Você está na página 1de 43

ÁREAS DE ATUAÇÃO DA ORGANIZAÇÃO

E DA GESTÃO ESCOLAR PARA MELHOR


APRENDIZAGEM DOS ALUNOS

COMPONENTES:
DOMINGOS MARCELO ROCHA
FRANCISCO CARLOS EDUARDO
FRANCISCO DE ASSIS DE SOUSA SILVA
REYSANE DE ALENCAR SOUSA
ÁREAS DE ATUAÇÃO DA
ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR

▶Planejamento e o projeto ▶As práticas de gestão


pedagógico-curricular técnico-administrativas e
pedagógico-curricular
▶Organização e o
desenvolvimento do ▶O desenvolvimento
currículo profissional

▶Organização e o ▶Avaliação institucional e


desenvolvimento do ensino da aprendizagem
ÁREAS DE ATUAÇÃO

Áreas vinculadas às Áreas relacionadas Áreas de avaliação


finalidades da escola aos meios
1. PLANEJAMENTO E O PROJETO
PEDAGÓGICO-CURRICULAR

 Planejamento

Documento que reflete as


intenções, os objetivos, as
 Projeto pedagógico-curricular aspirações, etc., tendo em
vista um processo que
atenda todos os alunos.
RAZÕES QUE JUSTIFICAM A
IMPORTÂNCIA DE UM PROJETO
▶Atividade conjunta

▶Resulta de práticas participativas

▶A formulação do Projeto pedagógico-curricular é uma prática


educativa, manifestação de do caráter formativo do ambiente de
trabalho.

▶Expressa o grau de autonomia da equipe escolar


DECISÕES A SEREM TOMADAS
NO PROJETO PEDAGÓGICO

▶Princípio (pontos de ▶Unidade teórico-metodologica


partida comuns) no trabalho pedagógico-prático

▶Objetivos (pontos de ▶Sistema explícito e


chegada comuns) transparente de
acompanhamento e avaliação
▶Sistema e práticas de do projeto das atividades da
gestão negociadas escola
2. ORGANIZAÇÃO E O
DESENVOLVIMENTO DO CURRÍCULO

▶ Currículo

▶É a concretização, a viabilização das intenções e orientações expressas


no projeto pedagógico.

▶Conjunto de disciplinas; experiências e valores


TIPOS DE CURRÍCULOS

Currículo formal ou Currículo oculto


Currículo real
Oficial
 Democrático;
 Cultural;
 Inclusão de interculturalidade
PLANEJAMENTO PARA UM  Civilizatório;

CURRÍCULO  Trazer qualidade de vida

 Diversificado

 Enriquecedor.
3. Organização e o
desenvolvimento do
ensino

*Docentes organizados
repassam confiança.
Organização
Organize os fatos e construa
seu conhecimento
Desenvolvimento do ensino

Cotidiano dos alunos

Como vamos desenvolver


métodos de ensino?
Pesquisa nas redes sociais:
Defina: Física, Química e Biologia
4. AS PRÁTICAS DA GESTÃO
4. AS PRÁTICAS DA GESTÃO
• Todas as pessoas que atuam na organização escolar

Desempenham papéis educativos

• O que acontece na escola diz respeito tanto aos aspectos:

Intelectuais Sociais afetivos

Físicos Morais
As práticas de gestão dizem respeito a:

Ações de natureza
Pedagógico-curricular
técnico administrativa
AÇÕES DE NATUREZA TÉCNICO-ADMINISTRATIVA

RECURSOS SECRETARIA
LEGISLAÇÃO DIREÇÃO E
FÍSICOS, ESCOLAR
ESCOLAR ADMINISTRAÇÃO,
MATERIAIS,
DIDÁTICOS E ROTINAS
FINANCEIROS ORGANIZACIONAIS E
ADMINISTRATIVAS
Vida funcional de funcionários
e professores

A LEGISLAÇÃO ESCOLAR Regimento interno

Diretrizes e normas pedagógicas


para questões específicas
RECURSOS FÍSICOS, MATERIAIS, DIDÁTICOS E
FINANCEIROS AÇÕES DE NATUREZA TÉCNICO-
ADMINISTRATIVA

RECURSOS FÍSICOS E MATERIAIS DIDÁTICOS

• Edifício escolar • Instalações • Laboratórios

• Materiais didáticos • Mobiliários • Equipamentos necessários

• Salas de direção e coordenação • Biblioteca


RECURSOS FÍSICOS, MATERIAIS, DIDÁTICOS E
FINANCEIROS AÇÕES DE NATUREZA TÉCNICO-
ADMINISTRATIVA

RECURSOS FÍSICOS E MATERIAIS DIDÁTICOS


• Interferem diretamente na qualidade da educação

Uma boa gestão de recursos materiais

• Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) de 1996


• Existem critérios que devem ser seguidos na escolha
dos recursos fisícos, materiais e didáticos

ADEQUAÇÃO AOS
QUALIDADE
OBJETOS DA ESCOLA
RECURSOS FÍSICOS, MATERIAIS, DIDÁTICOS E
FINANCEIROS AÇÕES DE NATUREZA TÉCNICO-
ADMINISTRATIVA

RECURSOS FINANCEIROS
• CRIAÇÃO DO PDDE (PROGRAMA DINHEIRO DIRETO NA ESCOLA)

AUTONOMIA DE PARTICIPAÇÃO DA
GESTÃO FINANCEIRA COMUNIDADE ESCOLAR

Responsabilidade e compromisso na gestão


• Os sujeitos das escolas
dos recursos financeiros da escola
RECURSOS FÍSICOS, MATERIAIS, DIDÁTICOS E
FINANCEIROS AÇÕES DE NATUREZA TÉCNICO-
ADMINISTRATIVA

RECURSOS FINANCEIROS
• Necessário conhecimento básico sobre o assunto

• A Gestão dos recursos financeiros se divide em 3 áreas:

PLANEJAMENTO EXECUÇÃO PRESTAÇÃO DE CONTAS


RECURSOS FINANCEIROS
Gestão financeira e projeto pedagógico: uma relação fundamental
DIREÇÃO E ADMINISTRAÇÃO, ROTINAS ORGANIZACIONAIS E
ADMINISTRATIVAS

FORMAS DEMOCRÁTICAS
DIREÇÃO ORGANIZADA
E EFICAZES DE GESTÃO
SECRETARIA ESCOLAR E SERVIÇOS
GERAIS

Esta a serviço das atividades educativas


SECRETARIA ESCOLAR

Requer atitudes de atenção, respeito e


sensibilidade

SERVIÇOS GERAIS Serventes, inspetores, merendeiras, porteiros e


vigias
AÇÕES DE NATUREZA PRDAGÓGICO-CURRICULAR

GESTÃO DOS GESTÃO DO GESTÃO DO GESTÃO DO


PROJETOS CURRICULO ENSINO DESENVOLVIMENTO
PEDÁGOGICO PROFISSIONAL E DA
CURRICULAR AVALIAÇAO
FUNÇÃO DO DIRETOR ESCOLAR

DELEGA ASPECTOS INTERMEDIÁRIO RELAÇÕES DA ESCOLA


PEDAGÓGICOS ENTRE ESCOLA E COM PAIS,
INTÂNCIAS COMUNIDADES,
SUPERIORES SINDICATOS
FUNÇÃO DO COODERNADOR
PEDAGÓGICO

• Assistência pedagógica aos professores;


• Supervisão para elaboração de diagnósticos;
• Orientação da organização curricular
• Coordenação de reuniões;
• Proposição e coordenação de atividades de formação continuada
• desenvolvimento profissional de professores
DIREÇÃO COODERNAÇÃO
PEDÁGOGICA
DESENVOLVIMENT
O PROFISSIONAL
O QUE É?
DESENVOLVIMENTO
PROFISSIONAL

DESENSOLVIMENTO DESENSOLVIMENTO
PESSOAL PESSOAL
“ AS AÇÕES DE
DESENVOLVIMENTO
PROFISSIONAL ESTÃO
DIRETAMENTE
CORRELACIONADAS ENTRE SI,O
PROFESSOR APRENDE E PRODUZ
A ORGANIZAÇÃO
ESCOLAR COMO
CULTURA
“A CULTURA É UM
PROCESSO DE
PRODUÇÃO E
ACUMULAÇÃO DE
EXPERIÊNCIAS E
REALIZAÇÕES NO
DECURSO DO QUAL O
SER HUMANO SE
PRODUZ A SI PRÓPRIO,À
OS DILEMAS A FORMAÇÃO
CONTINUADA
CULTURA DO ALUNO X
AUTORIDADE DO
PROFESSOR

OS PROFESSORES JÁ
POSSUEM UM
ESTERIÓTIPO DESPREPARO
CONSOLIDADOS PROFISSIONAL
AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL DA
ESCOLA E DA APRENDIZAGEM
AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL DA ESCOLA E DA APRENDIZAGEM

AVALIAÇÃO É O REQUESITO PARA A MELHORIA DAS CONDIÇÕES


QUE AFETAM DIRETAMENTE A QUALIDADE DO ENSINO.EM UMA
VISÃO PROGESISTA ,AS PRATICAS DE AVALIAÇÃO PODEM:

PROPICIAR MAIOR AUTORREGULAÇÃO

GERAR UMA CULTURA DE


RESPONSABILIZAÇÃO
OBRIGADO
PELA ATENÇÃO