Você está na página 1de 9

ESTADO, SOCIEDADE E POLÍCIA

1 – ESTADO: CONCEITO E ORGANIZAÇÃO.


• É preciso ter noção clara que a história não se
caracteriza por uma linha retilínea e que em um
mesmo espaço temporal encontramos modelos
distintos coexistindo.
• Com relação ao conceito de Estado essa premissa
também se faz presente.
• Ao estudarmos a formação do Estado verificaremos
que o modelo praticamente hegemônico está
relacionado ao tipo de sociedade ao qual se é
credenciado.
• Desta forma o modelo de Estado Democrático de
Direito apesar de não ser o único modelo existente
nos dias atuais, é adotado em grande parte das
nações fruto do processo histórico que iniciou na
antiguidade, passou pelo domínio religioso da Igreja
Católica e se consolidou no modo de produção
capitalista.

• Em sociedades complexas desde antiguidade,


quando se estabelecia grandes domínios de terras e
adensamentos populacionais sempre haviam
pessoas responsáveis pela segurança, construções,
distribuição de alimentos, cobrança de impostos, etc.
• O Conceito de Estado propriamente dito, é
precedido de um organização política-juridica de
uma sociedade com finalidade do bem comum, com
governo soberano, território estabelecido e
possuidor do monopólio do uso legítimo da força.

• No curso da história do conhecimento humano, no


contexto da sociedade à qual somos credenciados,
a ocidental, esse conceito começa a ser
estabelecido a partir do Renascimento e se
consolida no Iluminismo.
FORMAÇÃO CONTINUADA

• Há três vertentes que dominam o debate da origem


do Estado:
 O Estado sempre existiu, uma vez que sempre
houve uma determinada organização para se
estabelecer a vida coletiva;

 A sociedade existiu sem a existência de um Estado


e que ao se tornar complexa, houve a necessidade
de constituir uma estrutura para atender aos anseios
da vida em um determinado território ou sociedade;
FORMAÇÃO CONTINUADA

 Outros autores consideram que o Estado como se


conhece e conceitua-se hoje, nasceu,
historicamente, a partir do seculo XVII.

• Duas teorias política/jurídica na consecução da


forma originária do Estado:
 A formação Natural, denominada teoria
jusnaturalista onde o Estado teria sido formado por
processo natural do desenvolvimento das relações
humanas em vida coletiva.
FORMAÇÃO CONTINUADA

 A Formação Contratual, denominada teoria


contratualista onde o Estado se estabeleceu a
partir de um acordo de indivíduos.
FORMAÇÃO CONTINUADA

• Para Karl Marx, a existência de modos de produção


ao longo da história da humanidade determinaram o
modelo de Estado adotado:
•  O Comunismo Primitivo  Vida material em
subexistência e de forma coletiva;
 O antigo  Grandes impérios onde a vida material é
realizada basicamente por escravos;
 O feudal  servo ligado à terra onde se fazem
presentes direitos e obrigações de ambas as partes;
 O capitalista  Vida material é relizada por meio da
venda da mão de obra para o detentor dos meios de
produção;
FORMAÇÃO CONTINUADA

• O comunismo  fase em que os meios de produção


serão coletivos e o trabalho acontece de acordo com
as aptidões de cada um.

• Os Elementos que compõem o Estado,


doutrinariamente, são três:
 Povo  População de um determinado território;
 Território  Espaço onde Estado exerce poder;
 Governo Soberano  é o exercício do poder em um
território de maneira autônoma.

Você também pode gostar