Você está na página 1de 17

Higiene Industrial

PRIMEIRA PARTE
Apresentação
Metrologia (Sistema metrológico e calibração)
Segurança do Trabalho (profissionais e normas
internacionais)
Definições, Normas Nacionais, Leis e decretos

SEGUNDA PARTE

Estudo de caso ( “Poluição Sonora e Diversão”)


Tendências e técnicas de amostragem (perícia e avaliação)
Profissionais da Área de Segurança
• Engenheiros de Segurança (planejamento estratégico, projeto, medição,
treinamento, prevenção, controle e perícia técnica)
• Técnico de Segurança (fiscalização e execução de medidas de segurança)
• Médicos do Trabalho (acompanhamento, exames periódicos, prevenção,
controle, treinamento, laudos de dispensa e perícias)
• Enfermeiros (atendimento de emergência, acompanhamento e execução )
• Psicólogos (perfil, acompanhamento e orientação profissional)

Os conceitos para os profissionais da área de segurança do trabalho foge a definição,


portanto é abrangente e multidisciplinar; compreendendo as seguintes etapas:
 Primeira etapa: orientação a seleção profissional para a manutenção do trabalhador
nas melhores condições possíveis de saúde (interação com o recurso humano).
 Segunda Etapa: cuidados com a higiene e segurança do trabalho, isto é, fazer todo
o possível para prevenir doenças num ambiente de trabalho determinado;
identificando, eliminando ou minimizando os agentes causadores e implementando
medidas práticas para evitar acidentes.
Recrutamento (primeira etapa)

Perfil Profissional: processo de seleção através do perfil psicológico,


devidamente configurado e avaliado, além da aptidão física;
enquadramento da profissão ao indivíduo. “Perfil Frofissiográfico”
características básicas para preencher o cargo.

Relação Trabalho e Lazer: alívio das tensões e fadiga do trabalho


intrinsecamente ligada a saúde. O preenchimento inadequado do
tempo de lazer poderá ocasionar desvios graves a saúde individual e
coletiva. Portanto, ponto importante a ser considerado pelo profissional da
área de saúde e segurança do trabalho.

Nota: Avaliações de problemas ou agravamentos do quadro de saúde


devem ser acompanhado por enquetes sobre a vida fora do Ambiente
de Trabalho. “Orientação Biopsicossocial”.
Etapas (“Campo de Abrangência”)

 Terceira Etapa: relacionada ao âmbito trabalhista. Conhecimento da atividade


executada e os riscos envolvidos, socorro de urgência, treinamento (brigada),
formas de prevenção e atenuação segundo parâmetros e limites das leis.
Podemos destacar também a emissão de CAT (Comunicado de Acidente de
Trabalho), interação com as normas do INSS e o estabelecimento do nexo causal.

 Quarta Etapa: Estratégica. Relacionada com a qualidade e produtividade da


empresa, projetos, gastos trabalhistas e seguro patrimonial. Também nessa etapa
pode-se destacar o gerenciamento de resíduos industriais e as novas normas de
certificação.

Carater multidisciplinar: Engenharia, Direito, Medicina, Sociologia e Psicologia.

Nota: a área de segurança de trabalho nas empresa modernas passam a ser


subordinadas diretamente a presidência, com recursos próprios; provocando uma
mudança radical no organograma (antes vinculada ao recurso humano).
Sistema de Gestão (BS 8800)

SGSSO - Sistema de Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional. Trabalhadores


mais conscientes, participativos e responsáveis pelos resultados de suas corporações.
Busca de Excelência empresarial: a luz da competitividade e da globalização as
empresas tornam-se valorizadas e reconhecidas pela flexibilidade e sua estratégia
de interação com a sociedade.
Os conceitos ligados a qualidade do produto transcendem o limite do produto e/ou
do serviço realizado.
Selo de cunho social. As marcas conectadas aos produtos, em alguns mercados,
passam a ser vitrines de suas contribuições ambientais, ocupacionais, sociais e
econômicas.

Nota: integração do SGSSO ao Sistema da Qualidade (ISO 9000), do Meio


Ambiente (ISO 14000) e da Responsabilidade Social (SA 8000) e que contenha
elementos internacionamente aceitos, por exemplo: BS8800 e OSHAS 18001.
Sistema de Gestão (pontos importantes)

O SGSSO é a base para a certificação SA 8000 (requisito 3 - saúde e segurança) e também


no tocante ao atendimento aos requisitos da dimensão social no manejo de florestas e
plantações, para certificação de conformidade ao FSC - Forestry Stwardship Council
( requisito 4 - Relações Comunitárias e Direito dos Trabalhadores).

A Análise Preparatória do SGSSO, entre os mais importante, compreende:

• Determinar os pontos fortes e fracos da empresa com relação a legislação de segurança,


previdenciaria (INSS) e de medicina do trabalho.

• Determinar as principais demandas de partes interessadas externas e internas com relação


a saúde e segurança do trabalho.

• Identificar os principais riscos (ou perigos).

• Identificar e priorizar as principais incidências e acidentes ocorridos;

• Contabilizar qualquer passivo trabalhista existente, real ou podencial.


Institutos e Normas Internacionais

ACGIH
- American Conference of Governmental Industrial Higyenists

NIOSH
- National Institute of Occupacional Safety and Health;

OSHA
- Ocupational Safely and Health Administration;

OIT
- Organização Internacional do Trabalho.
Normas Nacionais, Leis e Decretos

Regimento:
CLT - Consolidação das Leis do Trabalho
RJU - Regime Jurídico Único

CLT - Titulo II, Capítulo V - seção XIII - das atividades insalubres ou perigosas.

Lei 6.514, de 22/12/77 e Portaria 3.214, de 08/06/78 - Normas Regulamentadoras.

Portaria 3.097 - Aprova as Normas Regulamentadoras rurais.

Ordens de Serviço 209 (cessão de mão de obra e empreitada), OS 600, 612 e 621
atividades e limites estabelecidos para Previdência Social.
Leis Previdênciária

Lei N 9.732 de 11 de dezembro de 1998, altera dispositivos das leis 8212 (plano
de custeio da previdência social) e 8213 (plano de benefício da previdência social),
Pontos mais importantes:
•As alíquotas referente ao art. 22 da lei 8212 serão acrescidas de 12, 9 ou 6
pontos percentuais, conforme a atividade exercida pelo segurado a serviço da
empresa, sujeito a agentes nocivos; levando em consideração o tempo de
contribuição para aposentadoria especial. Concedido aos segurados empregados e
trabalhadores avulsos sujeitos a condições especiais.
•A comprovação da efetiva exposição do segurado aos agentes nocivos, mediante
formulário estabelecido pelo INSS, com base em laudos técnicos de condição
ambiental de trabalho emitido por médico do trabalho ou engenheiro de segurança
do trabalho nos termos da legislação trabalhista (agentes e limites OS 600 e OS 612);
• Do laudo técnico deverão constar informações sobre a existência de tecnologia de
proteção coletiva ou individual que diminua a intensidade do agente agressivo a
limites de tolerância e recomendações sobre sua adoção pelo estabelecimento.
Orientação Normativa

 N 12 de 18/03/99 : Disciplina procedimentos relacionados ao acréscimo


de alíquota destinada ao financiamento de aposentadoria especial:
indicação no laudo, da exposição ou não do trabalhador, a agentes
agressivos, de maneira habitual e permanente.

Responsabilidade do Empregador:

CPP - Código de Processo Penal, aplicado aos casos de morte


por acidente de trabalho que decorre da culpa do empregador;

CPC - Código de Processo Civil, diz que aquele, por ação ou omissão
voluntária, negligência ou imprudência, viola o direito ou causa prejuízo
a outrem, fica obrigado a reparar o dano
Definições
Higiene Ocupacional: é a ciência e a arte de prevenir doenças e
enfermidades, de promover a saúde e a eficiência física e mental, mediante
esforços organizados ( sentido restrito ).

Saúde: estado de relativo equilíbrio de forma e função do organismo, o que


resulta de seu ajustamento dinâmico satisfatório às forças que tendem a
perturba-lo.

Saúde segundo a OMS: saúde é o estado completo de bem estar mental e


social e não apenas a ausência de doenças ou enfermidades.

Doença: desajuste ou falha nos mecanismos de adaptação do organismo


ou ausência de reação aos estímulos a cuja ação esta exposto.

Seguridade Social: compreende um conjunto integrado de ações de iniciativa dos


poderes públicos e da sociedade à previdência e à assistência médica
Definições (cont.)

 Agentes Físicos (NR15) : ruído (anexo 1 e 2), calor (anexo 3), radiação ionizantes
(anexo 5), pressão (condições hiperbáricas anexo 6), radiações não-ionizantes
(anexo 7), vibrações (anexo 8), frio (anexo 9), umidade (anexo 10);
 Agentes Químicos (NR15): produtos químicos (anexo 11), poeiras minerais
(asbesto, manganês e outros compostos de sílica, anexo 12), produtos químicos
agressivos (anexo 13);
 Agentes Biológicos (NR15): ações nocivas de micro-organismos (fungos,
bactérias,vírus e outros, anexo 14);
 Antecipação: identifica os riscos que poderão ocorrer;
 Reconhecimento: se preocupa com os riscos presentes, avaliações dos processos,
matéria-prima, análise de risco, etc. Está relacionada com o PPRA;
 Avaliação: se destina a quantificar periodicamente os agentes agressivos, está
relacionado com a NR-15;
Normas Regulamentadoras
NR1 - Disposições Gerais: estabelece o campo de aplicação de todas as NR de
segurança e medicina do trabalho do trabalhador urbano;

NR2 - Inspeção Prévia: situações em que a empresa deve solicitar ao Mtb a


realização de de inspeção prévia em seus estabelecimentos. Alteração devem
ser comunicadas a DRT (Delegacia Regional do Trabalho);

NR3 - Embargo ou Interdição: estabelece as situações que a empresas se sujeitam


a sofrer paralisações (da obra ou estabelecimento);

NR4 - Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina


do Trabalho (SESMT);

NR5 - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA). Entre outros, promover


com o SESMT a Semana Interna de Prevenção de Acidentes.

NR6 - Equipamentos de Proteção Individual (EPI)


Normas Regulamentadoras

NR7 - Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional: obrigatoriedade


de elaboração de um PCMSO, por parte de todos os empregadores e instituições;

NR8 - Edificações: requisitos técnicos mínimos que devem ser observados nas
edificações para garantir conforto e segurança aos que nela trabalham;

NR9 - Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA): obrigatoriedade


de elaboração de um PCMSO, por parte de todos os empregadores e instituições.
Estabelece níveis de ação para prevenção de risco;

NR10 - Instalações e Serviços em Eletricidade: condições mínimas exigíveis


para os empregados que trabalham nas instalações elétricas (classe dos ambientes);

NR11 - Transporte, Movimentação, Armazenagem e Manuseio de Materiais;

NR12 - Máquinas e Equipamentos: prevenção de acidentes através de dispositivos


específicos, e circulação;
Normas Regulamentadoras
NR13 - Caldeiras e Vasos de Pressão: recomendações técnicas-legais referente a
construção, operação e manutenção ( identificação, classificação, testes, etc;)

NR14 - Fornos: recomendações técnicas-legais referente a construção, operação


e manutenção de fornos industriais;

NR15 - Atividades e Operações Insalubres: agentes insalubres, limites de tolerância


e os critérios técnicos e legais para avaliação e caracterização (40%, 20% e 10% do
salário mínimo) ;

NR16 - Atividades e Operações Perigosas: define os critérios técnicos legais para


avaliação e caracterização das atividades e operações perigosas.
(30% do salário base);

NR17 - Ergonomia: demanda propiciar maior conforto, segurança e trabalho


eficiente.
Normas Regulamentadoras

NR18 -Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Industria da Construção:


estabelece diretrizes de origem administrativa, de planejamento e organização;

NR19 - Explosivos: aspectos de segurança que envolvem as atividades com


explosivos;

NR20 - Líquidos Combustíveis e Inflamáveis: definições e aspectos de segurança


envolvendo as atividades com líquidos inflamáveis e combustíveis;

NR21 - Trabalho a Céu Aberto: estabelece as medidas preventiva em atividades


a céu aberto como minas e pedreiras;

NR22 - Trabalhos Subterrâneos: determina que a mina subterrânea adotará


métodos e procedimentos nos locais de trabalho, proporcionando satisfatória
condição de segurança e medicina do trabalho.

NR23 - Proteção Contra Incêndio: medidas de proteção contra incêdio.


Normas Regulamentadoras
NR24 - Condições Sanitárias e de Conforto nos Locais de Trabalho: determina
requisitos básicos para instalações sanitárias, especialmente referentes a cozinha,
banheiros, vestuário, refeitórios, alojamentos e água potável;
NR25 - Resíduos Industriais: medidas preventivas e destino final a ser dado aos
resíduos industriais;
NR26 - Sinalização de Segurança: padronização das cores de sinalizações.
NR27 - Registro Profissional do Técnico de Segurança do Trabalho no Ministério
do Trabalho ( técnicos de segurança ou supervisor de segurança e engenheiros de
segurança);
NR28 - Fiscalização e Penalidades: prazos das infrações levantadas pelos orgãos
competentes do Ministério do trabalho;
NR29 - Segurança e Saúde do Trabalho Portuário (aprovado pela portaria n 53 de
17/12/97)
Nota: NRR - Normas Regulamentadoras Rurais NRR1(disposições Gerais), NRR2
(SEPATR), NRR3 (CIPAR), NRR4 (EPI) e NRR5 (produtos químicos).

Você também pode gostar