Você está na página 1de 13

Vitamina a ,d

EQUIPE:
ANDRIELE
BRUNO
VITAMINA A e D WILLIAM
características
 COMPOSIÇÃO: Carbono e
hidrogênio.
 As vitamina A e D são lipossolúveis.
 A(retinol) e D (calciferol).
 São solúveis em gorduras são
absorvidas no intestino humano com
ajuda dos sais biliares segregados pelo
fígado.
 Armazenamento vitamina A fígado e
vitamina D tecido adiposo e muscular.
Função vitamina A

 Crescimento
 Desenvolvimento dos
tecidos
 capacidade antioxidante
 funções reprodutivas,
 integridade dos epitélios
e visão.
Carotenoides
 HÁ MAIS DE 600 CAROTENÓIDES NA NATUREZA E
APROXIMADAMENTE 50 DESSES PODEM SER
METABOLIZADOS PARA VITAMINA A
 B-CAROTENO É O CAROTENOIDE MAIS
PREVALENTE NA FORNECIMENTO DE ALIMENTOS
QUE TEM ATIVIDADE DE PROVITAMINA A
 Em humanos, frações significativas de carotenoides são
absorvidas intactas e armazenadas no fígado e na gordura.
 Os alfa, beta e y-carotenos e criptoxantina são
quantitativamente a provitamina A mais importante.
Importância Vitamina A (Retinol)
 Importante :ossos, cabelo ,ajuda
no crescimento ,indispensável
para a visão e olfato.
FONTES
Vitamina D
.
 Conhecida como calciferol.
 Lipossolúvel
 Obtida através da ingestão de alguns alimentos e
também através da transformação
do colesterol pela as radiações solares.
Como se apresenta
 Vitamina D2 (Ergocalciferol) de origem vegetal
presente nas frutas e legumes.
 Vitamina D3 (Colecalciferol) origem através dos
raios ultravioleta B.
Funções vitamina D
 Ajuda na calcificação dos ossos.

 Previne o raquitismo.
 Ajuda a coagulação sanguínea
 Trabalha em conjuto com a vitamina A para ajudar
o crescimento dos dentes e ossos.
 E sistema nervoso e coração.
Sintomas da deficiência e Excesso
 Deficiência Sinais de calcificação e raquitismo problemas na
gengiva e pele.
 Deficiência Fraqueza óssea.
 O excesso pode causar perda de apetite, náusea, sede.
 aumento na absorção de cálcio e reabsorção óssea resultam em
hipercalcêmica (nível elevado de cálcio no sangue), a qual pode
levar à deposição de cálcio em muitos órgãos, particularmente as
artéria e rins. Calcificação óssea excessiva, cálculos renais,
calcificação metastática de partes moles (rins e pulmões),
cefaleia (dor de cabeça), fraqueza, vômitos, constipação, poliúria
(urina em excesso), polidíssima (excessiva sensação de sede).
Principais fontes
OBRIGADO