Você está na página 1de 22

Normas Internas conforme

Ato Administrativo 08/06

Capítulo III- Do Horário de Trabalho

§ 3º - “... Os empregados da Fundação contratados para jornada


de trabalho superior a 6 (seis) horas diárias, obrigatoriamente, um
intervalo de no mínimo 01 (uma) hora e de, no máximo 02 (duas)
horas para descanso e alimentação, registrado no Sistema de
Ponto Eletrônico ou, na ausência, em cartão de ponto ou
freqüência assinada.
Capítulo III- Do Horário de Trabalho

Artigo 7º - O horário ou
turno de trabalho poderá ser
alterado a qualquer momento
pela chefia, conforme a
necessidade do serviço,
respeitadas as disposições do
contrato de trabalho.
Capítulo IV - Da Freqüência

Artigo 10- § único - “...qualquer


irregularidade no registro de ponto, inclusive
ausência de registro, o empregado deverá
comunicar, imediatamente, a Chefia, para
as providências cabíveis”.

Artigo 11º - § 2º- O GERH emitirá,


mensalmente, o “Relatório de
Anomalias” e o Espelho de Ponto,
aos respectivos Chefes que
procederão com a análise e
devidas retificações nos registros
de horários.
Capítulo IV - Da Freqüência

Artigo 12º- As variações nos


registros de entrada e saída de
cada empregado, não superior à
05 minutos (entrada e saída) serão
consideradas como de
“TOLERÂNCIA”, não sendo
remuneradas, nem mesmo
descontadas, observando-se o
limite máximo diário de 10 (dez)
minutos.
Capítulo IV - Da Freqüência

Artigo 14º - Poderá ser concedida pelas chefias autorização para


entrada ou saída, sem reposição de horas registrado em ponto, nos
seguintes casos:

a) Consulta médica, exames


laboratoriais ou radiográficos até 02
(duas) vezes por mês, comprovados
por atestado médico;
Capítulo IV - Da Freqüência

b) Realização de exames médicos


periódicos (Fundação);

c) Atendimento odontológico de
urgência comprovado.
Capítulo IV - Da Freqüência

Artigo 15º - As Chefias poderão autorizar a entrada ou


saída do empregado, registrada em ponto, com reposição do
período nas seguintes situações:

a) retirar o filho da escola, por solicitação


médica ou nos casos de interdições
imprevistas da escola;

b) quando invocado motivo justo, urgente e


inadiável.
Capítulo IV - Da Freqüência

Artigo 17 – Não se admitirá


a reposição de horas nos
casos de falta(s)
injustificadas (s).

Capítulo V- Das Ausências Legalmente


Justificadas
Artigo 19 - O empregado poderá faltar ao
serviço, sem prejuízos dos salários, desde
que comprovada na forma da lei e
comunicado, sempre que possível, com
antecedência.
Capítulo V - Das Ausências Legalmente
Justificadas
I- Até 2 (dois) dias consecutivos, no decorrer da 1ª semana
do falecimento do cônjuge, irmão ou pessoa que viva sob
sua dependência econômica;

II- 05 (cinco) dias úteis consecutivos, no


decorrer da 1ª semana do casamento;

III- 1 (um) dia, a cada 3 (três) meses, em


caso de doação voluntária de sangue efetiva;

Artigo 20- “...terá direito a licença paternidade de 5 (cinco)


dias consecutivos, a partir da data do nascimento da
criança”.
Capítulo VI- Das Faltas Justificadas

Artigo 31 - “...comprovada a má fé para


a obtenção da falta autorizada, a
ausência será considerada, como
injustificada, ficando o empregado
sujeito aos descontos legais no salário e
às sanções disciplinares cabíveis.”
Capítulo VI – Da Licença Maternidade ou
Adoção
Artigo 21 – A empregada grávida terá direito a 120 (cento
e vinte) dias de licença gestante a partir do 8º
(oitavo) mês de gestação.

Capítulo VII - Da Licença Para Tratamento de


Saúde
Artigo 26 - O empregado afastado deverá comunicar,
sua chefia, providenciando os documentos médicos
necessários (inclusive atestado), com a assinatura do
médico, nº do CRM e CID.

§ 1º- Comprovada a impossibilidade física ou


mental para o trabalho, o médico determinará
o afastamento do empregado por período não
excedente a 15 (quinze) dias, sem qualquer
prejuízo salarial ou outras vantagens.
Capítulo VII- Da Licença Para Tratamento de
Saúde
§ 3º - O requerimento de Licença para
Tratamento de Saúde deverá ser entregue na
GRH no próprio dia da ausência, ou até, no
3º dia útil após o início da licença.

Artigo 27º- “...licença não remunerada, o


afastamento do empregado por enfermidade
em período superior a 15 (quinze) dias,
fazendo jus ao Auxílio-Doença pelo INSS,
devendo após a alta, apresentar à GERH a
documentação necessária, a fim de que seja
restabelecido o pagamento de seus salários
pela FUNDHERP”.
Capítulo VIII - Do Acidente de trabalho

Artigo 28 - “...deverá ser preenchido o


impresso FH-1.59 (CAT-Comunicado Interno
de Acidente de Trabalho), pelo setor do
empregado, acidentado encaminhando-o à
GERH para as providências.

Parágrafo Único- O empregado deverá ser


transportado e/ou dirigir-se imediatamente para
receber assistência médica devida, quando o
acidente de trabalho for considerado de risco
iminente (urgência).
Capítulo X - Do Afastamento para Participar de
Congressos, Simpósios, Cursos Rápidos ou Outros
As solicitações de afastamento deverão ter
autorização da chefia. Havendo necessidade de
Ajuda de Custos, deverá ser preenchido (F.H1.15)
anexado um prospecto do evento, salientando os
temas de interesse e encaminhadas à GERH com
antecedência mínima de 15 (quinze) dias.

Artigo 34 - “...no prazo de 2 (dois) dias


após o retorno, apresentar na GERH
comprovante de freqüência ou certificado
de participação”.
Capítulo XI - Das Férias
Artigo 35 - § 2º- Para a elaboração da
escala anual deverá ser observado o
período aquisitivo do empregado, a fim de
evitar o acúmulo de períodos.

§ 4º- Somente em casos excepcionais serão


concedidas as férias em dois períodos, um
dos quais não poderá ser inferior a 10 (dez)
dias corridos.

§ 5º- “Aos menores de 18 anos e aos


maiores de 50 anos de idade, as férias
serão concedidas de uma só vez.”
(artigo 134 C.L.T.)
Capítulo XI - Das Férias

Artigo 39- “...somente poderá gozar as


férias após assinatura do Comunicado de
Férias, enviado pela GERH, com
antecedência mínima de 10 (dez) dias da
data prevista para o seu início”.
Capítulo IX- Do Serviço Extraordinário
Artigo 42 - § 4º- A compensação
das horas excedentes proceder-se-á
em dias previamente comunicados e
autorizados pela Chefia, observando-
se a conveniência e o andamento
dos trabalhos do setor.

Artigo 44 - No caso de viagem a serviço da


Fundação e se o período ultrapassar a jornada
FUNDHERP normal de trabalho, ficará o empregado com as
horas excedentes à compensar, para desconto
oportuno.
CENTRO REGIONAL DE HEMOTERAPIA DO HCFMRP- USP
HEMOCENTRO DE RIBEIRÃO PRETO
Requerimento a Gerência de Recursos Humanos

Nome:

Função: Matricula:

Local de Trabalho: Cartão de Ponto:

Licença p/ Tratamento de Saúde de _________ dias. _____/_____/_____ a _____/_____/_____

Licença por Acidente de Trabalho de _________ dias. _____/_____/_____ a _____/_____/_____

Licença p/ Casamento (Gala) de _________ dias. _____/_____/_____ a _____/_____/_____

Licença Gestante. _____/_____/_____ a _____/_____/_____

Licença por motivo de Aborto _____/_____/_____ a _____/_____/_____

Licença Paternidade _____/_____/_____ a _____/_____/_____

Licença p/ Doação de Sangue _____/_____/_____ a _____/_____/_____

Licença p/ comparecer a Delegacia ou Fórum _____/_____/_____ a _____/_____/_____

Nojo - Falecimento do(a) ___________________________________ _____/_____/_____

Falta Autorizada - Falecimento do(a) _________________________

Descanso Amamentação _____/_____/_____ a _____/_____/_____


a o
Pagamento 1 parcela do 13 salário

Pagamento Abono Pecuniário (1/3 das férias)

Falta Justificada por motivo de

Declaração para fins de

Outros:

Observações:

Ribeirão Preto, _______de _____________________de _________

Avisou
_______________________________
Assinatura da Chefia
Não Avisou Assinatura do Empregado

FH-1.54
Regras disciplinares no trabalho

Vestuário:
Vestir-se de forma adequada ao
ambiente profissional.
Abolir o uso de blusas muito curtas,
decotadas, camisetas promocionais,
etc.
Uso das pias de copas e refeitórios:

Porceder a limpeza seca dos utensílios,


desprezando-se inicialmente os retos de
alimentos no lixo e, posterior lavagem.
Regras disciplinares no trabalho

Uso da Geladeira:

É vedada a colocação de sacolas, mochilas e


grandes vasilhames plásticos nas geladeiras
das copas e refeitórios.

As copeiras não tem qualquer


responsabilidade quanto a guarda de
alimentos nas geladeiras.

Casa seja encontrado recipientes inadequados


nas geladeiras, os mesmos serão retirados e
poderão ser desprezados.
Regras disciplinares no trabalho

Proibição de Fumo :
Lei Estadual nº 13.016 de 19 de maio de 2008 –
PROÍBE O FUMO, dentre outros locais, nas áreas
internas de hospitais, clinicas e estabelecimentos de
saúde.
Art. 2º - prevê a aplicação de multa ao infrator e à
instituição. Uso do Crachá:
Uso PESSOAL, INTRANSFERÍVEL e
OBRIGATÓRIO, devendo ser usado de modo
visível, acima da linha da cintura, possibilitando
a fácil e imediata identificação.
Trabalho Voluntário

Trabalho desempenhado por todos os empregados interessados da


Fundação Hemocentro de RP, junto a Instituição CARIB (Centro de
Adoção de Ribeirão Preto).
O trabalho acontece às sextas-feiras por um período de 03h na
parte da manhã conforme escala, o empregado provavelmente sairá
do setor somente uma vez no mês.

Seja Voluntário você também – fale com sua chefia e


compareça ao RH para se cadastrar.

Você também pode gostar