Você está na página 1de 137

BASES PARA A CONSTRUÇÃO DE

PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS PADRÃO


PARA A PROMOÇÃO DO REGISTRO DOS ATENDIMENTOS NO e-SUS AB
PARA ALCANÇAR OS INDICADORES DO PREVINE BRASIL 2020

Elton Cleberton Ferreira


Assessor e Consultor em Serviços de Saúde
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA DO PROGRAMA PREVINE BRASIL
Portaria nº 2.979/GM/MS, de 12 de novembro de 2019, que institui o Programa Previne Brasil,
que estabelece novo modelo de financiamento de custeio da Atenção Primária à Saúde no
âmbito do Sistema Único de Saúde, por meio da alteração da Portaria de Consolidação nº
6/GM/MS, de 28 de setembro de 2017, disponível em https://www.in.gov.br/en/web/dou/-
/portaria-n-2.979-de-12-de-novembro-de-2019-227652180.

Portaria nº 3.222/GM/MS, de 10 de dezembro de 2019, que dispõe sobre os indicadores do


pagamento por desempenho, no âmbito do Programa Previne Brasil, disponível
https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-3.222-de-10-de-dezembro-de-2019-232670481.
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA DO PROGRAMA PREVINE BRASIL
Portaria nº 3.263/GM/MS, de 11 de dezembro de 2019, que estabelece o incentivo financeiro
de custeio federal para implementação e fortalecimento das ações de cadastramento dos
usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), no âmbito da Atenção Primária à Saúde (APS),
disponível em https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-3.263-de-11-de-dezembro-de-
2019-232941846.

Portaria nº 3.883/GM/MS, de 27 de dezembro de 2019, que altera a Portaria de Consolidação


nº 6/GM/MS, de 28 de setembro de 2017, para dispor sobre o financiamento da equipe de
Atenção Primária – eAP conforme Programa Previne Brasil, disponível
https://www.in.gov.br/web/dou/-/portaria-n-3.883-de-27-de-dezembro-de-2019-235942050.
SOBRE A CONFORMAÇÃO DAS EQUIPES NO CNES
Portaria nº 49/SAPS/MS, de 27 de dezembro de 2019, que define e homologa os códigos
referentes às Identificações Nacionais de Equipe e aos Cadastros Nacionais de Estabelecimentos
de Saúde das equipes ou serviços de Atenção Primária à Saúde credenciados e cadastrados no
Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde para fins da transferência dos
incentivos de custeio federal, acompanhamento, monitoramento e avaliação, disponível
https://www.in.gov.br/web/dou/-/portaria-n-49-de-27-de-dezembro-de-2019-235854512.
SOBRE A CONFORMAÇÃO DAS EQUIPES NO CNES
Portaria nº 99/SAES/MS, de 7 de fevereiro de 2020, que redefine registro das Equipes de
Atenção Primária e Saúde Mental no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de
Saúde (CNES), disponível https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-99-de-7-de-fevereiro-
de-2020-242574079.

Orientações para revisão das Equipes vinculadas a APS, pela PNAB. Nota nº 1151/2020-CGFAP/DESF/SAPS/MS, de
29 de julho de 2020, disponível em https://egestorab.saude.gov.br/image/?file=20200731_N_SEIMS-0015940189-
NotaTecnicaACSPortaria111530072020_3099124117968773408.pdf.
Orientações para criação dos INEs das Equipes de Saúde Bucal no SCNES. Nota nº 23/2020-DESF/SAPS/MS, de 30
de julho de 2020, disponível em https://egestorab.saude.gov.br/image/?file=20200730_N_SEIMS-0015790945-
NotaTecnicaPortaria9930072020_3467625911253263107.pdf.
SOBRE O RECURSO DE TRANSIÇÃO
Portaria nº 172/GM/MS, de 31 de janeiro de 2020, que dispõe sobre os municípios e Distrito
Federal que apresentam manutenção ou acréscimo dos valores a serem transferidos, conforme
as regras de financiamento de custeio da Atenção Primária à Saúde do Programa Previne Brasil e
sobre o valor per capita de transição conforme estimativa populacional do IBGE, disponível
https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-172-de-31-de-janeiro-de-2020-240912930.

Portaria nº 173/GM/MS, de 31 de janeiro de 2020, que dispõe sobre os municípios que


apresentam decréscimo dos valores a serem transferidos, conforme as regras do financiamento
de custeio da Atenção Primária à Saúde do Programa Previne Brasil, disponível
https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-173-de-31-de-janeiro-de-2020-240912938.
SOBRE A APRESENTAÇÃO DA PRODUÇÃO
Portaria nº 135/GM/MS, de 21 de janeiro de 2020, que institui os prazos para o envio da
produção da Atenção Primária à Saúde para o Sistema de Informação em Saúde para a Atenção
Básica (SISAB) referente às competências de janeiro a dezembro de 2020, disponível
https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-135-de-21-de-janeiro-de-2020-239407394.

O ENVIO DA PRODUÇÃO DE JANEIRO A DEZEMBRO DE 2020, SE DARÁ ATÉ O 10º DIA ÚTIL DO
MÊS SUBSEQUENTE AO DA COMPETÊNCIA DESTA. PODENDO CONSIDERAR PARA FINS DE
COMPLEMENTAÇÃO DOS DADOS ENVIADOS ANTERIORMENTE OU PARA REGULARIZAÇÃO DE
ENVIO, QUANDO NÃO REALIZADA NO PRAZO, AQUELA OCORRIDA ATÉ 4 (QUATRO) MESES ANTES.
SOBRE A APRESENTAÇÃO DA PRODUÇÃO
COMPETÊNCIA DE 2020 INÍCIO E FIM DA COMPETÊNCIA LIMITE DE ENVIO PROCESSAMENTO*
JANEIRO 01/01/2020 a 31/01/2020 14/02/2020
CONSIDERANDO O DESCRITO NA
FEVEREIRO 01/02/2020 a 29/02/2020 13/03/2020 PORTARIA Nº 135/2020/GM/MS,
MARÇO 01/03/2020 a 31/03/2020 15/04/2020 OS PROCESSAMENTOS PARA OS
ABRIL 01/04/2020 a 30/04/2020 15/05/2020 PROCESSAMENTO DO Q1
RELATÓRIOS DO e-GESTOR, E QUE
MAIO 01/05/2020 a 31/05/2020 15/06/2020
JUNHO 01/06/2020 a 30/06/2020 14/07/2020
IRÃO APRESENTAR OS VALORES DE
JULHO 01/07/2020 a 31/07/2020 14/08/2020 ANÁLISE DOS MUNICÍPIOS PARA A
AGOSTO 01/08/2020 a 31/08/2020 15/09/2020 PROCESSAMENTO DO Q2 RECEPÇÃO DOS VALORES DO
SETEMBRO 01/09/2020 a 30/09/2020 15/10/2020
PREVINE BRASIL, DEVEM SE DÁ NAS
OUTUBRO 01/10/2020 a 31/10/2020 16/11/2020
NOVEMBRO 01/11/2020 a 30/11/2020 14/12/2020
COMPETÊNCIAS DE ABRIL,
DEZEMBRO 01/12/2020 a 31/12/2020 15/01/2021 PROCESSAMENTO DO Q3 AGOSTO E JANEIRO DO ANO
SEGUINTE.
SOBRE A CAPTAÇÃO PONDERADA
Portaria nº 169/GM/MS, de 31 de janeiro de 2020, que define o valor per capita para efeito do
cálculo do incentivo financeiro da capitação ponderada do Programa Previne Brasil, disponível
em https://www.in.gov.br/web/dou/-/portaria-n-169-de-31-de-janeiro-de-2020-240912927.

Disponível em https://aps.saude.gov.br/noticia/6334, aos 23/08/2020.


SOBRE A CAPTAÇÃO PONDERADA
Portaria nº 169/GM/MS, de 31 de janeiro de 2020, que define o valor per capita para efeito do
cálculo do incentivo financeiro da capitação ponderada do Programa Previne Brasil, disponível
em https://www.in.gov.br/web/dou/-/portaria-n-169-de-31-de-janeiro-de-2020-240912927.

CRITÉRIOS
SEM critério socioeconômico e demográfico (pS) – POPULAÇÃO ACIMA DE 5 ANOS E INFERIOR
DE 65 ANOS, E QUE NÃO POSSUI ALGUM TIPO DE BENEFÍCIO SOCIAL
COM critério socioeconômico OU demográfico (pC) – POPULAÇÃO IGUAL OU ABAIXO DE 5 ANOS
E IGUAL OU ACIMA DE 65 ANOS, E QUE POSSUI ALGUM TIPO DE BENEFÍCIO SOCIAL
SOBRE A CAPTAÇÃO PONDERADA
Portaria nº 169/GM/MS, de 31 de janeiro de 2020 e orientações disponível em https://aps.saude. gov.br/noticia/6334.
VALOR PER CAPTA CÁLCULO PARA
CLASSIFICAÇÃO GEOGRÁFICA SEM critério COM critério OS MESES DO
(TIPOLOGIA IBGE) socioeconômico e socioeconômico ou QUADRIMESTR
demográfico (a) demográfico (b) E SEGUINTE

URBANO R$ 50,50 R$ 65,65


INTERMEDIÁRIO ADJACENTE
R$ 73,22 R$ 95,19 (pS x a) + (pC x b)
RURAL ADJACENTE 4
INTERMEDIÁRIO REMOTO
R$ 101,00 R$ 131,30
RURAL REMOTO
SOBRE A CAPTAÇÃO PONDERADA
Nota Técnica sobre Cadastros não Validados, disponível
https://sisab.saude.gov.br/resource/file/nota_tecnica_relatorio_de_cadastros_nao_validados_2
00526.pdf.

Nota Técnica sobre Cadastros Válidos e a relação destes com a tipologia do município definida
pela Fundação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), disponível em
https://sisab.saude.gov.br/resource/file/nota_tecnica_relatorio_cadastro_191219.pdf.
SOBRE A CAPTAÇÃO PONDERADA
Portaria nº 29/SAPS/MS, de 16 de abril de 2020, que prorroga o prazo da etapa de transição da
capitação ponderada do Programa Previne Brasil, referente à Portaria nº 2.979/GM/MS, de 12 de
novembro de 2019, para as equipes de Saúde da Família e equipes de Atenção Primária do
Distrito Federal e municípios constantes no Anexo da Portaria nº 172/GM/MS, de 31 de janeiro
de 2020, considerando o contexto da emergência de saúde pública de importância internacional
decorrente do novo coronavírus (covid-19), disponível https://www.in.gov.br/web/dou/-
/portaria-n-3.883-de-27-de-dezembro-de-2019-235942050.

O PRAZO INICIAL ERA A COMPETÊNCIA DE ABRIL DE 2020, PORÉM, ESTA PORTARIA ESTENDE O
PRAZO PARA A COMPETÊNCIA DE JUNHO DE 2020.
SOBRE A CAPTAÇÃO PONDERADA
Portaria nº 42/SAPS/MS, de 16 de julho de 2020, prorroga o prazo da Portaria nº 29/SAPS/MS,
de 16 de abril de 2020, para dispor sobre o prazo da etapa de transição da capitação ponderada
do Programa Previne Brasil, disponível https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-42-de-
16-de-julho-de-2020-267269837.

O PRAZO INICIAL ERA A COMPETÊNCIA DE ABRIL DE 2020, FOI PRORROGADO PARA JUNHO DE
2020, ESTA PORTARIA ESTENDE O PRAZO PARA A COMPETÊNCIA DE AGOSTO DE 2020.

Parágrafo único do Artigo 2º da Portaria nº 42/2020/SAPS/MS. Findo o prazo de que trata o caput, o novo recálculo do valor do
incentivo financeiro da capitação ponderada ocorrerá na competência do Sistema Nacional de Cadastro de Estabelecimentos de
Saúde (SCNES) agosto do ano de 2020, com efeitos a partir da competência financeira setembro do ano de 2020.
SOBRE AS AÇÕES ESTRATÉGICAS
Artigo 12-H da Portaria nº 2.979/GM/MS, de 12 de novembro de 2019
I - Programa Saúde na Hora; XI.- Custeio para o ente federativo responsável pela gestão das
II- Equipe de Saúde Bucal (eSB); ações de Atenção Integral à Saúde dos Adolescentes em
III.- Unidade Odontológica Móvel (UOM); Situação de Privação de Liberdade;
IV.- Centro de Especialidades Odontológicas (CEO); XII.- Programa Saúde na Escola (PSE);
V - Laboratório Regional de Prótese Dentária (LRPD); XIII - Programa Academia da Saúde;
VI - Equipe de Consultório na Rua (eCR); XIV- Programas de apoio à
VII.- Unidade Básica de Saúde Fluvial (UBSF); informatização da APS;
VIII.- Equipe de Saúde da Família Ribeirinha (eSFR); XV.- Incentivo aos municípios com residência médica e
IX.- Microscopista; multiprofissional;
X.- Equipe de Atenção Básica Prisional (eABP); XVI.- Estratégia de Agentes Comunitários de Saúde (ACS); e
XVII - outros que venham a ser instituídos por meio de ato
normativo específico
SOBRE AS AÇÕES ESTRATÉGICAS
Dentre as ações, destaco a Portaria nº 2.983/GM/MS, de 11 de novembro de 2019, que institui
o Programa de Apoio à Informatização e Qualificação dos Dados da Atenção Primária à Saúde –
Informatiza APS, por meio da alteração das Portarias de Consolidação nº 5/GM/MS e nº
6/GM/MS, de 28 de setembro de 2017, disponível em https://www.in.gov.br/en/web/dou/-
/portaria-n-2.983-de-11-de-novembro-de-2019-227652196.

O uso de Prontuário Eletrônico pela Equipe, para a apresentação da produção, pode gerar um
montante de R$ 1.700,00 (município urbano ou intermediário adjacente) ou de R$ 2.000,00
(município intermediário remoto ou rural adjacente) ou de R$ 2.300,00 (município rural remoto)
por INE, ao mês, considerando as tipologias do município instituída pela Fundação IBGE.
SOBRE OS INDICADORES DE DESEMPENHO EM 2020
Portaria nº 1.740/GM/MS, de 10 de julho de 2020, estabelece o pagamento por desempenho
do Programa Previne Brasil considerando o resultado potencial de 100% (cem por cento) do
alcance dos indicadores por equipe do Distrito Federal e municípios constantes no Anexo da
Portaria nº 172/GM/MS, de 31 de janeiro de 2020, diante do contexto da emergência de saúde
pública de importância nacional e internacional decorrente do coronavírus (Covid-19), disponível
https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-1.740-de-10-de-julho-de-2020-266574629.

Parágrafo único do Artigo 2º da Portaria nº 1740/2020/GM/MS. Findo o prazo de que trata o caput, o novo recálculo do valor
do incentivo do pagamento por desempenho ocorrerá na competência do Sistema Nacional de Cadastro de Estabelecimentos de
Saúde (SCNES) dezembro do ano de 2020, com efeitos a partir da competência financeira janeiro do ano de 2021.
SOBRE OS INDICADORES DE DESEMPENHO EM 2020
Nota Técnica nº 5/2020-DESF/SAPS/MS, apresenta a forma de como se dará a análise dos
indicadores do desempenho do Programa Previne Brasil (2020), disponível
https://sisab.saude.gov.br/resource/file/nota_tecnica_indicadores_de_desempenho_200210.pdf

Os INDICADORES DE PAGAMENTO POR DESEMPENHO serão monitorados individualmente a


cada quadrimestre, e o cálculo do indicador sintético, medindo na mesma periodicidade. O valor
do incentivo financeiro do Pagamento por Desempenho para os municípios e Distrito Federal
será vinculado ao desempenho obtido pelo indicador sintético final e não pelos valores
individualizados pelos sete indicadores.
SOBRE OS INDICADORES DE DESEMPENHO EM 2020
INDICADOR 01. Proporçã o de gestantes com pelo menos 6 (seis) consultas pré-natal
realizadas, sendo a primeira até a 20º semana de gestaçã o
INDICADOR 02. Proporçã o de gestantes com realizaçã o de exames para sífilis e HIV
INDICADOR 03. Proporçã o de gestantes com atendimento odontoló gico realizado
INDICADOR 04. Cobertura de exame citopatoló gico
INDICADOR 05. Cobertura vacinal de Poliomielite inativada e Pentavalente
INDICADOR 06. Percentual de pessoas hipertensas com Pressã o Arterial
aferida em cada
semestre
INDICADOR 07. Percentual de diabé ticos com solicitaçã o de hemoglobina glicada
PRIMEIRO INDICADOR
Proporçã o de gestantes com pelo menos 6 (seis) consultas pré-natal realizadas, sendo a
primeira até a 20º semana de gestaçã o

1. Quantas e quais sã o as puérperas com CADASTRO DOMICILIAR e


INDIVIDUAL,
devidamente informado, coerente com o CADASTRO DO CIDADÃ O, no e-SUS AB?
2. Destas, quantas e quais sã o as puérperas que tiveram a primeira consulta de PRÉ -NATAL
ocorrida até a 20º semana de gestaçã o, informada no e-SUS AB?
3. Destas, quantas e quais sã o as puérperas que tiveram no mínimo 6 (seis) consultas de
PRÉ -NATAL, realizadas por médico ou enfermeiro, informadas no e-SUS AB?
PRIMEIRO INDICADOR
Proporçã o de gestantes com pelo menos 6 (seis) consultas pré-natal realizadas, sendo a
primeira até a 20º semana de gestaçã o

FÓRMULA DE CÁLCULO:
𝑛º 𝑑𝑒 𝑔𝑒𝑠𝑡𝑎𝑛𝑡𝑒𝑠 𝑐𝑜𝑚 6 𝑐𝑜𝑛𝑠𝑢𝑙𝑡𝑎𝑠 𝑝𝑟é − 𝑛𝑎𝑡𝑎𝑙, 𝑐𝑜𝑚 1º 𝑎𝑡é 20º 𝑠𝑒𝑚𝑎𝑛𝑎 𝑑𝑒 𝑔𝑒𝑠𝑡𝑎çã𝑜
𝑛º 𝑑𝑒 𝑔𝑒𝑠𝑡𝑎𝑛𝑡𝑒𝑠 𝑖𝑑𝑒𝑛𝑡𝑖𝑓𝑖𝑐𝑎𝑑𝑎𝑠
FONTE:
Sistema de Informaçõ es em Saú de para a Atençã o Bá sica – SISAB
Sistema de Informaçã o sobre Nascidos Vivos – SINASC
PARÂMETRO ≥ 80%
: 60%
META:
SOBRE ATENDIMENTO A GESTANTE NO e-SUS AB PEC
PRÉ-REQUISITO PARA DEFINIÇÃO DO DENOMINADOR
DOS INDICADORES RELACIONADOS A GESTANTE
SOBRE O ATENDIMENTO A
GESTANTE
PRIMEIRA CONSULTA DE PRÉ-NATAL

INFORMAR O MOTIVO DA CONSULTA


CÓDIGOS DO CIAP-2: W03 / W05 / W29 / W71 / W78 / W79 / W80 / W81 / W84 / W85 / W99
CÓDIGOS DO CID-10: O11, O120, O121, O122, O13, O140, O141, O149, O150, O151, O159, O16, O200, O208, O209, O210, O211, O212, O218, O219, O220, O221, O222, O223, O224, O225,
O228, O229, O230, O231, O232, O233, O234, O235, O239, O299, O300, O301, O302, O308, O309, O311, O312, O318, O320, O321, O322, O323, O324, O325, O326, O328, O329, O330, O331,
O332, O333, O334, O335, O336, O337, O338, O752, O753, O990, O991, O992, O993, O994, O240, O241, O242, O243, O244, O249, O25, O260, O261, O263, O264, O265, O268, O269, O280,
O281, O282, O283, O284, O285, O288, O289, O290, O291, O292, O293, O294, O295, O296, O298, O009, O339, O340, O341, O342, O343, O344, O345, O346, O347, O348, O349, O350, O351,
O352, O353, O354, O355, O356, O357, O358, O359, O360, O361, O362, O363, O365, O366, O367, O368, O369, O40, O410, O411, O418, O419, O430, O431, O438, O439, O440, O441, O460,
O468, O469, O470, O471, O479, O48, O995, O996, O997, Z640, O00, O10, O12, O14, O15, O20, O21, O22, O23, O24, O26, O28, O29, O30, O31, O32, O33, O34, O35, O36, O41, O43, O44,
O46, O47, O98, Z34, Z35, Z36, Z321, Z33, Z340, Z340, Z348, Z349, Z350, Z351, Z352, Z353, Z354, Z357, Z358, Z359

ISSO DEVE SE REPETIR EM TODA CONSULTA DE PRÉ-NATAL


SOBRE O ATENDIMENTO A
GESTANTE
PRIMEIRA CONSULTA DE PRÉ-NATAL

INFORMAR A DATA DA ÚLTIMA MENSTRUAÇÃO

INFORMAR OS DADOS ANTROPOMÉTRICOS

ISSO DEVE SE REPETIR EM TODA CONSULTA DE PRÉ-NATAL


SOBRE O ATENDIMENTO A
GESTANTE
PRIMEIRA CONSULTA DE PRÉ-NATAL

INFORMAR OS DADOS RELACIONADOS A SITUAÇÃO DA


GESTANTE, ESPECIALMENTE, REFERENTE A PA.
NO CASO DA INFORMAÇÃO DE “VACINAÇÃO EM DIA”,
RETRATAR SE TIVER CERTEZA DA INFORMAÇÃO.

AO AVALIAR QUALQUER QUE SEJA O EXAME, ESSE É O


LOCAL DE INFORMAÇÃO DO RESULTADO.

ISSO DEVE SE REPETIR EM TODA CONSULTA DE PRÉ-NATAL


PRIMEIRA CONSULTA DE PRÉ-NATAL SOBRE O ATENDIMENTO A
GESTANTE
AO REGISTRAR O ACOMPANHAMENTO, REALIZAR O
LEVANTAMENTO DO HISTÓRICO DA GESTANTE, TANTO
DE CIRURGIAS, QUANTO A INTERNAÇÃO, SE OCORRIDA
NOS ÚLTIMOS 12 MESES, ASSIM COMO OBSERVAÇÕES
HOSPITALARES. JUNTO A ESTA, APRESENTAR O
HISTORICO PESSOAL DE MORBIDADE E A CONDIÇÃO
FAMILIAR DE MORBIDADE DE PRIMEIRO GRAU
PRIMEIRA CONSULTA DE PRÉ-NATAL SOBRE O ATENDIMENTO A
GESTANT
E

É PRECISO INFORMAR NA PRIMEIRA


CONSULTA OS DADOS OBSTETRICOS
RELACIONADOS A GESTANTE – O SEU
HISTÓRICO OBSTÉTRICO
PRIMEIRA CONSULTA DE PRÉ-NATAL SOBRE O ATENDIMENTO A
GESTANTE

É PRECISO INFORMAR NA PRIMEIRA


CONSULTA TAMBÉM OS DADOS
REFERENTES AOS ANTECEDENTES
OBSTÉTRICOS E FAMILIARES
PRIMEIRA CONSULTA DE PRÉ-NATAL SOBRE O ATENDIMENTO A
GESTANTE

É PRECISO ATUALIZAR NA PRIMEIRA CONSULTA DE PRÉ-NATAL A INFORMAÇÃO DA GESTANTE – ISSO É NO ATO DA CONSULTA!
PRIMEIRA CONSULTA DE PRÉ-NATAL SOBRE O ATENDIMENTO A
GESTANTE
É PRECISO INFORMAR A CONDIÇÃO COMO GESTANTE (W78) OU NO
CASO DOS MÉDICOS – INFORMAR O CID-10 CORRESPONDENTE A
SITUAÇÃO DA GRAVIDEZ (Z34)

ISSO É NECESSÁRIO PARA HABILITAR O CAMPO DE PRÉ-NATAL QUE


SERÁ VISÍVEL NA PRÓXIMA CONSULTA

IMPORTANTE ABRIR O PLANO DE CUIDADOS, PARA ISSO, MAQUE A


“CAIXA” PARA INSERIR NA LISTA DE PROBLEMAS E CONDIÇÕES
ATIVAS, E ASSIM CONFIGURAR O PROCESSO DE PLANO DE
CUIDADOS DA GESTANTE. COM O FEITO A INFORMAÇÃO
PERMANECERÁ ATÉ A IDENTIFICAÇÃO DO FIM DA GESTAÇÃO
SOBRE O ATENDIMENTO A
GESTANTE
PRIMEIRA CONSULTA DE PRÉ-NATAL

AO INFORMAR, NOTIFICA-SE A ABERTURA DO PLANO


DE CUIDADOS COM A SEGUINTE MARCAÇÃO NA
ABA “PROBLEMAS / CONDIÇÕES AVALIADAS”
PRIMEIRA CONSULTA DE PRÉ-NATAL SOBRE O ATENDIMENTO A
GESTANTE
INFORME OS PROCEDIMENTOS QUE FORAM REALIZADOS DURANTE
A CONSULTA.

DESTACA-SE O FATO DE QUE A INFORMAÇÃO DE AFERIÇÃO DE


PRESSÃO ARTERIAL, ASSIM COMO A AVALIAÇÃO
ANTROPOMÉTRICA, E GLICEMIA CAPILAR JÁ ESTARÃO DESCRITOS.

ISSO DEVE SE REPETIR EM TODA CONSULTA DE PRÉ-NATAL


PRIMEIRA CONSULTA DE PRÉ-NATAL SOBRE O ATENDIMENTO A
GESTANTE
NA PRIMEIRA CONSULTA – DESTAQUE, PREFERENCIALMENTE, OS
EXAMES CORRESPONDENTES AO DO TRIMESTRE EM QUE ESTA SE
DEU – SEJA ELE, O QUE SE ESPERA, NO PRIMEIRO, OU NO
SEGUNDO OU NO TERCEIRO TRIMESTRE

PARA HABILITAR A ABA PARA INFORMAR A


SOLICITAÇÃO DOS EXAMES, CLICA NESTA ABA
SOBRE O ATENDIMENTO A
GESTANTE
PRIMEIRA CONSULTA DE PRÉ-NATAL
1
ESTA É A LISTA DOS EXAMES QUE – ACONSELHO – DEVEM
3 SER SOLICITADOS NA PRIMEIRA CONSULTA DE PRÉ-NATAL
4
EIS OS EXAMES QUE SOLICITADOS ASSEGURAM AS
2 CONDIÇÕES INICIAIS DAS VARIÁVEIS PARA O CÁLCULO DO
SEGUNDO INDICADOR DO PROGRAMA PREVINE BRASIL

OBS: PARA ADEQUAR AS CONDIÇÕES DO SEGUNDO


INDICADOR ESSES EXAMES DEVEM SER AVALIADOS
SOBRE O ATENDIMENTO A
GESTANTE

EXAMES QUE SÃO SOLICITADOS NO SEGUNDO


TRIMESTRE

EXAMES QUE SÃO SOLICITADOS NO TERCEIRO


TRIMESTRE
SOBRE O ATENDIMENTO A
GESTANTE

SOLICITAÇÕES ESPECÍFICAS REFERENTE A


SOROLOGIA DE HIV E DE SÍFILIS (VDRL)
CONSULTA DE PRÉ-NATAL SOBRE O ATENDIMENTO A
GESTANT
E

VER OS ATENDECEDENTES DE MORBIDADE E OS


FAMILIARES QUE CARACTERIZAM TAL CONDIÇÃO DE
MORBIDADE

ASSIM COMO O HISTÓRICO DE ENTRADAS HOSPITALARES


NOS ÚLTIMOS 12 MESES
CONSULTA DE PRÉ-NATAL SOBRE O ATENDIMENTO A
GESTANT
E

ATUALIZA OS DADOS OBSTÉTRICOS DA


PUÉRPERA
CONSULTA DE PRÉ-NATAL SOBRE O ATENDIMENTO A
GESTANTE
INFORMA O PROFISSIONAL QUE
REALIZOU OS PROCEDIMENTOS
JUNTO COM O QUE REALIZOU
O ATENDIMENTO

NO ATENDIMENTO DA EQUIPE DE SAÚDE TENDE A


INFORMAR O NOME DO TÉCNICO DE ENFERMAGEM

INFORMA O TIPO DE CONSULTA


QUE NO CASO É DE PRÉ-NATAL
NO DESFECHO, AGENDA PARA NOVA CONSULTA

AO FIM DO PROCESSO, FINALIZA A CONSULTA.

ISSO DEVE SE REPETIR EM TODA CONSULTA DE PRÉ-NATAL


SOBRE AS INFORMAÇÕES RELEVANTES NAS DEMAIS
CONSULTAS DE ACOMPANHAMENTO DA GESTANTE NO
e-SUS AB PEC E OS CRITÉRIOS PARA DEFINIÇÃO DO
PRIMEIRO INDICADOR
NA PRIMEIRA CONSULTA, QUANDO
SE ABRE O PLANO DE CUIDADOS
DE GRAVIDEZ, NAS CONSULTAS
SEGUINTES, FICA HABILITADO O
CARTÃO DE PRÉ-NATAL
POR MEIO DESSE CARTÃO, PODE-
SE IDENTIFICAR QUANDO SE DEU O
INÍCIO DO PRÉ-NATAL E QUANTAS
CONSULTAS FORAM REALIZADAS
DURANTE ESSE PERÍODO

ESSA INFORMAÇÃO EMITE A RESPOSTA PARA IDENTIFICAR


QUANTAS GESTANTES ESTÃO QUALIFICADAS NOS CRITÉRIOS
DO PRIMEIRO INDICADOR, QUE CORRESPONDE ÀQUELAS
QUE POSSUEM 06 (SEIS) OU MAIS CONSULTAS DE PRÉ-NATAL
REGISTRADAS NO e-SUS
REFORÇO
CONSULTA DE PRÉ-NATAL NAS CONSULTAS SEGUINTES, QUANDO SE
GERA O CAMPO “PRÉ-NATAL”, DEVE
INFORMAR OS DADOS PEDIDOS, A FIM DE
CARACTERIZAR O TIPO DE
ATENDIMENTO.
ENQUANTO HOUVER A MANIFESTAÇÃO DA CONDIÇÃO
GRAVIDEZ NO PLANO DE CUIDADO, NAS CONSULTAS SEGUINTES,
APÓS AQUELA QUE DEFINIU TAL CONDUTA, ESTARÁ DISPONÍVEL
A OBSERVAÇÃO PARA O DESFECHO DO PRÉ-NATAL, QUAL SERÁ
DETERMINANTE NA ALTA DO EPISÓDIO DE GRAVIDEZ
SOBRE A CONSULTA PUERPERAL NO e-SUS AB PEC E A
RELAÇÃO COM O PRIMEIRO INDICADOR
QUANDO SE FAZ A INFORMAÇÃO DO ENCERRAMENTO DA GRAVIDEZ PELA
INFORMAÇÃO DO PARTO, APARECE A SEGUINTE MENSAGEM DE ALERTA
QUANDO SE FAZ A INFORMAÇÃO DO ENCERRAMENTO DA GRAVIDEZ PELA
INFORMAÇÃO DO PARTO, APARECE A SEGUINTE MENSAGEM DE ALERTA

QUANDO SE FAZ A EXCLUSÃO DA CONDIÇÃO DE GRAVIDEZ (CIAP-2 =


W78 OU CID-10 = Z34) O SISTEMA ACUSA A SEGUINTE MENSAGEM
QUANDO SE FAZ A EXCLUSÃO DA CONDIÇÃO DE GRAVIDEZ (CIAP-2 =
W78 OU CID-10 = Z34) O SISTEMA ACUSA A SEGUINTE MENSAGEM
COM A INFORMAÇÃO DO PARTO
APRESENTADA, ABRE-SE UMA
NOVA ABA, ONDE IRÁ SE
INFORMAR QUANDO SE DEU A
DATA DO DESFECHO DA
ANTES DEPOIS

CÓDIGOS DE DESFECHO DE GRAVIDEZ PELO CIAP-2: W82 / W83 / W90 / W91 / W92 / W93
CÓDIGOS DE DESFECHO DE GRAVIDEZ PELO CID-10: O02, O03, O05, O06, O04, Z30.3, O80, Z37.0, Z37.9, Z38, Z39, Z37.1, Z37.9, O42, O45, O60, O61, O62, O63, O64, O65, O66, O67,
O68, O69, O70, O71, O73, O75.0, O75.1, O75.4, O75.5, O75.6, O75.7, O75.8, O75.9, O81, O82, O83, O84, Z37.2, Z37.5, Z37.9, Z38, Z39, O42, O45, O60, O61, O62, O63, O64, O65,
O66, O67, O68, O69, O70, O71, O73, O75.0, O75.1, O75.4, O75.5, O75.6, O75.7, O75.8, O75.9, O81, O82, O83, O84, Z37.1, Z37.3, Z37.4, Z37.6, Z37.7, Z37.9
EM SEGUIDA,
ATUALIZA OS
DADOS
OBSTÉTRICOS
DA PUÉRPERA E
AS CONDIÇÕES

RELACIONADAS
AS ENTRADAS
HOSPITALARES
NOS ÚLTIMOS
12 MESES
INFORMA A DATA DE RESOLUÇÃO DO PROBLEMA /
CONDIÇÃO ATIVA DO PACIENTE, COMO A DATA EM
QUE ACONTECEU O ENCERRAMENTO DA GESTAÇÃO,
DE TAL FORMA QUE O PROBLEMA INFORMADO
FIQUE NA COLUNA DOS “RESOLVIDOS”
É PRECISO ATUALIZAR NA CONSULTA DE PUERPÉRIO A INFORMAÇÃO ACIONANDO QUE A MULHER NÃO ESTÁ MAIS NA CONDIÇÃO
DE GESTANTE – ISSO É NO ATO DA CONSULTA!
INFORMA O PROFISSIONAL QUE REALIZOU
OS PROCEDIMENTOS JUNTO COM O QUE
REALIZOU O ATENDIMENTO

INFORMA O TIPO DE CONSULTA


QUE NO CASO É DE PUERICULTURA

NO DESFECHO ATESTA A “ALTA DO EPISÓDIO”

AO FIM DO PROCESSO, FINALIZA A CONSULTA.


SEGUNDO INDICADOR
Proporçã o de gestantes com realizaçã o de exames para sífilis e HIV

1. Quantas e quais sã o as gestantes com CADASTRO DOMICILIAR e


INDIVIDUAL,
devidamente informado, coerente com o CADASTRO DO CIDADÃ O, no e-SUS AB?
2. Destas, quantas e quais tiveram, o registro de AVALIAÇÃ O de SOROLOGIA PARA SÍFILIS e
PARA HIV, ou de realizaçã o de TESTE RÁ PIDO PARA SÍFILIS e PARA HIV, no e-SUS AB?
SEGUNDO INDICADOR
Proporçã o de gestantes com realizaçã o de exames para sífilis e HIV

FÓRMULA DE CÁLCULO:
𝑛º 𝑑𝑒 𝑔𝑒𝑠𝑡𝑎𝑛𝑡𝑒𝑠 𝑐𝑜𝑚 𝑠𝑜𝑟𝑜𝑙𝑜𝑔𝑖𝑎 𝑎𝑣𝑎𝑙𝑖𝑎𝑑𝑎 𝑜𝑢 𝑡𝑒𝑠𝑡𝑒 𝑟á𝑝𝑖𝑑𝑜 𝑟𝑒𝑎𝑙𝑖𝑧𝑎𝑑𝑜 𝑝𝑎𝑟𝑎 𝐻𝐼𝑉 𝑒 𝑆𝐼𝐹𝐼𝐿𝐼𝑆
𝑛º 𝑑𝑒 𝑔𝑒𝑠𝑡𝑎𝑛𝑡𝑒𝑠 𝑖𝑑𝑒𝑛𝑡𝑖𝑓𝑖𝑐𝑎𝑑𝑎𝑠
FONTE:
Sistema de Informaçõ es em Saú de para a Atençã o Bá sica – SISAB
Sistema de Informaçã o sobre Nascidos Vivos – SINASC
PARÂMETRO: ≥ 95%
META: 60%
SOBRE O ATENDIMENTO A GESTANTE NO e-SUS AB PEC
PARA A AVALIAÇÃO DOS EXAMES SOLICITADOS
TENDO COMO REFERÊNCIA OS DESCRITOS PARA O
SEGUNDO INDICADOR DO PROGRAMA PREVINE
BRASIL
CONSULTA DE PRÉ-NATAL
A INFORMAÇÃO DA AVALIAÇÃO DOS EXAMES
DEVE SER FEITA NESTE TÓPICO
DEVE INFORMAR A
DATA DE
SOLICITAÇÃO, DATA
DE REALIZAÇÃO E
DATA DO RESULTADO
DO TESTE, ASSIM
COMO DESCREVER O
RESULTADO DO EXAME
DEVE INFORMAR A DATA DE SOLICITAÇÃO, DATA DE
REALIZAÇÃO E DATA DO RESULTADO DO TESTE,
ASSIM COMO DESCREVER O RESULTADO DO EXAME
DEVE INFORMAR A DATA DE SOLICITAÇÃO, DATA DE
REALIZAÇÃO E DATA DO RESULTADO DO TESTE,
ASSIM COMO DESCREVER O RESULTADO DO EXAME
CASO DO TESTE RÁPIDO, DEVE INFORMAR A DATA
DE SOLICITAÇÃO, DATA DE REALIZAÇÃO E DATA DO
RESULTADO DO TESTE, ASSIM COMO DESCREVER O
RESULTADO DO EXAME, E NA ABA “PLANO”
INFORMAR A REALIZAÇÃO DO PROCEDIMENTO.
CASO DO TESTE RÁPIDO, DEVE INFORMAR A DATA
DE SOLICITAÇÃO, DATA DE REALIZAÇÃO E DATA DO
RESULTADO DO TESTE, ASSIM COMO DESCREVER O
RESULTADO DO EXAME, E NA ABA “PLANO”
INFORMAR A REALIZAÇÃO DO PROCEDIMENTO.
DEVE-SE INFORMAR A REALIZAÇÃO DO
PROCEDIMENTO DE TESTE RÁPIDO PARA
SÍFILIS (SIGTAP 02.14.01.007-4 – TESTE
RÁPIDO PARA SIFILIS OU 02.14.01.008-2 –
TESTE RÁPIDO PARA SIFILIS NA GESTANTE
OU PAI/PARCEIRO) E TESTE RÁPIDO PARA
HIV (SIGTAP 02.14.01.005-8 – TESTE RÁPIDO
PARA DETECÇÃO DE INFECÇÃO DE HIV OU
02.14.01.004-0 – TESTE RÁPIDO PARA
DETECÇÃO DE INFECÇÃO DE HIV NA
GESTANTE OU PAI/PARCEIRO)
O QUE MEDE O TERCEIRO INDICADOR?
Proporçã o de gestantes com atendimento odontoló gico realizado
Ficha de Qualificação dos Indicadores
O objetivo deste indicador é mensurar quantas
gestantes realizam o atendimento
odontológico, em relação a quantidade
estimada de gestante que o município possui,
OBJETIVO no intuito de incentivar o registro correto de
todos os usuários da APS mesmo que possa
afetar o resultado do indicador

PARÂMETRO >=95%

60%
META

PESO 2
TERCEIRO INDICADOR
Proporçã o de gestantes com atendimento odontoló gico realizado

1. Quantas e quais sã o as gestantes com CADASTRO DOMICILIAR e


INDIVIDUAL,
devidamente informado, coerente com o CADASTRO DO CIDADÃ O, no e-SUS AB?
2. Destas, quantas e quais tiveram consulta odontoló gica durante o período de PRÉ -NATAL,
informadas no e-SUS AB?
TERCEIRO INDICADOR
Proporçã o de gestantes com atendimento odontoló gico realizado

FÓRMULA DE CÁLCULO:
𝑛º 𝑑𝑒 𝑔𝑒𝑠𝑡𝑎𝑛𝑡𝑒𝑠 𝑐𝑜𝑚 𝑝𝑟é − 𝑛𝑎𝑡𝑎𝑙 𝑛𝑎 𝐴𝑃𝑆 𝑒 𝑎𝑡𝑒𝑛𝑑𝑖𝑚𝑒𝑛𝑡𝑜 𝑜𝑑𝑜𝑛𝑡𝑜𝑙ó𝑔𝑖𝑐𝑜
𝑛º 𝑑𝑒 𝑔𝑒𝑠𝑡𝑎𝑛𝑡𝑒𝑠 𝑖𝑑𝑒𝑛𝑡𝑖𝑓𝑖𝑐𝑎𝑑𝑎𝑠
FONTE:
Sistema de Informaçõ es em Saú de para a Atençã o Bá sica – SISAB
Sistema de Informaçã o sobre Nascidos Vivos – SINASC
PARÂMETRO: ≥ 90%
META: 60%
SOBRE A CONSULTA DE PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICA NO
e-SUS AB PEC E O TERCEIRO INDICADOR DO PROGRAMA
PREVINE BRASIL
INFORMAR NA ABA “OBJETIVO” A DATA DA ÚLTIMA
MENSTRUAÇÃO DA GESTANTE

INFORMAR NESTE MESMO ATO, OS DADOS


ANTROPOMÉTRICOS
INFORMAR NA ABA “AVALIAÇÃO” A CONDIÇÃO DA
MULHER COMO GRÁVIDA. PARA TANTO FAZ-SE USO
DO CÓDIGO DO CIAP-2 OU DO CID-10
INFORMAR O NOME DO
PROFISSIONAL QUE AUXILIOU
NO ATO DA CONSULTA – NO
CASO O AUXILIAR OU
TÉCNICO EM SAÚDE BUCAL

COM AS INFORMAÇÕES DO
ODONTOGRAMA E A
AVALIAÇÃO DA VIGILÂNCIA
EM SAÚDE BUCAL
REALIZADAS, FINALIZA-SE O
ATENDIMENTO
QUARTO INDICADOR
Cobertura de exame citopatoló gico

1. Quantas e quais sã o as mulheres, com idade entre 25 a 64 anos, possuem CADASTRO


DOMICILIAR e INDIVIDUAL, devidamente informado, coerente com o CADASTRO DO
CIDADÃ O, no e-SUS AB?
2. Destas, quantas e quais estã o com o registro de “COLETA DE
MATERIAL
CITOPATOLÓ GICO DE COLO DE Ú TERO” informado no e-SUS AB, nos ú ltimos 36 meses?
QUARTO INDICADOR
Cobertura de exame citopatoló gico

1. Quantas e quais sã o as mulheres, com idade entre 25 a 64 anos, possuem CADASTRO


DOMICILIAR e INDIVIDUAL, devidamente informado, coerente com o CADASTRO DO
CIDADÃ O, no e-SUS AB?
2. Destas, quantas e quais estã o com o registro de “COLETA DE
MATERIAL
CITOPATOLÓ GICO DE COLO DE Ú TERO” informado no e-SUS AB, nos ú ltimos 36 meses?
QUARTO INDICADOR
Cobertura de exame citopatoló gico

FÓRMULA DE CÁLCULO:
𝑛º 𝑑𝑒 𝑚𝑢𝑙ℎ𝑒𝑟𝑒𝑠 𝑑𝑒 25 𝑎 64 𝑎𝑛𝑜𝑠 𝑞𝑢𝑒 𝑟𝑒𝑎𝑙𝑖𝑧𝑎𝑟𝑎𝑚 𝑒𝑥𝑎𝑚𝑒 𝑐𝑖𝑡𝑜𝑝𝑎𝑡𝑜𝑙ó𝑔𝑖𝑐𝑜 𝑛𝑜𝑠 ú𝑙𝑡𝑖𝑚𝑜𝑠 3 𝑎𝑛𝑜𝑠
𝑛º 𝑑𝑒 𝑚𝑢𝑙ℎ𝑒𝑟𝑒𝑠 𝑑𝑒 25 𝑎 64 𝑎𝑛𝑜𝑠 𝑐𝑎𝑑𝑎𝑠𝑡𝑟𝑎𝑑𝑎𝑠
FONTE:
Sistema de Informaçõ es em Saú de para a Atençã o Bá sica – SISAB
Projeçã o populacional 2020 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE.
PARÂMETRO: ≥ 80%
META: 40%
SOBRE A INFORMAÇÃO PARA REGISTRO NO e-SUS AB
PEC PARA A CONFORMAÇÃO DO QUARTO INDICADOR
DO PROGRAMA PREVINE BRASIL
APRESENTA OS CÓDIGOS QUE
SINTETIZAM OS POSSÍVEIS
DIAGNÓSTICOS DE EVENTOS QUE
FORA IDENTIFICADO NO ATO DO
PROCEDIMENTO DE COLETA DE
MATERIAL CITOPATOLÓGICO
2

4
QUINTO INDICADOR
Cobertura vacinal de Poliomielite inativada e Pentavalente

1. Quantos e quais sã o as crianças menores de 01 ano, que possuem CADASTRO


DOMICILIAR e INDIVIDUAL, devidamente informado, coerente com o CADASTRO DO
CIDADÃ O, no e-SUS AB?
2. Destes, quantos e quais estã o com a informaçã o aplicaçã o da 3º dose de vacina inativada
contra poliomielite e da 3º dose da vacina Pentavalente, no sistema e-SUS AB?
QUINTO INDICADOR
Cobertura vacinal de Poliomielite inativada e Pentavalente

FÓRMULA DE CÁLCULO:
𝑛º 𝑑𝑒 3º 𝑑𝑜𝑠𝑒𝑠 𝑎𝑝𝑙𝑖𝑐𝑎𝑑𝑎𝑠 𝑑𝑒 𝑃𝑜𝑙𝑖𝑜 𝑒 𝑃𝑒𝑛𝑡𝑎 𝑒𝑚 𝑚𝑒𝑛𝑜𝑟𝑒𝑠 𝑑𝑒 1 𝑎𝑛𝑜
𝑛º 𝑑𝑒 𝑐𝑟𝑖𝑎𝑛ç𝑎𝑠 𝑚𝑒𝑛𝑜𝑟𝑒𝑠 𝑑𝑒 1 𝑎𝑛𝑜 𝑐𝑎𝑑𝑎𝑠𝑡𝑟𝑎𝑑𝑎𝑠
FONTE:
Sistema de Informaçõ es em Saú de para a Atençã o Bá sica – SISAB
Sistema de Informaçõ es do Programa Nacional de Imunizaçõ es – SIPNI
Sistema de Informaçã o sobre Nascidos Vivos – SINASC
PARÂMETRO ≥ 95%
: ≥ 95%
META:
SOBRE A INFORMAÇÃO PARA REGISTRO NO e-SUS AB
PEC PARA A CONFORMAÇÃO DO QUINTO INDICADOR DO
PROGRAMA PREVINE BRASIL
SOBRE A INFORMAÇÃO PARA REGISTRO NO e-SUS AB
PEC PARA A CONFORMAÇÃO DO QUINTO INDICADOR DO
PROGRAMA PREVINE BRASIL

REGISTRO DE LOTE NO e-SUS AB


PASSOS PARA O REGISTRO DO INDICADOR

1 1. REGISTRAR A ENTRADA NO IMUNOBIOLÓGICO


NO e-SUS AB
2. REGISTRO DA DOSE NO e-SUS AB A UM CIDADÃO
COM CADASTRO DOMICILIAR E INDIVIDUAL
DEVIDAMENTE ATUALIZADO
3. AO FIM DA COMPETÊNCIA, ATUALIZAR NO
SIPNI A
MOVIMENTAÇÃO DO IMUNOBIOLÓGICO

2
QUANDO SE EDITA, O
IMUNOBIOLÓGICO PODE SER:
1. INATIVADO
1 2. ATUALIZAR O LOTE
3. ATUALIZAR O FABRICANTE
4. ATUALIZAR A DATA
2 DE VENCIMENTO

EDITAR O IMUNO NOVAMENTE


EXCLUIR O IMUNO
3
1

EDITAR O IMUNO NOVAMENTE


EXCLUIR O IMUNO
3
SOBRE A INFORMAÇÃO PARA REGISTRO NO e-SUS AB
PEC PARA A CONFORMAÇÃO DO QUINTO INDICADOR DO
PROGRAMA PREVINE BRASIL

REGISTRO DE DOSE DO DIA NO e-SUS AB


INDICA QUE O PACIENTE NÃO FAZ PARTE DO MUNICÍPIO DO PROCEDIMENTO
CORRESPONDE A INCLUSÃO DE OUTROS IMUNOS QUE NÃO ESTÃO LISTADOS
AUTOMATICAMENTE NO CALENDÁRIO VACINAL DO SISTEMA
O OBJETIVO DO INDICADOR ESSENCIALMENTE
É O CARTÃO DA CRIANÇA MENOR DE 01 ANO
ATUALIZADO. TENDO COMO REFERÊNCIA O
ESQUEMA DE PENTA E DE VIP
CASO TENHA ACONTECIDO
ALGUM ERRO DE REGISTRO
NESTE ITEM HÁ COMO REEDITAR
A DOSE INFORMADA

SE NO DIA - DOSE DO DIA


SE O ERRO FOI PERCEBIDO EM OUTRO MOMENTO - REGISTRO ANTERIOR.
SOBRE A INFORMAÇÃO PARA REGISTRO NO e-SUS AB
PEC PARA A CONFORMAÇÃO DO QUINTO INDICADOR DO
PROGRAMA PREVINE BRASIL

REGISTRO DE DOSE ANTERIOR NO e-SUS AB


O OBJETIVO DO INDICADOR ESSENCIALMENTE
É O CARTÃO DA CRIANÇA MENOR DE 01 ANO
ATUALIZADO. TENDO COMO REFERÊNCIA O
ESQUEMA DE PENTA E DE VIP
SOBRE A INFORMAÇÃO PARA REGISTRO NO e-SUS AB
PEC PARA A CONFORMAÇÃO DO QUINTO INDICADOR DO
PROGRAMA PREVINE BRASIL

REGISTRO DA MOVIMENTAÇÃO DO IMUNOBIOLÓGICO NO SIPNI


LEMBRANDO…
SIPNI PERMANECE COMO SISTEMA DE REFERÊNCIA PARA REGISTRO DE DOSE E
MOVIMENTAÇÃO DE IMUNOBIOLÓGICOS PARA:

● CENTROS DE REFERÊNCIA PARA IMUNOBIOLÓGICOS ESPECIAIS


● HOSPITAIS, MATERNIDADES E POLICLÍNICAS COM SERVIÇO DE VACINAÇÃO
● VACINAÇÃO DA SAÚDE INDÍGENA
● REDE PRIVADA COM SERVIÇOS DE VACINAÇÃO

PARA AS EQUIPES VINCULADAS A ATENÇÃO PRIMÁRIA A SAÚDE, O SIPNI É UTILIZADO,


ESSENCIALMENTE, PARA A AVALIAÇÃO DOS RELATÓRIOS E MOVIMENTAÇÃO DE
IMUNOBIOLÓGICOS, ASSIM COMO OUTRAS FUNÇÕES QUE TAMBÉM SÃO COMPARTILHADAS
COM O e-SUS AB, MAS, ESPECIALMENTE, A PARTIR DE AGOSTO DE 2020, NÃO SERÁ MAIS
ADOTADO COMO SISTEMA DE REFERÊNCIA PARA IDENTIFICAR REGISTRO DE DOSE, PARA
ESTAS.
ESSENCIALMENTE, APÓS O ENVIO DOS REGISTROS DE DOSE NO e-SUS AB, QUER SEJAM ELAS
PROVENIENTES DO e-SUS AB CDS, OU DO e-SUS AB PEC, OU AINDA DE UM SISTEMA PRÓPRIO

É FUNDAMENTAL QUE ACONTEÇA, ATÉ O 5º DIA ÚTIL DO MÊS, SUBSEQUENTE A


COMPETÊNCIA DE ANÁLISE DA PRODUÇÃO, QUE SEJA REALIZADA NO SIPNI, SEJA ELE WEB
OU DESKTOP, A MOVIMENTAÇÃO DOS IMUNOBIOLÓGICOS.
REFORÇ
O
A MOVIMENTAÇÃO NO SIPNI DEPENDE DO REGISTRO DE ENTRADA DO IMUNOBIOLÓGICO
NO e-SUS AB, NA MÁQUINA QUE RECEBE OS LOTES DAQUELES QUE USAM O e-SUS AB CDS,
OU SISTEMA PRÓPRIO, OU NAQUELA QUE ESTÁ MONTADA NA SALA DE VACINA, OU
NAQUELE QUE É O SERVIDOR DA EQUIPE, OU DO MUNICÍPIO. DEVE SER DADA A ENTRADA
DO IMUNOBIOLÓGICO NA SALA DE VACINA DA MÁQUINA EM QUE FOI REGISTRADA A DOSE
DA VACINA. ISSO É FUNDAMENTAL. E O MESMO VALE AOS CADASTROS DOS VACINADOS.
LEMBRANDO…
1. A INFORMAÇÃO DA MOVIMENTAÇÃO
CORRESPONDE A FRASCOS.
2. TODOS AQUELES QUE HOUVE
ENTRADA NO e-SUS AB, DEVEM SER
APRESENTADOS NA MOVIMENTAÇÃO.
3. CASO CONTRÁRIO, CONSIDERE A
PERCA DO REGISTRO DE PRODUÇÃO
DA DOSE NO e-SUS AB
SENDO REALIZADOS OS PASSOS:

1. ENTRADA DO IMUNOBIOLÓGICO NA SALA DE VACINA DO e-SUS AB


2. INFORMADO O REGISTRO DE DOSE, DE UM IMUNOBIOLÓGICO DEVIDAMENTE CADASTRADO NA
SALA, A UM CIDADÃO, DEVIDAMENTE CADASTRADO NO BANCO DE REGISTRO, DESTA SALA.
3. TENDO REALIZADA A MOVIMENTAÇÃO, NO SIPNI, DA SALA DE VACINA EM QUE ACONTECEU O
REGISTRO SUPRACITADO

ESPERA-SE, APÓS O 15º DIA ÚTIL DO MÊS SUBSEQUENTE A COMPETÊNCIA DE REGISTRO, A


AVALIAÇÃO DOS RELATÓRIOS DE PRODUÇÃO NO SIPNI, OS QUAIS SÃO UTILIZADOS COMO
REFERÊNCIA PARA DEFINIÇÃO DOS INDICADORES DE VACINAÇÃO.
OS DADOS DOS RELATÓRIOS EM QUESTÃO SÃO PROVENIENTES DA PRODUÇÃO APROVADA NO
e-SUS AB. OS CRITÉRIOS PARA SEREM VISUALIZADOS, REFORÇO, SÃO:

● CADASTRO DOMICILIAR E INDIVIDUAL ATUALIZADOS E CONSISTIDOS


● REGISTRO DE PRODUÇÃO VALIDADA
● REGISTRO DE ENTRADA NO e-SUS AB E DE MOVIMENTAÇÃO DO IMUNOBIOLÓGICO NO
SIPNI
SEXTO INDICADOR
Percentual de pessoas hipertensas com Pressã o Arterial aferida em cada semestre

1. Quantos e quais sã o os hipertensos que possuem CADASTRO DOMICILIAR e INDIVIDUAL,


devidamente informado, coerente com o CADASTRO DO CIDADÃ O, no e-SUS AB?
2. Destes, quantos e quais estã o com a informaçã o de que possuíram a sua Pressã o Arterial
aferida, ou validada, no ú ltimo quadrimestre, por mé dico ou enfermeiro, no e-SUS AB?
SEXTO INDICADOR
Percentual de pessoas hipertensas com Pressã o Arterial aferida em cada semestre

FÓRMULA DE CÁLCULO:
𝑛º 𝑑𝑒 ℎ𝑖𝑝𝑒𝑟𝑡𝑒𝑛𝑠𝑜𝑠 𝑐𝑜𝑚 𝑃𝐴 𝑎𝑓𝑒𝑟𝑖𝑑𝑎 𝑠𝑒𝑚𝑒𝑠𝑡𝑟𝑎𝑙𝑚𝑒𝑛𝑡𝑒 𝑛𝑜𝑠 ú𝑙𝑡𝑖𝑚𝑜𝑠 12 𝑚𝑒𝑠𝑒𝑠
𝑛º 𝑑𝑒 ℎ𝑖𝑝𝑒𝑟𝑡𝑒𝑛𝑠𝑜𝑠 𝑖𝑑𝑒𝑛𝑡𝑖𝑓𝑖𝑐𝑎𝑑𝑜𝑠
FONTE:
Sistema de Informaçõ es em Saú de para a Atençã o Bá sica – SISAB
Pesquisa Nacional de Saú de – PNS 2013
PARÂMETRO: ≥ 90%
META: 50%
SOBRE A INFORMAÇÃO PARA REGISTRO NO e-SUS AB
PEC PARA A CONFORMAÇÃO DO SEXTO INDICADOR DO
PROGRAMA PREVINE BRASIL
1

3
SÉTIMO INDICADOR
Percentual de diabéticos com solicitaçã o de hemoglobina glicada

1. Quantos e quais sã o os diabéticos que possuem CADASTRO DOMICILIAR e INDIVIDUAL,


devidamente informado, coerente com o CADASTRO DO CIDADÃ O, no e-SUS AB?
2. Destes, quantos e quais estã o com a informaçã o de que possuem solicitaçã o de
realizaçã o de exame de hemoglobina glicada, nos ú ltimos 12 meses, por médico ou
enfermeiro, no e-SUS AB?
SÉTIMO INDICADOR
Percentual de diabéticos com solicitaçã o de hemoglobina glicada

FÓRMULA DE CÁLCULO:
𝑛º 𝑑𝑒 𝑑𝑖𝑎𝑏é𝑡𝑖𝑐𝑜𝑠 𝑐𝑜𝑚 𝑠𝑜𝑙𝑖𝑐𝑖𝑡𝑎çã𝑜 𝑑𝑒 𝐻𝑏𝐴1𝑐 𝑛𝑜𝑠 ú𝑙𝑡𝑖𝑚𝑜𝑠 12 𝑚𝑒𝑠𝑒𝑠
𝑛º 𝑑𝑒 𝑑𝑖𝑎𝑏é𝑡𝑖𝑐𝑜𝑠 𝑖𝑑𝑒𝑛𝑡𝑖𝑓𝑖𝑐𝑎𝑑𝑜𝑠
FONTE:
Sistema de Informaçõ es em Saú de para a Atençã o Bá sica – SISAB
Pesquisa Nacional de Saú de – PNS 2013
PARÂMETRO: ≥ 90%
META: 50%
SOBRE A INFORMAÇÃO PARA REGISTRO NO e-SUS AB
PEC PARA A CONFORMAÇÃO DO SÉTIMO INDICADOR DO
PROGRAMA PREVINE BRASIL
2

1 3

4
PROPOSTA DE PLANEJAMENTO PARA ALCANCE DOS
INDICADORES DO PROGRAMA PREVINE BRASIL
SOBRE OS INDICADORES DE DESEMPENHO
QTD PARAMETRO META PESO
INDIC ESTIMAR METAS PARA ALCANÇAR OS INDICADORES (a) PREVISTO ESPERADO PREVISTO ESPERADO (f)
(b) (c) (d) (e)
A1 80% 60% 01
A2 TOTAL DE GESTANTES CADASTRADAS 95% 60% 01
A3 90% 60% 02
A4 TOTAL DE MULHERES DE 25 A 64 ANOS CADASTRADAS 80% 40% 01
A5 TOTAL DE CRIANÇAS MENORES DE 01 ANO CADASTRADOS 95% 95% 02
A6 TOTAL DE HIPERTENSOS CADASTRADOS 90% 50% 02
A7 TOTAL DE DIABÉTICOS CADASTRADOS 90% 50% 01
INDICADOR SINTÉTICO 90% 62% 10

𝐴1 ∗ 1 + 𝐴2 ∗ 1 + (𝐴3 ∗ 2) + (𝐴4 ∗ 1) + (𝐴5 ∗ 2) + (𝐴6 ∗ 2) + (𝐴7 ∗ 1)


𝐼𝑁𝐷𝐼𝐶𝐴𝐷𝑂𝑅 𝑆𝐼𝑁𝑇É𝑇𝐼𝐶𝑂 𝐹𝐼𝑁𝐴𝐿 =
10
VARIÁVEIS VALOR
- GESTANTES COM 1º CONSULTA ATÉ A 20º SEMANA
- GESTANTES COM ATÉ 06 CONSULTAS DE PRÉ-NATAL
- PUÉRPERAS COM ATÉ 06 CONSULTAS DE PRÉ-NATAL, SENDO A PRIMEIRA, ANTES DA 20º SEMANA DE GESTAÇÃO
- GESTANTES COM SOROLOGIA PARA SÍFILIS SOLICITADA
- GESTANTES COM SOROLOGIA PARA SÍFILIS AVALIADA
- GESTANTES COM TESTE RÁPIDO PARA SÍFILIS SOLICITADO
- GESTANTES COM TESTE RÁPIDO PARA SÍFILIS AVALIADO
- GESTANTES COM SOROLOGIA PARA HIV SOLICITADO
- GESTANTES COM SOROLOGIA PARA HIV AVALIADO
- GESTANTES COM TESTE RÁPIDO PARA HIV SOLICITADO
- GESTANTES COM TESTE RÁPIDO PARA HIV AVALIADO
- GESTANTES COM ATENDIMENTO ODONTOLÓGICO REALIZADO
- MULHERES DE 25 A 64 ANOS COM EXAME DE CITOPATOLÓGICO DE COLO DE ÚTERO SOLICITADO
- MULHERES DE 25 A 64 ANOS COM COLETA CITOPATOLÓGICA DE COLO DE ÚTERO
- MULHERES DE 25 A 64 ANOS COM EXAME DE CITOPATOLÓGICO DE COLO DE ÚTERO AVALIADO
- CRIANÇAS COM 3º DOSE DA POLIO INATIVADA REGISTRADA
- CRIANÇAS COM 3º DOSE DA PENTAVALENTE REGISTRADA
- CRIANÇAS COM 3º DOSE DA PENTAVALENTE E 3º DOSE DE POLIOMIELITE INATIVADA REGISTRADA
- CRIANÇAS COM CALENDÁRIO VACINAL ATUALIZADO
- HIPERTENSOS COM PRESSÃO ARTERIAL AFERIDA OU VALIDADA POR MÉDICO OU ENFERMEIRO
- DIABETICOS COM SOLICITAÇÃO DE HEMOGLOBINA GLICOLISADA SOLICITADA
- DIABETICOS COM SOLICITAÇÃO DE HEMOGLOBINA GLICOLISADA AVALIADA
CONSELHOS
1. Implantem, se possível, o cená rio 06 do e-SUS AB. Caso nã o seja, promovam condiçõ es
para que a informaçã o seja apresentada dentro do período instituído pela Portaria nº
135/GM/MS, de 21 de janeiro de 2020.
2. Atualizem os cadastros de toda a populaçã o em seu banco local E virtual (CIDADÃ O).
3. Apresentam a produçã o no sistema conforme os protocolos ministeriais adotados, para
identificaçã o de registro, e considerando as circunstâ ncias do atendimento, utilizando
preferencialmente, o e-SUS AB PEC, via SOAP, para registro.

Assim, esperam-se bons frutos em seu desempenho de produçã o.


OBRIGADO!
Elton Cleberton Ferreira
elton@cosemsce.org.br
eventos@cosemsce.org.br

ascom@cosemsce.org.br

Você também pode gostar