Você está na página 1de 93

TENDÊNCIAS GLOBAIS NO CONSUMO DE FRUTAS

FOCO NA CULTURA DA BANANA


Prof Msc Gustavo Vanucci

Caratinga, 01 de junho de 2021


TENDÊNCIAS GLOBAIS NO CONSUMO DE FRUTAS
FOCO NA CULTURA DA BANANA
Prof Msc Gustavo Vanucci

Caratinga, 01 de junho de 2021


Mestre e bacharel em Administração de
Empresas, Especialista em Inteligência de
Mercado, Coordenador e Professor em
Cursos de MBA nas disciplinas de Estratégia
e Inteligência Competitiva e Pesquisador em
Comportamento do Consumidor de
Produtos FMCG e in natura.

Gustavo Vanucci
“São mais de 25 anos dedicados ao mercado
de alimentos & bebidas (Coca Cola, Colonial
Agroindústria, Nestlé Brasil e desde 2008
atua como CEO e Consultor na VANUCCI
Inteligência de Mercado com o propósito de
expandir negócios e integrar as cadeias
produtivas.”

Gustavo Vanucci
...nestes últimos 10 anos estivemos presente
em diversos projetos ligados aos produtores
rurais, em diversas culturas, como Tomate,
Limão, Banana, Morango, Manga, Mamão,
Abacaxi, Tangerina, Café Especial (grão),
Tilápia, Salmão (chile), Suíno Vivo, Peixe
Ornamental, Carne de Sol, Cachaça e Cerveja
Artesanal entre outros.

Gustavo Vanucci
http://www.thegrower.org/news/international-year-fruits-and-vegetables-launches-dec-15
O Ano Internacional das Frutas e Vegetais 2021, aprovado pela
Assembleia Geral e pela Organização para a Alimentação e Agricultura
das Nações Unidas, lançado oficialmente em 15 de dezembro de
2020. 
 
O Ano Internacional busca defender a importância de dietas e
estilos de vida saudáveis ​por meio de sistemas alimentares
sustentáveis, no âmbito da Década de Ação sobre Nutrição das
Nações Unidas (2016-2025). 

https://www.bananalink.org.uk/all-about-bananas/
https://www.globenewswire.com/en/news-release/2019/11/01/1939647/0/en/Fairtrade-Canada-Creates-Stamp-to-Bruise-Bananas-With-Dark-Truths.html
O Brasil ocupa a 4ª
Ranking mundial de produção de bananas FAO (2018)
RANKING MUNDIAL DE PRODUÇÃO DE BANANA

• 1ª INDIA – 29 MILHÕES DE TONELADAS


• 2ª CHINA – 13 MILHÕES DE TONELADAS
• 3ª INDONÉSIA – 7 MILHÕES DE TONELADAS
• 4ª BRASIL – 6,76 MILHÕES DE TONELADAS
• 5º EQUADOR – 6,5 MILHÕES DE TONELADAS
FAO (2018)
MAPA DA PRODUÇÃO BANANA 2018 (TONELADAS)
MAPA DO CONSUMO DE BANANA (kg)
EXPORTAÇÃO DE BANANA 2018 (TONELADAS)

83 % das exportações estão concentradas em 05 (cinco) países


Ranking mundial de exportação de bananas – mil toneladas
Média
Países 2013-2017 2.018 2.019 Brasil exportou apenas 80 mil
1º Equador 5.568 6.554 6.685
toneladas em 2019 que
2º Philippines 2.366 3.388 3.050
3ª Guatemala 2.107 2.376 2.494 correspondeu a 1,2% da
4º Costa Rica 2.213 2.648 1.178 produção em 2019 que foi de
5º Colômbia 1.688 1.750 1.806 6.812 mil toneladas.
Total das Exportações no ano 17.000 19.344 20.077

Banana market review: Preliminary results 2019 (fao.org)


IMPORTAÇÃO DE BANANA 2018 (TONELADAS)

48 % das importações estão concentradas em 03 (três) países


Ranking mundial de importações de bananas (Destino) – mil toneladas

Continentes - Destino 2013-2017 2018 2019


União Européia 5.259 5.960 5.871 Os EUA, China e a Rússia são os
Asia 3.483 3.971 4.695 principais destinos de
América do Norte 4.654 4.212 4.056 exportações de banana no
Africa 365 335 470 mundo com 4.056, 2.206 e 1.499
América Latina & Caribe 734 822 855 mil toneladas respectivamente
Oceania 78 89 85
Subtotal 14.573 15.389 16.032

Banana market review: Preliminary results 2019 (fao.org)


TENDÊNCIAS GLOBAIS (MERCADO DE BANANA)

O Fair Trade (comércio justo) tem como objetivo principal


estabelecer contato direto entre o produtor e o comprador,
desburocratizando o comércio e poupando-os da
dependência de atravessadores e das instabilidades do
mercado global de commodities.
TENDÊNCIAS GLOBAIS (MERCADO DE BANANA)

Equador promove o turismo com


adesivo QR em bananas
O Equador é o maior país exportador
de bananas do mundo. Visando
promover o turismo no país resolveu
colocar adesivos nas bananas
exportadas para promover a indústria
do Turismo em 2013.

https://skift.com/2013/06/02/ecuador-pins-tourism-hope-on-its-banana-qr-stickers/
35% das bananas vendidas na Grã-Bretanha hoje são Fairtrade.
 Redes Sainsbury's, Waitrose e a Co-operative vendem apenas bananas Fairtrade. 
https://earthbound.report/2014/02/25/whats-a-fair-price-for-a-banana/
TENDÊNCIAS GLOBAIS (MERCADO DE BANANA)

Canadá capacita os compradores varejistas a


adquirir bananas Fairtrade e pressiona o mercado
por um melhor tratamento para os agricultores da
fruta.
https://www.globenewswire.com/en/news-release/2019/11/01/1939647/0/en/Fairtrade-Canada-Creates-Stamp-to-Bruise-Bananas-With-Dark-Truths.html

1% das bananas vendidas no Canadá tem o selo Fairtrade. 


Em 1º de novembro 2019, os clientes do East West Market em Vancouver, BC viram impressos na
banana: Muitos trabalhadores da cultura de banana não ganham um salário mínimo

•Alguns trabalhadores da banana não-Fairtrade ganham apenas $ 3 por dia.


•Orgânico nem sempre significa comércio justo.
•Pesticidas perigosos prejudicam os trabalhadores da banana e suas comunidades.
•As mulheres não têm proteção contra o assédio nas plantações de banana.
https://fairtrade.ca/
https://qz.com/1437830/europes-grocery-price-wars-are-threatening-colombias-banana-market/
E O MERCADO BRASILEIRO DE BANANA
E O MERCADO BRASILEIRO DE BANANA
PRINCIPAIS REGIÕES PRODUTORAS

Fonte: https://www.hfbrasil.org.br/br/revista/acessar/completo/retrospectiva-2020-perspectivas-2021.aspx
PRINCIPAIS DADOS BRASIL X MINAS GERAIS

460 mil 7000 15 tons


mil

11,4% 13,3%
10%

46 mil 800 mil 17 tons

ÁREA PRODUÇÃO PRODUTIVIDADE


(hectares) (toneladas) (toneladas/ha)

Fonte: SEAPA (2021) / LSPA / IBGE (2021)


COMERCIALIZAÇÃO NO CEASA BRASILEIRO

900,000
831,921
804,067
800,000 782,409

698,659
700,000
634,715
600,000
Volume (toneladas)

500,000

400,000

300,000

200,000 188,755

100,000

-
2016 2017 2018 2019 2020 2021
Anos
Obs.: Volume comercializado nas dependências do CEASA em todo território brasileiro.
Os valores de 2021 estão consolidados até abril/2021.
COMÉRCIO NO CEASA EM 2020

100%

6.038 mil
toneladas
6.718 mil
comercializadas
Toneladas diretamente
Produzidas

9,4%
634 mil
toneladas
COMERCIALIZADAS NO CEASA
0%
COMÉRCIO NOS CEASAS EM 2020 (10 principais)

RJ 9,358

PR 18,628

GO 23,050
Das 634 mil toneladas
SC 39,635 comercializadas em
CEASAS, 243 mil
UF (ORIGEM)

BA 42,400
toneladas tem como
SP 45,782 origem o estado de
PE 52,699
Minas Gerais,
representando 38%
CE 64,461 do volume de
ES 84,013 transações.
MG 243,706

0 50,000 100,000 150,000 200,000 250,000 300,000


VOLUME (toneladas)
ORIGEM DA BANANA NOS CEASAS EM 2020 (10 principais)

RJ 9,358

PR 18,628

GO 23,050
Das 634 mil toneladas
SC 39,635 comercializadas em
CEASAS, 243 mil
UF (ORIGEM)

BA 42,400
toneladas tem como
SP 45,782 origem o estado de
PE 52,699
Minas Gerais,
representando 38%
CE 64,461 do volume de
ES 84,013 transações e 30% da
produção.
MG 243,706

0 50,000 100,000 150,000 200,000 250,000 300,000


VOLUME (toneladas)
DESTINO DA PRODUÇÃO MINEIRA DE BANANA EM 2020
MG
MESO REGIAO CEASA Média 2020
2016-2019 Quantidade Kg
METROPOLITANA DE BELO HORIZONTE-MG 108.440.192 100.291.498
METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO-RJ 75.805.211 83.352.630
TRIÂNGULO MINEIRO/ALTO PARANAÍBA-MG 27.312.943 25.994.680
METROPOLITANA DE SÃO PAULO-SP
CAMPINAS-SP
15.036.027
8.193.473  
16.745.727
92% das transações em
VALE DO RIO DOCE-MG 6.602.375 5.218.458 CEASAS da Banana de origem
DISTRITO FEDERAL-DF 3.277.202 3.965.576 mineira tem como destino as
ZONA DA MATA-MG 2.823.934 4.818.682 Regiões Metropolitanas de
SUL/SUDOESTE DE MINAS-MG 1.856.754 1.594.916 Belo Horizonte, Rio de
OESTE PARANAENSE-PR 1.588.487  
Janeiro, São Paulo e Triângulo
CAMPO DAS VERTENTES-MG 548.124 652.072
Mineiro.
METROPOLITANA DE CURITIBA-PR 280.245 668.780
NORTE CENTRAL PARANAENSE-PR 496.285  
METROPOLITANA DE PORTO ALEGRE-RS 480.835  
METROPOLITANA DE RECIFE-PE 402.564 94.760
METROPOLITANA DE FORTALEZA-CE 244.337 83.845
CENTRO GOIANO-GO 168.075 73.800
CENTRAL ESPÍRITO-SANTENSE-ES 9.523 150.580
TOTAL COMERCIALIZADO NO CEASAS 253.566.583 243.706.004
COMÉRCIO NOS CEASAS EM 2020 (10 principais)
ANO
Total
MICRORREGIÃO MUNICÍPIO
2.020 (ton)

CARATINGA-MG CARATINGA-MG 940.131


  SÃO DOMINGOS DAS DORES-MG 798.624
  IMBÉ DE MINAS-MG 662.128
  UBAPORANGA-MG 627.971
 

 
BUGRE-MG

INHAPIM-MG
307.856
292.916
1,6% das transações em
CEASAS da Banana de origem
  PIEDADE DE CARATINGA-MG 261.482
  IAPU-MG 117.484
mineira tem como origem os
  SANTA BÁRBARA DO LESTE-MG 81.674
municípios da microrregião de
  DOM CAVATI-MG 76.380
4.175 Caratinga.
  SÃO SEBASTIÃO DO ANTA-MG 2.970
  SÃO JOÃO DO ORIENTE-MG 2.770
  BOM JESUS DO GALHO-MG 2.680

  ENTRE FOLHAS-MG
 
  SANTA RITA DE MINAS-MG
 
  TARUMIRIM-MG
 
  VARGEM ALEGRE-MG
 
COMÉRCIO NOS CEASAS EM 2020 (10 principais)
ANO
Total
MICRORREGIÃO MUNICÍPIO
(ton)
2.020

GOVERNADOR VALADARES-MG MARILAC-MG 3.107.940

  GOVERNADOR VALADARES-MG 78.120

  SÃO GERALDO DA PIEDADE-MG 40.806

 
ENGENHEIRO CALDAS-MG

ALPERCATA-MG
16.340

8.298
1,3% das transações em
CEASAS da Banana de origem
  ITANHOMI-MG 7.254 mineira tem como origem os
  FREI INOCÊNCIO-MG 3.937 municípios da microrregião de
  GALILÉIA-MG 1.584
3.268
Governador Valadares.
  SOBRÁLIA-MG 1.464

  FERNANDES TOURINHO-MG 936

  NACIP RAYDAN-MG 630

  JAMPRUCA-MG 270

  CAPITÃO ANDRADE-MG
 

  COROACI-MG
 

  VIRGOLÂNDIA-MG
 
DESTINO DA PRODUÇÃO (MESORREGIÕES DE CARATINGA E G. VALADARES)

CEASA DESTINO (EM TONELADAS)


ORIGEM BELO RIO DE GOVERNADOR
CARATINGA TOTAL
HORIZONTE JANEIRO VALADARES

CARATINGA/MG 645   1.510 2.019 4.174

GOVERNADOR
VALADARES 3.051 38   178 3.267

TOTAL 3.696 38 1.510 2.197 7.441

19% é o percentual de volume produzido na Região do Rio Doce que possui cerca de
3.440 hectares de banana e uma produção estimada em 39,5 mil toneladas que tem como
destino o CEASA. Os demais volume são negociados diretamente com atravessadores,
distribuidores, climatizadores e varejistas.
CADEIA DE VALOR DA BANANA

50% é a
margem que o
varejista aplica
sobre o preço de
custo.
CONSUMO BANANA NO BRASIL
AQUISIÇÃO DOMICILIAR BANANA NO BRASIL – POF 2018
Aquisição alimentar domiciliar per capita anual, segundo os produtos selecionados - Brasil - 2002/2018

Aquisição alimentar domiciliar per capita anual (kg)


Produtos selecionados
POF 2002-2003 POF 2008-2009 POF 2017-2018
Arroz 31,578 26,499 19,763
Feijão 12,394 9,121 5,908
Cebola 3,471 3,234 3,104
Tomate 5 4,916 4,209
Batata inglesa 5,271 4,037 4,017
Banana
Laranja
7,008
4,692
7,678
5,437
7,078
4,299 7 kg é a média da
Farinha de mandioca 7,766 5,33 2,332 aquisição domiciliar per
Farinha de trigo 5,083 3,397 2,229
Macarrão 4,286 4,143 3,117 capita anual de banana.
Pão Francês 12,333 12,529 9,491
Carnes Bovinas 16,891 17,035 13,352
Carnes Suínas
Frango
5,694
13,572
5,551
13,015
4,88
12,24
18-23% é a
Ovos 1,716 3,217 3,328 participação da banana ao
Leite 44,405 37,092 25,808 volume das frutas
Açúcar cristal 12,162 8,038 6,048
Açúcar refinado 6,106 3,16 3,704 comercializadas em
Bebidas alcoólicas 5,67 6,798 6,724 supermercados.
Bebidas não alcoólicas 36,415 40,826 42,723
Alimentos preparados e misturas industriais 2,56 3,506 3,992
Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Trabalho e Rendimento, Pesquisa de Orçamentos Familiares 2002-2003/2008-
2009/2017-2018.
Nota: As quantidades de produtos adquiridos na forma líquida foram transformadas em kg, considerando-se volume igual a peso.
AQUISIÇÃO DOMICILIAR BANANA NO BRASIL

Aquisição alimentar domiciliar per capita anual (kg)

Classse de rendimento total e variação patrimonial mensal familiar (R$)


Produtos
Total
Até Mais de Mais de Mais de Mais de Mais de
1 908 (1) 1 908 a 2862 2 862 a 5 724 5 724 a 9 540 9 540 a 14 310 14 310

Frutas 26,414 14,374 19,817 24,596 32,526 47,662 59,393


Banana-d'água 2,457 1,397 1,959 2,461 3,323 3,837 4,033
Banana-da-terra 0,482 0,372 0,561 0,398 0,493 0,620 0,895
Banana-maçã 0,258 0,148 0,230 0,216 0,334 0,368 0,639
Banana-ouro 0,005 0,001 0,001 0,008 0,002 0,001 0,017
Banana-prata 3,050 2,034 2,849 2,740 3,378 4,952 5,957
Outras bananas 0,826 0,704 0,834 0,795 0,759 1,055 1,303
Total de Banana 7,078 4,656 6,434 6,618 8,289 10,833 12,844

5,96 kg é a aquisição domiciliar per capita anual de banana em


famílias com rendimento acima de R$ 14.310, enquanto a média é 3,05 kg
per capita.
CONSUMO BANANA NO BRASIL

23% dos idosos


declararam consumir banana
com frequência, enquanto
15% dos adultos e 7% dos
jovens.

https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-noticias/2012-agencia-de-noticias/noticias/28648-brasileiros-com-menor-renda-consomem-mais-arroz-e-feijao-e-menos-industrializados
PERFIL DO CONSUMIDOR DE BANANA NO BRASIL

25 a 27,5kg
por habitante
este é o consumo aparente
anual de Banana no Brasil. O
principal consumidor é:
• Público Feminino
• Acima de 65 anos
• Classe Social A e B

O Brasil terá 46 milhões de idosos acima de 65 anos em 2030 e a Classe Social


A e B representará entre 20-25%.
QUALIDADE

• Tamanho de 12 a 19 cm – 88%
• Cor amarelo claro para amarelo – 72%
• Firmeza – 73%
• Ausência de Pintas pretas – 69%
• Formato ligeiramente curvado – 67%
• Diâmetro entre 2,6 e 3,5 cm – 64%
• Ausência do fio após descascar – 64%
• Penca de 10 a 12 bananas – 62%

Sabor + Vida Útil + Aparência


https://www.scielo.br/j/rbf/a/RJxLJvgX47yD3VNKZNz39Kz/?lang=pt#
QUALIDADE
QUALIDADE

Quando o consumidor ver as bananas em perfeito estado, o que acontece?

Mas quando você 86% comprariam


não planejou
Compra por impulso
compra-la. O que
acontece?
14% não comprariam

34% comprariam mais


Mas se estivesse no
seu planejamento Compra planejada
de compras. O que 66% comprariam o
acontece? desejado

https://www.agrofresh.com/wp-content/uploads/2020/03/Banana-Journey-Study.pdf
QUALIDADE
(+) DOCE E a Banana
da região de
Caratinga?

(-) TEMPO DE (+) TEMPO DE


PRATELEIRA  PRATELEIRA 

PADRONIZAÇÃO

(-) DOCE
Obs.: Simulação do posicionamento estratégico percebido pelo consumidor
INDICAÇÃO GEOGRÁFICA = ORIGEM + QUALIDADE

DOCE DOCE + TEMPO DE PADRONIZAÇÃO


PRATELEIRA 
INDICAÇÃO GEOGRÁFICA = ORIGEM + QUALIDADE

As Indicações Geográficas são uma É importante registrar a região por


ferramenta de promoção comercial dos meio da IG, pois isso projeta uma
produtos, devendo divulgar os produtos e imagem associada à qualidade,
sua herança histórico-cultural, reputação e identidade do produto
considerada intransferível. ou serviço.

No Brasil, as Indicações Geográficas


podem ser Indicação de Procedência
ou Denominação de Origem.

A Indicação de Procedência - IP A Denominação de Origem – DO se


valoriza a tradição produtiva e o caracteriza pelo meio geográfico que
reconhecimento público de que o agregam um diferencial competitivo ao
produto de uma determinada região produto e deve, obrigatoriamente, ser
possui uma qualidade diferenciada. produzido, processado ou industrializado
no seu território de origem.
DENOMINAÇÃO DE ORIGEM - DO
INDICAÇÃO DE PROCEDÊNCIA - IP
CADEIA PRODUTIVA BANANA IN NATURA

Produtores Individuais (bananicultores)

Fertilizantes Produtor de Crédito Assistência Maquinários e Embalagens, Outros


e Defensivos Mudas Agrícola Técnica Equipamentos Etiquetas e selos

Antes da Porteira Manejo, Colheita e Transporte

Packing House Associações Cooperativas


Dentro da Porteira

Climatizadores Atacadistas Distribuidores Programas Governamentais (PAA e PNAE

Sacolões e Feiras Supermercadistas Restaurante e Hotéis Agroindústria Exército, Escolas etc.


Fora da Porteira

Alunos escola Pública


Consumidores Finais e Soldados
PREÇO BANANA ORIGEM EM TODOS CEASAS - 2016 - 2021
2016 2017 2018 2019 2020 2021
R$4.50
R$3.97
R$4.00

R$3.50 R$3.42 R$3.38


Preço CEASA (Média Mensal)

R$3.00 R$2.84
R$2.74 R$2.76
R$2.50 R$2.48 R$2.44 R$2.45 R$2.52
R$2.50 R$2.31 R$2.33
R$2.03
R$2.00

R$1.50

R$1.00

R$0.50

R$-Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro

Meses do ano
Obs.: Preço Banana Prata de Origem Mineira comercializada em todos os CEASAS
PRECIFICAÇÃO BANANA (SIMULAÇÃO)
Preço Referência

Preço ao Produtor = R$ 95,00 kg


(25%) R$ 0,95

Transporte e Packing House = R$ 0,40 kg


(10%) R$ 1,35

Atacadistas / Distribuidores /
Climatizadores / Logística = R$ 1,10 kg R$ 2,45
(30%)

Preço ao Consumidor
Varejista = R$ 1,30 kg R$ 3,75
(35%)

Obs.: Margem de erro 0,05 para cima ou para baixo. A Diferença de preço está em quem faz
o frete e qual a distância entre a origem e o destino e se possui ou não climatizador e
qualidade do fruto (mercdo destino)
ASSOCIATIVISMO E COOPERATIVISMO (REDES)
Apenas Produzir Beneficiar + Comercializar B2B Comercializar B2C

Pequeno
Cliente A
Produtor A

Colheita +
Packing +
Pequeno Transporte +
Cliente B
Produtor B Comercialização

(+) CLIMATIZAÇÃO
Pequeno Proximidades de Grandes Centros Cliente C
Produtor C
ASSOCIATIVISMO E COOPERATIVISMO (REDES)
• COMERCIALIZAR
• TRANSPORTAR
• ARMAZENAR
• MARKETING
QUEM IRÁ ASSUMIR O CUSTO, O RISCO e o TEMPO?

Apenas Produzir? Comercializar B2C ?

Beneficiar + Comercializar B2B?


REGRAS DE ACESSO
• FORNECIMENTO DIÁRIO / SEMANAL (RECORRÊNCIA)
• PADRONIZAÇÃO TAMANHO E COLORAÇÃO
• SELEÇÃO DE MERCADOS ALVOS
• PREÇO DE MERCADO: (VARIAÇÃO DIÁRIA)
• QUALIDADE (COR, MANCHAS NEGRAS E LIVRE DE DOENÇAS)
• PADRÃO DESPISTILAGEM E DESPENCA
• REDUÇÃO DO ENGAÇO
• SUPERMERCADOS: ENXOVAL + % DE QUEBRA (INDENIZAÇÃO)
• CADA PERFIL DE MERCADO POSSUI UMA EXIGÊNCIA
• REDES SUPERMERCADOS: PROGRAMAS DE CERTIFICAÇÕES E AUDITORIA
• EXPORTAÇÃO: GLOBALG.A.P.
• CERTIFICAÇÃO: BPA (Boas Práticas Agrícolas), APPCC (Análise de Perigos e
Pontos Críticos de Controle) e dos PPHO (Procedimentos Padrões de Higiene
Operacional) e PIF (Produção Integrada de Frutas)
SUGESTÕE
S DE
MELHORI
A
COMO GARANTIR A QUALIDADE DA BANANA


Passo
TERROIR (SOLO+ MICRO CLIMA) + QUALIDADE E ABUNDÂNCIA DA
ÁGUA


Passo CUIDADOS NA COLHEITA E PÓS COLHEITA


Passo CUIDADOS NA GÔNDOLA
CORRETA ARMAZENAGEM DOS DEFENSIVOS
EVITAR CACHOS DESPROTEGIDOS
PROTEGER O CACHO NO PÉ
COLHER E TRANSPORTAR O CACHO PROTEGIDO
EVITE TRANSPORTAR O CACHO
ORGANIZE O PACKING HOUSE
ORGANIZE O PACKING HOUSE
PROTEJA OS COLABORADORES (PANDEMIA)
PROTEJA OS COLABORADORES (PANDEMIA)
CUIDADO AO SELAR A BANANA
EVITE CAIXA DE MADEIRA E SE USAR PROTEJA
DÊ PREFERÊNCIA AS CAIXAS PLÁSTICAS
CUIDADO COM AS SOBRAS NO CAMPO
DESTINO CORRETO DAS SOBRAS
USE ETIQUETA DE RASTREABILIDADE (IN2-2018)
USE FERRAMENTAS CORRETAS PARA PADRONIZAR
EVITE TRANSPORTAR EM VEÍCULOS ABERTOS E SEM PROTEÇÃO
EVITE TRANSPORTAR EM VEÍCULOS ABERTOS E SEM PROTEÇÃO
COMO GARANTIR A QUALIDADE DA BANANA


Passo
TERROIR (SOLO+ MICRO CLIMA) + QUALIDADE E ABUNDÂNCIA DA
ÁGUA


Passo CUIDADOS NA COLHEITA E PÓS COLHEITA


Passo CUIDADOS NA GÔNDOLA
ORGANIZE AS CAIXAS NO CLIMATIZADOR COM ETIQUETA
ORGANIZE AS CAIXAS NO CLIMATIZADOR COM ETIQUETA
CUIDE DA IMAGEM
CUIDE DA IMAGEM
CUIDE DA IMAGEM
CUIDE DA IMAGEM
CUIDE DA IMAGEM
CUIDE DA IMAGEM
CUIDE DA IMAGEM
CUIDE DA IMAGEM
CUIDE DA IMAGEM
CUIDE DA IMAGEM
CUIDE DA IMAGEM
CUIDE DA IMAGEM
CUIDE DA IMAGEM
CUIDE DA IMAGEM
CUIDE DA IMAGEM
EMBALAGENS PARA PÚBLICOS ESPECÍFICOS
EMBALAGENS PARA PÚBLICOS ESPECÍFICOS
NOVOS MERCADOS
GUSTAVO VANUCCI
BH-MG-Brazil

OBRIGADO
(31) 3309 2307
(31) 98489 8621

vanucci.com.br
gustavo.vanucci@vanucci.com.br

Você também pode gostar