Você está na página 1de 54

TECNOLOGIA DAS CONSTRUÇÕES 2

Revestimentos Horizontais e
Verticais

2 0 1 6
Conceito
Revestimentos são todos os procedimentos utilizados na
aplicação de materiais de proteção e de acabamento
sobre superfícies horizontais e verticais de uma
edificação.
Revestimentos horizontais são os materiais aplicados
sobre os pisos e nos tetos, enquanto que os revestimentos
verticais são os materiais aplicados nas paredes e
fachadas.

5/25/21
Introdução – Rev. Horizontais (pisos)
Para a escolha adequada do tipo de revestimento horizontal (piso) das
edificações deve ser considerada a finalidade do cômodo ou da área
onde vai ser aplicado.
Características essenciais:
• Ser resistente ao desgaste;
• Provocar o mínimo de ruído com o movimento das pessoas;
• Apresentar um mínimo de aderência que proporcione segurança no
movimento das pessoas, evitando acidentes;
• Exigir pequena ou nenhuma despesa de manutenção;
• Ser de fácil limpeza, para ser mantido em boas condições de higiene;
• Proporcionar aspecto agradável (estética);
5/25/21
Revestimentos Horizontais (pisos)
Piso de cimento
• O mais simples que se pode fazer;
• É o mais barato;
• Dois graves defeitos: mancha muito e produz constantemente
uma poeira muito fina;
• Existem duas maneiras de contornar estes dois problemas:
1) Pintar o chão com tinta para pisos de cimento: pronta para usar,
boa resistência ao atrito, simples de lavar.
2) Aplicar sobre o cimento um produto impermeabilizante, que
fecha os poros, endurece o piso e dificulta manchar o chão.

5/25/21
Revestimentos Horizontais (pisos)
Piso de cimento

5/25/21
Revestimentos Horizontais (pisos)
Piso de cimento

5/25/21
Revestimentos Horizontais (pisos)
Piso de cimento

5/25/21
Revestimentos Horizontais (pisos)
Piso granilite
•é uma massa de cimento com pedaços
de pedras como mármore, calcário, quartzo, dentre outros,
em vários tamanhos ou ´granulometrias´ diferentes;
• muito parecido com o cimento queimado, porém é mais
resistente devido a presença de minérios em sua composição
e deixa os ambientes mais elegantes;
• possui uma vida longa, sendo forte e duradouro;
• Existem dois tipos de granilite no mercado: o Granilite
Polido e o Granilite Fulgê (ou Fulget );
5/25/21
Revestimentos Horizontais (pisos)
Piso granilite

5/25/21
Revestimentos Horizontais (pisos)
Piso cerâmico
• O piso cerâmico em suas várias qualidades tem uma
enorme diversificação de desenhos, formas e cores.
Além de durável e fácil de limpar;
• Usado em exteriores e interiores.
• Há muita variedade, inclusive com peças especiais para
calçada, que são antiderrapantes;
• Manutenção simples, feita com água e sabão.

5/25/21
Revestimentos Horizontais (pisos)
Piso cerâmico

5/25/21
Revestimentos Horizontais (pisos)
Pisos laminados
É um piso constituído de lâminas de madeiras em larguras
e comprimentos variados com acabamentos que simulam
vários tipos de madeira;
É um piso flutuante, ou seja, não é pregado ou colado ao
contrapiso, sendo instalado sobre uma manta;

5/25/21
Revestimentos Horizontais (pisos)
Pisos laminados

5/25/21
Revestimentos Horizontais (pisos)
• Menor custo: Se comparado aos pisos de madeira de lei (tábua corrida);
• Fácil limpeza: Devido ao verniz de acabamento, basta um pano úmido para limpar a
maioria das manchas;
• Fácil instalação: As réguas do piso apresentam encaixe tipo macho-fêmea, tipo click,
que facilitam a instalação, além de apresentarem grande firmeza. A pouco tempo as
réguas eram coladas.
• Ecologicamente correto: As réguas de piso laminado são madeira reflorestada de
florestas certificadas. Prática adotada pela maioria dos fabricantes.
• Garantia estendida: a maioria dos fabricantes oferece garantias de 10 anos ou mais do
produto;
• Resistente a cupins: já são produzidos com componentes químicos que não são
atrativos ao ataque de cupins.
• Conforto térmico-acústico e antialérgicos;
• Custo elevado quando comparado a outros tipos de piso (ex. piso cerâmico)
5/25/21 • Arranha com facilidade
Revestimentos Horizontais (pisos)
Pisos laminados

5/25/21
Revestimentos Horizontais (pisos)
Pisos laminados

5/25/21
Revestimentos Horizontais (pisos)
Piso vinílico
• O piso vinílico é produzido com resina de vinil (PVC), sua superfície é
texturizada e estampada, de modo a imitar outros acabamentos;
• Podem ser encontradas em três formatos diferentes: manta, placa e régua,
e em diversas cores e estampas;
• Não se recomenda usar pisos vinílicos neste tipo de ambientes molhados;
• Podem sofrer danos ao se arrastar móveis e eletrodomésticos sem os
mesmos estejam protegidos, ou por eventuais queimaduras por pontas de
cigarro;
• Possuem uma boa absorção acústica, não empenam e também não dilatam.
Outras vantagens dos pisos vinílicos é que não absorvem calor, são
antiderrapantes, antialérgicos, anti-chamas e de fácil limpeza;

5/25/21
Revestimentos Horizontais (pisos)
Piso vinílico

5/25/21
Revestimentos Horizontais (pisos)
Qual a diferença entre piso laminado e piso vinílico?

5/25/21
Revestimentos Horizontais (pisos)
Qual a diferença entre piso laminado e piso vinílico?
Piso Laminado: fabricado com uma mistura de madeiras e revestido
por lamina melamínica, imitando madeiras naturais. Possui uma alta
resistência e algumas opções ainda possuem um acabamento anti-
cupim. A instalação sempre é realizada pelo sistema flutuante;
Piso Vinílico: é considerado um piso ecológico, pois pode ser
produzido através de plásticos reciclados. Também conhecido como
piso em PVC, possui a aparência muito semelhante a madeira natural
e pode ser colocado no chão, em cima de outro piso existente. O piso
vinílico também pode ser instalado como piso flutuante se for
comprado na forma de réguas, que são instaladas através de encaixe
click (sem cola).

5/25/21
Revestimentos Horizontais (pisos)
Piso de Ardósia
• Não é indicada para o passeio ou espaços ao ar livre por ser
lisa (muito escorregadia), esquenta bastante, mas pode ser
usada para fazer detalhes, desde que seja colocada com
grande espaço de rejunte.
Manutenção da ardósia:
• A ardósia sem tratamento (selador), requer limpeza
constante, pois mancha com facilidade. Para selar os poros,
o ideal é colocar uma camada de resina, mas isso deixa a
pedra ainda mais lisa.
5/25/21
Revestimentos Horizontais (pisos)
Piso de Ardósia

5/25/21
Revestimentos Horizontais (pisos)
Granito e pedras
• Uso em interiores e exteriores;
• Evitar a queda de materiais pesados, que possam danificar as
peças;
• Manutenção: Limpar as superfícies com pano umedecido com
sabão neutro. Encerar cera incolor líquida;
• Não usar detergentes corrosivos, sapólios ou similares, que atacam
a superfície e deterioram o seu brilho;
• Remover imediatamente as manchas nos granitos, a fim de impedir
sua penetração, o que torna a limpeza da mancha impossível;

5/25/21
Revestimentos Horizontais (pisos)
Granito e pedras

5/25/21
Revestimentos Horizontais (pisos)
Piso sinteco
• Piso muito bonito para interiores, mas de manutenção
frequente. Tendo que ser refeito ao longo dos anos;
• Limpeza: dissolva 100ml de álcool em cinco litros de água e
limpe o piso com uma flanela umedecida na mistura;
• Nas áreas do piso onde a luminosidade não incide, a madeira
pode apresentar uma coloração mais clara que o resto;
• Não permita exposição à umidade excessiva, pois isso poderá
danificar o acabamento

5/25/21
Revestimentos Horizontais (pisos)
Piso sinteco

5/25/21
Introdução – Rev. Horizontais (tetos)
• Elemento de acabamento interno das edificações;
• Sistema de revestimento superior de um ambiente (cômodo);
• Caracterizado como forro falso quando reveste abaixo do teto (que
tecnicamente define o pé-direito);
• É o sistema que regula o espaço e o conforto do ambiente;
• Possuindo uma relação direta com a reverberação dos sons, o conforto
térmico e luminoso;
• Deve possibilitar fácil manutenção, ter praticidade na instalação, e estar
dentro dos padrões de resistência mecânica, de resistência à propagação
de chamas e à ação de fungos e insetos;
• Deve fornecer condições para a adaptação de luminárias, alarmes,
sprinklers, dutos de ar condicionado e outras instalações, se necessário;
5/25/21
Revestimentos Horizontais (tetos)
Concreto aparente (laje aparente)
• É o teto sem nenhum revestimento especial, a não ser
em alguns casos, uma pintura (verniz) diretamente
sobre a face inferior da laje de concreto;

5/25/21
Revestimentos Horizontais (tetos)
Pintado
• Aplicação de camadas de revestimento (chapisco,
emboço, reboco, massa acrílica ou PVA e pintura) sobre
a face inferior de laje (maciça, pré-moldada ou mista);

5/25/21
Revestimentos Horizontais (tetos)
Forro de madeira
• O material pode ser comprado em chapas, réguas ou
colméias e fixados por meio de vigamentos,
tarugamentos ou estrutura de suporte;
• Réguas de cedrinho, angelim, perobinha, jatobá são
boas opções para forros, pois têm elevada resistência ao
ataque de cupins;
• No acaso das réguas, podem ser com encaixe tipo saia-e-
blusa ou macho-e-fêmea;

5/25/21
Revestimentos Horizontais (tetos)
Forro de madeira

5/25/21
Revestimentos Horizontais (tetos)
Forro de gesso
• O forro em gesso pode ser comprado em placas lisas,
perfuradas ou estriadas e placas de gesso acartonado;
• São instalado por meio de arames galvanizados, fixados
nas lajes por pino de aço cravado com pistola à pólvora;
• As placas são rejuntadas, lixadas e pintadas;
• Podem receber arremates especiais também em gesso ou
outro material (plástico, PVC e isopor);
• Permite vários tipos de acabamento (formas);
5/25/21
Revestimentos Horizontais (tetos)
Forro de gesso

5/25/21
Revestimentos Horizontais (tetos)
Forro de fibras vegetais ou minerais
• São comercializados em placas prensadas de fibras de
madeira (pinus ou eucalipto) e lã de vidro, rocha ou
polietileno expandido (isopor);
• São fixados em estruturas de perfis de alumínio, aço ou
madeira atirantados ao teto, por meio de pendurais de
aço, perfis de alumínio ou arame galvanizado;

5/25/21
Revestimentos Horizontais (tetos)
Forro de fibras vegetais ou minerais

5/25/21
Revestimentos Horizontais (tetos)
Forro metálico
• O forro metálico é muito utilizado em ambientes corporativos
como escolas, hospitais, shoppings e escritórios;
• As placas podem ser confeccionadas em diversos modelos -
lisos, colmeia ou grelhas - e tipos de material - como o
alumínio, aço inox ou cobre;
• As placas, apoiadas sobre os perfis e travessas, são de
encaixe do tipo macho-e-fêmea e podem ser reinstaladas em
outros ambientes, além de facilitar a manutenção elétrica;

5/25/21
Revestimentos Horizontais (tetos)
Forro metálico

5/25/21
Revestimentos Horizontais (tetos)
Forro de PVC
• A fixação das placas é limpa e rápida, mas as medidas
devem estar corretas para não prejudicar o acabamento
do forro;
• Os lambris têm tamanhos e cores variados e há medidas
especiais que podem ser encomendadas aos
fabricantes;
• Pode ser desmontado em segundos para reformas ou
manutenção das instalações;

5/25/21
Revestimentos Horizontais (tetos)
Forro de PVC

5/25/21
Revestimentos Verticais
• Os revestimentos de paredes têm por finalidade
regularizar a superfície, proteger contra intempéries,
aumentar a resistência da parede e proporcionar
estética e acabamento;
• Os revestimentos de paredes são classificados de acordo
com o material utilizado em revestimentos
argamassados e não-argamassados;

5/25/21
Revestimentos Verticais
Revestimentos argamassados
• Os revestimentos argamassados são os procedimentos
tradicionais da aplicação de argamassas sobre as alvenarias e
estruturas com o objetivo de regularizar e uniformizar as
superfícies, corrigindo as irregularidades, prumos,
alinhamentos dos painéis e quando se trata de revestimentos
externos, atuam como camada de proteção contra a
infiltração de águas de chuvas.
• O procedimento tradicional e técnico é constituído da
execução de no mínimo de três camadas superpostas,
contínuas e uniformes: chapisco, emboço e reboco.
5/25/21
Revestimentos Verticais
Chapisco
• Chapisco é argamassa básica de cimento e areia grossa,
na proporção de 1:3 ou 1:4, bastante fluída, que
aplicada sobre as superfícies previamente umedecidas e
tem a propriedade de produzir um véu
impermeabilizante, além de criar um substrato de
aderência para a fixação de outro elemento.

5/25/21
Revestimentos Verticais
Emboço
• O emboço é a argamassa de regularização que deve determinar a
uniformização da superfície, corrigindo as irregularidades, prumos,
alinhamento dos painéis e cujo traço depende do que vier a ser
executado como acabamento. É o elemento que proporciona uma
capa de impermeabilização das alvenarias de tijolos ou blocos e
cuja espessura não deve ser maior que 1,5 cm. O emboço é
constituído de uma argamassa grossa de cal e areia no traço 1:3;
• Usualmente adiciona-se cimento na argamassa do emboço
constituindo uma argamassa mista, em geral nos traços 1/2:1:5;
1:1:6; 1:2:9 (cimento, cal e areia);

5/25/21
Revestimentos Verticais
Reboco
• É a argamassa básica que tem a característica de pequena
espessura (na ordem de 2 mm) e de preparar a
superfície, com aspecto agradável, acetinado, com pouca
porosidade, para a aplicação de pintura;
• A aplicação é feita sobre a superfície do emboço, após 7
dias, arrastando de baixo para cima, dando o acabamento
(alisamento) com movimentos circulares tão logo esteja
no ponto, trocando-se de desempenadeira (aço, espuma,
feltro) dependendo do acabamento desejado;
5/25/21
Revestimentos Verticais
Execução
Ta c o
1 a 1,5 c m (ta lisc a ) Má ximo
30 c m d o te to

Cha pa d a de
1,0 a 1,5 m

Pa re de c ha p isc a d a a rg a ma ssa p /
fixa r ta c o s

Má xim o 30 c m 1,0 a 2,0 m Má xim o


30 c m do p iso

Eta p a 1 - Co lo c a ç ã o do s ta c o s a pruma d o s e nive la d o s

5/25/21
Revestimentos Verticais
Execução

Pla no d e a c a b a me nto
Pla no de a c a b a me nto
Tub ula ç ã o
hidrá ulic a
Ele tro duto

Ca ixa de
to ma d a Re g istro
de g a ve ta

Cuid a d o s na e ta p a 1 - d e finiç ã o d o p la no d e a c a b a m e nto (p rum o s)


5/25/21
Revestimentos Verticais
Execução
1 a 1,5 c m Me stra s

Pa re d e c ha p isc a d a

Eta p a 2 - Exe c uç ã o d a s me stra s


5/25/21
Revestimentos Verticais
Execução

Cha p a d a s d e
a rg a m a ssa

Eta pa 3 - Ema ssa ma nto e e sp a lha me nto


5/25/21
Revestimentos Verticais
Execução
Arg a m a ssa c ha p e a d a
e m p o nto d e d e se mp e no

Supe rfíc ie
Ré g ua sa rra fe a d a
d e se m p e na d e ira

Eta p a 4 - Sa rra fe a m e nto


5/25/21
Revestimentos Verticais
Pintura

5/25/21
Revestimentos Verticais
Azulejos

5/25/21
Revestimentos Verticais
Revestimento cerâmico

5/25/21
Revestimentos Verticais
Vidro

5/25/21
Obrigado!..

Você também pode gostar