Você está na página 1de 12

TECNICAS E

CULTURAS
INTITUTO EDUCACIONAL MACIEL
Culturas
 -Técnicas e Culturas

 a sociedade em que vivemos caracteriza-se


pela capacidade de dominar , de modo cada
vez mais rápido , um grande número de
técnicas bastante sofisticadas essas técnicas
foram desenvolvidas principalmente a partir
dos avanços científicos que ocorreram nos
últimos dois séculos.
Diferentes tipos de
TENCNICAS culturas entre
os povos
OS POVOS E AS INDENTIDADES CULTURAIS.

Todos esse aspectos , que caracterizam e dão identidade


a cada povo , constituem o que chamamos de cultura
assim , podemos dizer que a cultura é o aspecto que
melhor distinguir os diferentes povos do mundo . é por
meio da cultura que os indivíduos de cada povo
relacionam-se entre si e também com a natureza
transformando as paisagens e modificando o espaço
geográfico em que vivem...
Evolução da técnica e adaptação
Ao longo da história, os seres humanos foram adquirindo
habilidades e conhecimentos - métodos e processos - para
produzir uma infinidade de coisas e realizar uma grande
variedade de atividades. Isso lhes possibilitou, entre outros
aspectos, adaptarem-se aos mais diversos ambientes que existem
em nosso planeta. O homem consegue sobreviver e desenvolver
atividades nos mais variados recantos da Terra.
Essa é uma diferença entre os animais e os seres humanos. Os
primeiros adaptam-se a uns poucos ambientes ou somente a um
tipo de ambiente. Nesse sentido, dizemos que os animais estão
bastante condicionados aos fatores naturais, enquanto para o
homem tais fatores não são determinantes, em termos de
sobrevivência, sobretudo, no mundo atual.
Exemplo, o urso polar sobrevive nas regiões frias do
hemisfério Norte)

ELES SO CONSEGUE
SOBREVIVER NAS REGIOES
FRIA.

Nesse sentido, dizemos que os animais estão


bastante condicionados aos fatores naturais,
enquanto para o homem tais fatores não são
determinantes, em termos de sobrevivência,
sobretudo, no mundo atual.
Para se adaptar a lugares diferentes os seres humanos
precisaram desenvolver técnicas, ou seja, habilidades e
conhecimentos para a produção de bens materiais e para a
realização de atividades. Tudo o que as pessoas produzem
para a satisfação de suas necessidades é considerado um
bem material. Roupas, casas, automóveis, caderno, livro,
computador, móveis, instrumentos agrícolas, um pote de
margarina, um pacote de macarrão, são alguns exemplos de
bens materiais.
Este Trabalho escolar é uma reflexão sobre
a necessidade de uma cultura técnica para
utilização do potencial de comunicação
oferecido pelas novas tecnologias, em
especial a Internet. As tecnologias da
informação têm, a cada dia, oferecido
novos dispositivos, novos aparatos e para
que possamos nos beneficiar deles, é
importante dissolver a fronteira existente
entre o homem e a máquina. A cultura
humana não pode se constituir como um
sistema de defesa contra as técnicas. As
máquinas e os homens devem ser vistos
como seres complementares e
interdependentes pertencentes à natureza.
É necessário solicitar novas propostas
educacionais, compatíveis com esta
condição atual, para que possamos
incorporar a técnica à cultura eliminando
assim nossos conflitos com a tecnologia.
vivemos hoje numa época em que os avanços na
área tecnológica ocorrem cada vez mais rápidos.
Atualmente podemos dizer que é praticamente
impossível não participar de algum processo que
envolva o uso da técnica e podemos perceber
que estas novas tecnologias e os novos
dispositivos de comunicação têm alterado muito
mais rapidamente o modo de vida do homem,
sua estrutura de pensamento, seu modo de
apreensão do conhecimento e suas relações
sociais.
Apesar deste contexto e
da consciência da
irreversibilidade deste
avanço, notamos que
existe uma grande
resistência por parte
das pessoas em
incorporar estas
mudanças, que
geralmente trazem
benefícios, à vida
diária.
Esta resistência pode ser traduzida num sentimento misto de
encantamento e temor em relação ao uso da tecnologia pelo homem:
benefícios e comodidade que a técnica pode trazer versus receios que
o homem tem, de que a máquina irá substituí-lo.

a cultura do homem comporta duas atitudes


contraditórias para com os objetos técnicos: de um
lado a cultura os trata como pura reunião de
matéria, desprovida de verdadeira significação e
apresentando somente uma utilidade, um valor de
uso. Por outro lado, ela supõe que estes objetos são
Alguns insistem em identificar também como robôs, que são animados de intenções
a técnica como um inimigo hostis para com o homem, que representam para ele
número 1, um permanente perigo de agressão, de insurreição.

O homem necessita compreender que a cultura rege a


relação deste com o mundo e a relação deste consigo
próprio. Se a cultura não incorporar a tecnologia, ela não
pode conduzir a relação do homem com o mundo,
independente do momento de grande avanço tecnológico
que estamos vivendo hoje. A cultura precisa ser
contemporânea da técnica.
CONSIDERAÇÕES FINAIS
Felizmente o humano e a técnica estão sendo considerados cada vez menos
distantes um do outro e a idéia da máquina associada ao artificial, aos poucos está
se esvaindo. A oposição entre cultura e técnica não é mais admissível. Cada vez
mais, a separação e a exclusão da técnica do universo da cultura é confirmada
como sendo uma perspectiva equivocada.

Para Simondon (1969), uma cultura técnica não pode se constituir sem o
desenvolvimento de um certo tipo de sensatez sobre o objeto técnico e sua tecnicidade e
a oposição entre técnica e cultura durará até que a cultura descubra que cada máquina
não é uma unidade absoluta, mas somente uma realidade técnica individualizada,
aberta de acordo com dois caminhos, o da relação dos elementos e o das relações
interindividuais junto com a técnica.

Desta forma, entendemos que o homem precisa se aprofundar no universo dos


objetos técnicos para superar as atuais barreiras que ele enfrenta no lidar com estes
objetos, que muitas vezes impedem a extensão, evolução e ampliação dos limites
do homem.
De uma maneira geral, pode ser HOMEM DOMINANDO A MAQUINA
utópico pensarmos que, com a
atual educação oferecida nas
escolas, os indivíduos possam
adquirir uma cultura técnica
necessária para que eles possam
acompanhar a evolução
tecnológica que bate às portas, mas
é importante que possamos pensar
que urge um investimento hoje,
novas propostas educacionais, para
que, mesmo no longo prazo, no
futuro nós possamos usufruir sem
medos de todos os benefícios que o
conhecimento e o uso dos objetos
técnicos e da tecnologia podem nos
trazer.

Será cada vez mais necessário compreender e aceitar a tecnologia que faz parte
atualmente das relações do homem na sociedade, através de aprofundamento na
técnica e permitindo a inserção desta na cultura. Este aprofundamento deve se dar
através de uma educação que envolva a técnica, para que, a cada dia, o homem possa
estar mais próximo a ela e desta forma possa incorporá-la definitivamente e
continuamente à sua cultura.

Você também pode gostar