Você está na página 1de 19

Motor OHV – Over Head Valve

O Sistema Over Head Valve


(válvula sobre o cabeçote),
apresenta as válvulas sobre
o cabeçote, porém a árvore
de comando está conectada
diretamente a árvore de
manivelas.
Motor OHV – Over Head Valve
Desta forma o
comando se conecta
aos balancins
válvulas através de
varetas.
Cabeçote
O cabeçote desempenha uma série de
funções importantes, como servir de
passagem para diversas substâncias
necessárias ao funcionamento do motor, e,
por isso, dispõe de dutos apropriados que
permitem:
Cabeçote
 Entrada de mistura para as câmaras de
combustão;
 Saída dos gases produzidos na queima da
mistura;
 Circulação do líquido de arrefecimento
para resfriar o cabeçote;
Cabeçote
 Passagem de óleo para lubrificação do
conjunto de balancins e guias e guias de
válvulas.
 O cabeçote serve de fixação para as guias
de válvulas, válvulas e mancais de apoio
do conjunto dos balancins ou comando de
válvulas.
Cabeçote
É submetido a enormes esforços térmicos,
razão pela qual é utilizada para a sua
fabricação uma liga ferrosa ou de alumínio
que são de boa condutibilidade térmica,
resistente a altas temperaturas.
Dependendo da motocicleta, o motor
funciona com um ou mais cabeçotes,
instalados verticais ou inclinados.
Molas
As molas são fabricadas normalmente com
arame de aço trefilado ou liga especiais.
Caracterizam-se pela forma das espiras, em
algumas, as espiras são espaçadas
uniformemente e em outras há certo
número de espiras unidas em ambas as
extremidades.
Molas
Molas
As molas têm a altura
limite de uso para cada
cilindrada.
Sede de Válvula
A sede de válvula no cabeçote é um ponto
de extrema importância para o
funcionamento do motor. Trata-se da parte
no cabeçote que serve como “cama” da base
da válvula de escape ou admissão, vedando
a pressão de compressão ou explosão dentro
da câmara de combustão.
Sede de Válvulas
As sedes são inseridas por pressão no seu
alojamento no cabeçote
Sede de Válvulas
Os ciclos das válvulas de abrirem e
fecharem provocam impactos entre os
ângulos de encosto da base da válvula e da
sede no cabeçote (pista de assentamento) e,
se houver alguma sujeira, como
carbonização, interposta entre a sede e
válvula, pode haver um desgaste ou uma
ruptura da sede.
Guia de Válvula
A guia de válvula é, basicamente, um
cilindro oco totalmente concêntrico e são
fabricadas em aço. Este componente fica no
interior do cabeçote e sua função é guiar o
deslocamento longitudinal da válvula.
Retentor de Válvulas
Para evitar a entrada
de óleo nos cilindros são
utilizados retentores de
válvulas colocados por
pressão sobre a
extremidade das guias
de válvulas.
Varetas de Válvulas
As varetas transmitem o movimento do
cames da árvore de comando através dos
braços oscilantes para os balancins.
Varetas de Válvulas
Balancins
Os balancins são montados em um suporte
que está parafusado no cabeçote e formam
uma alavanca dupla – em uma extremidade
tem o parafuso de regulagem da folga da
válvula e, na outra extremidade, fica em
contato com a vareta. A finalidade dos
balancins é abrir e fechar as válvulas.
Balancins
Cabeçote

20 N.m (2,0 Kg.m)


32N.m (3,2 Kg.m)