Você está na página 1de 12

Máquinas e Acionamentos Elétricos

Chaves de partidas de motores


elétricos
Tipos de chaves de partida
2. Partida direta reversora

Em algumas aplicações há a necessidade de que motor


tenha que girar em ambas os sentidos: horário e anti-
horário. Esta ação possibilitando que as máquinas que
tenham esses motores possam, por exemplo, realizar
movimentos para a esquerda e para a direita, para
frente e para trás, para cima e para baixo.

Os motores elétricos trifásicos, devido às características


construtivas de suas bobinas – são três, com 120° de
defasagem entre uma e outra – permitem que o
sentido de sua rotação seja invertido, desde que se
tomem os devidos cuidados na montagem de seu
circuito de comando.
Diagrama de ligação do sistema de partida direta com reversão
A figura a seguir representa os diagramas de comando (à direita) e
de força (à esquerda) deste tipo de partida:
Sistema de intertravamento

Antes de passarmos à explicação sobre o funcionamento


deste circuito, temos que entender que os dois contatores
não podem, em hipótese alguma, serem acionados
simultaneamente, pois está ação provocará curto-circuito
nos enrolamentos do motor.

Então, como este acionamento simultâneo dos contatores


pode ser evitado?

Este acionamento simultâneo dos contatores pode ser


evitado através do intertravamento entre os seus
contatos.
A análise da etapa abaixo, do diagrama de comando, nos mostra
como o intertravamento funciona.
Ao acionar B1, o contator C1 será energizado, e consequentemente o
seu contato auxiliar 21 e 22 (que está em série com a bobina de C2)
se abrirá, impedindo a energização do contator C2, mesmo que B2
seja acionado. Ou seja, C2 somente será energizado enquanto C1 não
estiver acionado.

Uma análise semelhante pode ser feita em relação ao contator C1,


pois ele somente será energizado enquanto C2 não estiver acionado.
Isto ocorrerá pois ao acionar B2, ocorrerá a energização de C2, e
consequentemente de seus contatos auxiliares 21 e 22, que estão em
série com a bobina de C1, se abrirão, interrompendo o fluxo de
corrente para este contator, mesmo que B1 seja acionado.
A lógica de funcionamento de um circuito de comandos elétricos é
semelhante à lógica de funcionamento de portas lógicas, ou seja, os
contatos em série são semelhantes a uma porta E (AND), e os
contatos paralelos são semelhantes a uma porta OU (OR).

Esta lógica explica o funcionamento de um intertravamento.


Funcionamento do circuito de partida direta com reversão
No diagrama de força, as três fases L1, L2 e L3 são protegidas por um
fusível por fase (F1, F2, F3), sendo ligadas então aos contatores C1 e
C2, que está diretamente acoplados ao relé térmico e4, que interliga
os cabos até o motor.

Na representação do diagrama de comando, há uma alimentação (L-


N) e a energia vem através dessa fase que está protegida por um
fusível (e21) e, logo abaixo, está representado um contato do relé
térmico (95/96-e4) que interrompe o circuito no caso de uma falha.
Assim, a parte lógica do circuito funciona da seguinte maneira: ao
ser pressionado, o botão de impulso B1 energiza a bobina do
contator C1 que fecha o contato auxiliar 13/14–C1, realizando o selo
do contator C1 com o contator fechado, e abre o contato auxiliar
21/22-C1, bloqueando a energização do contator C1, mesmo que B2
seja acionado. Ao ser pressionado o botão de impulso B2 (1/2), o
circuito da bobina do contator C1 é desligado e desenergizado.
Funcionamento do circuito de partida direta com reversão

Análise semelhante é feita em relação ao acionamento


do contator C2.

E como ocorre a reversão no sentido de rotação


do motor

A resposta está na análise do diagrama de força...

Como os contatos de entrada dos contatores C1 e C2 estão ligados às


fases RST. O seus contatos de saída (que estão ligados aos motores)
estão na seguinte disposição de fases: C1-RST; C2-RTS. Ao ser
energizado C1, esta sequência de fases RST será acoplada aos
contatos do motor trifásco M, colocando, consequentemente, em
um sentido de rotação. Analogamente, ao ser energizado, os
contatos de C2 conectarão o motor M à sequência de fases RTS,
fazendo-o girar no sentido contrário.

Você também pode gostar