Você está na página 1de 17

Profa.

: Vanessa Skrobot Godoi


Textos em 3ª pessoa
Os textos formais exigem a impessoalização da linguagem. Isso significa
que, às vezes, é necessário omitir os agentes do discurso para ocultar
nossa opinião pessoal e as diversas vozes que compõem um texto.
• Imagine que você precise discorrer sobre
a pena de morte. Imagine também que
você seja contra esse tipo de punição.

Profa.: Vanessa Skrobot Godoi


• Para apresentar seus argumentos
contrários à pena de morte, você não
precisa redigi-los na primeira pessoa, ou
seja, “Eu”.
 Períodos como:
 Eu não acho que a pena de morte seja a
solução contra a
criminalidade, acredito que investir em
educação e diminuir a desigualdade social
são as melhores saídas contra a violência

Profa.: Vanessa Skrobot Godoi


que assola o país...
podem ser construídos de outra
maneira.
• Passe o texto acima para a 3ª pessoa. 
• A pena de morte não é a solução contra a
criminalidade; investir em educação e na
diminuição da desigualdade social são as

Profa.: Vanessa Skrobot Godoi


melhores saídas contra a violência que
assola o país.

 Percebeu que os elementos Eu acho


que e acredito foram eliminados? 
Como impessoalizar a linguagem do texto
dissertativo-argumentativo?
• ► Dica 1: Coloque o sujeito no plural para
generalizá-lo:
• Evite construir o discurso na primeira pessoa do
singular (eu) e adote o uso da primeira pessoa e da

Profa.: Vanessa Skrobot Godoi


terceira pessoa do plural (nós e eles). Dessa maneira,
você evitará elementos que possam atribuir marcas
de subjetividade em seu texto. Veja o exemplo:
• Analisados os fatos, concluímos que... (em vez
de concluí que).
• Por meio de nossas ideias, procuramos demonstrar
que (em vez de por meio de minhas ideias, procurei
demonstar que).
• ► Dica 2: Oculte o agente:
• Para neutralizar o discurso e deixá-lo mais
objetivo, opte, sempre que possível, por ocultar
o agente. Isso pode ser feito por meio de
expressões como é importante, é preciso, é
indispensável, é urgente, já que elas não

Profa.: Vanessa Skrobot Godoi


revelam o autor da ação:
• É preciso tomar decisões para coibir a
criminalidade.
• É indispensável que as autoridades esclareçam
os recentes casos de corrupção no país.
• ► Dica 3: Uso gramatical do sujeito
indeterminado:
• Não quer que o leitor identifique com exatidão
quem é o agente da ação? Basta fazer uso
gramatical do sujeito indeterminado.
• Essa técnica pode ser utilizada quando, por

Profa.: Vanessa Skrobot Godoi


acaso, surgir alguma informação sobre a qual
você desconheça a exata procedência. Observe:
• Aprende-se na escola a importância da leitura.
• Acreditava-se que os militares instituiriam a
ordem e o progresso no país.
• Fala-se muito sobre a diminuição da maioridade
penal.
• ► Dica 4: Opte por um agente inanimado:
• Outra maneira eficiente para impessoalizar a
linguagem do texto é optar por um agente
inanimado. Dessa maneira, a responsabilidade
em relação à ação será diluída. Veja os exemplos:
• A diretoria da empresa elegeu um novo

Profa.: Vanessa Skrobot Godoi


coordenador executivo.
• Os deputados votaram um projeto de lei que vai
de encontro aos interesses da população.
• As autoridades competentes devem garantir ao
cidadão o direito de ir e vir.
• ► Dica 5: Uso da voz passiva:
• Na voz passiva, o sujeito da oração torna-se
paciente, isto é, ele sofre a ação expressa pelo
fato verbal. Empregá-la é um recurso que
contribui para a impessoalização da linguagem,
já que na voz passiva o sujeito poderá estar

Profa.: Vanessa Skrobot Godoi


oculto. Observe os exemplos:
• As novas descobertas sobre a cura para o câncer
foram realizadas em centros de estudo nos
Estados Unidos.
• Está sendo comprovada a importância da escrita
à mão no processo de aprendizado.
Passe o texto para 3ª pessoa
Todos os homens são intelectuais – digo, mas nem
todos os homens têm na sociedade a função de
intelectuais. Não separo o homo faber do homo
sapiens. Todo homem, fora de sua profissão, exerce

Profa.: Vanessa Skrobot Godoi


alguma atividade intelectual, é um “filósofo”, um
artista, um homem de gosto, participa de uma
concepção de mundo, tem uma linha de conduta
moral: contribui para manter ou para modificar
uma concepção do mundo, isto é, para suscitar
novos modos de pensar (Antonio Gramsci, filósofo
italiano, 1891-1937)
Resposta
Todos os homens são intelectuais – pode-se dizer,
mas nem todos os homens têm na sociedade a
função de intelectuais. Não se pode separar o homo
faber do homo sapiens. Todo homem, fora de sua

Profa.: Vanessa Skrobot Godoi


profissão, exerce alguma atividade intelectual, é um
“filósofo”, um artista, um homem de gosto,
participa de uma concepção de mundo, tem uma
linha de conduta moral: contribui para manter ou
para modificar uma concepção do mundo, isto é,
para suscitar novos modos de pensar (Antonio
Gramsci, filósofo italiano, 1891-1937)
Passe o texto para 3ª pessoa
Desde minha origem eu, homem, utilizo a
linguagem para comunicar minhas ideias. A
princípio, eu desenhava nas cavernas os
acontecimentos vividos. Em seguida, passei a usar

Profa.: Vanessa Skrobot Godoi


a fala e, por fim, inventei a escrita para registrar o
que eu falava. Depois disso, percebi que eu e a
linguagem sempre caminhamos juntos.<<Luciana S.
Alecrim, Ufam, 2001>>
Resposta
Desde sua origem o homem utiliza a
linguagem para comunicar suas ideias. A
princípio, ele desenhava nas cavernas os

Profa.: Vanessa Skrobot Godoi


acontecimentos por ele vividos. Em seguida,
passou a usar a fala e, por fim, inventou a
escrita para registrar o que falava. Depois
disso, percebeu-se que o homem e a
linguagem sempre caminharam
juntos.<<Luciana S. Alecrim, Ufam, 2001>>
Elabore um parágrafo em 3ª pessoa sobre:

• Como lidar com clientes difíceis.

Profa.: Vanessa Skrobot Godoi


Sugestão de texto
Escutar o cliente e não confrontá-lo são as recomendações de
especialistas em vendas. Seja na pré ou na pós-venda de
uma pequena empresa, lidar com pessoas de diferentes
personalidades faz parte da rotina de qualquer empreendedor. Há
desde os clientes extremamente exigentes e agressivos aos amáveis
e compreensivos. Ter paciência é essencial para quem quer vender

Profa.: Vanessa Skrobot Godoi


bem e para qualquer tipo de cliente. Mas quando o cliente trata a
compra como uma batalha é ainda mais difícil manter o controle e
não estragar a venda. Diego Maia, presidente do Grupo CDPV
(Centro do Desenvolvimento do Profissional de Vendas), explica que
ao se antecipar e não escutar tudo o que cliente tem a dizer o
vendedor corre o risco de perder uma oportunidade de negócio.
Além disso, reclamar da atitude do cliente torna mais difícil saber
como agir na negociação. Confira abaixo quatro recomendações de
especialistas na área de vendas para lidar com clientes difíceis.
https://exame.abril.com.br/pme/4-pontos-essenciais-para-lidar-com-clientes-dificeis/
Elabore um parágrafo em 3ª pessoa

• O descaso com o sistema carcerário no


Brasil.

Profa.: Vanessa Skrobot Godoi


Os presídios brasileiros, de uma maneira geral,
não conseguem promover aos detentos a
ressocialização esperada pela sociedade brasileira.
O que tem-se observado é que a questão da
superlotação e as péssimas condições de vida e de
higiene dos presos, dentre outros fatores,

Profa.: Vanessa Skrobot Godoi


contribuem para que as penitenciárias sejam
ineficazes para atender ao que a Lei de Execução
Penal preceitua, qual seja, a recuperação daquele
que está detido por ter cometido determinado
crime, transformando, assim, o que deveria ser um
centro de ressocialização de criminosos em uma
"universidade do crime".
https://sousarafaela.jusbrasil.com.br/artigos/112291037/a-falencia-do-sistema-penitenciario-brasileiro