Você está na página 1de 16

Enfermagem em Saúde

Mental

Aula 6

- Esquizofrenia

Profªs Juliana Paiva e Tainara Carqueira


ESQUIZOFRENIA

O QUE É?
CONCEITO

 Quando o indivíduo constrói sentenças corretas, muitas


vezes até rebuscadas, mas sem um sentido compreensível,
fazendo associações estranhas, tem-se a alteração de
desagregação do pensamento, que é a típica
esquizofrenia.

 Um distúrbio que afeta a capacidade da pessoa de pensar,


sentir e se comportar com clareza.
ESQUIZOFRENIA

 É um dos mais graves transtornos mentais. É também o que mais as pessoas


identificam como loucura, pois escapa mais claramente a nossa ideia de
normalidade.
 Acomete cerca de 20 milhões de pessoas no mundo
SINAIS E SINTOMAS

 No comportamento: 

 Agitação e agressão
 Automutilação
 Comportamento compulsivo
 Excitabilidade
 Hiperatividade
 Hostilidade
 Isolamento social
 Movimentos repetitivos
 Repetição de palavras sem sentido
 Comportamento desorganizado
SINAIS E SINTOMAS

 Na cognição: 

 Amnésia e confusão mental


 Crença de que os pensamentos não são seus
 Crença de que um evento comum tem um significado especial e pessoal
 Delírio
 Desorientação
 Invenção de coisas
 Lentidão durante atividades
 Transtorno de pensamento ou falsa superioridade
SINAIS E SINTOMAS
 No humor: 

 Ansiedade
 Apatia
 Descontentamento geral
 Despersonalização
 Excitação
 Perda de interesse ou prazer nas atividades
 Raiva ou resposta emocional inadequada
SINAIS E SINTOMAS

 Sintomas psicológicos: 

 Alucinação
 Delírio persecutório
 Delírio religioso
 Depressão
 Medo, paranoia, desconfiança ou ouvir vozes

 Na fala: 

 Distúrbio da fala
 Fala incoerente ou fala rápida e frenética

 Também é comum: coordenação motora comprometida, fadiga, falta de resposta emocional ou perda de memória
CAUSAS

 A causa exata da esquizofrenia não é conhecida, mas uma combinação de


fatores, como genética, ambiente, estrutura e química cerebrais alteradas,
pode influenciar.
 Normalmente, o transtorno aparece entre o final da adolescência e começo
da vida adulta.
 Alterações em vários sistemas bioquímicos (neurotransmissores) e vias
neuronais cerebrais.
 Fatores genéticos
 Gatilhos: Estresse, perdas, uso de drogas, etc.
FATORES DE RISCO
O que pode aumentar as chances de ter esquizofrenia?

 História familiar de esquizofrenia


 Ser exposto a toxinas, vírus e à má nutrição dentro do útero da mãe,
especialmente nos dois primeiros trimestres da gestação
 Problemas no parto como falta de oxigênio (hipóxia neonatal)
 Uso de maconha
 Tabagismo.
TIPOS DE ESQUIZOFRENIA

 Esquizofrenia paranoide: com predomínio de alucinações e delírios

 Esquizofrenia desorganizada: predomínio de pensamento e discurso desconexo

 Esquizofrenia catatônica: apresenta alterações posturais, com posições


estranhas mantidas por longos períodos

 Esquizofrenia simples: em que a pessoa vai perdendo sua afetividade,


capacidade de interagir com pessoas, ocorrendo um progressivo prejuízo de seu
desempenho social e ocupacional. Por vezes levando os indivíduos afetados a
uma vida de sem-teto e vagando pelas ruas.
TRATAMENTO

 O tratamento costuma ser necessário por toda a vida

 Geralmente envolve uma combinação de medicamentos, psicoterapia e


serviços de cuidados especializados.

 Antipsicóticos
 Anti-tremor
TRATAMENTO
 Grupo de apoio: Troca de experiências entre pessoas com comportamento ou
objetivos semelhantes

 Reabilitação Neuropsicológica: Readaptação do raciocínio para melhorar o


funcionamento físico e mental depois de uma doença ou lesão como, por
exemplo, depois de uma pancada na cabeça (concussão).

 Terapia cognitiva: Psicoterapia que se concentra na substituição de


pensamentos negativos e distorcidos por pensamentos positivos e precisos.

 Psicoeducação:Aprendizado sobre saúde mental que também serve para


apoiar, valorizar e dar autonomia aos pacientes.
TRATAMENTO

 Terapia familiar: Aconselhamento psicológico que ajuda as famílias a


resolverem conflitos e terem uma comunicação mais eficaz.

 Terapia comportamental: Terapia que tem como foco a modificação de


comportamentos prejudiciais associados a um distúrbio psicológico.

 Terapia de Grupo: Tipo de psicoterapia na qual o terapeuta trabalha com


clientes em grupo, em vez de sessões individuais.
ONDE POSSO TRATAR UMA PESSOA COM
ESQUIZOFRENIA?
 CAPS
 RESIDÊNCIAS TERAPÊUTICAS
 PSF
 UBS
 LEITOS PSIQUIÁTRICOS EM HOSPITAIS GERAIS
 AMBULATÓRIOS ESPECIALIZADOS
 E OUTRAS
Referências

 Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação


na Saúde. Departamento de Gestão da Educação na Saúde. Projeto de
Profissionalização dos Trabalhadores da Área de Enfermagem.
Profissionalização de auxiliares de enfermagem: cadernos do aluno: saúde
mental. 2. ed; Brasília: Ministério da Saúde; Rio de Janeiro: Fiocruz, 126 p,
2003.
 Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de
Atenção Básica. Saúde mental. Brasília : Ministério da Saúde,176 p, 2013.

Você também pode gostar