Você está na página 1de 78

Visão Geral ...

Empresa

· Fundada em 1986.

· Sócio Gerente: Julio Silveira.

· Quadro: 35 profissionais.
- Staff, Engenheiros e Técnicos.

· Desenvolvimento, fabricação,
assistência técnica e importação.

· Atuação: Brasil e America do Sul.

· Certificado ISO 9001.

,
Área 3865 m² , construído 1780m2
MS Instrumentos Industriais Ltda.
Estrada do Biguá nº43 – Alto da Boa Vista - Rio de Janeiro – RJ
Fone / Fax : 21 2493 0588
www.msinstrumentos.com.br - vendas@msinstrumentos.com.br

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Nossas Instalações

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Nossas
Instalações
FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO, SAUDAVEL E
PRODUTIVO

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Política ... Nenhum débito de longo prazo.
Estabilidade financeira.
Lucratividade consistente.

Desenvolvimento das competências.

Qualidade de produto.

Qualidade de assistência técnica.

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Política ... & Qualidade

Buscar continuamente a
Ética, satisfação em relacionar-se
excelência em qualidade de
de forma honesta com os
produtos e serviços e garantir
clientes.
sua consistência e uniformidade.

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Áreas de Atuação ...
Mineração Siderurgia Química
Papel e Celulose Cimento Farmacêutica

Petroquímica Fumo Alimentícia


Embalagens Saneamento Açúcar e Álcool

Metalurgia
O&M

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Visão Geral • Philip Morris
...Alguns clientes •

CBA
VCP
• Votorantim
• CSN • Cosipa
• Andritz • Thyssen Krupp
• Bahia Pulp • CST-Acellor
• Millenium • Imerys
• Braskem • Suzano
Vale • Veracel • Mosaic
Usiminas • Cedae • Clariant
Gerdau • Anglo America • Oxiteno
Petrobras • Alunorte • Souza Cruz
Nestlé • Bunge • Zaraplast
FCC • ADM • Brasken
Aracruz
• 3M • Suzano papeis
Cedae
• Johnson & Johnson • Bahia Sul Celulose
Dow
Sabesp • Duratex • Klaibin
Odebrech • Fiat • Metso Paper
TMSA • Outotec • Votorantim celulose
Gessy lever • Kvaerner pulp • Copasa
Dupont • Ambev • CBMM
Souza cruz • Cargil agrícola • Monsanto
Indústria Nucleares • Corn products • Samarco
• Bayer
• Kraft foods
• Alcoa Aluminio

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


FAZER SAUDAVEL E LUGAR
DO BRASIL UM PRODUTIVO
DE TRABALHO
MAIS SEGURO, SAUDAVEL E PRODUTIVO
Introdução de novas tecnologias para solução de problemas
complexos em controle de processos industriais.
Experiência ... Velocidade de atendimento. Assistência Técnica.
Treinamento

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Pioneirismo
de
Implantação
• Medidores nucleares de densidade.
• (Nomasa -1978).
• Medidores (infra-vermelho) de
umidade on line. 1986
• Medição nível sólidos com ultra-som.
1986
• Tecnologia pesagem em correias
transportadoras com funções AFE. 2004
• Medidores de nível de sólidos com pó
em suspensão. Ondas acústicas. 2006
• Balancas para correia transportadora
com monitor de tensao de correia
(pantente requerida) 2010
• Medidores de umidade por micro ondas
tipo transmissao, com atenuaçao e
desvio de fase da onda 2010
• Medidor de densidade on line,principio
de funcionamento lei de hook- 2020-
PATENTEADO.

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS


SEGURO, SAUDAVEL E PRODUTIVO
Ian Rule, Master of Mechanical Engineering and developer.
Group Coordinator Sydney Australia.

Apresentação
pessoal

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Alguns
ícones da
mudança
- telefone

FAZER DODO
FAZER BRASIL
BRASILUM
UMLUGAR
LUGAR DE
DE TRABALHO MAISSEGURO,
TRABALHO MAIS SEGURO,
SAUDAVEL E PRODUTIVO SAUDAVEL E PRODUTIVO
Mudanças não tão bem perceptivas

                     
Larguras disponíveis
 16" 20" 24" 30" 36" 42" 48" 54" 60" 72" 84"

FAZER
FAZER DO DO BRASIL
BRASIL UM LUGAR
UM LUGAR DE TRABALHO
DE TRABALHO MAIS SEGURO,
MAIS SEGURO,
SAUDAVEL E PRODUTIVO SAUDAVEL E PRODUTIVO
Mudanças que
não ocorreram

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS
SAUDAVEL SEGURO,
E PRODUTIVO
SAUDAVEL E PRODUTIVO
Mudanças que não ocorreram
Especificação de engenharia
para aquisição de balanças Projeto de transportador
TAG da Balança PR14BB
TAG do Transportador PR7TC
Modelo INFORMAR
Tipo INFORMAR
Quantidade 01
Material Transportado Minério de Ferro
Velocidade da correia 0,54 m/s
Granulometria do Material <2mm
Densidade 2,2 a 2,7 t/m³
Largura da correia 600 mm
Inclinação dos roletes 35º
Espaçamento dos Roletes (sistema de pesagem) 1000 mm
Capacidade de Projeto da correia 66 T/H
Tipo de esticamento Parafuso
Comprimento de medição Conforme desenho 0113-19-A-00300 revA
Tipo / Qtd. Células de carga Informar
Tipo de Contato Informar
Grau de proteção (mínimo) IP 65
Precisão da Balança – Fundo de Escála 1,0% a 2,0%
Precisão da Balança – Valor Real 1,0% a 2,0%
Sobrecarga admissível para Célula de carga 150%
Compensação de Temperatura SIM
Sensor de Velocidade SIM – Informar Tipo
Indicador / Totalizador Local Eletrônio contínuo
Sistema de Calibração Peso Estático
Sinal de Defeito SIM
Protocolo Profibus DP
Transmissor Microprocessador
Sinal de Balança Ligada / Defeito
Peso Padrão Instalado SIM
Cabos de Interligação SIM
Programa para Parametrização da Balança SIM
Parametrização IHM / Real
Pesos de Calibração SIM
Certificado de Calibração dos Pesos SIM – Informar Órgão
Tensão de alimentação 120 V- 60Hz- 1Ø

FAZER
FAZER DO DO BRASIL
BRASIL UM LUGAR
UM LUGAR DE TRABALHO
DE TRABALHO MAIS SEGURO,
MAIS SEGURO,
SAUDAVEL E PRODUTIVO SAUDAVEL E PRODUTIVO
Balanças para correias
transportadoras não funcionam como
desejado!


• Sequencia de apresentação
Sequência da apresentação

Balança e a tensão da correia


• Modelo conhecido de balanças-
cientifica
• Modelo novo de balanças- inteligente
• A manutenção da balança

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Monitoramento da tensão da correia:

Em um transportador do tipo correia, a tensão de


operação é uma variável crítica para a
manutenção dos custos de produção:
• consumo de energia
• vida útil dos componentes do transportador
• desempenho das balanças
Monitora-la continuamente tornou-se um
imperativo para gerenciamento de custos.
roletes

Seção de Pesagem
Polia Acionada
Ponto de Carregamento

Esticador
Polia do Pé Balança

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Medição indireta da massa.

• O movimento da correia no
massa correia sentido da força da gravidade é
responsável pela geração de um
sinal elétrico, transformado em
Tensão da unidade de engenharia
correia
associado com a grandeza de
Deslocamento massa.
vertical Alinhamento
dos roletes

massa Modulo de
elasticidade

FAZER
FAZER DO DO BRASIL
BRASIL UM LUGAR
UM LUGAR DE TRABALHO
DE TRABALHO MAIS SEGURO,
MAIS SEGURO,
SAUDAVEL E PRODUTIVO SAUDAVEL E PRODUTIVO
Célula de carga- strain
gage. Resistencia é
inversamente
proporcional a seção
transversal do condutor

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Balanças para correia configuração típicas desde1903:

Para os fabricantes somente duas variáveis estão envolvidas o peso e a velocidade.

Tração
Tração

Weigh Bridge

S Speed Sensor P
S

Integrator

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Carga e Tensão geram Forças Verticais: 2 Variáveis

Correia Vazia A elevação dos roletes é necessária


Tração para garantir a aderência da correia
Tração
aos tambores, mas causa o
aparecimento de componentes
verticais da tração.
Tensões

Essa componente vertical da tração


não é distinguível do peso da correia e
Correia Carregada material.

Tração
Tração

Tensões + Carga

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Tensão Efetiva na Correia não é constante

TE  LKT  K X  KYWB  0.015WB   WM  LK Y  H   TP  TAM  TAC


Função do tempo Função do tempo

TAC : Somatória da Tensão em função dos acessórios do transportador lbs:

KX : fator usado para calcular a resistência a fricção dos roletes e a resistência ao deslizamento entre a
correia e os rolos lbs per ft

KY : Fator usado para calcular a combinação das resistências da correia e da carga em mudar de forma (flexionar)
quando a correia e a carga movem-se sobre os roletes.

KT : Fator para correção de temperatura ambientes

H: Distancia vertical que a carga sobe ou desce em seu trajeto ft

L: Comprimento do transportador, ft

TAM : Tensão resultante da força para acelerar continuamente a carga quando ele é alimentado no transportador , lbs

TB : Tensao resultante da força necessaria para elevar ou abaixar a


correia transportadora lbs
WB : Peso da correia em lb/ pe no comprimento linear da correia.

WM : Peso do material em lb/pe no comprimento linear da correia.lbs


Referência: CEMA BELT BOOK FIFTH EDITION - CHAPTER 6

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Zoom nos rolos: F Resistencia de endentação

Problemas com rolamento do rolo ou desgaste da correia fazem com que a


tensão seja aumentada.
Down Force O Contato da correia com os roletes
 Fvertical  geram tensões, atrito e forças verticais
devido a compressão da correia sobre
Move Direction
Atrito o rolete. Várias resistências podem ser
B identificadas:
A C h Absorbs power due Indentation rolling
i D
Tension resistance (i).
rolete 
Hysteresis Cicle
B

stress
D W
Referência: Antoniak, Jerzy - Resistances to the motion in mining belt conveyors - Ročník 6
(2001), 2, 150-157 A
D C strain

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Quanto maior o modulo elastico menor a
enlongaçao elastica por unidade de estresse
Distribuição de resistência ao Endentaçao resistancia a rolar
movimento
Resistancia do material mudar de
forma

Resistancia da correia mudar forma o

Resistancia dos rolamentos do rolete

 3
 16 E   i D 2
2
1
 resistancias secundarias
Fvertical  w  
 9   h 
 Resistencias extraordinarias

E: Módulo de elasticidade

T
E lim  elastic  0 lim E  
 elastic t  t 

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Decompondo as forças para determinar o erro na pesagem
Onde:
Efeitos da tensão, desalinhamento,
momento de inercia e rigidez da na
Correia sobre o sensor de peso (Modelo n : Número de Cavaletes
de F. Hyer Q: Carga por umidades de comprimento

L: Espaçamento entre os cavaletes

P
nQL

2TD 24 EID

T: Tensão na Correia

12 cos  L L3 E: Módulo de Elasticidade da Correia

I: Momento de Inércia

Carga D: Desalinhamento entre cavaletes adjacentes

P: Força Exercida na balança

Ruído : Ângulo de Inclinação do transportador

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Erros (Modelo de F. Hyer):

N= numero de
cavaletes, Quanto Segundo o modelo de Ryer, o erro total de
maior , menor o fundo de escala, referente as variações dos
erro. parâmetros depois da calibração, pode ser
calculado por:
 2T 24 EI 
  3 D K= fator de rigidez
 L L 
Erro%  K=1 + 12EI/L³
nQL /12 cos 

A relação entre o produto K*T*D (rigidez da correia , tensão da correia e


desalinhamento) e a carga sobre a ponte de pesagem nos da uma ótima
noção de como será o desempenho da precisão de pesagem e seu
comportamento no domínio do tempo.

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Resposta de engenharia para o ambiente de operação

• Fazer com que a estrutura de pesagem tenha melhor estabilidade


mecânica assim como a estrutura do transportador na área de
pesagem
Simples exame do modelo matemático proposto pode ajudar a compreender a diferença entre
precisão da balança e a precisão na pesagem
O que realmente importa ao usuário: desempenho das balanças no seu processo isto é a precisão na
pesagem
1 - As balanças integradoras são produzidas com 2 sensores que medem o peso total (carga,
correia e roletes) e a velocidade da correia (ambas são variáveis de processo estáticas não se alteram
em função do tempo ).
No processo de pesagem existem outras variáveis, como a tensão da correia, característica inerente ao
design do transportador, interferem na componente da força vertical proporcional ao peso dando à
medição a natureza física própria dos meio elásticos.
-- A tensão da correia é uma variável dinâmica, muda com o tempo, independente da
manutenção do transportador devido ao desgaste do material (como envelhecimento das graxas
nos rolamentos dos rolos) que produzem aumento das forças de atrito no conjunto.
--- A tensão da correia varia com a carga sobre ela.

FAZER
FAZER DO DO BRASIL
BRASIL UM LUGAR
UM LUGAR DE TRABALHO
DE TRABALHO MAIS SEGURO,
MAIS SEGURO,
SAUDAVEL E PRODUTIVO SAUDAVEL E PRODUTIVO
Assegurar a precisão mecânica na pesagem – Rigidez
estrutural da ponte de pesagem

Este pacote de material e Ponte de pesagem, adequada


continuamente integrado, se a sua para a aplicação
forma muda a balança não
reconhece

Erro de ate 4% e previsto


Nesta configuração. Causa provável, estrutura
de pesagem sem a rigidez necessária.

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Perfis estrutura balança devem ser selecionados para as cargas aplicadas

Perfil estrutura inadequado Perfil estrutura adequado

Deflexão da estrutura adequado

FAZER
FAZER DO DO BRASIL
BRASIL UM LUGAR
UM LUGAR DE TRABALHO
DE TRABALHO MAIS SEGURO,
MAIS SEGURO,
SAUDAVEL E PRODUTIVO SAUDAVEL E PRODUTIVO
PF2-2-X

ALIMENTADOR TECNOMETAL- S11D


Analise do transportador. ALIMENTADOR TECNOMETAL- S11D

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
1 - APLICAÇÃO
 
A balança será montada em um alimentador de correia com largura de 1800 mm. A função da balança será controlar a vazão em massa
deste alimentador, evitando sobrecarga no equipamento que recebe o material deste alimentador.
A variação da vazão em massa se deve à provável variação da densidade do material ao longo do tempo.
O sinal da balança será utilizado para a variação da velocidade do alimentador.
A aplicação não se trata de uma balança dosadora.
 
2 - CARACTERÍSTICAS DO ALIMENTADOR DE CORREIA C-34E-03
- Largura da correia 1800 mm                                
- Velocidade da correia 0,3 m/s (máx)                                
- Tipo de correia: EP 1250 - 4 Lonas revestim. 12 x 4 mm                  
- Peso linear da correia: 52 kg/m                                
- Espessura da correia: 24 mm                                
- Capacidade de projeto: 965 t/h                                
- Capacidade nominal: 729 t/h                                
- Peso do material sobre a correia: 894 kg/m                                

Cliente FL Smith – Usuário Alunorte. 2015


Como administrar • A balança tem dupla natureza.
• Em uma forma ela é uma instrumentação

o desempenho da • Em outra forma ela é um equipamento rodante


• A manutenção de um instrumento e a
balança manutenção de um equipamento rodante
demandam conhecimentos práticos
diferentes.

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Diagrama de Tensão para Vários Carregamentos:
(Diagrama GoodYear)

Localização da Balança

Ponto de Carregamento

FULL LOADED
Maior Variação da Tensão

HALF LOAD TENSÃO DA CORREIA


7400

5400

EMPTY
3800
3350 3400
2900

PARTE SUPERIOR PARTE DE RETORNO

Menor Variação da Tensão Obs.: Tensões em Lbs.

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Freqüência de Calibração:

Variação da Tensão da Correia com o Tempo


(Transportador com Manutenção Regular)
1,75 A frequência da calibração é função do
modelo da balança, da precisão
Tensão (kgf)

1,50

1,25
desejada, do transportador e das
1,00
condições de aplicação/ambiente
0,75

0,50

0,25
O exemplo seguinte é verificado quando
0,10
as condições são como no manual 44 –
0 10 20 30 40 50 60 70 80

TEMPO
US Bureau of Standards:
Expectativa de operacao das balancas MaxPerformance

1,75 Caso a tensão varie como no gráfico


1,50 Máximo Erro Admitido 1 CAVALETES
acima.
1,25
ERRO %

1,00 2 CAVALETES

0,75
4 CAVALETES
0,50
6 CAVALETES
0,25
0,10

0 10 20 30 40 50 60 70 80

DIAS APÓS A CALIBRAÇÃO

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
O que ocorre quando uma falha em acessórios do transportador:
Variação da Tensão da Correia com o Tempo
(Transportador com Manutenção Regular)
1,75
Tensão (kgf)

1,50

1,25

1,00 Mal funcionamento


0,75 de componentes do
0,50 transportador
0,25
0,10

0 10 20 30 40 50 60 70 80

TEMPO
Expectativa de operacao das balancas MaxPerformance

1,75

??
1,50 Máximo Erro Admitido 1 CAVALETES
1,25
ERRO %

1,00 2 CAVALETES

0,75
4 CAVALETES
0,50
6 CAVALETES
0,25
0,10

0 10 20 30 40 50 60 70 80

DIAS APÓS A CALIBRAÇÃO

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Outras Causas de Fontes de Tensão:
Desalinhamento Horizontal
Move Direction
D
Tension
Desalinhamento do cavalete

Cavaletes desalinhados causam


tensões não uniformemente
distribuídas pela correia.

Reduzem a vida útil da correia, e


causam desgastes mecânicos
acentuados.

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Simplificar nível de complexidade:
Problemas em Balanças Historicamente os integradores tem
5% incorporado funções para compensar
pequenos desvios de zero e
alterações mecânicas das balanças e
estruturais do transportador.
95% Mecânicos
Isso tornou a manutenção e interação
Instrumentação com o instrumento uma tarefa de alta
complexidade, exigindo pessoal
Complexidade de Atividades especializado.
para Manutenção
5% Simplificar a interação entre o pessoal
da manutenção e o integrador, devolve
a a responsabilidade pela manutenção
da balança para a Mecânica, hoje +
95%
que 95% dos problemas com balanças
Mecânicos
transportadores são de origem
Instrumentação
mecânica.
FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,
SAUDAVEL E PRODUTIVO
Pesados Manuais de Instalação e Operação

Requer mão de obra altamente qualificada.

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
-Balança para correia transportadora –classe inteligente
O operador precisa de um painel de comando que lhe informe também sobre a degradação na precisão

Alem das características


comuns ao processamento dos
sinais do Sensor de peso e do
sensor de velocidade.E’
desejável, que o processador
interaja com o operador
permitindo analise da operação
do instrumento.
Possua dispositivo de teste
embarcado, quantificando erros
de span e zero tanto para
sensor de peso quanto sensor
de velocidade.
Seja capaz computar e
recomendar o intervalo entre
testes para assegurar a
precisão.
Possibilite corte na correia
dinâmico, marque a correia e
informe o peso em X metros
de transportador.

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Nas diferentes condiçoes de pesagem, é preciso utilizar
recursos diferentes para melhorar a relaçao sinal/ruido
Inovação no processamento do sinal da celula de carga
FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,
SAUDAVEL E PRODUTIVO
Interface do Operador, manutenção
Simplificar nível de complexidade:
“AUTO CALIBRAÇAO” e Identificação imediata das possíveis
causas de problemas na balança.
R = fluxo (célula carga)/ fluxo (tensiometro)

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Auto- Calibração

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Medir a variável dinâmica: Tensão da correia

A balança, enxerga a
tensão da correia
(monitorando
continuamente) a
terceira variável, ou a
principal causa dos
desvios na precisão
da pesagem

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
DUAS ARQUITETURA DE PONTE DE
PESAGEM

• PONTE FLUTUANTE • PONTE CONTRABALANÇADA

• MATERIAL DE MEDIA E ALTA DENSIDADE,


• MATERIAL DE MEDIA E BAIXA DENSIDADE,
MEDIA E ALTA DENSIDADE DE CARGA KG/M MEDIA E BAIXA DENSIDADE DE CARGA KG/M

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Componentes essências a balança para correia transportadoras

Sensor de velocidade

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Componentes essências para o desempenho da balança para
correia transportadora.
Roletes classe pesagem

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Seleção do modelo

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Concluímos que a
balança tem seu E agora como fazer a gestão desta
demanda por ações corretivas ?
desempenho alterado
com o tempo

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Contratos de
manutenção

• 1-‘Estou triste com balanças para correias


transportadoras, elas não pesam”. Ouvimos
de engenheiro de automação sênior com
mais que 25 anos de experiência na gerencia
de resultados destes dispositivos na Vale

• 2-“Nossa manutenção de balanças é feita no


intervalo de 64 semanas, mantemos
acompanhamento do desempenho das
balanças com o manifesto dos navios com
variação menor que 1%” . Ouvimos do
responsável pelo porto de embarque de
minérios para BHP-B e Rio tinto na Austrália.
Mr. James Master- PWCS

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Contrato de manutenção
O primeiro engenheiro de
manutenção , não O segundo engenheiro,
recebeu o cuidado de sempre trabalhou com
necessária de engenharia equipe da empresa
especializada. A Muitas das unidades fornecedora das balanças
engenharia de industrias em que especializada para
contratação especificou a ocupou função de manutenção, seus
precisão desejada e gerencia/ manutenção transportador receberam
deixou ao fabricante do tinham equipe própria balanças projetadas
transportador ou da para manutenção das especificamente para
balança a balanças instaladas. seus transportadores.
responsabilidade única projeto adequado de
pelo resultado. Comprou ponte de pesagem para
preço e nome do aplicação especifica.
fabricante

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Como agir para
corrigir os problemas
No mundo real, em uma planta existem balanças de
diversos fornecedores, algumas especificadas
erroneamente outras instaladas de forma inadequada.

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Problema tipo 1 -
Adequação dos
transportadores

Roteiro desenvolvido pela MS Instrumentos em


cooperação com Accenture para atender
determinação
DDE 366, da Vale

Contratar manutenção externa sem avaliar as condições de


trabalho da balança é comprar encrenca.

• A balança é o próprio transportador, instalações antigas devem ser inspecionadas e


receber as adequações que forem viáveis para que um plano de manutenção seja
efetivo

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO, FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO, SAUDAVEL E PRODUTIVO
SAUDAVEL E PRODUTIVO
Identificação da
TAG Balança: 210BL06
Condições Gerais: Encontradas em fevereiro de 2012 Balança
ROM PRIMÁRIO -

• Nota: Deixamos de identificar o


cliente- usuário, devido ao fato de que
o proposito desta apresentação, e’
mostrar o roteiro mínimo de avaliação
de uma instalação de balanças para
correia transportadora evitamos
incomodar o usuário solicitando
previamente autorização para exibir
seu nome.

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Integrador : Sem problemas, local apropriado ao lado da Balança.
A balança se encontra dentro do túnel Sem problemas com a localização, l protegido.
Quanto ao local de instalação
FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,
SAUDAVEL E PRODUTIVO
A estabilidade mecânica da estrutura do
transportador

Sugestões de adequação: necessários mais suportes TR na área de pesagem com


Realizar união dos módulos (pés) para o transportador módulos mecanicamente
com trechos de abaixo dos locais onde as desconectados, apenas
longarinas compatível com longarinas serão emendadas Conexão elétrica do aterramento!!!!
a viga "C" do TR.
Os módulos anterior e posterior ao de
instalação da balança deverão ser
conectados rigidamente.
FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,
SAUDAVEL E PRODUTIVO
O sistema de pesagem atualmente instalado nesta posição não atende a precisão solicitada pelo cliente (0,5%) . A
balança de apenas um cavalete de pesagem e com estrutura pivotada nesta aplicação tem significante variação do volume

Parecer
integrado, No momento não apresenta precisão melhor que 5% !!! (realmente muito ruim). É fortemente sugerido que seja
substituída por outra de 4 ou 6 cavaletes de pesagem com estrutura de aproximação e recuo, com precisão prevista de 0,5% e
sustentabilidade da precisão por volta de 90 dias entre as calibrações.
Para garantir a precisão desejada os problemas com o fluxo do material deverão ser sanados apropriadamente. Deverá ser

técnico e
também criada uma rotina de manutenção atendendo as necessidades desta aplicação. Foi observada uma grande
deterioração dos cavaletes, espaçadores e cavaletes pela oxidação.

Sugestão: Mecânica da Balança

sugestão
1. Balança de 4 ou 6 cavaletes com estrutura de aproximação e recuo, peso-teste onboard
na balança.
2. Kit de montagem com placas de montagem galvanizadas (porcas e arruelas de aço inóx inclusos)
3. Kit de cavaletes de pesagem para a estrutura da balança (4 ou 6 unidades de acordo com o modelo escolhido)
4. Kit de cavaletes para área de pesagem (fora da balança) num total de 8 unidades.
5. Kit de rolos usinados, classe de pesagem, num total em acordo com o modelo de balança escolhido.
6. Kit de espaçadores para nivelamento de toda a área de pesagem em quantidade suficiente para toda a extensão da
área.

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Quando o projeto da balança e a
instalação sãoquando
No mundo real, feitosexiste
comvontade
a boa de que um
engenharia
determinado equipamento funcione , ele ira
desempenhar bem sua funçao se projetado e
instalado de forma adequada. Balança para
Correia transportadora nao é uma exceção

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Balanças Maxperformance PF4-4 , 0,5 %
precisão S11D- Vale Carajás

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Mais longo
transportador tubular
em
em operação no Brasil.
4km Precisão 0,25%

FAZER
FAZER DO DO BRASIL
BRASIL UM LUGAR
UM LUGAR DE TRABALHO
DE TRABALHO MAIS SEGURO,
MAIS SEGURO,
SAUDAVEL E PRODUTIVO SAUDAVEL E PRODUTIVO
Balança com RER – redutor de espaço entre
roletes . Precisão 1%

De: Claudio Vecchiato <Claudio.Vecchiato@cosan.com>


Enviada em: terça-feira, 7 de agosto de 2018 10:32
Para: Pedro Bernardo <pbff@msinstrumentos.com.br>
Cc: 'Alberto ' <alberto@msinstrumentos.com.br>
Assunto: RES: Balanças Dos Transportadores

Pedro,

Realizamos os devidos reparos de alinhamento na balança TC 4, mas infelizmente não


obtivemos resultado. Não sei se é o angulo de inclinação ou a vibração excessiva do local, mas
devido problemas internos não tivemos como dar foco nos problemas; estamos utilizando ela
apenas como referencia em variação bruscas de cargas.

Para a TC 2 estamos tendo excelente desempenho mantendo sua calibração sem necessidade
de calibração mantendo seu erro abaixo de 1%.

Atte.

Cláudio Vecchiato
Cosan Biomassa S/A
Tel.+55 14 3602 0515
Cel.+55 14 9 9838 6843

w ww.cosan.com

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Teste e aprovação da tecnologia de
pesagem em correias
transportadoras na Vale.

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Balança com sensor de tensão
de correia. Precisão 0,25%

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Localização das Balanças:
CSN- Itaguaí
Balanças 05, 06 e TC04

BAL06
BAL05

TC04
FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,
SAUDAVEL E PRODUTIVO
CSN- Itaguaí Localização das Balanças:
Balanças 01

BAL01

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
CSN- Itaguaí Localização das Balanças:
Balanças 02, 03 e 04

BAL02
BAL03

BAL04

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Escopo do Fornecimento:

Fornecidas pela Parceria MS/ PABR / Metso (Cliente CSN).

Posteriormente fornecidas pela PABR diretamente à CSN

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
PROBLEMA TIPO 2. Instalação e balanças
projetadas para o serviço.
Resultados:
CSN ITAGUAI.

Verificação periódica do desvio de Zero,se maior que 0,5% transmissor e’


corrigido

Balanças calibradas em 24/7/2007


Resultados obtidos em abril 2008
FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,
SAUDAVEL E PRODUTIVO
Dual PFS4-6 Belt Scales
Port Kembla Coal Loader, NSW
Ship Loading

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Resultado pratico do gerenciamento da operação da balança
quando sob contrato de manutenção com terceiros

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Medir o trabalho executado através do
desempenho esperado

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
PFS4-4 Weigh Frame from Train Unloader, Hay Point
Services

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Hay Point Services, BHP Billiton, Stacker/Reclaimer
PFS4-4 on Boom

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Krupp Reclaimer, Port Kembla Coal Terminal, with
CST PFS4-4 weigh frame on Boom

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
"A crescente complexidade do mundo exige crescente sofisticação. E assim
continuaremos a aumentar a sofisticação da Canpotex." - Ken Seitz,
Presidente e CEO da Canpotex

I have a paper written by a Naval Architect consultancy on the accuracy of draft survey,
which is public domain, which I have attached. We have permission to distribute the
document since it is beleived that users should have no illusions about the accuracy of
ships draft survey.

It was commissioned by CETOA, the the Coal Export Terminal Operators Association.
In the case of coal, it said for old ships expect about 1% systematic error +/- 1%
random, for the newer automated ships, about 0.5% +/- 0.5%.

A good belt weigher can do 0.25% pretty easily, draft survey is pretty rough really.
Good belt weighers dont just happen however, many peoples/companie s claim they can
do them, few deliver.

"Growing complexity in the world requires growing


sophistication. And so we will continue to grow Canpotex’s
sophistication.” — Ken Seitz, President and CEO, Canpotex

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
0.1% Belt Scale for Vancouver Wharves
HPFS4-6 Weigh Frame, Factory
Assembly

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Precisão 0,1%. Única balança do
meu conhecimento que
Dispensa a medição por
arqueamento do casco do navio

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
O estado dos entendimentos Usuários &fabricante

Hello Paulo,
I am involved with Major Projects at BHPB Western Australian Iron Ore and would
like to share with you our requirements for Belt Weighers on the new Shiploading routes as we are
taking belt weighing to a new level. These four new shiploading conveyor systems are rated at
16,000tph with each having triplicated 0.1% accuracy belt weighers. Belt Weighers shall be applied
as a triple redundant system so that the results of all three weighing systems can be continuously
compared and a faulty unit recognised.

The weighers shall have automatic calibration capability including motorizing the
raise/lower of calibration weights. Calibrations are more frequent and may be performed
automatically during a 15 minute ore break. The weigh units shall have remote access via 3G
networks.

Our intention in future is to have these weighers Trade Certified by CST.

The benefits of installing three high accuracy weighers in series significantly reduces the
likelihood of overloading a ship. Also the combined average totalizer tonnage should be considered
more accurate than the ship’s draft surveyor’s figures.

Loading time is improved as trimming requirements are reduced.

Paulo, you should discuss this option with your shipping people for comments. Our
Operations and Maintenance people see the perceived benefits of the new innovations from CST.

Kindest Regards,

Bill Telfer,
Senior Technical Officer,
BHP Billiton Iron Ore,
Level 14 East,

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO
Avaliação
financeira do Tabela mostra o custo anual de material não contabilizado por 0,25% de erro da balança
baseado e turno de 8 horas 5 dias na semana

erro na
Custo/T @50 TPH @200 TPH @500 TPH @1000 TPH @5000TPH @7000 TPH

£10 £2600 £10,400 £26,000 £52,000 £260,000 £364,000

balança.
£20 £5200 £20,800 £52,000 £104,000 £520,000 £728,000
£30 £7800 £31,200 £78,000 £156,000 £780,000 £1,092,000
£40 £10,400 £41,600 £104,000 £208,000 £1,040,000 £1,456,000
£50 £13,000 £52,000 £130,000 £260,000 £1,300,000 £1,820,000
£60 £15,600 £62,400 £156,000 £312,000 £1,560,000 £2,184,000
£70 £18,200 £72,800 £182,000 £364,000 £1,820,000 £2,548,000
£80 £20,800 £83,200 £208,000 £416,000 £2,080,000 £2,912,000
£90 £23,400 £93,600 £234,000 £468,000 £2,340,000 £3,276,000
£100 £26,000 £104,000 £260,000 £520,000 £2,600,000 £3,640,000

FAZER DO BRASIL UM LUGAR DE TRABALHO MAIS SEGURO,


SAUDAVEL E PRODUTIVO

Você também pode gostar