Você está na página 1de 31

CURSO PARA FORMAÇÃO DE DIRIGENTES

DE EAE

AULA 4 DIRIGENTES - PERFIL E


POSTURA
PRECES
“Há diferentes modos de vivência espiritual.
Uns a fazem estudando, outros estudando e
crendo e o discípulo de Jesus a faz
estudando, crendo e praticando” E. Armond

MINUTO DE ALIANÇA
E.A.E.

DIRIGENTES - PERFIL E
POSTURA.
PRECES
A GRANDE TAREFA DE
JESUS É A REDENÇÃO DA
HUMANIDADE
Para isto ele contou com quem o:
ANTECIPOU = PROFETAS
ACOMPANHOU = APÓSTOLOS
SEGUIU = DISCÍPULOS
A FORÇA DO EXEMPLO

A codificação A difusão A iniciação

VERDADEIRA EXEMPLIFICAÇÃ
A E.A.E. é uma realização na Terra de um
projeto do Plano Espiritual Superior.
As Fraternidades inspiraram seu programa
e as suas ferramentas, que se tornaram
chaves modernas e eficazes para atender
as necessidades de aprimoramento do
homem.
CABE AOS
DIRIGENTES
PROMOVER AS
CONDIÇÕES
PARA QUE
ESTAS
FERRAMENTAS
FUNCIONEM
O D I R I G E N T E FA Z A T U R M A ?

A TURMA ANDA SOZINHA?


INSTRUÇÃO
INSTRUIR É ILUSTRAR A MENTE COM CONHECIMENTO.
INSTRUÇÃO SE RELACIONA COM O INTELECTO.
INSTRUÇÃO NÃO LEVA AO AUTO CONHECIMENTO.

EDUCAÇÃO
EDUCAR É DESENVOLVER PODERES DO ESPÍRITO.
EDUCAÇÃO É FORMAÇÃO DO CARÁTER.
EDUCAÇÃO LEVA AO AUTO CONHECIMENTO.
INSTRUÇÃO E EDUCAÇÃO

RAZÃO E CORAÇÃO DEVEM MARCHAR UNIDOS NA


OBRA DO APERFEIÇOAMENTO E REDENÇÃO DO
ESPÍRITO

. E .
E . A
EDUCAÇÃO
INSTRUÇÃO
O Mestre da Educação
Pedro de Camargo -
Vinícius
PERFIL E POSTURA DO
DIRIGENTE

QUALIDADES

REQUISITOS

POSTURA

COMO DEFINIR UM DIRIGENT

RESPONSABILIDADES
PERFIL DOS DIRIGENTES

A nossa tarefa é das mais


complexas e de suma importância.
Estamos reestruturando caráter,
formando personalidades novas,
capazes de exemplificar a vivência
evangélica.
VER – pág. 186
PERFIL DOS DIRIGENTES

Os dirigentes mais rigorosos, mais exigentes e mais


preocupados com a formação dos aprendizes, são os
que realizam sua tarefa com maior devotamento
mental e respeito aos ensinamentos e os discípulos
reconhecerão futuramente o quanto lhes devem ser
gratos pela grande parte da influência que tiveram no
seu aprimoramento evangélico e para sua mais rápida
e segura evolução espiritual com maior aproximação
com os planos luminosos dos mundos espirituais
superiores.
Guia do Discípulo
QUALIDADE DOS
DIRIGENTES

• Fome do saber
• Disciplina
• Confiança em si e em seus ideais
• Responsabilidade
• Perdão
• Aceitação
• Defensor do Espiritismo religioso
• Fé na espiritualidade e ligação constante com ela
• Capacidade de comunicação com os aprendizes
REQUISITOS PARA SER
DIRIGENTES

• Querer (P&R, p. 8)
• Aceitar e acreditar no programa (P&R, p. 80)
• Dedicação à turma (“pressupõe a renúncia de parte do tempo livre para se dedicar à
turma e a adoção do trabalho com segurança e confiança”) (P&R, p. 8)
(O dirigente deve ser o primeiro a chegar e o último a sair – chegar com
antecedência)
• Fazer o curso de Dirigentes (P&R, p. 8)
• Experiência como secretário ou assistente (P&R, p. 8)
• Ser membro da FDJ (P&R FDJ, p. 65)
(Comentar a resposta desta pergunta)
POSTURA DOS DIRIGENTES

 Não é o dirigente que vai conduzir a turma, à medida em que o


programa avança, o dirigente vai se apagando, participando de
maneira cada vez menos diferenciada, a direção não está centralizada
no dirigente, e sim, no próprio grupo. P&R EAE, p. 79.
POSTURA DOS DIRIGENTES

Ser um elemento catalisador no processo de transformação íntima dos alunos.

Exemplo: comparação com o catalisador, na página 81

“Catalisador é todo elemento que acelera ou propicia uma reação química sem participar

diretamente da própria reação”. (P&R EAE, p. 79)

Ser um elemento facilitador (P&R EAE, p. 74)

(Buscar elementos que auxiliem a reflexão dos alunos)

(O dirigente deve ser brando e enérgico, funcionando como um facilitador do

crescimento espiritual dos alunos)


POSTURA DOS DIRIGENTES

“Aqueles dirigentes que se colocam como “paizões, mãezonas, ou


irmãos mais velhos” da turma, são dirigentes fracassados e, o pior, não
conscientes deste fracasso”. (P&R EAE, p. 79)
(Limitam completamente o potencial de transformação moral que cada
um tem)
COMO DEFINIR O
DIRIGENTE?

Alguém com amplos conhecimentos doutrinários dever ser o primeiro


entre “iguais” na turma, sendo exemplo de que a prática de amor e
disciplina se realizam na prática. “Atividade sem amor conta como hora
negativa”. O dirigente cresce com o grupo, aprende com os
componentes daquela comunidade. Quanto mais avança, mais se
aproxima das pessoas.
(P&R EAE, p. 77)
IDOLATRIA DOS
DIRIGENTES

Inevitável surja um sentimento de admiração, pelas atitudes apresentadas; pois,


demonstra firmeza, serenidade, encontra as respostas para suas indagações.

Cuidado com o dirigente paizão.

Nem tanto ao contrário, apatia, distância ou desinteresse tende ao fracasso.

Não é o cobrador de atitudes, dar valor e atenção necessária ao aluno.

Dirigente não faz a reforma íntima dos alunos.

Dirigente não é um enviado de Deus e nem do plano espiritual superior.


DIRIGENTE
• O dirigente deve ser como um pai humilde, singelo e amoroso.
• Do amor e entrosamento criado entre dirigentes e alunos depende o êxito da turma.
• Conhecer de perto cada aprendiz.
• Não deve comentar a aula dada pelo expositor.
• Suas palavras devem ser no sentido de incentivar a RI.
• Tem a função de maestro que procura obter a harmonia da orquestra.
• Deve ser objetivo, respeitar e fazer respeitar.
• Sensibilidade Didática, para manter o interesse da RI.

SECRETÁRIO E ASSISTENTE
• São eles que estão em maior contato com os alunos e que toma conhecimento mais direto com
todos os casos
• Deve ser discreto, amoroso, sempre pronto a ajudar.
• Eles controlam as entregas e devoluções de testes, cadernos, leitura e temas, vibrações, exames
espirituais, trabalho que fazem, etc
• O dirigente deve estar presente uma hora antes da aula para atender os alunos
necessitados de orientação É o primeiro a chegar e o último a sair.
• Seus trajes devem ser simples .
• Fazer o preparo, a leitura, o comentário e incentivado os alunos a fazerem o
mesmo, sem forçamentos.
• Na lousa deve estar a aula do dia e da semana seguinte
• Não é aconselhável colocar o nome do expositor
• Leitura do tema com voz alta para que todos ouçam (pode ler temas anteriores,
também)
• O dirigente deve receber o expositor
com carinho mas nunca sair da sala
deixando-o sozinho com os alunos
• O Dirigente não deve retirar da sala um
aluno com que ele deseja conversar, no
momento da aula. Se isso acontecer, o
aluno deverá receber falta pois não
assistiu a aula.
• O dirigente não deve escrever ou ler
enquanto o aluno lê o tema.
• Dirigentes e secretários não devem se
entreolhar durante a exposição de aula
reprovando atitudes de alunos ou
expositor
PRECES
PRECE DOS APRENDIZES
Pai Celeste, Criador,
fonte eterna de bondade
Auxilia-nos Senhor,
a conquistar a verdade
Abençoa o nosso esforço
para o teu Reino atingir
Dá-nos Pai, a luz que aclara
os caminhos do porvir
És a glória deste mundo,
És a paz e a esperança
És a luz que não se apaga
És o amor que não se cansa
Dá-nos força para sermos
Os arautos do Teu amor
Testemunhos, Verdadeiros
Do Evangelho redentor
Testemunhos, Verdadeiros
Do Evangelho redentor
PRECE DOS APRENDIZES
Elemento espiritualizante, empregado
em atos de elevação ao Alto.

Não é ritual é recurso de elevação.

Poderoso elemento de harmonização


para preparação de ambientes.

Em pé ou sentado? – Receber alguém sentado?

Cantada em voz baixa – sentir no coração


PRECE DAS FRATERNIDADES
Nosso Divino Mestre Salvador;
fortalecei-nos e amparai-nos,
para que possamos lutar
contra as forças do mal,
que tentam dominar o mundo.
 
Veneráveis mensageiros celestes;
auxiliares de Jesus:
fortalecei-nos e amparai-nos,
para que possamos lutar 
contra as forças do mal,
que tentam dominar o mundo.
 
Pai nosso, Criador nosso, 
fonte eterna de amor de luz, 
fortalecei-nos e amparai-nos,
para que possamos lutar Como se explica aos
contra as forças do mal,
que tentam dominar o mundo.
aprendizes o que são forças
do mal?
PRECE DAS FRATERNIDADES
118 – Como apresentar a Prece das Fraternidades?

Como meio de ligação com os vários agrupamentos


espirituais que se dedicam ao socorro e à
evangelização.

Sobre a expressão “lutar contra as forças do mal”, o


Comandante perguntou a uma pessoa, que
questionou o conteúdo da prece: “Na luta contra o
orgulho, quem está vencendo?”

EAE P&E. pág. 101


PARA SER DISCÍPULO DE JESUS

QUANTO TEMPO
TENHO?

Você também pode gostar