Você está na página 1de 6

Cultura

Prof. Luciano V. da Silva


Natureza e Cultura

• Qual a diferença entre o que é natural e o que é cultural?


• Há influências da natureza sobre a cultura?
• Há influências da cultura sobre a natureza?
Cultura

• Os germânicos utilizavam a expressão Kultur para designar todos


os aspectos espirituais de uma comunidade;
• Os franceses utilizavam a expressão Civilization para referir-se às
realizações materiais de um povo;

• O que determina a forma de pensar, agir e ser das pessoas? O ser


humano é fruto do meio em que vive ou das escolhas que realiza?
Antecedentes históricos do conceito de
cultural

• Segundo John Locke, não há ideias inatas, pois a mente humana é


como uma tábula rasa (folha em branco);
• Segundo Jean-Jacques Rousseau, o homem nasce bom, mas a
cultura e os costumes corrompem o homem.
• Edward Tylor concebe a cultura como um fenômeno natural (que
pode ser objeto de estudo da ciência), definindo-a como “todo
complexo que inclui conhecimentos, crenças, arte, moral, leis,
costumes ou qualquer outra capacidade ou hábitos adquiridos pelo
homem como membro de uma sociedade”; Segundo Tylor, a
cultura não é inata, mas adquirida, aprendida.
Antecedentes históricos do conceito de
cultural

• Franz Boas é o principal reacionário da Escola Evolucionista,


criticando o determinismo cultural.
• Alfred Kroeber buscou separar completamente a cultura de todo
condicionamento natural, mostrando que o homem, pela cultura,
não só se distancia dos demais animais como também se distancia
das suas próprias limitações orgânicas.
Alfred Kroeber

• Os comportamentos e pensamentos humanos não são biologicamente


determinados. Sua herança genética nada tem a ver com o seu
comportamento e forma de pensar.
• O modo de agir e pensar das pessoas não são inatos, mas adquiridos,
aprendidos.
• Assim como os outros animais, o homem faz parte da evolução, porém,
sua sobrevivência no mundo não é fruto da evolução orgânica, mas da sua
capacidade de adaptação (da cultura).
• O homem não corre como os cavalos, não tem a força de um tigre, não possui a
acuidade visual de um lince ou as dimensões de um elefante, não possui asas, etc.
• Porém: o homem desenvolveu veículos de locomoção que o permitem ser ainda mais
velozes que o mais veloz dos animais; possui tecnologias que o tornam fortes e
capaz de ampliar seus sentidos e percepções do mundo; cria edifícios e estruturas
gigantescas e possui mecanismos sofisticados para ocupar os céus e os mares.

Você também pode gostar