Você está na página 1de 6

Universidade Federal da Paraíba – UFPB

Centro de Tecnologia – CT
Departamento de Engenharia de Materiais – DEMat

Disciplina: Processamento
de Materiais Poliméricos

Aula 2:
Polímeros – Definições Gerais
Profa: Renate Wellen

1
João Pessoa, 2018.1
Wellen, RMR

Aula 2: Polímeros – Definições Gerais

Por que estudar Polímeros?

Onde os polímeros são utlizados?

Comente sobre as temperaturas caracterísitcas dos


polímeros e sobre a sua importância para o
processamento

2
Wellen, RMR

Aula 2: Polímeros – Definições Gerais

Os polímeros podem ser inicialmente classificados em homopolímeros


e copolímeros

Qual a diferença entre eles? Descreva os tipos


de homopolímeros e copolímeros que podem
ser produzidos. Tente correlacionar com as
temperaturas características e com as
propriedades morfológicas e mecânicas

3
Wellen, RMR

Aula 2: Polímeros – Definições Gerais

Classificação dos polímeros de acordo com a sua forma de


processamento:

► Termoplásticos

► Termofixos

► Elastômeros

Comente sobre cada classe de polímeros acima citada e cite exemplos

4
Wellen, RMR
Renate M. R.
Aula 2: Polímeros – Definições Gerais

O estado cristalino dos polímeros


- Significado de ordem tri-dimensional

natureza
macromolecular
? estrutura cristalina
(ordem tridimensional)

Alto peso molecular


Alta viscosidade no estado fundido
Emaranhados moleculares
Irregularidades estruturais (ex, configuração atática)

Polímeros completamente amorfos: PS, PMMA, PC, etc.


Polímeros semi-cristalinos: PE, PP, PA, PET, PTFE, etc. 5
Wellen, RMR

Aula 2: Polímeros – Definições Gerais

Cite exemplos de polímeros amorfos e semi-cristalinos, escreva a


unidade química repetitiva de cada um deles.

Como você imagina ser a estrtutura morfológica de um polímero amorfo e


de um polímero semi-cristalino. Qual a importância de se conhecer o
caráter cristalino para o processamento?

Você também pode gostar