Você está na página 1de 45

Capítulo 2, Parte A

Estatística descritiva:
métodos tabulares e métodos gráficos
 Como Sintetizar Dados Categorizados
 Como Sintetizar Dados Quantitativos

Dados
Dados categorizados
categorizados utilizam
utilizam rótulos
rótulos
ou
ou nomes
nomes para
para identificar
identificar categorias
categorias de
de
itens
itens semelhantes.
semelhantes.

Dados
Dados quantitativos
quantitativos são
são valores
valores numéricos
numéricos
que
que indicam
indicam quantos
quantos ouou oo quanto.
quanto.

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
1
Dados Qualitativos

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
2
Como Sintetizar Dados Categorizados

Métodos Tabulares Métodos Gráficos


• Distribuição de • Gráfico de colunas
frequência • Gráfico de setores
absoluta
• Distribuição de
frequência relativa
• Distribuição de
frequência relativa
percentual

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
3
Métodos Tabulares

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
4
Distribuição de Frequência Absoluta

Uma
Uma distribuição
distribuição de
de frequência
frequência absoluta
absoluta éé um
um resumo
resumo
mostrando
mostrando oo número
número de
de itens
itens em
em cada
cada uma
uma das
das diversas
diversas
classes
classes não
não sobrepostas.
sobrepostas.

O
O objetivo
objetivo éé proporcionar
proporcionar percepções
percepções sobre
sobre os
os dados
dados que
que não
não
podem
podem ser
ser rapidamente
rapidamente obtidas
obtidas somente
somente pela
pela observação
observação
dos
dos dados
dados originais.
originais.

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
5
Distribuição de Frequência
Relativa

A
A frequência
frequência relativa
relativa de
de uma
uma classe
classe éé aa fração
fração do
do
número
número total
total de
de itens
itens de
de dados
dados que
que pertencem
pertencem àà
classe.
classe.

A
A frequência
frequência relativa
relativa percentual
percentual de
de uma
uma classe
classe éé aa
frequência
frequência relativa
relativa multiplicada
multiplicada por
por 100.
100.

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
6
Distribuição de Frequência Absoluta

 Exemplo: Marada Inn


Foi solicitado a 20 hóspedes no Marada Inn que
classificassem a qualidade de suas acomodações nas
categorias: excelente, acima da média, na média, abaixo da
média ou ruim:

Abaixo da média Na média Acima da média


Acima da média Acima da média Acima da média
Acima da média Abaixo da média Abaixo da média
Na média Ruim Ruim
Acima da média Excelente Acima da média
Na média Acima da média Na média
Acima da média Na média
© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
7
Distribuição de Frequência Absoluta

 Exemplo: Marada Inn

Avaliação F. absoluta
Ruim 2
Abaixo da média 3
Na média 5
Acima da média 9
Excelente 1
Total 20

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
8
Distribuições de Frequência
Relativa e Relativa Percentual
 Exemplo: Marada Inn

F. relativa
F. relativa
Avaliação percentual

Ruim 0,10 10
Abaixo da média 0,15 15
Na média 0,25 25 0,10(100) = 10
Acima da média 0,45 45
Excelente 0,05 5
Total 1,00 100
1/20 = 0,05
© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
9
Métodos Gráficos

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
10
Gráfico de colunas

 Um gráfico de colunas é utilizado para representar


dados qualitativos;
 No eixo horizontal especificamos os nomes que
representam cada uma das classes.

 Uma escala de frequência absoluta, frequência relativa


ou frequência relativa percentual é no eixo vertical).

 Utilizando uma coluna de largura fixa desenhada acima


de cada nome de classe, ampliamos a altura.
 As colunas são separadas para enfatizar o fato de que
cada classe é uma categoria separada.
© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
11
Gráfico de Colunas

10 Avaliações de Qualidade do Marada Inn


9
8
7
Frequência

6
5
4
3
2
1

Ruim Abaixo da Na média Acima da Excelente


média média
Avaliação
© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
12
Diagrama de Pareto

 No controle de qualidade, os gráficos de colunas são


utilizados para identificar as causas mais importantes
dos problemas.

 Quando as colunas são organizadas em ordem


decrescente de altura da esquerda para a direita (causa
que mais frequentemente em primeiro lugar),
o gráfico de colunas é chamado Diagrama de Pareto.

 O nome deste diagrama foi escolhido em homenagem ao


seu criador, Vilfredo Pareto, um economista italiano.
© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
13
Gráfico de Setores

 O gráfico de setores é utilizado para apresentar


distribuições de frequência relativa e relativa percentual.

 Desenhe um círculo; em seguida, utilize as frequências


relativas para subdividir o círculo em setores.

 Exemplo: uma frequência relativa de 0,25 consumiria


0,25(360) = 90 graus do círculo.

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
14
Gráfico de Setores

Avaliações de qualidade do
Marada Inn
Excelente
5% Ruim
10%
Abaixo
da média
Acima da 15%
média
45%
Na média
25%

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
15
Exemplo: Marada Inn
 Percepções obtidas a partir do Gráfico de Setores anterior

Metade dos clientes entrevistados deu ao Marada


uma avaliação de qualidade “acima da média” ou
“excelente”. Isto pode deixar o gerente satisfeito.

Para cada cliente que deu a classificação “excelente”,


houve dois clientes que classificaram como “ruim”.
Isto aborrecerá o gerente.

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
16
Dados Quantitativos

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
17
Como Sintetizar Dados Quantitativos

Métodos Métodos
Tabulares Gráficos
• Distribuição de • Diagrama de pontos
frequência absoluta • Histograma
• Distribuição de • Ogiva
frequência relativa
• Distribuição de
frequência relativa
percentual
• Distribuição
cumulativa

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
18
Métodos Tabulares

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
19
Distribuição de Frequência Absoluta

 Exemplo: Hudson Auto Repair

A gerente da Hudson Auto gostaria de ter um


melhor entendimento quanto ao custo das peças
utilizadas nos ajustes de motores realizados na
oficina. Ela examina 50 faturas de clientes que
fizeram ajustes.

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
20
Distribuição de Frequência Absoluta

 Exemplo: Hudson Auto Repair


Amostra do custo de peças ($) referente a 50 ajustes
91 78 93 57 75 52 99 80 97 62
71 69 72 89 66 75 79 75 72 76
104 74 62 68 97 105 77 65 80 109
85 97 88 68 83 68 71 69 67 74
62 82 98 101 79 105 79 69 62 73

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
21
Distribuição de Frequência Absoluta

As 3 etapas necessárias para definir as classes de


uma distribuição de frequência absoluta:

1. Determinar o número de classes não sobrepostas.

2. Determinar a amplitude de cada classe.


3. Determinar os limites de classe.

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
22
Distribuição de Frequência Absoluta

 Exemplo: Hudson Auto Repair


Se escolhermos seis classes:
Amplitude aproximada da classe = (109 - 52)/6 = 9,5  10

Custo das Peças


Frequência
($)
50-59 2
60-69 13
70-79 16
80-89 7
90-99 7
100-109 5
Total 50
© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
23
Distribuição de Frequência Absoluta
 Diretrizes para determinar o número de classes
Utilize entre 5 e 20 classes.
Conjuntos de dados maiores requerem número
de classes maiores.
Conjuntos de dados menores requerem número
de classes menores.

O
O objetivo
objetivo éé utilizar
utilizar classes
classes suficientes
suficientes para
para
mostrar
mostrar aa variação
variação nos
nos dados,
dados, mas
mas não
não tantas
tantas
classes
classes aa ponto
ponto de
de algumas
algumas terem
terem somente
somente
alguns
alguns itens
itens de
de dados.
dados.
© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
24
Distribuição de Frequência Absoluta

 Diretrizes para determinar a amplitude de cada classe


Utilize classes de mesma amplitude.
• Amplitude de classe aproximada =

Definir
Definir que
que as
as classes
classes tenham
tenham aa mesma
mesma
amplitude
amplitude reduz
reduz aa possibilidade
possibilidade de
de
haver
haver interpretações
interpretações inadequadas.
inadequadas.

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
25
Distribuição de Frequência Absoluta

 Nota sobre o número de classes e a amplitude de classe

Na prática, o número de classes e a amplitude de classe


apropriada são determinados por tentativa e erro.

Assim que é escolhido um possível número de classes,


a amplitude de classe apropriada é encontrada.
O processo pode ser repetido para um diferente
número de classes.
Por fim, o analista utiliza seu julgamento para
determinar a combinação do número de classes e a
amplitude de classe que ofereça a melhor distribuição
de frequência absoluta para sintetizar os dados.
© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
26
Distribuição de Frequência Absoluta
 Diretrizes para determinar os limites de classe
Os limites de classe devem ser escolhidos de modo que
cada item de dados pertença a uma, e somente uma,
classe.
O limite inferior identifica o menor valor de
dados possível atribuído à classe.

O limite superior identifica o maior valor de


dados possível atribuído à classe.

Uma
Uma classe
classe com
com extremidade
extremidade aberta
aberta exige
exige apenas
apenas um
um
limite
limite de
de classe
classe inferior
inferior ou
ou um
um limite
limite de
de classe
classe superior.
superior.
© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
27
Distribuições de Frequência Relativa e Relativa
Percentual
 Exemplo: Hudson Auto Repair
Frequência
Custo das Frequência
Relativa
Peças ($) Relativa
Percentual
50-59 0,04 4
60-69 0,26 2/50 26 0,04(100)
70-79 0,32 32 A
A frequência
frequência
80-89 14 relativa
relativa
0,14
percentual
percentual éé
90-99 0,14 14 aa frequência
frequência
100-109 0,10 10 relativa
relativa
multiplicada
multiplicada
Total 1,00 100 por
por 100.
100.
© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
28
Distribuições de Frequência Relativa e Relativa
Percentual
 Exemplo: Hudson Auto Repair
Percepções a partir da distribuição por frequência %:

Somente 4% dos custos das peças estão na classe $ 50-59.


30% dos custos das peças estão abaixo de $ 70.
A maior porcentagem (32%, ou quase um terço) dos
custos das peças está na classe entre $ 70-79.
10% dos custos das peças estão em $ 100 ou mais.

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
29
Distribuição cumulativa

Distribuição
Distribuição cumulativa
cumulativa de de frequência
frequência absoluta
absoluta ––
mostra
mostra oo número
número de
de itens
itens com
com valores
valores menores
menores ou
ou
iguais
iguais ao
ao limite
limite superior
superior de
de cada
cada classe.
classe.

Distribuição
Distribuição cumulativa
cumulativa dede frequência
frequência relativa
relativa ––
mostra
mostra aa proporção
proporção de
de itens
itens com
com valores
valores menores
menores ou ou
iguais
iguais ao
ao limite
limite superior
superior de
de cada
cada classe.
classe.

Distribuição
Distribuição cumulativa
cumulativa de
de frequência
frequência relativa
relativa
percentual–mostra
percentual–mostra aa porcentagem
porcentagem de
de itens
itens com
com valores
valores
menores
menores ou
ou iguais
iguais ao
ao limite
limite superior
superior de
de cada
cada classe.
classe.
© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
30
Distribuições cumulativas
 O último registro em uma distribuição cumulativa de
frequência absoluta sempre é igual ao número total de
observações.

 O último registro em uma distribuição cumulativa de


frequência relativa sempre é igual a 1,00.

 O último registro em uma distribuição cumulativa de


frequência relativa percentual sempre é igual a 100.

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
31
Distribuições cumulativas

 Hudson Auto Repair

Frequência Frequência Frequência


absoluta relativa relativa
cumulativa cumulativa percentual
Custo ($) cumulativa
< 59 2 0,04 4
< 69 15 0,30 30
< 79 31 2 + 13 0,62 15/50 62 0,30(100)
< 89 38 0,76 76
< 99 45 0,90 90
< 109 50 1,00 100
© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
32
Métodos Gráficos

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
33
Diagrama de pontos

Um dos mais simples resumos gráficos de dados é o


diagrama de pontos.

Um eixo horizontal mostra o intervalo dos valores de


dados.

Então, cada valor é representado por um ponto


colocado acima do eixo.

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
34
Diagrama de pontos

 Exemplo: Hudson Auto Repair

Custo das peças para ajustes

50 60 70 80 90 100 110
Custo ($)

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
35
Histograma

Outra apresentação gráfica comum de dados


quantitativos é chamada histograma.
A variável de interesse é colocada no eixo horizontal.

É desenhado um retângulo acima de cada intervalo de


classe, com sua altura correspondente a frequência
absoluta, frequência relativa ou frequência relativa
percentual.
Diferentemente de um gráfico de colunas, um histograma
não tem nenhuma separação entre retângulos de
classes adjacentes.
© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
36
Histograma
 Exemplo: Hudson Auto Repair

18
Custo das peças para ajuste
16

14

12
Frequência

10

4
2
Custo
50-59 60-69 70-79 80-89 90-99 100-110 das peças ($)
© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
37
Histogramas mostrando assimetria

 Simétrico
• A cauda esquerda é a imagem espelhada da
cauda direita
• Exemplos: alturas e pesos de pessoas
0,35
0,30
Frequência relativa

0,25
0,20
0,15
0,10
0,05
0
© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
38
Histogramas mostrando assimetria

 Moderadamente assimétrico à esquerda


• Uma cauda mais longa à esquerda
• Exemplo: notas nas provas
0,35
0,30
0,25
0,20
Frequência

0,15
relativa

0,10
0,05
0
© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
39
Histogramas mostrando assimetria

 Moderadamente assimétrico à direita


• Uma cauda mais longa à direita
• Exemplo: valores de residências
0,35
0,30
Frequência relativa

0,25
0,20
0,15
0,10
0,05
0
© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
40
Histogramas mostrando assimetria

 Bastante assimétrico à direita


• Uma cauda muito longa à direita
• Exemplo: salários de executivos
0,35
0,30
Frequência relativa

0,25
0,20
0,15
0,10
0,05
0
© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
41
Ogiva

Uma ogiva é um gráfico de uma distribuição cumulativa.


Os dados são mostrados no eixo horizontal.
No eixo vertical, são mostradas as:
• frequências absolutas cumulativas, ou
• frequências relativas cumulativas, ou
• frequências relativas percentuais cumulativas
A frequência absoluta cumulativa de cada classe é
representada com um ponto.
Os pontos representados são conectados por linhas retas.

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
42
Ogiva

Hudson Auto Repair


Como os limites de classe para os dados sobre o custo das
peças são 50-59, 60-69, e assim por diante, parece haver
lacunas de uma unidade de 59 a 60, 69 a 70 etc.

Essas lacunas são eliminadas colocando-se pontos


intermediários entre os limites de classe.

Desse modo, 59,5 é utilizado para a classe 50-59; 69,5,


para a classe 60-69, e assim por diante.

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
43
Ogiva com Frequências Relativas Percentuais
Cumulativas
 Exemplo: Hudson Auto Repair

100 Custo das peças para ajustes


Percentual Cumulativa

80
Frequência Relativa

60 (89,5, 76)

40

20
Custo das
peças ($)
50 60 70 80 90 100 110
© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
44
Fim da Parte A do Capítulo 2

© 2013. Cengage Learning. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser escaneado,
copiado, duplicado nem divulgado em um site publicamente acessível, seja total ou parcialmente.
Slide
45

Você também pode gostar