Você está na página 1de 26

Gêneros literários

Texto literário
O texto literário, no verso ou na prosa,
transmite a noção artística do autor.
Faz uso:
- função conotativa 
- figuras de linguagem 
- estruturas no estilo e forma, como a métrica e a rima.

O autor debruça-se sobre a seleção e combinação de palavras,


para que transmitam o sentido pretendido, contribuindo para a
concretização sua intenção
Gêneros literários
GÊNERO
 Do latim genus-eris = tempo de
nascimento, origem, classe, espécie,
geração = é o modo como se veicula
a mensagem literária.
 Gêneros = características formais
comuns em obras literárias,
agrupando-as segundo critérios
estruturais, contextuais e
semânticos, entre outros.
Gêneros literários
A teoria dos gêneros é usada para auxiliar o reconhecimento
literário e NUNCA dever usada a valorização e julgamento da
obra.
  As classificações não devem ser entendidas como regras às
quais os textos deveriam se adequar. Suas linhas gerais
ajudam
– na comparação de textos distintos;
– na percepção da exceção;
– na compreensão da relação entre tradição e ruptura.
Gêneros literários
 As classificações nem sempre correspondem à
realidade, usa-se para colocar certa ordem aos
objetos analisados.
 A classificação de um texto pode ser
complicado, pois os textos são objetos
“multiformes”.
  Os textos literários mais interessantes escapam
à classificação: transbordam os limites, são
contaminados pelo outro.
Gêneros literários
A classificação dos gêneros literários foi
proposta pelo filósofo grego Aristóteles
(384 a.C.-322 a.C.):

 Gênero Lírico: “palavra cantada”.


Texto que expressa a subjetividade do indivíduo.
 Gênero Épico: “palavra narrada”.
Texto narrado na perspectiva de um narrador.
 Gênero Dramático: “palavra
representada”. Texto representado
Gêneros literários
Esta classificação sofreu algumas
alterações ao longo dos anos.
Atualmente substituiu-se o gênero
épico pelo gênero narrativo, mais
abrangente. Os textos épicos
passaram então a ser uma
subdivisão do gênero narrativo.
Gêneros literários
Os gêneros e suas subdivisões ficaram
assim:

 Gênero lírico: soneto, canção, elegia,


ode, etc
 Gênero narrativo: épico, romance,
novela, conto, crônica, etc.
 Gênero Dramático: drama, tragédia,
comédia, auto, farsa, etc.
Gênero Épico ou Narrativo
Gênero Épico ou Narrativo

 O gênero épico = a mais antiga das manifestações literárias.


 Narrativas histórico-literárias de grandes acontecimentos,
com presença de temas terrenos, mitológicos e lendários.
 Segundo Aristóteles, é a palavra narrada.
 Atualmente esse gênero é classificado como NARRATIVO.
Gênero Épico ou Narrativo
 O termo “épico” vem da palavra “epopeia”
 Epopeia = um poema longo, narrativa em versos de fatos
grandiosos centrados na figura de um herói lendário ou de um
povo.
 Uma narrativa com métrica e ritmo, memorizada e cantada por
poetas de geração em geração.
  O sentido exigido é a audição, que acompanha a história
contada por um narrador.
Gênero Épico ou Narrativo

Deriva de três obras:

- Ilíada e Odisséia (Homero) - século VIII a.C. , poemas grego


- Eneida (Virgílio) - século I a.C. , poema latino
Gênero Épico ou Narrativo
Homero compôs a Ilíada e a
Odisseia, por volta do século
VIII a.C.
 Ilíada relata os
acontecimentos da Guerra de
Tróia (formação do povo
grego)
 Odisséia conta o retorno de
Ulisses (ou Odisseu) para casa
após o fim da guerra
Gênero Épico ou Narrativo

Eneida (Virgílio) – século I a.C.

Conta a saga de Eneias, um troiano


que é salvo dos gregos em Troia, viaja
errante pelo Mediterrâneo até chegar
à península Itálica. Seu destino era ser
o ancestral de todos os romanos.
Formação do povo romano
Gênero Épico ou Narrativo

 Modernamente , as histórias épicas aparecem em prosa;


 Sempre houve formas narrativas adaptadas ao contexto
psicológico, histórico e social de cada época;
 O Romance, por exemplo, poderia ser classificado como uma
epopeia da burguesia, isto é, um texto em prosa cuja forma se
identifica com os valores dessa classe social.
Gênero Épico ou Narrativo
Elementos essenciais das narrativas épicas:
 Narrador - quando o narrador relata os acontecimentos como
participante (narração em 1ª pessoa) ou como observador
(narração em 3ª pessoa ).
 Enredo - sucessão dos acontecimentos, seguindo uma ordem
cronológica (sucessão temporal) ou psicológica (sucessão
segundo lembranças ou evocações).
 Personagens - principais e secundárias - seres reais ou fictícios
criados pelo autor com características físico-psicológicas
determinadas.
Gênero Épico ou Narrativo

 Tempo - época/momento em que ocorrem os fatos.


 Espaço - local em que ocorrem as ações.
 Conflito: Toda situação conflituosa entre os personagens da
narrativa.
 Clímax: O ponto máximo da história.
 Desfecho: Os personagens finalmente encontram seu destino,
finalizando a narração.
Gênero Épico ou Narrativo
Alguns exemplos de textos épicos ou narrativos são:

 Epopeia
 Romance
 Novela
 Conto
 Crônica
 Fábula
 Ensaio
Gênero Épico ou Narrativo
ROMANCE
 Narrativa em prosa, extensa e
complexa, sobre personagens fictícias
que vivenciam acontecimentos
imaginários num determinado espaço
e tempo.
Gênero Épico ou Narrativo
NOVELA
 Narrativa em prosa mais breve do que
o romance e mais extensa do que o
conto.
 Narração dinâmica.
 Alguns críticos não veem diferença
entre romance e novela
Gênero Épico ou Narrativo
CONTO
 Texto narrativo de pequena extensão: mais curto que a novela ou
o romance.
 Possui estrutura fechada, desenvolve uma história e tem apenas
um clímax. Narrativa condensada.
 Provoca no leitor um efeito marcante, visa impactar.
 Possui grande flexibilidade, podendo se aproximar da poesia e
da crônica.
Gênero Épico ou Narrativo
CRÔNICAS: Narrativa em prosa, sucinta e informal, aborda temas
simples e cotidianos, como uma fotografia
 Faz crítica a acontecimentos do
dia a dia, recorrendo ao humor.
 Objetivo: analisar e criticar a
realidade social, política ou
cultural.
 Dos textos literários é o que
mais se aproxima do texto
jornalístico
Gênero Épico ou Narrativo
FÁBULA
Narrativa em verso ou em prosa sobre
personagens e fatos fantásticos.
 protagonizada principalmente por
animais;
 ter como finalidade transmitir uma
lição de moral, possuindo um cunho
educativo.
 APÓLOGOS são fábulas com
objetos/seres inanimados
Os Lusíadas
Os Lusíadas é uma
obra poética do escritor Luís Vaz de
Camões, considerada
a epopeia portuguesa por excelência.
Provavelmente concluída em 1556, foi
publicada pela primeira vez
em 1572 no período literário do
classicismo.
Quadro comparativo
Quadro comparativo

Você também pode gostar