Você está na página 1de 16

UNIVERSIDADE TÉCNICA DE ANGOLA

FACULDADE DE ENGENHARIA
ENGENHARIA DE MINAS

PROPRIADADES FISICAS DOS MINERAIS

Nome: Emiliano Teresa Sautale …………………….. » 38480

Docente
Teresa Matoso
Luanda, 2021
Introdução
 A mineralogia é a ciência que estuda os minerais, o que são,
como são formados e onde ocorrem.
 Mineral é um composto químico ou sólido, homogíneo,
natural, com propriedades físicas e composição química
definida(mas geralmente não fixa).
 Rochas- São produtos consolidados, resultantes da união
natural de minerais.
Propriedades físicas dos Minerais
Os minerais possuem muitas características e propriedades
físicas que os identificam, podesmos destacar:

 Propriedades ópticas – cor, risca, brilho;


 Propriedades mecânicas – dureza, clivagem, fratura;
 Densidade.

Hábito: É o formato com que o mineral é encontrado pode


ser útil na sua identificação e algumas vezes até diagnóstico.
Hábito
Cor dos mineirais
A cor é uma propriedade que depende do espectro de luz que a
estrutura de um mineral recebe e reflete, sendo está
propriedade de fácil avaliação,dividindo-se em
• Idiocromáticos:  Alocromáticos:
• Amerelo de leitão – apirite; • Quartzo- Incolor, branco,
• Verde para a malaquite; róseo, violeta, amarelo ou
negro;
• Cinzento para a galenite;
• Esmeralda;
Brilho

É a propriedade de minerais que indica o quanto a superfície de


um mineral reflete a luz.
Clivagem
 Tndência de alguns minerais fragmentarem
 Devido á aplicação de uma força mecanica.
 A clivagem pode ser catalogada como
perfeita, boa, regular ou não presente,
da face paralela à partição.
fratura
 É a superficie de quebra dos minerais, podem ser ser
plana ou concóide ou concoidal.
Traço
É a cor do pó fino de um mineral. Usa-se o traço na
identificação de minerais pois é uma propriedade usualmente
constante (embora a cor do mineral possa variar)
Densidade
A densidade refere-se à massa por unidade de volume. A
gravidade específica é a densidade relativa (peso da
substância dividido pelo peso de um volume igual de água)
Tenacidade
É resistência que o mineral opõe à ruptura. Essa propriedade
está ligada à força de coesão interna de suas moléculas.
Dureza
A dureza é a resistência ao risco. Ao contrário da tenacidade,
ela é devida à coesão externa das moléculas.

- Uma das escalas de dureza relativa mais conhencida é a


escala de Mohs
CLASSIFICAÇÃO DOS MINERAIS

Elementos nativos

Ouro (gold) – Au Grafita (graphite) – C


 Hábito: ocorrem como massas  Hábito: foliadas, laminadas ou
irregulares, micáceas, maciço, foliar, colunar,
 Sem clivagem; granular
 Fratura: serilhada; maleável,  Dureza: 1-2;
dúctil; séctil;  Densidade relativa: 2,09-2,25 g/cm3.
 Dureza: 2,5-3;  Cor preto a cinza aço, cinza escuro;
 Densidade relativa:19,3 g/cm3 Traço: preto a cinza aço brilhante;
 Cor: amarelo ouro quando puro;  Brilho: metálico, pode ser fosco,
 Traço: amarelo; terroso
 Brilho: metálico
SULFETOS E SILICATOS

Galena – PbS Dados cristalográficos:  Subclasse dos minerais silicatos:


isométrico, 4/m 2/m Tectossilicatos, Nesossilicatos,
 Hábito: geralmente em cubos, Ciclossilicstos, Filossilicatos,
algumas vezes truncados por Inossilicato (simples, duplo),
octaedros. Sorossilicatos.
 Clivagem: {001} perfeita;
 Dureza: 2,5; Peso específico: 7,4 –
7,6;
 Brilho: metálico;
 Cor: cinza chumbo;
 Traço: cinza chumbo
CARBONATOS E HIDROXIDOS
 Calcita_CaCO3.
 Manganita _ MnO(OH).
 Hábito: prismáticos, colunar a
 Hábito:prismático,
fibrosos grosseiro
 Clivagem {1011} perfeita;  Clivagem {010} perfeita;
 Dureza: 3,0;  Dureza: 4,0; Densidade relativa: 4,3;
 Peso Específico 2,71;  Brilho: metálico;
 Brilho: vítreo a terroso;  Cor: cinza chumbo a preto;
 Cor: branco a incolor, cinza,  Traço: marrom escuro;Opaco;
vermelho;
OXIDOS E FOSFATOS
 Corindon _ Al2O3:  Monazita_(Ce,La, Y, Th)PO4.
 Hábito: cristais tabulares ou  Hábito: Geralmente em massas
prismáticos granulares, frequentemente como
areia. Clivagem : pobre;
 Partição prismática mais rara;
 Dureza: 5,0 a 5,5; Densidade
 Dureza 9;
relativa: 4,6 a 5,4;
 Densidade relativa: 4,02;  Brilho: resinoso;
 Brilho adamantino a vítreo;  Cor: marrom avermelhado a
 Cor: marrom, rosa ou azul, ou amarelado;
incolor.
Para identificar um mineral podem
utilisar-se Quatro tipos de técnicas:
 Análise dos caracteres físicos mecacroscópios;
 Estudos das propriedades de ópticas com o microscópio;
pentrográfico;
 Estudo por raios X;
 ensaios quimicos,
CONCLUSÃO
Com esta atividade pode concluir-se que há inúmeros
minerais com características muito diferentes. Como tudo na
vida, os minerais carecem duma organização pormenorizada
para estarem todos bem classificados no seu grupo. Para isso
há uma série de propriedades físicas que nos ajudam a
efetuar essa organização.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Dana, J.D. – 1959 – Dana’s Manual of Mineralogy. Revised by C.S.
Hurlbut. 7th Ed. John Wiley and Sons, Inc. NY.
Dana, J.D. – 1969 – Manual de Mineralogia, revisto por C.S. Hurlbut
Jr. Traduzido por Rui Ribeiro Franco. Ao Livro Técnico, SA.
Flint, E. – 1965 – Princípios de Cristalografia. Editorial Paz. Moscou.
OBRIGADO
PELA ATENÇÃO!

Você também pode gostar