Você está na página 1de 67

Introdução aos

Polímeros

Hebert Oliveira
O que são Polímeros?

São macromoléculas naturais ou sintéticas, de alto peso molecular, cuja estrutura consiste na repetição de pequenas unidades, chamadas monômeros (meros).

Exemplo:

n: número de repetições de mero, também chamado de grau de polimerização.

poli (várias) + meros (unidades).


(unidades)
Evolução Histórica
Polímeros Naturais x Sintéticos
Histórico

• 1862 - Alexander Parkes - Nitrato de celulose (solução com


éter álcool).
Celulóide – substituição do marfim
• 1869 - John Hyatt - Nitrato de celulose (cânfora como
plastificante).
Celulóide: recobrimento de bolas de bilhar
• 1912 – Primeiro Polímero sintético – Leo Baekeland : reação
de fenol e formaldeído – resina fenólica (bakelite) –
isolamento elétrico.

• 1920 - Hermmann Staudinger (Nobel) – Teoria da


macromolécula.

• 1928 - Reconhecimento dos polímeros pelos cientistas.


Empresas do setor de polímeros
Polímeros no Brasil
Produção x Consumo
Faturamento do Setor
Importação x Exportação
Setores de Aplicação
Produção por polímeros
Vantagens

• Baixo custo comparado à outros materiais como metal.


• Resistência química e a corrosão.
• Boas propriedades de isolamento térmico (espumas) e
elétrico.
• Baixa densidade.
• Fácil processamento.
• Possibilidade de uma ampla variedade de formas.
• Obtenção de material transparente, translúcido ou opaco.
• Obtenção de produtos com ampla variedade de cores.
Desvantagens

• Instabilidade dimensional.
• Limitação na faixa de temperaturas de uso.
• Fragilidade e flamabilidade.
• Odor e fumaça durante o processamento.
• Longo tempo para degradação.
• Dependendo do tipo de polímero o custo pode ser elevado.

polietileno => custo baixo


policianoacrilato de metila => custo elevado.
(superbond)
Cronologia dos polímeros

• 1933 – Borracha estireno-butadieno.

• 1936 – Poli(cloreto de vinila) PVC ; Policloropreno


• (neopreno); Poli(metilmetacrilato); Poli(acetato de vinila)

• 1937 – Poliestireno

• 1939/1940 – Nylon 6,6 (primeira ocorrência 1930)

• 1941 – Poli(tetrafluoroetileno) teflon

• 1942 – Poliesteres insaturados


Cronologia dos polímeros
• 1943 – Polietileno ramificado.
• 1943 – Borracha butilada, Nylon 6, silicones.
• 1944 – Poli(etilenoteraftalato) - PET.
• 1947 – Epóxis.
• 1948 – Resinas ABS.
• 1955 – Polietileno linear.
• 1956 – Poli(oximetileno).
• 1957/1959 – Polipropileno; policarbonato.
• 1964 – Resinas ionoméricas.
• 1965 – Poli(imidas).
• 1970 – Elastômeros termoplásticos.
• 1974 – Poliamidas aromáticas.
Linha do tempo...
Matéria-prima
Classificação dos polímeros
1) Quanto ao tipo de monômero:
Classificação dos polímeros

2) Quanto a estrutura molecular:


Classificação dos polímeros

2) Quanto a aplicação:

2.1 Plásticos => Sob efeito de T e P, amolecem e fluem, podendo


ser moldados nestas condições. Retirada T e P, solidificam
adquirindo a forma do molde. Se aplicado T e P novamente
reiniciam o processo.

 Termoplásticos => podem ser amolecidos e remoldados repetidamente.


Exemplos: poliestireno, polietileno, PVC, PVA,polimetacrilato de metila.

• Termorrígidos ou termofixos => não podem ser amolecidos pelo calor após
terem sido produzidos.
Exemplos: baquelite, fórmica, poliuretanas.
Classificação dos polímeros

2.2 Elastômero ou elástico => Quando submetidos a uma


tensão, as moléculas desses polímeros se desenrolam e
deslizam umas sobre as outras. Quando a tensão cessa,
suas moléculas voltam à estrutura inicial. Apresentam
cadeia linear com algumas ligações primarias cruzadas .

Exemplos: borracha natural


e sintética.

Pontes de Enxofre (S8)


(vulcanização)
Produção dos Polímeros

 Polímeros de Adição

 Polímeros de Condensação
POLIMEROS DE
ADIÇÃO
Polímeros de Adição

São polímeros formados por adições sucessivas de


monômeros. Os monômeros utilizados apresentam pelo
menos uma dupla ligação ( C = C ) entre os carbonos.
Principais Polímeros de Adição
• Polietileno (PE).
• Polipropileno (PP).
• Poliestireno (PS).
• Policloreto de vinila (PVC)
• Politetrafluoretileno (PTFE) – Teflon.
• Polimeta-acrilato de metila (plexiglass ou acrílico) (PMMA).
• Polioximetileno (POM)
• Poliacrilonitrila (PAN)
• Poliamidas (PA- 6)
• Poliacetato de vinila (PVAC ou PVA)
• Policianoacrilato de metila
• Borrachas sintéticas
• ABS - Poli (estireno-butadieno-acrilonitrila)
Polietileno (PE)

Obtido pela reação entre as moléculas do eteno (etileno).

Polímerização do eteno

Nomes comerciais: Alathon, Petrothene, Politeno.


Propriedades do Polietileno (PE)

• Alta resistência à umidade e ao ataque químico.

• Baixa resistência mecânica.

• Boa flexibilidade.

• Podem apresentar cadeia linear (PEAD) ou ramificada


(PEBD) a depender das condições da reação
(temperatura, pressão e catalisador).
Aplicações do Polietileno (PE)

• Embalagens ( sacolas de supermercado,


sacos de lixo, etc).
• Recipientes (garrafas, baldes etc).
• Brinquedos.
• Filme para embalagens.
• Tubos externos de caneta esferográficas.
Polipropileno (PP)

Obtido pela adição sucessiva do propeno (propileno).

Polímerização do Polipropileno (PP)

Nomes comerciais: Propathene, Pro-fax, Prolen, Brasfax.


Propriedades do Polipropileno (PP)

• Incolor e inodoro.
• Material termoplástico.
• Baixa densidade e ótima dureza superficial.
• Alta cristalinidade (60-70%).
• Resistência às radiações eletromagneticas na
região de microondas.
• Boa resistência química e térmica.
• Propriedades mecânicas moderadas.
Aplicações do Polipropileno (PP)
• Objetos moldados.
• Fibras para roupas, cordas e tapetes.
• Parachoques e paineis de automóveis.
• Carcaças de eletrodomésticos.
• Recipientes para uso em fornos de microondas.
• Válvulas para aerossóis.
• Material hospitalar e equipamento médico (pode ser
esterilizado).
Poliestireno (PS)

Obtido a partir da adição sucessiva do monômero de


estireno (vinil-benzeno).

Polímerização do Estireno

Nomes comerciais: Lustrex, Styron, Styropor, EDN.


Propriedades do Poliestireno (PS)

• Material amorfo e termoplástico.


• Baixo custo e facilidade de processamento.
• Transparência e versatilidade.
• Resistência aos ácidos e bases.
• Amolece pela adição de hidrocarbonetos ( baixa
resistência aos solventes).
• Baixa resistência ao risco.
• Propriedades mecânicas moderadas.
• Origina um material conhecido por isopor, utilizado
como isolante térmico, acústico e elétrico.
Aplicações do Poliestireno (PS)
• Utensílios rígidos, como pratos, copos, xícaras, seringas.

• Brinquedos.

• Embalagens para cosméticos e alimentos.

• Objetos transparentes.

• Produção de Isopor
Policloreto de Vinila (PVC)
Obtido a partir de adições sucessivas do monômero de cloreto
de vinila (cloroeteno).

Polímerização do cloreto de Vinila

Nomes comerciais: Geon, Norvic, Solvic.


Propriedades do PVC

• Resistência química.
• Facilidade de processamento.
• Baixo custo de produção.
• Cristalinidade: 5-15%.
• Material termoplástico.
• Rigidez elevada.
• Propriedades mecânicas elevadas.
Aplicações do PVC
• Tubulações para água e esgoto.
• Pisos e capas de chuva.
• Garrafas plásticas.
• Toalhas de mesa e cortinas de chuveiro.
• Calçados, bolsas e roupas imitando couro.
• Carteiras transparentes para identificação.
Politerafluoretileno (PTFE) - Teflon

Obtido a partir de adições sucessivas do monômero de


tetrafluoretileno.

Polímerização do terafluoretileno

Nomes comerciais: Teflon, Fluon, Poyflon.


Propriedades do PTFE - Teflon

• Material termoplástico.
• Cristalinidade de 95%.
• Insolúvel e infusível.
• Moldado por sinterização sob forma de tarugos ou
placas.
• Excepcional inércia química.
• Resistência ao calor (não combustível).
• Baixo coeficiente de atrito.
• Propriedades mecânicas elevadas.
Aplicações do PTFE - Teflon
• Fitas para evitar vazamentos de água.
• Válvulas, torneiras, gaxetas, engrenagens, anéis de
vedação.
• Revestimento antiaderente de panelas e frigideiras.
• Isolante elétrico, canos e equipamentos para indústria
química.
• Órgãos artificiais (próteses).
Polimeta-acrilato de metila (PMMA)

Obtido pela adição sucessiva do meta-acrilato de metila.

Polímerização do meta-acrilato de metila

Nomes comerciais: Perpex, Lucite, Plexiglas.


Propriedades do PMMA - Acrílico

• Material termoplástico e amorfo.


• Tem semelhança ao vidro (vidro plástico).
• Resistência às intempéries elevada.
• Resistência à radiação UV.
• Boa resistência química e ao impacto e tensão.
• Resistência ao risco elevada.
• Sofre despolimerização a partir de 180°C.
Aplicações do PMMA - Acrílico
• Lentes de contato.
• Painéis transparentes e de propaganda.
• Lanternas de carro, semáforos e vidraças.
• Fibras óticas de PMMA (substituição às fibras de quartzo,
em painéis de carros.
Poliacetato de vinila (PVA)
Obtido pela adição sucessiva do acetato de vinila (etanoato de vinila).

Polímerização do acetato de vinila

Nomes comerciais: Elvacet, Vinamul, Mowilith, Rhodopas.


Propriedades e Aplicações do PVA
Propriedades:

• Material termoplástico.
• Possui adesividade.
• Propriedades mecânicas fracas.

Aplicações:

• Produção de tintas para parede e goma de mascar.


• Adesivos para papel e adesivos fundidos.
• Emulsões de PVA utilizadas na construção civil.
• Emulsão adesiva.
Polibutadieno (BR)

Obtido pela adição sucessiva de 1,3 - butadieno (eritreno).

Polímerização do 1,3 – butadieno (eritreno)

Nomes comerciais: Ameripol CB, Cariflex, Coperflex.


Aplicações e Propriedades do Polibutadieno

Propriedades:

• Material termorrígido após a vulcanização.


• Baixa elasticidade.
• Alta resistência à abrasão.

Aplicações: Pneumáticos em geral.


Pesquisa nº1

Processo de vulcanização:

• Histórico.
• Processos.
• As propriedades da borracha vulcanizada.
• Comparar com a borracha não vulcanizada.

• Entrega: 18/09/08 (quinta-feira)


Polimeros de
condensação
Polímeros de Condensação
São formados pela reação entre dois monômeros diferentes, com a
eliminação de moléculas pequenas, por exemplo, a água. Nesse tipo de
polimerização, os monômeros não precisam apresentar dupla ligação
(C=C), sendo necessário a existência de dois tipos de grupos funcionais
diferentes nos dois monômeros.

Exemplo:

etileglicol + ácido tereftálico Poliéster


Principais Polímeros de Condensação

• Poliéster (PET)
• Poliamidas - PA-6.6 ou Nylon 66
• Poliamidas aromáticas -Kevlar
• Silicones
• Polifenol : Resina Fenólica (PR)
• Policarbonatos (PC)
• Poliuretanas
• Resina Epoxídica (ER)
Poliéster (PET)

Obtido pela reação ente o ácido tereftálico (ácido 1,4-


benzenodióico) e o etilenoglicol (etanodiol).

O polietilenotereftalato (PET) é um tipo de poliéster.


Nomes comerciais: Dracon, Mylar, Techster, Terphane, Bidim, Tergal.
Propriedades do PET

• Material termoplástico.
• Possui Brilho.
• Alta resistência mecânica, química e térmica.
• Versatilidade.
• Baixo custo de processamento.
• Apresenta-se nos estados:
Amorfo (transparente).
Parcialmente cristalino e orientado (translúcido).
Altamente cristalino (opaco).
Aplicações do PET

• Garrafas descartáveis de refrigerante.


• Tecidos, cordas e filmes fotográficos.
• Fitas de áudio e vídeo, guarda-chuvas, e linha de pesca.
• Construção civil (massas para reparos e laminados).
• Medicina (vasos, válvulas cardíacas, regeneração de
tecidos orgânicos em vítimas de queimaduras).
Poliamidas – Nylon 66

Obtido pela primeira vez por Wallace Carother, em 1939, quando reagiu
ácido adípico (hexanodióico) e hexametilenodiamina (1,6-hexanodiamina).

Nomes comerciais: Zytel, Technyl, Ultramid.


Propriedades e Aplicações do Nylon 66

Propriedades:

• Cristalinidade: variável.
• Material termoplástico, semelhante ao PA-6.
• Facilidade de processamento.

Aplicações:

• Peças de vestuário (meia calça, cueca, calçonha, etc).


• Indústrias automotiva, informatica e eletroeletrônico.
• Artigos esportivos.
• lubrificação, engrenagens e pneumáticos.
• Embalagens, garrafas, linhas de pesca, etc.
• Plásticos de engenharia.
Poliamida Aromatica - Kevlar

Obtido pela reação de condensação entre o ácido tereftálico (ácido 1,4-


benzenodióico) e o para-benzeno-diamina (1,4-benzeno-diamina).
Trata-se de uma aramida, isto é, uma poliamida aromática.

Nomes comerciais: Kevlar, Konex, Nomex, Tawaron.


Propriedades do Kevlar

• Resistência mecânica excepcionais.


• Resistência ao calor (550°C).
• Auto-retardante de chama.
• Excelentes propriedades dielétricas.
• Sensível a radiações ultravioleta (UV).
• Excelentes propriedades dielétricas.
Aplicações do Kevlar

• Utilização de cordas de kevlar em substituição aos cabos de aço (Ex:


plataformas marítimas de petróleo).

• Coletes à prova de bala e esquis profissionais.

• luvas protetoras contra o calor e chamas (Ex: bombeiros e brigadistas).

• Chassis de carros de corrida.

• Indústria aeroespacial (peças de avião).


Poliuretana
Obtida pela reação entre um diisocianato e um diol (etilenodiol).

Nomes comerciais: Vulkolane, Lycra, Estane, Duroprene, Adiprene.


Propriedades da Poliuretana

• Material termoplástico ou termorrígido (conforme a


funcionalidade dos monômeros).

• Alta resistência à abrasão e ao rasgamento.

• Facilidade de fabricação de peças de grandes dimensões.

• Menor custo de processamento.

• Podem ser rígidas, flexíveis ou na forma de espumas.


Aplicações da Poliuretana

• Espuma – colchões, estofados, isolante térmico e acústico.

• Espuma rígida – peças de automóveis, amortecedores,


diafragmas e válvulas de equipamentos industriais para
processamento e transporte de minérios, solados e fibras.

• Fios de lycra (contém fios de poliuretana em sua


composição).
Polifenol (PR) ou Baquelite
Obtida em 1907 por Backenland, ao reagir por
condensação, fenol comum com formol (metanal).

Nomes comerciais: Amberlite, Bakelite,Celeron, Fórmica, Formiplac.


Propriedades e Aplicações da Baquelite
• Material termorrígido com boa resistência mecânica e térmica.

• Fabricação de cabos de panelas, tomadas, interruptores elétricos e aparelhos de


telefone.

• Engrenagens e pastilhas de freio.

• Laminados para revestimentos de móveis (fórmica).

• Empregado em tintas, vernizes e colas para madeira (novolac).


Lista de Exercícios - 01

1. Cite três propriedades dos polímeros.


a) PP- polipropilêno boa resistência quimica e termica
b) PVC – Matérial termoplastico , rigidez elevada
c) PMMA – semelhante ao vidro resistente a radiação UV
2. Quais os fatores que afetam as propriedades dos polímeros?

3.Classifique os polímeros quanto a sua aplicação.

4. Represente através de desenhos os tipos de cadeias poliméricas (linear,


ramificada e reticulada).

5. Por que em certas aplicações é inconveniente armazenar alguns produtos


(ex: cerveja) em garrafas constituídas de polímeros.
Lista de Exercícios - 01

6.Qual a diferença estrutural entre os polímeros termoplásticos, termorrígidos e


elastômeros?

7.Porque não podemos reciclar polímeros termorrígidos e elastômeros?

8.Muitos materiais hospitalares são fabricados de PVC. Qual o inconveniente de


incinerar estes materiais?

9. Dos polímeros abaixo, qual apresenta maior resistência à tração?


a- Polietileno de cadeia linear ou polietileno de cadeia ramificada
b- Polipropileno ou poliestireno

10. Dos polímeros abaixo, qual é mais frágil?justifique.


Polipropileno ou poliestireno .

Você também pode gostar