Você está na página 1de 10

Introdução à

Programação CNC
Torneamento
Programação CNC - Torno

Eixos da O programador precisa conhecer o lado de trabalho da ferramenta na máquina


CNC para saber os sentidos dos seus eixos.
Máquina

Z – Eixo Longitudinal
X – Eixo Transversal
Programação CNC - Torno
É determinado pelo fabricante. É o ponto de origem dos eixos da
Zero Máquina máquina.

É determinado pelo programador – ponto de origem da peça, a partir


Zero Peça do qual se programam as medias/movimentos. Pode-se colocar em
qualquer parte da peça.
Programação CNC - Torno
É o ponto definido pelo fabricante, distante o suficiente do zero
Referência da máquina, para possibilitar operações seguras (evitar choques
mecânicos) como troca de ferramentas, etc.
Máquina OBS: na ligação da máquina CNC é recomendável realizar o
referenciamento da máquina.
Programação CNC - Torno
São dois:
Limites de Limites Físicos – são impostos pela máquina, para evitar que os
carros saiam das guias.
Percurso Limites do CNC – são determinados pelo fabricante no CNC, para
evitar que os carros alcancem os limites físicos.
Programação CNC - Torno
Sistema de As máquinas CNC trabalham segundo orientações em coordenadas.
Existem dois de coordenadas:
Coordenadas Absolutas – têm como referência o Zero Peça definido.
Coordenadas São as mais utilizadas.
Coordenadas Incrementais – têm como referência a posição anterior e
considera apenas o deslocamento relativo.

Coordenadas Absolutas Coordenadas Incrementais


Programação CNC - Torno
N° Início Fim X Z
Coordenadas 1 A B
Absolutas 2 B C

3 C D

4 D E

5 E F

6 F G

7 G H

8 H I

9 I J
Programação CNC - Torno
N° Início Fim X Z
Coordenadas
Absolutas 1 A B

2 B C

3 C D

4 D E

5 E F

6 F G
Programação CNC - Torno
N° Início Fim X Z
Coordenadas 1 A B
Incrementais 2 B C

3 C D

4 D E

5 E F

6 F G

7 G H

8 H I

9 I J
Programação CNC - Torno
N° Início Fim X Z
Coordenadas
Incrementais 1 A B

2 B C

3 C D

4 D E

5 E F

6 F G

Você também pode gostar