Você está na página 1de 14

EQUILÍBRIO EM MEIO

AQUOSO
PAMELA DIAS RODRIGUES
COMPOSIÇÃO QUÍMICA EM
SOLUÇÕES AQUOSAS
• SOLUÇÕES DE ELETRÓLITOS: Eletrólitos são solutos que quando
dissolvidos em água (ou outro solvente) formam ions, conduzindo assim
corrente elétrica.

Eletrólitos fortes Eletrólitos fracos

Ionizam-se completamente Ionizam-se parcialmente


Ácidos e bases fortes, Ácidos e bases fracas,
Sais Haletos
Cianetos
ÁCIDOS E BASES
TEORIA DE BRONSTED-LOWRY:

ÁCIDO: é o DOADOR BASE: é o RECEPTOR de


de prótons prótons
H+
próton
Exemplo de bases:
Exemplo de ácidos:
O2- + H2O → 2OH-
HCl + H2O → H3O+ +
Cl- Base forte
Ácido forte Totalmente protonada
Totalmente
desprotonado NH3 + H2O ↔ NH4+ +
OH-
HCN + H2O ↔ H3O+ + Ácido fraco
- Parcialmente
ESPÉCIE ANFIPRÓTICA OU
ANFÓTERA
Espécies que podem reagir tanto como base quanto como ácido

Água

AUTOPROTÓLISE
Os solventes anfóteros sofrem autoprotolise para formar um par
de espécies iônicas.
Exemplos:
H2O + H2O ↔ H3O+ + OH-
CH3OH + CH3OH ↔ CH3OH2+ +
CH3O-
NH3 + NH3 ↔ NH4+ + NH2-
EQUILÍBRIO QUÍMICO
Principio de Le Chantelier:
Quando uma perturbação externa é aplicada a um sistema em
equilíbrio, ele tende a se ajustar para reduzir ao mínimo o efeito
da perturbação. N2(g) + 3H2(g) → 2NH3(g)

Fatores que afetam o equilíbrio:


1. Concentração das substâncias
2. Pressão
3. Temperatura

Embora a composição do sistema seja constante a reação DIRETA


e INVERSA ainda ocorrem porem com a mesma velocidade.
LEI DA AÇÃO DA MASSAS
No equilíbrio químico, a composição da mistura de reação
pode ser expressa em termos de uma constante de equilíbrio K.

K é característico da mistura de reação no equilíbrio,


em uma dada temperatura. K = constante de equilíbrio
da reação
* Lei da Ação da Massas
No equilíbrio, a composição da mistura de reação pode
ser expressa em termos de uma constante de equilíbrio
(para qualquer reação entre gases que podem ser tratados
como ideais).
aA(aq) + bB(aq) cC3(aq) +
dD3(aq)
 
PRODUTO IÔNICO DA ÁGUA Kw
A água sofre autoprotolise de acordo com a reação:
H2O + H2O ↔ H3O+ + OH-

 
ESCALA DE pH
Como a escala de
concentração de H+
pode variar em faixas Relação entre pH e pOH:
muito grandes uma nova  
escala foi criada para
simplificar sua Aplicando log:
pH = Analogamente:
representação.
-log[H+]
pOH =  

-log[OH-]

 
PRODUTO DE SOLUBILIDADE
Kps
Sais pouco solúveis encontram-se parcialmente dissociados em
solução, estabelecendo assim um equilíbrio químico entre sua
forma associada e dissociada.
AB(s) ↔ A+(aq) + B-(aq)
 
 

Exercício 1. Quantos gramas de Ba(IO3)2 podem ser dissolvidos em


500mL de água a 25ºC?
Efeito do íon comum
A presença de um íon comum em uma solução afeta o equilíbrio
conforme o principio de Le Chatelier.
Exercício 2. Calcule a solubilidade molar do Ba(IO3)2 em uma
solução de Ba(NO3)2 0,02M.
CONSTANTE DE DISSOCIAÇÃO
ÁCIDO/BASE
Constante de acidez Ka Constante de Basicidade Kb

H3COOH(aq) ↔ H+(aq) + CH3COO-(aq) NH3(aq) + ↔ NH4+(aq) + OH-(aq)


   

   

Relação entre Ka e Kb
 
BALANÇO DE MASSA
Solução de ácidos ou Soluções de ácidos ou bases
bases fortes fracas
Solução de HCl 0,1mol/L Solução de HCl 0,2mol/L
HCl(aq)→ H3O+(aq) + Cl-(aq) HF(aq)→ H3O+(aq) + F-(aq)
 
 

Calculando o pH de
soluções
SOLUÇÃO TAMPÃO
Soluções que resiste a variações de pH decorrentes da diluição ou
da adição de ácidos e bases. Geralmente são preparados a partir
de um par de ácido/base
Utilidade: manter o pH de soluções sob níveis predeterminados
relativamente constante.
pH de solução tampão
PROPRIEDADES DAS
SOLUÇÕES TAMPÃO
Efeito da diluição:
O pH de uma solução tampão permanece constante
independentemente da diluição até que CHA e CNaA for muito
pequenas.
Efeito da adição de ácido ou base:
A adição de um ácido ou uma base em uma solução tampão
desloca os equilíbrios estabelecidos de acordo com o principio de
Le Chantelier.
Exercício 5. Calcule a variação de pH que ocorre quando uma porção
de (a)100mL de NaOH 0,05 mol/L e (b)HCl 0,05mol/L é adicionada a
400mL da solução tampão do Exercicio 4.
PREPARANDO SOLUÇÕES
TAMPÃO
Soluções tampão podem ser produzidas a partir de um par
ácido/base conjugados de acordo com a necessidade do pH do
sistema reacional.
Exercício 6. Qual a massa de acetato de sódio (NaAc) é necessária
para preparar 500mL de uma solução tampão de pH 4,5 a partir de
uma solução de ácido acético 1,000mol/L. (Ka=1,75x10-5)

Você também pode gostar