Você está na página 1de 37

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCACAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

NORTE DE MINAS GERAIS


Campus Januária

Aula 5:Propriedades físicas dos Grãos


Disciplina - JANBCEG -051 -Beneficiamento e Armazenamento de Grãos
Curso : Bacharelado em Engenharia Agrícola e Ambiental

Prof. DSc. Wagner da Cunha Siqueira


Eng. Agrícola
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
IMPORTANCIA

 Elaboração de projetos
 Construção e operação de equipamentos de limpeza, secagem,
classificação, armazenamento e industrialização
 Otimização da operação de equipamentos visando maior rendimento
 Racionalização de energia e,
 Controle de poluição e redução de custos.
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
TAMANHO E FORMA

 Peneiras no beneficiamento
 Transporte de materiais sólidos por água ou ar.
 Determinação da velocidade terminal e
 Coeficiente de arraste.
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
TAMANHO E FORMA

O tamanho é determinado pelas


dimensões características de um corpo
solido.

 Comprimento
 Largura
 Espessura
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
TAMANHO E FORMA
Formas Esféricas
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
TAMANHO E FORMA
Formas Irregulares
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
TAMANHO E FORMA Circularidade (C)
Formas Irregulares É a medida da agudeza dos
cantos de um sólido.
A forma pode ser descrita ou avaliada
comparando-se os grãos com sólidos ou
formas conhecidas:
 Circularidade
 Esfericidade
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
TAMANHO E FORMA Circularidade (C)
Formas Irregulares É a medida da agudeza dos
cantos de um sólido.
  𝐴𝑝
𝐶=
𝐴𝑐

C: Circularidade (adimensional)
Ap: área projetada do grão em posição
natural de repouso
Ac: área do menor circulo circunscrito
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
TAMANHO E FORMA Esfericidade (E)
Formas Irregulares Expressa a forma característica do
sólido em relação a uma esfera de
  E mesmo volume..

E: Esfericidade
de: diâmetro da esfera de volume
equivalente
dc: diâmetro da menor esfera circunscrita
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
TAMANHO E FORMA Esfericidade (E)
Formas Irregulares Expressa a forma característica do
sólido em relação a uma esfera de
A esfericidade também mesmo volume..
pode ser calculada como:

  E
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
ÂNGULO DE REPOUSO
Uma massa de grãos derramada sobre
um plano horizontal acumula-se em um
volume de forma cônica.

O ângulo de repouso é o ângulo


máximo do talude formado pelo
material granular acumulado em
relação à horizontal.
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
ÂNGULO DE REPOUSO

Pode ser:

Estático: ângulo de fricção formado por


um sólido granular sobre si mesmo
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
ÂNGULO DE REPOUSO
Pode ser:

Dinâmico: ângulo quando o material


está em movimento por ação da gravidade em
planos inclinados.
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
ÂNGULO DE REPOUSO

 O volume do cone de grãos, formado na parte


superior de silos, irá depender do ângulo de
repouso.

 Quanto maior o ângulo de repouso, maior o


volume do cone, afetando assim a capacidade
estática máxima de silos granadeiros.
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
ÂNGULO DE REPOUSO

 Em silos de fundo plano, a descarga será


apenas parcial devido ao acumulo de
determinadas quantidade de material.

Esta quantidade dependerá do ângulo de


repouso
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
ÂNGULO DE REPOUSO

O ângulo de repouso afeta igualmente a


capacidade das correias transportadoras
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
ÂNGULO DE REPOUSO
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
ÂNGULO DE REPOUSO
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
ÂNGULO DE REPOUSO

Determinação do ângulo de repouso


O ângulo de repouso varia com:
 Tamanho do grão; α = arc tg (H.C )
-1

 formato dos grãos,


 a rugosidade,
 a presença de apêndices,
 o teor de água,
 impurezas presentes na massa.
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
MASSA ESPECÍFICA
 A massa de grãos é uma mistura de
grãos e espaços vazios entre os grãos.
 A proporção de espaços vazios
depende do tamanho e da forma dos
grãos bem como das características da
sua superfície.

Importante no dimensionamento de silos


PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
MASSA ESPECÍFICA

A massa específica aparente, pode também


ser expressa em ton m-3 ou kg m-3
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
MASSA ESPECÍFICA

Massa específica Aparente:


O equipamento normalmente utilizado para
determinar a massa específica aparente é a
balança de peso hectolitro.
PROPRIEDADES
FISICAS DOS GRÃOS
MASSA ESPECÍFICA
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
MASSA ESPECÍFICA
Massa Específica Real
 É a massa por unidade de
volume dos grãos
desconsiderando-se os espaços
intergranulares.
  𝑀
𝜌=
𝑉
A massa específica aparente, pode
também ser expressa em g cm -3
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
POROSIDADE

É a relação entre o volume ocupado pelo ar existente na massa


granular e o volume total ocupado por esta massa.
Tem grande influência sobre a pressão de um fluxo de ar que
atravessa a massa de grãos, refletindo-se no dimensionamento
dos ventiladores, nos sistemas de secagem e aeração e na potência
dos motores.
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
VELOCIDADE TERMINAL
A partir do momento em que um corpo em
queda livre alcança a velocidade constante, a
força do campo gravitacional é anulada, em
termos, pelo efeito resultante da força de
arraste, ou seja, sua aceleração é nula. Esta
velocidade atingida é denominada velocidade
terminal e é influenciada pela massa específica,
pelo tamanho e pela forma do produto.
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
VELOCIDADE TERMINAL

Importância: Dimensionamento de
sistemas de separação, transporte
pneumático, secagem, resfriamento,
classificação por peso específico.
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
CONDUTIVIDADE TÉRMICA
Definição:
É a quantidade de energia térmica
que é transmitida através de uma
unidade de área de seção
transversal, dentro de uma unidade
de tempo, quando o gradiente de
temperatura de um lado a outro de
um corpo é um grau (1ºC).
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
CONDUTIVIDADE TÉRMICA
O calor se propaga de um ponto para outro
por:
 Condução: propagação de energia
cinética de moléculas em oscilação.
 Convecção: é o transporte do calor pelos
líquidos e gases em movimento.
 Radiação: é a propagação de calor sem
necessidade de um meio material; é a
transferência de calor por meio de ondas
(calor radiante).
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
CONDUTIVIDADE TÉRMICA
Importância:
Formação de bolsões de calor no
interior de uma massa e processo de
migração de umidade.
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
CONDUTIVIDADE TÉRMICA
Definição:
É a quantidade de calor exigido para mudar a temperatura de 1kg de
grãos em 1ºC.
Determinação: Calorímetro (método das misturas)
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
COEFICIENTE DE ATRITO ESTÁTICO
Definição:
É a relação entre a força de atrito e a força normal à superfície de contato. É
determinado pela força que inicialmente vence a oposição ao movimento.
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
DUREZA E QUEBRA DE GRÃOS

Definição:
 Resistência a ser quebrado ou reduzido em partículas menores.

Depende:
 Espécies, fatores genéticos, ambiente de formação do grão

Importância:
 Ataque de insetos, processamento e classificação.
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
TRINCAMENTO

Causas:
As diferenças de tensão nos grãos provocadas pelas variações
bruscas na umidade,

Conseqüência:
Quebra dos grãos durante o processamento.
PROPRIEDADES FISICAS DOS GRÃOS
HIGROSCOPICIDADE

Definição:
 É a capacidade física que permite o grão
realizar trocas de água com o ambiente.
 Depende de características do grão e do
ambiente.
Obrigado!

Bons estudos!!

Você também pode gostar