USUFRUTO
2. ORIGEM
- convencional
- legal ( 1689, I, CC, 231, p. 2º, CF/88)
- judicial (716, CPC)
3. EXTINÇÃO - 1410
DIREITOS REAIS – GOZO78
4.1 GOZO
D – USO
- uso e gozo limitados
- uso convencional
E – HABITAÇÃO
- habitar gratuitamente
- habitação legal – 1831
 USO E HABITAÇÃO
 - submetem-se ás regras do usufruto
 - personalíssimos
 - indivisíveis
DIREITOS REAIS – GARANTIA79
4.2 GARANTIA
- CARACTERÍSTICAS GERAIS
- acessório
- sequela - 1419
- preferência - 1422
- indivisibilidade - 1421
- excussão - 1422
- execução pelo restante do débito - 1430
- proibido o pacto comissório - 1428
- especialização e publicidade – 1226/ nckx 1227
DIREITOS REAIS – GARANTIA80
4.2 GARANTIA
A – PENHOR
1. CARACTERÍSTICAS
- sujeitos - 1431
- objeto – móvel, direito, imóvel por acessão intelectual
2. ESPÉCIES
2.1 COMUM
- tradição real - 1431
- posse direta do credor - 1431
- registro no cartório de títulos e documentos - 1432
DIREITOS REAIS – GARANTIA81
4.2 GARANTIA
A – PENHOR
2.2 ESPECIAIS
1. RURAL – 1438 e s
2. MERCANTIL/INDUSTRIAL – 1447 e s
3. DIREITO E TÍTULO DE CRÉDITO – 1452 e s
4. VEÍCULOS – 1462 e s
5. LEGAL - 1467
3. EXTINÇÃO - 1436
DIREITOS REAIS – GARANTIA82
4.2 GARANTIA
B – HIPOTECA
1. CARACTERÍSTICAS
- credor e devedor hipotecário com posse plena
- imóvel. direito. Móvel
- especialização e publicidade
- subipoteca – 1476
- perempção - 1485
DIREITOS REAIS – GARANTIA83
B – HIPOTECA
2. ESPÉCIES
- convencional
- legal – 1489 e s
- judicial – 466, CPC – direito do exequente de título
judicial de prosseguir na execução contra os
adquirentes dos bens do executado
DIREITOS REAIS – GARANTIA84
4.2 GARANTIA
B. HIPOTECA
3. CREDOR. DIREITOS
- excussão – 1422
- prelação – 1422
- sequela – 1421
- remição – 1481
- sub-rogação – 1478
- remissão
4. EXTINÇÃO - 1499
DIREITOS REAIS – GARANTIA85
4.3 GARANTIA
C – ANTICRESE
- credor anticrético/devedor anticrético - 1506
- posse direta, mas pode arrendar – 1507, p. 2º
- bem imóvel – 1506
- usar/gozar
- não pode excutir
- retenção – 15 anos - 1423
DIREITOS – AQUISIÇÃO86
4.3 DIREITO REAL DE AQUISIÇÃO

1. PROMESSA REGISTRADA. Efeito real - 1417


- direito real de aquisição
- “erga omnes”
2. PROMESSA NÃO REGISTRADA. Efeito pessoal – 1418
- direito pessoal de adjudicação compulsória
- Súmula 239, STJ (o direito á adjudicação compulsória
não se condiciona ao registro do compromisso de
compra e venda no cartório de imóveis)

Você também pode gostar