Você está na página 1de 68

Metazoa

Filo Mollusca
Classificação
Critérios para avaliação Filogenética
Os Três Domínios
Bacteria Archaea Eukarya
A divisão dos seres vivos proposto
por Carl Woese, em 1990, para Bacteria Myxomycota
Verde Animai
divisão dos seres vivos têm como Filamentosa Entamoeba Animai
Spirochaetes ss
fundamento a Filogenia Molecular.
Gram Methanosarcina Fungos
1. Domínio Bacteria Proteobacteria + Methanobacterium Halófilo
s Plantas
a) Organismos Procariontes. Methanococcus
Cianobacteria Ciliophora
b) Unicelulares. T. celer
c) Autotróficos ou Heterotróficos. Planctomycetes Flagellata
Thermoproteu
Pyrodicticu
2. Domínio Archaea Cytophaga m
Tricomona
s
a) Organismos Procariontes.
Microsporidi
b) Unicelulares. Thermotonga a
c) Autotróficos ou Heterotróficos.
Diplonomada
3. Domínio Eukarya Aquifex

a) Organismos Eucariontes.
b) Unicelulares ou Multicelulares.
c) Autotróficos ou heterotróficos.
Domínio Eukarya
Representantes desse domínio são
seres que possuem células com o
Núcleo Celular Delimitado por
uma membrana celular.
1. Opisthokonta
2. Amoebozoa
3. Archeplastida
4. Rhizaria
5. Alveolata
6. Straminopila
7. Discicristata i
al
8. Excavata i m
An a
Onychophora
Tardigrada
Chelicerata
Ecdysozoa

Mandibulata
Pancrustacea
Nematomorpha
Nematoda
Priapulida
Loricifera
Kinorhyncha
Gnatifera

Gnathostomulida
Micrognathozoa
Rotifera
Gastritricha
Platyhelminthes
Annelid
Lophotrochozo

a
Mollusca
Nemertea
a

Bryozoa
Brachiopoda
Phoronida
Chaetognata
Deuterostomi

Chordata
CephaloChordata
Urochordata
Hemichordata
a

Echinodermata
Cnidaria
Grupo

Ctenophora
Basal

Porifera
Placozoa

Lophophorata
Lophotrochozoa

Nemertea
Mollusca
Annelida
Trochozoa
Platytrochozoa
Rouphozoa
Reino Animalia

Gnathifera
Xenacoelomorpha

Deuterostomia

Ecdisozoa
Protostomia

Spiralia
Nephrozoa
Bilateria
Eumetazoa
Radiata
Parazoa
Filogenia
O grupo Mollusca (molluscus, mole) é um filo de animais
invertebrados marinhos, dulcícolas ou terrestres, onde se Polyplacophora
enquadram animais de corpo mole e não segmentados,
como as lulas, lesmas e ostras. É um filo monofilético
constituído por cerca de 100 000 espécies, além de outras Aplacophora
70 000 conhecidas apenas por registro fóssil.

Sinapomorfias Monoplacophora

1. Triblásticos
Gastropoda
2. Celomados
3. Protostômios
Bivalvia
4. Epitélio Dorsal Revestido por Cutícula (Manto)
5. Sistema Circulatório
Cephalopoda
6. Sistema Respiratório
7. Desenvolvimento Larval
Scaphopoda
Classificação
Critérios para avaliação de Características
Gerais
Faringe
Esôfago
Rádula
Outra característica que está presente em quase todas as
Músculo Retrator classes de moluscos é Rádula, que é uma fileira
da Rádula longitudinal de pequenos dentículos quitinosos apoiados
sobre um órgão de suporte cartilaginoso, o Odontóforo.
Músculo Retrator Essas estruturas de alimentação estão presentes em
do Odontóforo moluscos que dependem da raspagem de substrato e
ausentes em bivalves, que se alimentam de filtração.
Músculo Protrator
da Rádula 1. Funções
a) Raspagem do Substrato.
b) Nutrição.

Músculo Protrator Glândula 2. Tipos de Alimentos Obtidos


do Odontóforo Salivar a) Fitoplâncton.
b) Zooplâncton.
c) Detrito.
Ápice

Espira

Concha
A concha dos moluscos é dividida em três camadas
distintas: a camada externa (Perióstraco), a camada
intermediária (Óstraco) e a camada interna
(Hipóstraco). A concha desses animais é constituída de
Columela proteínas e sais de cálcio secretados pelo manto.
1. Funções
a) Abrigo e moradia.
Corpo b) Proteção Contra a Predação.
2. Camadas da Concha
Abertura a) Perióstraco (Conchiolina).
b) Óstraco (Carbonato de Cálcio + Matriz Orgânica).
c) Hipóstraco (Carbonato de Cálcio + Matriz
Proteica).

Canal do Sifão
Lóbulo Lóbulo
Médio Superior Perióstraco
(Sensorial) (Secretor)

Lóbulo
Inferior
(Muscular)
Manto Manto
O manto é uma modificação epidérmica dos moluscos
Cavidade
localizada no dorso do animal, sobre a massa visceral.
Extrapedal
Está envolvido no processo de Formação da Concha
por secreções de sais de cálcio e proteínas além de
sintetizar muco para melhor deslizamento sobre o
Músculo
substrato e realizar Funções sensoriais. O manto serve,
Pedal
Óstraco também, de apoio para o sistema muscular e sistema de
defesa contra partículas estranhas.
1. Funções
a) Secreções Celulares.
Epitélio do
Manto b) Tecido Sensorial.
c) Sustentação Muscular.
Hipóstraco
Olho

Sulco Semial
Cavidade do Manto
Abertura Genital A cavidade do manto é um compartimento formado pelo
manto em contato com o meio externo para a realização
Parapódio de Trocas Gasosas e Excreção. Essa parte do manto é
Manto
Glândula quase sempre ciliada, pois está envolvida com o processo
de circulação da água pela cavidade do manto. É também
onde se localiza os Osfrádios, que são responsáveis por
Osfrádio paralisar a respiração branquial mediante a detecção de
substâncias tóxicas.
Glândula 1. Funções
Brânquia a) Trocas Gasosas.
Sifão b) Excreção.
Ânus c) Quimiorrecepção.


Gônada Ventrículo
Estilete Aorta Aurícula Celoma
Intestino Nefróstomo
Seco Digestivo
Nefrídio
Concha
Nefridióporo
Manto
Membrana Dorsal
Cordão Mucoso

Cavidade do
Manto
Anel Nervoso
Ânus

Boca Brânquias

Rádula

Cordões Nervosos Cordões Músculo Retrator Osfrádio


Viscerais Nervosos Podais Podal
Filo Mollusca
Características Gerais Glândula Salivar

Glândula Esofágica
Sistema Digestivo Duto do Seco
Esôfago
Os moluscos raspadores de substratos ou filtradores de Digestivo
partículas possuem um Estômago Diferenciado. A medida
que partículas minerais entram no estômago, elas são Duto do Seco
trituradas por um órgão Estilete, que imprensa o conteúdo Digestivo
ingerido contra a parede do estômago que é recoberta por
quitina, o Escudo Gástrico.
Escudo
1. Sistema Digestivo Completo Gástrico Área de Seleção
a) Digestão Extracelular.
b) Digestão Intracelular.
2. Glândula Digestiva
Estilete
a) Enzimas Digestivas. Saco do Estilete
b) Degradação de Partículas. Sulco Intestinal
3. Saco do Estilete
a) Trabalho Mecânico.
b) Trituração de Partículas. Intestino
Filo Mollusca Gânglio Bucal
Gânglio Cerebral

Características Gerais Gânglio Pleural


Gânglio Podal
Sistema Nervoso
Os moluscos apresentam sistema nervoso com seis pares
de gânglios cerebrais distribuídos pelo corpo. Além disso,
há, também, os cordões nervosos que partem para o pé, os
Cordões Nervosos Podais, e os que irradiam para a massa
visceral, os Cordões Nervosos Viscerais. Esse plano pode Cordão Nervoso
variar entre os moluscos, principalmente se tratando de Podal
cefalópodes.
1. Sistema Nervoso Ganglionar Cordão Nervoso
2. Cordões Nervosos Visceral
a) Cordões Nervosos Podais.
b) Cordões Nervosos Viscerais. Gânglio Parietal

Gânglio
Visceral
Filo Mollusca
Características Gerais

Sistema Sensorial
Os Osfrádios são estruturar de percepção presentes nas
brânquias, no trajeto da corrente inalante. Eles detectam
Substâncias Tóxicas, e talvez, sedimentos capazes de
causar a morte caso sejam filtrados com frequência pelo
animal. A detecção de substâncias indesejadas paralisa o
batimento ciliar, o que corta o fluxo de água para as
brânquias.
1. Órgãos Sensoriais
a) Tentáculos (Mecanorreceptor).
b) Osfrádios (Quimiorreceptor).
c) Olhos (Fotorreceptor).
d) Estatocísto (Georreceptor).
Ultrafiltraçã
Ventrículo
o
Pericárdio Aurícula

Aorta Anterior Veia Cefalopodal


Vaso Branquial Eferente
Aorta Posterior

Ctenídio
Canal Renoperiocárdial

Fluxo Urinário
Vaso Branquial Aferente

Fluxo Sanguíneo
Canal do Nefridióporo
Nefrídio

Veia Visceral
Filo Mollusca
Características Gerais
Aorta Ventrículo
Estômago Celoma
Sistema Circulatório Metanefrídio
O sangue desses animais, a Hemocianina, flui das
brânquias para a aurícula e para o ventrículo central, que Região
bombeia o sangue através da aorta às demais partes do Anterior Ânu
corpo por um sistema aberto. O coração é circundado por s
Boca
um celoma que recebe um ultrafiltrado do sangue.
1. Sistema Circulatório Aberto
a) Apresentam Ventrículo e Aurícula (1V + 1A).
b) Coração Revestido por Celoma. Intestino
2. Sistema Sanguíneo
a) Transporte de Oxigênio. Artéria
b) Hemocianina ou Hemoglobina.
Hemocela
Pé Hemocela
Hemocela Brânquia
do Manto
do Pé
Filo Mollusca
Cílios Abfrontais Ctenídios
Características Gerais
Eixo Branquial

Sistema Respiratório
As brânquias, localizadas na Cavidade do Manto de
moluscos marinhos, são responsáveis por fazer as trocas
gasosas quando o sangue é bombeado pelas lamelas das
brânquias que recebendo o oxigênio através de Difusão.
As brânquias estão presentes, geralmente, em pares em
seres marinhos, mas existem diversas variações desse
plano entre os moluscos.
1. Difusão
2. Tipos de Respiração Cílios Laterais
𝐇  𝟐 𝐎
a) Respiração Branquial. Vaso Branquial Cílios
b) Respiração Cutânea. Aferente Frontais
Bastão
c) Respiração Pulmonar. Esqueletal
Vaso Branquial
Eferente
Filo Mollusca
Características Gerais

Sistema Excretor
Coração
A excreção em moluscos é realizada por um par de
Nefrídios, que conectados a Nefróstomas, realizam a
ultrafiltração da cavidade pericárdica. As excretas são
conduzidas por canais até seus Nefridióporos. A urina
final que deixa o rim é eliminada na corrente exalante da
cavidade do manto.
Celoma
1. Excretas Nitrogenadas
a) Amônia em Marinhos.
b) Ácido Úrico em Terrestres.

Nefróstoma

Nefrídio
Concha Concha

Perióstraco Manto

Perióstrac Óstraco
o
Óstraco Hipóstraco

Hipóstrac
o

Manto
Lóbulos do
Manto
Epitélio em
torno do Manto
Perióstraco
Recém-Secretado
Classificação
Critérios para avaliação Taxonômica
Subfilo Aculifera
1. Indivíduos que não apresentam Concha.
O grupo Aplacophora (a, negação; plax, placa; phora,
portador) possui aproximadamente 320 espécies atuais.
São animais exclusivamente bentônicos marinhos de
hábito carnívoro ou detritívoro.
A maioria dos indivíduos é de tamanho milimétrico, e,
raramente, alguns podem atingir 30cm de comprimento.
Todos apresentam formato cilíndrico.
Os aplacophora são caracterizados por secretarem
Espículas calcárias, que estão embutidas na pele, mas não
formam conchas. Também apresentam o pé pouco
desenvolvido e a locomoção é ciliar. A cavidade do
manto é posterior e a rádula é usada, geralmente, para
Classe Aplacophora agarrar presas que para raspar o substrato.
Espícula
Filo Mollusca s Boca
Boca
Classe Aplacophora

Orifício
Pedal

Sulco
Ventral

Dobras da
Brânquia
Escudo Oral

Brânquias

Boca

Boca

Sulco Ventral Câmara Posterior


O grupo Polyplacophora (polys, vários; plax, placa;
phora, portador) possui aproximadamente 800 espécies,
sendo 350 fósseis. São animais micrófagos e encontrados
em ambientes marinhos, principalmente litorâneos, e
aderidos a rochas e conchas, do qual retira seu alimento
por raspagem.
O tamanho desses animais pode variar entre 3 a 12cm de
comprimento, e algumas espécies podendo chegar até
40cm.
A característica que distingue os polyplacophora são suas
placas sobrepostas e articuladas entre si, cobrindo a
superfície dorsal. Essas placas são parcialmente envoltas
Classe Polyplacophora pelo tecido do manto que as secreta. A rádula é recoberta
por ferro e as brânquias são ventrais devido ao nicho do
animal. Como a “concha” é multisseccionada, o corpo
pode dobrar-se e se fixar a uma grande variedade de
formas de substratos.
Filo Mollusca
Classe Polyplacophora
Boca Placa Anterior

Cinturão (manto)
Placa Intermediária

Brânquias

Placa Intermediária

Placa Posterior
Ânus
Glândula Salivar Cordão Nervoso
Diafragma Bulbo Bucal Cerebral
Gânglio Bucal

Gânglio
Músculo Glândula Faríngea Sub-Radular
Retrator Dorsal
Estômago Músculo Oblíquo

Manto
Glândula
Digestória
Nefrídio Cordão
Nervoso Ventral
Intestino
Aorta Dorsal

Oviduto Cordão Nervoso


Pericárdio Lateral
Aurícul
a
Ventrículo
Placas Vaso Sanguíneo
Manto
Gônada Estômago Dorsal
Aurícula
Hidreto de
Rádula Ferro
Ventrículo Magnetita
Anel
Nervoso Apatita

Lepidocrocit
Ânus Cinturão a
do Manto

Nefridióporo Glândula Glândul


Canal Intestino Pé Boca
Gonóporo Digestóri a
do a Faríngea
Nefrídio
Subfilo Conchifera
1. Indivíduos que apresentam Concha.
O grupo Monoplacophora (mono, um; plax, placa;
phora, portador) era considerado um grupo extinto
conhecido apenas por registro fóssil até 1952, quando
foram reconhecidos como uma classe distinta de
mollusca com cerca de 31 espécies descritas.
São animais de tamanhos milimétricos, podendo alcançar
até 4cm de comprimento.
Os monoplacophora se distinguem dos outros grupos por
apresentarem uma única concha em forma de valva, sem
articulações, bilateralmente simétrica e achatada ao invés
de espiralada. A cavidade do manto toma a forma de dois
sulcos laterais, e três, cinco ou seis pares de brânquias
Classe Monoplacophora pendem dentro de sulcos do manto.
Filo Mollusca
Classe Monoplacophora
Concha Boca

Brânquias

Manto

Ânus
Gânglio
Boca
Bucal Gânglio
Tentáculo Pré-Oral Gânglio Sub-Radular
Vela Bucal
Músculo
Retrator Podal Estatocisto Gânglio
Cerebral
Nefrídio

Brânquia
Inervação
Branquial
Gônada
Cordão Nervoso
Podal

Cordão Nervoso
Ventrículo
Visceral
Aurícula

Ânu
s Inervação do
Manto
O grupo Gastropoda (gastér, estômago; podòs, pé)
possui cerca de 80 000 espécies conhecidas. São animais
que ocorrem em ambientes marinhos, dulcícolas e
terrestres e são, em suma, herbívoros, detritívoros ou
carnívoros.
O tamanho desses animais varia do milimétrico até vários
centímetros de comprimento, com alguns exemplares
podendo chegar em até 60cm.
Os gastropoda se caracterizam por uma torção da massa
visceral. A concha é um abrigo que sofreu alongamento
para comportar o desenvolvimento desses animais, e que
pode variar de muitas formas. Em muitas outras espécies,
Classe Gastropoda os adultos perdem a concha, ou nem chegam a formá-la.
Filo Mollusca
Classe Gastropoda
Boca Boca
Tentácul Gânglio
o s Sistema Nervoso
Cavidade do Manto
Sistema Nervoso
Ctenídeo
Manto Osfrádio

Gânglio Manto
Torção
Coração Coração
Ânus
Concha
Osfrádio Ânus
Ctenídeo Cavidade do Manto

Pé Pé
Celoma
Nefrídio Ventrículo
Gônada Aurícula

Glândula Digestória Veia Pulmonar

Cavidade do Manto
Ducto Hermafrodita Olho
Glândulas Salivares
Glândula de Albumina Tentáculo

Receptáculo Seminal Papo


Intestino
Vaso Aferente Gânglio Cerebral
Oviduto
Ducto
Pé Salivar

Poro Boca
Glândula de Muco Saco do Pênis Genital
Gânglio Rádula
Dardo Vagina
Ânus Pedioso
O grupo Bivalvia (bi, dois; valva, porta) apresenta cerca
de 9 000 espécies atuais de animais marinhos; 10 a 15%
delas é de água doce. A maioria deles são filtradores de
suspensão, utilizando cílios branquiais para conduzir
água através da cavidade do manto e capturar
fitoplâncton e outras partículas microscópicas.
São seres geralmente pequenos, ocorrendo espécies de
2mm de comprimento e outras podendo chegar a 1m.
Os bivalvia são caracterizados por possuírem uma concha
articulada em duas valvas, com músculos adutores que
medeiam seu fechamento, corpo achatado lateralmente,
ausência de cefalização, rádula e odontóforo, com estilo
Classe Bivalvia de vida sedentário.
Filo Mollusca
Classe Bivalvia

• Tamanovalva limax
O grupo Cephalopoda (kephale, cabeça; podòs, pé)
possui cerca de 800 espécies atuais conhecidas. São
animais exclusivamente marinhos de simetria bilateral e
que se alimentam através da predação.
Esse grupo apresenta indivíduos milimétricos, o menor
com 15mm, e outros com metros de comprimento, o
maior podendo ultrapassar 15m, como a Lula-colossal.
Os cephalopoda são caracterizados por apresentarem um
pé altamente modificado, gânglios fusionados formando
um grande cérebro dentro de um crânio cartilaginoso,
sistema circulatório fechado, concha dividida em septos
quando possuem.
Classe Cephalopoda
Filo Mollusca
Classe Cephalopoda
Vaso Branquial
Veia Aferente
Nefridióporo Cava-Anterior
Brânquia

Veia Abdominal

Coração Branquial
Ducto Renoperiocárdico

Apêndice do Coração
Branquial
Veia Cava-Lateral

Pericárdio
Vaso Branquial
Eferente
Apêndice Renal

Saco Renal Aorta Cefálica


Ventrículo
O grupo Scaphopoda (skaphe, bote; podòs, pé) possui
pouco mais de 500 espécies exclusivamente marinhas e
que levam uma vida sedentária alojados em substratos de
águas profundas ou entremarés.
A maioria desses animais apresenta poucos centímetros,
outros são capazes de alcançar até 15cm.
Os scaphododa são caracterizados por não possuírem
brânquias, osfrádios e nem coração. Sua concha aparenta
sempre um formato cônico alongado, em forma de presa,
com aberturas em ambas pontas. Possuem tentáculos para
alimentação.

Classe Scaphopoda
Filo Mollusca Insira ou Arraste e Solte a Foto

Classe Scaphopoda
Obrigado
Alan de Pádua Dias de Oliveira
+55 32 9 9988-8601
alan.dias052@gmail.com

Você também pode gostar