Você está na página 1de 12

O homem e a Cultura

Capítulo do Livro :
O desenvolvimento do Psiquismo
Leontiev, A. R.

Professor : Manoel Oriosvaldo de Moura


HOMEM

ser de natureza
social
Desenvolvimento do homem

submetido originalmente posteriormente submetido às leis


às leis biológicas : sócio-históricas – que regem o
órgãos que se desenvolvimento da produção
adaptavam às condições
e às necessidades da
produção
vida em sociedade
Processo de hominização:
Base no trabalho

1º. Estágio: 2º. estágio: várias 3º. Estágio: surgimento do


australopitecos etapas ( fabricação homem atual Homo
– vida gregária, de instrumentos – sapiens
formas de trabalho • leis sócio históricas
posição vertical,
uso de utensílios em sociedade) – são determinantes da
rudimentares desenvolvimento evolução do homem
biológico já • características
dependente do biológicas necessárias
desenvolvimento já existem
da produção • desenvolvimento
sócio- histórico
ilimitado
• mudanças são mais
rápidas do que seriam
então as biológicas
Cada indivíduo aprende a ser homem
TRABALHO: atividade humana fundamental
Através do trabalho os homens adquirem e transmitem
conhecimentos às gerações seguintes

Natureza modificada pelo homem


Conforme suas necessidades
Natureza Criam objetos
Constroem habitações

Mundo repleto de produtos materiais, intelectuais, ideais,


cristalizam-se suas aptidões, conhecimentos, saber fazer
Objetos e fenômenos das gerações anteriores

O homem da nova geração deve se inserir e se apropriar das riquezas


deste mundo participando no trabalho, nas atividades sociais, etc.
Desenvolvimento do homem Desenvolvimento da cultura

atividade cognitiva das gerações precedentes

Base para a formação do pensamento e saber


da geração seguinte(que deve se apropriar)

processo de apropriação processo de formação das


dos indivíduos das faculdades específicas do homem
aquisições do
desenvolvimento histórico
Através da ATIVIDADE
 
Exemplo: aquisição de um instrumento

INSTRUMENTO
• produto da cultura material ( possui traços característicos da criação
humana,
• também é objeto social ( nele se incorporam e fixam as operações de
trabalho historicamente elaboradas)
 
Cristaliza-se nos instrumentos humanos um conteúdo social e ideal

Os animais usam os instrumentos, mas não os guardam nem


transmitem, não desenvolvem novas operações motoras

O homem – se apropria dos instrumentos – reorganiza seus


movimentos – forma faculdades motoras superiores
Outro exemplo : fenômenos da cultura intelectual
Aquisição da linguagem – processo de apropriação das
operações das palavras fixadas historicamente nas suas
significações
 
•Animal se contenta com o desenvolvimento da natureza
•Homem a constrói

Características do processo de apropriação


-         cria no homem aptidões novas, funções psíquicas novas
-         processo de reprodução no indivíduo das propriedades e
aptidões historicamente formadas na espécie humana
 
A criança aprende a atividade mais adequada
Processo de educação
Várias formas

Transmissão dos resultados do desenvolvimento sócio-histórico


da humanidade para as gerações seguintes

É a RELAÇÃO COM OS OUTROS, e não somente o objeto


ou fenômeno que permite que a criança se aproprie de traços
da cultura acumulada.

“Quanto mais progride a humanidade, mais rica é a prática sócio-


histórica acumulada por ela, mais cresce o papel específico da
educação e mais complexa é a sua tarefa”( p.291)
Etapa nova do desenvolvimento da humanidade implica em etapa
nova no desenvolvimento da educação
Homem

Tem aptidão para formar novas aptidões

Nem todos tem acesso a esta possibilidade

Desigualdade entre os homens

Não são fruto de diferenças São produto da desigualdade


biológicas naturais econômica de classes
Produtos objetivos da atividade humana e as
aquisições da humanidade fixadas neles

Não dependem Mas podem se separar daqueles que


mais de leis criam o desenvolvimento
biológicas
Divisão social do trabalho

Produto do trabalho – transforma-se – objeto de troca

Classes dominantes: Concentração de riquezas e cultura intelectual

Concentração e alienação da cultura

Provoca

•Desigualdade de desenvolvimento
•Desigualdade de condições e circunstâncias de progresso econômico
e social
•Povos privados de meios materiais para seu progresso cultural
DESENVOLVIMENTO FUTURO DO HOMEM
Conforme a concepção da NATUREZA do homem
Puramente biológica
Considera a questão da reprodução entre raças superiores
Pressupõe a diferença entre indivíduos mais aptos e menos
aptos
Entretanto todas as raças humanas tem as características
biológicas do homem contemporâneo ( cérebro desenvolvido,
particularidades do esqueleto, posição vertical etc)
Homem como ser social que se apropria das aquisições
históricas da humanidade

Criar condições para que todos possam se desenvolver

EDUCAÇÃO que garanta o desenvolvimento multilateral