Você está na página 1de 59

Sistema NOSA

Saúde, Segurança
e Meio Ambiente
MEIO AMBIENTE

Conjunto de condições naturais e de


influências que atuam sobre os
organismos vivos e os seres
humanos.
Vamos ver a seguir, como o
processo de Fabricação de
Cimentos e Agregados pode
impactar ao Meio Ambiente,
e como tentamos reduzir ou
eliminar esses impactos em
nossa unidade.
DESENVOLVIMENTO
DO PROBLEMA
AMBIENTAL.
CRESCIMENTO DA
POPULAÇÃO
ANO 2000 - 6 BILHÕES
AUMENTO DE NECESSIDADES
PRIMÁRIAS.

CONSUMO POTENCIAL DE
ENERGIA/MATÉRIA-PRIMA.
INDUSTRIALIZAÇÃO
ANTES
Pequenas comunidades “O lixo então passa
Hábitos simples
a ser uma das
Poucos resíduos
Características orgânicas
primeiras causas da
Compatíveis com o meio Ambiente. poluição Ambiental”

DEPOIS
Características quantitativas e
qualitativas diferentes
Difícil assimilação dos resíduos pelo
meio Ambiente.
POLUIÇÃO DO AR
EFEITO ESTUFA:
1 - Fábricas lançam gases (CO2) na
atmosfera.
2 - A radiação atravessa as nuvens,
aquecendo a superfície.
3 - O calor irradiado é interceptado pela
barreira de principalmente CO2.
4 - A elevação da temperatura acarreta :
Derretimento das calotas polares ,
aumentando o nível dos oceanos.
POLUIÇÃO DO AR
REDUÇÃO DA CAMADA DE OZÔNIO
Compostos a base de flúor carbono
(CFC-CLOROFLUORCARBONO), que
deterioram a camada de Ozônio, que
funciona como filtro de raios ultravioleta,
necessário ao equilíbrio ambiental.
(Câncer, destruição da vegetação
etc...)
ÁGUA
97 % ÁGUA DO MAR

2 % GELEIRAS

1 % ÁGUA DOCE
NO BRASIL
DESPERDÍCIO DE 50 %

SÃO PAULO E RIO DE JANEIRO


( ESCASSEZ NO ANO 2000 )

80 % - REGIÃO AMAZÔNICA

20 % - DISTRIBUIÇÃO DESIGUAL PARA


95 % DA POPULAÇÃO
FLORESTAS
EXPLORAÇÃO
DESCONTROLADA

VITAIS PARA O
ECOSSISTEMA

DESERTO INFÉRTIL E
IRREVERSÍVEL
RESÍDUOS
LIXÕES

RESPONSABILIDADE
MUNICIPAL

RESPONSABILIDA
DAS INDÚSTRIAS
(SGA)
O que é lixo ?
É todo resíduo sólido
resultante da atividade
humana ou gerado pela

?
natureza em
aglomerações urbanas
ou rurais.
LIXO DAS CIDADES
Origem do lixo : Domiciliar, Público e especial
(matadouros, hospitais, unidades de saúde ,
cemitérios)

Quantidade de lixo gerada por pessoa :


0,3 a 1,0 kg/habitante/dia

Composição básica : Restos de alimentos,


ciscos, panos, metais, vidros , madeiras,
folhas, plásticos, papeis, entulhos, pequenos
animais, excrementos.
Olhando para o universo, vemos que
o nosso planeta é uma pequena
bola flutuante, cuja superfície tem
apenas 1/3 de terra firme. As águas
predominam. A terra já existe a
cerca de 5 bilhões de anos, mas o
homem moderno só apareceu por
aqui a 25 mil anos.
Apesar de muito novo no planeta, o homem
sempre acreditou que pudesse utilizar todos os
recursos disponíveis da maneira que bem
entendesse, pensando apenas na sua
segurança e conforto. Com esse pensamento,
foi devastando florestas, destruindo espécies,
removendo os minerais, desperdiçando e
poluindo o ar, o solo e as águas.
Hoje, no entanto o homem está percebendo
que todos os bens materiais que recebeu de
graça têm um fim, e que sua “casa” no
universo está num estado tão lastimável que
se continuar agredida assim, não terá jeito
nem para reforma.
AMEAÇA DO LIXO

Uma das maiores ameaças à vida na


Terra é o lixo.
O Brasil produz hoje a média de 1 Kg
de lixo diário por habitante.
Nos Estados Unidos a quantidade é
quase 3 vezes maior.
AMEAÇA DO LIXO

São montanhas de plásticos, pneus, metais,


papéis, produtos orgânicos.

Onde colocar tudo isso?


Alguns países não sabem mais o que fazer.
Os Estados Unidos terão de fechar 5 mil dos seus
9.300 aterros sanitários nos próximos 10 anos
e a Inglaterra não mais terá áreas para tal
finalidade.
AMEAÇA DO LIXO

A incineração pode resolver alguns casos, mas


apresenta restrições, pelos riscos e gases que
gera.

Além da quantidade, o problema mais grave está


no lixo tóxico, que contamina o solo e as águas
do subsolo, para onde se infiltra.

Existem hoje no mundo 35 mil substâncias


químicas consideradas danosas à saúde do
Lixo urbano e Meio Ambiente

Agentes causadores de danos á saúde pública e


ao meio ambiente.

Biológicos : Micro e macro vetores/ transmissão


de doenças
Físicos : Lançamento de detritos em rios e
valas assoreamento e problemas de drenagem

Químicos : Produção de chorume pela


decomposição do
lixo, contaminando os lençóis d'água.
CONSCIÊNCIA

O que fazer com o lixo produzido no planeta, é


um dos desafios dos dias de hoje.

Este desafio fica ainda maior diante do volume


(só no Brasil, cada pessoa produz cerca de
um quilo de lixo por dia), das dificuldades de
uma deposição adequada e dos problemas
que ele pode causar ao meio ambiente
(poluição do solo, da água e do ar, além de
favorecer a propagação de doenças).
COLETA SELETIVA
É RECOLHER O LIXO
SEPARADAMENTE, CONFORME A
NATUREZA DO MATERIAL, PARA
POSTERIOR RECICLAGEM.

LIX
O
COLETA SELETIVA
MAIS QUE UM PROGRAMA,
UMA ROTINA A SER HABITUADA.
ORGANIZAÇÃO

IA

RO
OM

TI
ON
ASPECTOS

NA
EC

&

NA
BENEFÍCIOS
HI

LI
GI

P
CI
EN

DI
E

EDUCAÇÃO
ORGANIZAÇÃO

• Identificar tipo de material;

• Depositá-los em seus
respectivos coletores.
HIGIENE

• Tratar o material como se você


mesmo fosse reutilizá-lo.
EDUCAÇÃO

• Saiba educar sua mente, lugar


de lixo é na lixeira, ou melhor
no coletor de lixo.
DISCIPLINA

• Tenha um padrão de vida nota 10.

• Não só no trabalho, mas


também em sua casa, ou em
qualquer lugar.
ROTINA

• A Coleta Seletiva deve ser


tratada como uma rotina,
relacionada a vida, pois não é
um programa que tem começo,
meio e fim, e sim uma relação
“homem x trabalho”.
ECONOMIA

• A intenção da Coleta Seletiva


não é somente manter o
ambiente limpo e organizado,
mas também concientizar o
funcionário a “ELIMINAR OS
DESPERDÍCIOS”.
FLUXOGRAMA

COLETORES DE LIXO

TRANSPORTE PARA
CENTRAL DE RECICLAGEM

PRENSAGEM DE SEPARAÇÃO DOS MATERIAIS,


PLÁSTICOS E PAPÉIS FORMAÇÃO DE LOTES

VENDA DOS MATERIAIS


RECICLADOS

LUCRO
3 R DA RECICLAGEM
 REDUZIR

 REUTILIZAR

 RECICLAR
ECONOMIZAR, PRESERVAR, RECICLAR

Essas três regras básicas são consideradas


como a melhor saída para a conservação
do nosso Planeta.

E o mais importante é que podem ser


adotado por qualquer pessoa no seu dia-
a-dia. Trata-se de uma ação espontânea
de cidadania, que vem ganhando muita
força em todo o mundo.
ECONOMIZAR, PRESERVAR, RECICLAR

A reciclagem é o reaproveitamento de
materiais descartados para fazer novos
produtos.
A lição vem da própria natureza.
Os animais mortos e as folhas que caem das
árvores se incorporam à terra, em forma
de nutrientes que vão alimentar outras
vidas; a água que evapora das florestas
para a atmosfera retorna pelas chuvas.
ECONOMIZAR, PRESERVAR, RECICLAR
Com esta lição o homem compreendeu que
quase tudo que joga no lixo pode ser
reaproveitado.

Além de reduzir a quantidade de lixo, a


reciclagem economiza matéria-prima e
energia que seriam utilizadas na fabricação
de novos produtos.

A Europa recicla mais de 30% de seu lixo e o


Japão alcança o índice de 50%.
Você sabia que...
Um quilo de vidro usado transforma-se em um
quilo de vidro novo?
Cada 50 quilos de papel reciclado poupa o corte de
uma árvore adulta?
Uma tonelada de alumínio reciclado se transforma
em uma tonelada de alumínio novo, e economiza
a extração de cinco toneladas de minério
bauxita?
Plásticos reciclados servem para fazer brinquedos,
mangueiras, sacos plásticos e sacolas.
SAIBA QUANTO TEMPO CADA MATERIAL LEVA
PARA SE DECOMPOR NO MEIO AMBIENTE
MATERIAL TEMPO
VIDRO 04 MIL ANOS
PLÁSTICO 1000 ANOS
PAPEL 06 MESES
LATAS 10 ANOS
CHICLETES 5 ANOS
CIGARROS 01 a 02 ANOS.
NOSSA CONTRIBUIÇÃO

O Brasil, é o Pais que mais recicla Latas de


Alumínio no mundo.
Cerca de 99,9% de todas as latinhas de
alumínio utilizadas no Brasil são recicladas.
JOGUE
LIMPO
O P

Não Recicláveis
R L M
G P V
Á E
 A I
S T
N P D
T A
I E R
I L
C L O
C
O O
DESENVOLVIMENTO
SUSTENTÁVEL
“ ENVOLVE O ATENDIMENTO DAS
NECESSIDADES ATUAIS, SEM
COMPROMETER A HABILIDADE
DAS GERAÇÕES FUTURAS EM
ATENDER ÀS SUAS PRÓPRIAS
NECESSIDADES. “
CONTRIBUIÇÃO DA SOCIEDADE
PREVENIR E DIMINUIR
POLUIÇÃO

CONSCIENTIZAÇÃO
AMBIENTAL

MELHORIA CONTÍNUA
LEGISLAÇÃO AMBIENTAL
1934 - Código Florestal e das Águas
1938 - Código da Pesca
1943 - Código de Caça
1967 - Lei de Proteção à Fauna
1981 - Lei da Política Nacional do Meio Ambiente
1988 - Constituição ( 17 referências)
1998 - Lei de crimes Ambientais - Lei - 9605 de
fevereiro 98
2001 - Resolução CONAMA 275 - 25/04/2001
(coleta seletiva de resíduos)
Poluição do Ar-Solo e Água

1. Poluição é qualquer
substância que emitida no meio
ambiente cause odor, sujeiras,
contaminações ou destruição
dos recursos naturais.
O que causa a poluição
ambiental?

São as emissões geradas pôr


processos industriais, além dos
limites de uma empresa.
Responsabilidades das
empresas.

MORAL = ou seja tratar os produtos


de tal forma que não cause poluição ou
danos para a natureza.
LEGAL = respeitar as leis
estabelecidas pelos órgãos
governamentais.
Quais são as fontes mais
comuns de poluição?

AR = Fumaças e Poeiras
Fumaças = veículos e das
chaminés
Poeiras = cimento.
ÁGUAS = Contaminação de
efluentes pôr esgotos urbanos.
SOLO = Lixos urbanos e industrias.
Quais são os problemas da poluição no
Brasil?

 VOLUME = Grande quantidade de material desperdiçado.


 TRATAMENTO MÍNIMO = Pouco se tem feito para equacionar este
tipo de problema.
Como pode a industria ter
um impacto positivo ?
Adotando medidas de controle a
partir da identificação das
substâncias poluentes e a partir daí
elaborar um plano de ação
envolvendo não só os serviços de
engenharias mas todos os
funcionários e colaboradores.
EX: Filtros de mangas nas chaminés
coleta seletiva de lixo e etc...
Quais são as questões que devem ser
abrangidas pela política ambiental?

 Desenvolver produtos de efeito mínimos no meio ambiente.


 Conservar o recursos naturais redesenhando os desvios
identificados.
 Cumprir a legislação local e internacional.
Compartilhar conhecimentos e consorciar
recursos. Ex: bacia de tratamento de
efluentes comuns pôr empresa que produzam
um mesmo produto e se situem próximas
umas das outras.
Educar os colaboradores parceiros e
pessoas da comunidade num esforço comum
para o benefício de toda a sociedade.
Programas de redução do
desperdício

Desperdícios são substâncias liquidas


ou sólidas que não serão utilizadas como
produto final,mas que serão jogadas fora
pôr serem de má qualidade ou um sub-
produto do processo final. Ex:serragens.
Como devemos manusear
desperdícios industrias para
conservar o ambiente?
Reduzir o volume de material
desperdiçado por intermédio de programas
de melhoria de qualidade.(inovação)
Reusar e conservar os recursos sempre
que possível .
Reciclar sempre que for prático.
Como devemos manusear
desperdícios industriais para
conservar o ambiente?

Remover para locais mapeados e


devidamente autorizados com sistemas
de controle para manusear os vários
tipos de desperdícios .
Como sabemos se os nossos
desperdícios são perigosos?

As Fichas de Dados sobre a Segurança


de Materiais (FDSM) , provem as
informações necessárias .
Como podemos estar seguros
que os nossos resíduos são
removidos da forma correta?

Certas empresas têm licenças para os


seus locais de remoção.Estas licenças
indicam o tipo de desperdícios que elas
podem manusear sem afetar
negativamente o lençol freático ou o
Como podemos estar seguros que as
pretensões da empresa respeitando
a remoção segura e saudável de
resíduos são verdadeiras?

Todas as empresas com licenças têm


também certificados expondo os
desperdícios que elas recolhem ou
removem ou reprocessam.
Aceite a responsabilidade

Faça uma diferença

Goze de um ambiente
saudável
Fim...

Você também pode gostar