Você está na página 1de 38

TREINAMENTO – EQUIPAMENTOS

LINHA SAÚDE PÚBLICA GUARANY

Julio Cassin – Assessor Comercial Técnico


José Maria – Assistência Técnica
* Principais equipamentos utilizados no
controle de pragas urbanas

Julio Cassin – Assessor Comercial Técnico


Guarany em Números:
- 93 anos de tradição;
- Aproximadamente 400 colaboradores;
- Exporta para mais de 50 países.

Divisões
- DAR -Divisão de produtos de artesanato

- DEQ – Divisão de Equipamentos


NEBULIZADOR / ATOMIZADOR COSTAL MOTORIZADO (USO E MANUTENÇÃO)

NEBULIZADOR DE AEROSSOL A FRIO VEICULAR – UBV (USO E MANUTENÇÃO)


NEBULIZADOR COSTAL MOTORIZADO 6 L
NEBULIZADOR COSTAL MOTORIZADO 6 L
Especificações do Produto

• Rotação Mínima e Máxima (rpm): 2600 / 7300


• Potência máxima: 4,6 HP
• Especificação da vela: NGK – BPMR7A - 9
• Consumo aproximado de combustível em máxima potência: 1,6 L/h
• Peso vazio / cheio (Kg): 11,9 / 19,4
• Volume máximo do tanque químico: 6 L
• Volume máximo de combustível: 2 L
• Alcance aproximado de nebulização (horizontal): 18 m
• Alcance aproximado de nebulização (vertical): 12 m
NEBULIZADOR COSTAL MOTORIZADO 6 L

Vazões das pontas


NEBULIZADOR COSTAL MOTORIZADO 6 L

Bocal UBV

OBS. Proceder limpeza do filtro do bocal após cada dia de uso.


NEBULIZADOR COSTAL MOTORIZADO 6 L

Instruções de segurança
• Leitura do manual antes de utilizar o equipamento;
• Utilizar sempre os EPis (Equipamentos de proteção individual);
• Utilizar conforme a necessidade real evitando desperdício a contaminação do meio ambiente;
• Utilizar o gatilho de aplicação de líquido direcionando para o alvo, evitando uso em dias com ventos
fortes;
• O equipamento deve ser operado por profissionais e em boas condições de saúde;
• Não efetuar qualquer manutenção do equipamento quando este estiver em funcionamento.
NEBULIZADOR COSTAL MOTORIZADO 6 L

Montagem do equipamento

Abraçadeiras Comando unificado


Abraçadeira
Extensão de descarga Bocal UBV

Mangote Extensão giratória


NEBULIZADOR COSTAL MOTORIZADO 6 L

Precauções durante o abastecimento de combustível


• Abastecimento em local ventilado e com o motor desligado;
• Não encher o tanque acima do volume máximo (2 L) e caso derrube combustível sobre o motor limpar
em seguida;
• Fechar a tampa do tanque de combustível após abastecimento;
• Caso ocorra vazamentos não continue a aplicação;
• Não trabalhar com o equipamento em locais fechados
• O equipamento deve ser operado por profissionais e em boas condições de saúde;
• Não efetuar qualquer manutenção do equipamento quando este estiver em funcionamento.
NEBULIZADOR COSTAL MOTORIZADO 6 L

Preparo do combustível

OBS. Evite utilizar a mistura preparada por mais de 2 semanas.


NEBULIZADOR COSTAL MOTORIZADO 6 L

Horímetro / Tacômetro

• Horímetro: Registro de horas trabalhadas do


equipamento.
• Tacômetro: Indicação da rotação do motor no
momento de funcionamento.
NEBULIZADOR COSTAL MOTORIZADO 6 L

Partida inicial do motor

• 1 - Coloque o interruptor na posição “l”.

• 2 - Aperte o bulbo 8 vezes para alimentar o carburador.


NEBULIZADOR COSTAL MOTORIZADO 6 L

Partida inicial do motor

• 3 – Acionar o afogador.

• 4 - Posicionar a alavanca do acelerador na metade do curso.


NEBULIZADOR COSTAL MOTORIZADO 6 L

Partida inicial do motor

• 5 – Puxar a partida até sentir resistência e posteriormente


puxar fortemente para iniciar a partida. Ao entrar em
funcionamento retornar na posição inicial do afogador.

Parada do motor
Para desligar o equipamento retorne a alavanca do acelerador na posição inicial e coloque o botão
do interruptor no posição “0”.
NEBULIZADOR COSTAL MOTORIZADO 6 L

Abastecimento do tanque químico

Abastecer até o ponto de nível máximo do


tanque, utilizando o filtro do bocal.
NEBULIZADOR COSTAL MOTORIZADO 6 L

Agitação do produto

2
1

0 Nenhuma agitação
1 Agitação média (líquidos)
2 Agitação máxima (pó molhável / óleo de soja)
NEBULIZADOR COSTAL MOTORIZADO 6 L

Aplicação: Comando unificado

2
1

1 - Posicione para baixo a alavanca permitindo máxima aceleração.


2 - Permita a passagem do produto por meio da abertura da alavanca.
3 - Verifique se a válvula esta aberta.
NEBULIZADOR COSTAL MOTORIZADO 6 L

Limpeza do equipamento

1 - Retirar o tampão inferior do tanque químico,


esgotando o produto restante em um recipiente
apropriado.
2 - Enxague o tanque químico com agua limpa 2 vezes.
3 - Coloque o equipamento com água em funcionamento
por alguns minutos permitindo a passagem da água pelos
dutos.
4 - Faça limpeza dos filtros do equipamento.
NEBULIZADOR COSTAL MOTORIZADO 6 L

Cuidados com o motor / grade retentora de faísca

Motor Grade retentora de faísca

Caso não venha utilizar o


equipamento por mais de uma
semana, retire o combustível do
tanque, o acumulo pode acarretar
danos ao funcionamento do motor. • Limpeza da grade retentora de faísca: 50 horas.
• Remover o parafuso de fixação da grade com uma
chave de fenda.
• Limpe a grade utilizando uma escova.
NEBULIZADOR A FRIO VEICULAR

Descrição:

NEBULIZADOR de AEROSOL
(UBV) a frio de uso veicular.

Elevada potência com


máxima eficiência no
controle de mosquitos
transmissores de endemias
e de odores na área de
Saúde Pública.
Composição do produto

1 - Motor
2 - Soprador
3 - Cabeçote de dispersão
4 - Tamanho das gotas
5 - Bomba dosadora FMI
6 – Manômetro
7 - Horímetro e Tacômetro
8 - Controle remoto
9 - Tanque de inseticida
10 - Tanque de Combustível
11 - Tanque de Auto Limpeza
12 - Chassis
MOTOR BRIGGS & STRATTON
MANUTENÇÃO DO MOTOR

TROCA DE ÓLEO (20 W50): NAS PRIMEIRAS 5 HORAS DE USO E A CADA


25 HORAS DE USO

TROCA DE FILTRO DE AR (CARTUCHO DE PAPEL): A CADA 25 HORAS DE


USO
MOTOR BRIGGS & STRATTON
MANUTENÇÃO DO MOTOR

TROCA DA VELA: A CADA 50 HORAS DE USO (Champion XC92YC).

TROCA DE FILTRO DE COMBUSTÍVEL: A CADA 50 HORAS DE USO


MOTOR BRIGGS & STRATTON
MANUTENÇÃO DO MOTOR

ANTES DE GUARDAR O MOTOR

Evite deixar a gasolina por mais de 20 dias no tanque, a


gasolina assenta e obstrui as linhas de combustível.
MOTOR BRIGGS & STRATTON
MANUTENÇÃO DO MOTOR
ÓLEO
- Tipo do óleo: Utilizar óleo 20W-50 (em qualquer posto de gasolina).
- Troca do óleo: após as primeiras 5 horas de operação (período inicial, depois faça a
troca mensalmente ou a cada 25 horas de operação).
- O propósito do óleo é:
• Lubrificar as partes internas do motor para reduzir a fricção
• Esfriar transferindo calor das partes internas para o óleo
• Limpar os abrasivos (a sujeira) que entram no motor

Capacidade do óleo do motor sem filtro: Aproximadamente 1,6 Litros


Obs. Ao se colocar o filtro deve-se adiconar 100 ML de óleo a mais.
Obs. Buscar verificar sempre o nível na vareta.
VALVULA DE PULVERIZAÇÃO / AUTO LIMPEZA

Tacômetro /
Horímetro
2200 á 2400 RPM

Pulverização

Limpeza
Manômetro
5 á 6 PSI
Operação
ACELERADOR DO MOTOR
AFOGADOR
(CONTROLE DE VELOCIDADE)
BOMBA FMI: AJUSTE DA VELOCIDADE DE FLUXO (VAZÃO)

Caixa de Controle de Fluxo

Manopla Redonda Manopla Negra


Bomba dosadora FMI

VAZÃO: Teste com Água (valores aproximados)


Determinação de vazão
• Determine a posição na Bomba dosadora (manopla Preta)

• Trave na posição por meio das manoplas redondas

• Retire a mangueira do Bocal de Nebulização

• Introduza a mangueira em uma proveta

• Gire a chave na ignição

• Posicione o controle remoto na posição “on”.

• Determine o tempo de 1 minuto e estabeleça a vazão

Limpeza da bomba: Utilizar álcool isopropílico


Calibração da pressão / vazão da bomba: a cada 15 dias
Medição do tamanho de gotas: 2 ou 3 meses
Fonte: Dengue – Instruções para pessoal de combate ao vetor – Manual de Normas Técnicas – FUNASA - 2009
COMPRESSOR (Modelo: 45 U RAI)

ENGRAXAMENTO LUBRIFICAÇÃO
• 8 horas de Funcionamento ao dia: Lubrificação a cada 2 • Óleo – SAE 40 (região Sudeste)
semanas. • Sugestão de troca: 100 horas
• Especificação da graxa: Graxa de rolamento • Verificação / complemento do nível: 25 horas
• Ao observar que a graxa pelo esta saindo lado oposto • Volume aproximado: 250 ml
indicará que o compressor esta com a quantidade • Quando começar a extravasar pelo tampão indicará que o
máxima de graxa. compressor esta lubrificado.
NEBULIZADOR A
FRIO VEICULAR
Aplicações:

Nebulização com alcance e velocidade até 50% superior aos demais:


canhão de dispersão de fluxo laminar permite giro de até 360°;
Produz gotas 90% menores, de 20 micrometros.
• Dispersão de neblina em UBV

45º

Fonte: Dengue – Instruções para pessoal de combate ao vetor – Manual de Normas Técnicas – FUNASA - 2009
Treinamento na Guarany
OBRIGADO
JULIO.FLAVIO@GUARANYIND.COM.BR

Você também pode gostar