Você está na página 1de 3

Exercício: Tomada de decisão para sucessão de liderança

• P1, P2 e P3 estão sendo considerados para assumir a posição de liderança de sua área. Você
participará de um comitê para decidir, em conjunto com seus pares, qual dos candidatos deve
ser recomendado para a posição.
• Analise individualmente o dossiê/histórico dos potenciais e prepare-se para a reunião com
seus pares (5´).
• Com seus pares (grupos 4-5), discuta os elementos/fatores que devem ser considerados nesta
decisão e justifique a recomendação.
Direcionadores para avaliação
Processo sucessório
Mapa
Atividade: tomada de risco
de decisão x impacto
para de liderança
posição de perda

S
HISTÓRICO

2,25
P1
PERORMANCE

Foi promovido para Engenheiro SR em 2018. Acabou de concluir o MBA de Gestão


Empresarial. Inglês avançado e espanhol intermediário. Situa-se no ponto médio
da faixa salarial.

A
P2

1,5
Foi promovido para Engenheiro Sr em 2016. Finaliza o Mestrado em assunto de
sua especialidade no final deste ano. Inglês avançado e Espanhol intermediário.
Situa-se no ponto médio da faixa salarial.
P3

D
COMPORTAMENTO

Foi promovido para Engenheiro Sr em 2016. Graduação completa com

0,75
Especialização em assunto de sua especialidade concluído em 2011. Inglês
intermediário e Espanhol básico. Situa-se no início de sua faixa salarial.

NA
Recomendação: NA D A S
1,5
0,75 2,25
Competências
DESENVOLVIMENTO

ESCALA
CONCEITO ABREVIAÇÃO PONTUAÇÃO
Não atende NA 0
Desenvolvimento D 1
Atende A 2
Supera S 3
Direcionadores para avaliação
COMPETÊNCIAS P1 P2 P3
Mobilização para mudanças
Mapa de
• Demonstra receptividade aos processos risco xdefinidos
de mudança impacto de perda
ela empresa. S S D
• Mobiliza os profissionais da equipe que orienta tecnicamente/sob sua influência para as mudanças necessárias em assuntos de sua especialidade.
Foco no cliente
• Avalia a satisfação e o retorno das soluções oferecidas aos clientes, melhorando o processo/projetos em que atua e sugerindo inovações/melhorias
em processos/projetos relacionados. S S D
• A partir das necessidades dos clientes e dos interesses da organização, participa da definição de padrões para a área em que atua.
• Dissemina nas áreas que se relaciona a importância da satisfação do cliente, pautando suas ações de acordo com esta importância
Foco em resultados
• Certifica-se da coerência entre resultados dos processos onde atua com as metas e indicadores da área, agindo quando necessário e/ou
fornecendo subsídios para tomada de decisões gerenciais.
S S A
• Orienta a execução dos processos sob sua responsabilidade, alinhando-os a objetivos, resultados e padrões de qualidade estabelecidos.
• Participa da definição de indicadores e metas específicos para a avaliação e acompanhamento dos processos/projetos de sua área, comparando
com os resultados de processos/projetos similares de outras áreas/empresas.
Orientação para negócios e visão sistêmica
• Apoia a análise de tendências e cenários do mercado para a organização, no que tange a sua área de especialidade.
• Antecipa e alerta sobre possíveis impactos, em toda a Unidade, de ações desenvolvidas em sua área, articulando informações diversas pertinentes S D A
a sua área de especialidade.
• Verifica a coesão dos processos que atua com outros processos relacionados, agindo para manter a consistência entre eles.
Desenvolvimento do capital intelectual
• Desenvolve e aplica técnicas e práticas relacionadas aos processos/projetos em que atua, observando a possibilidade de serem implantadas em
outros processos relacionados, de forma a gerar inovações e melhorias.
D S A
• Mantem-se atualizado com as diversas soluções, inovações e melhorias adotadas em sua área de especialidade, repassando as informações aos
pares a fim de que mantenham a eficiência operacional.
• Realiza estudos, análises e pareceres técnicos sobre os processos/projetos em que atua e compartilha com os pares e equipes de interface.
Tomada de decisão
• Responde pela implementação de soluções de sua especialidade nos processos/projetos em que atua, adaptando sua ação às necessidades e
S S A
particularidades da organização.Toma decisões sobre problemas ou situações novas, avaliando riscos e pareceres técnicos e analisando critérios de
prioridade, prazos, viabilidade, qualidade e o impacto nos resultados de sua área de atuação e correlatas.
Guia de relacionamentos
• Cuida das relações entre profissionais de sua área de atuação técnica, criando ambiente participativo e melhorando o clima da equipe.
• Participa do estabelecimento de parcerias em assuntos que envolvam várias áreas da empresa, identificando oportunidades e equilibrando S D A
interesses.