Você está na página 1de 17

ENG ELÉTRICA

ACIONAMENTOS ELÉTRICOS
AULA 03
PROF: ROGÉRIO GUSMÃO

DIMENSIONAMENTO E APLICAÇÃO DE DISPOSITIVOS


PARA ACIONAMENTO DE MOTORES ELÉTRICOS:
DISJUNTORES E RELES
RELÉ TERMICO

• A função do Relé bimetálico é atuar desligando o motor antes que o limite de


deterioração seja atingido.
• O relé assume a proteção contra sobrecarga das cargas elétricas (motores),
dos condutores de alimentação e dos outros dispositivos de manobra.
RELÉ TERMICO

• Principio de funcionamento:
• O aquecimento excessivo de uma das duas extremidades do par
bimetálico irá provocar o curvamento da sua outra extremidade,
acarretando em um pequeno movimento físico,
aproveitado para acionar (movimentar) os contatos do relé.
RELÉ TÉRMICO
RELÉ TÉRMICO

• Partes constituintes do relé de sobrecarga


•  Botão embutido e giratório. Ajusta a corrente nominal da carga.
•  Botão VERDE, pressionável → RESET←
• Botão VERMELHO, pressionável →STOP←
•  Um contato auxiliar ou de comando NC ou NF – Contato tipo fechado
em repouso,com numeração 95 - 96. 
• Um contato auxiliar ou de comando NO ou NA – Contato tipo aberto em
repouso, com numeração 97 - 98.
RELÉ TÉRMICO
• Simbologia
DISJUNTOR MOTOR
O disjuntor motor é um dispositivo desenvolvido para a proteção de
motores, podem ser construídos apenas para a proteção de curto-circuito
(magnéticos) ou termomagnético (curto-circuito e sobrecarga). Possui knob
(botão) para o ajuste na proteção de sobrecarga (térmico), este ajuste térmico
possibilita uma melhor atuação no caso de sobrecarga em relação a
disjuntores com a variável térmica fixa.
DISJUNTOR MOTOR

Os disjuntores motores são dispositivos aplicados simultaneamente à


proteção e manobra e exercem as funções a seguir:
1. São empregados para efetuar a proteção elétrica do circuito com a
detecção de sobrecorrentes e da abertura do circuito.
2. Permitem comandar, por meio da abertura e fechamento voluntário sob
cargas, os circuitos onde são instalados.
DISJUNTOR MOTOR X DISJUNTOR CONVENCIONAL

Exemplo: Motor trifásico de 3CV IV polos 220V, carcaça 90L. Corrente nominal (In) de
8,18A (catálogo WEG).
Disjuntor de 10A classe C (faixa de atuação de corrente de curto de 5 a 10 vezes a
corrente nominal) ou classe D (faixa de atuação de corrente de curto acima de 10 vezes
a corrente nominal)
Disjuntor Motor WEG (MPW16-3-U010) ajustando o térmico em 8,5A.
Disjuntor Motor Siemens (3RV10 11-1JA10) ajustando o térmico em 8,5A.
Para ambos os disjuntores motores a atuação da sobrecarga ocorrerá a partir de 8,5A,
enquanto que para o disjuntor convencional a partir de 10A, ou seja, o ajuste do térmico
dos disjuntores motores permite a atuação da proteção para valores próximos da
nominal do motor.
DISJUNTOR MOTOR

Características Básicas:
Diferentemente dos fusíveis, os disjuntores motores apresentam atuação
multipolar, evitando a operação desequilibrada nos equipamentos trifásicos, como
acontece com os fusíveis, que na ocorrência da queima, apenas um elementos se
rompe.
Possibilitam grande faixa de escolha de correntes nominais, e em muitos casos
permitem ainda ajustes nos disparadores, o que possibilita ampliação na margem
de escolha e simplifica a coordenação com outros dispositivos de proteção.
Possuem a vantagem da operação repetitiva, ou seja, podem ser religados após sua
atuação, sem que substituições sejam necessárias.
DISJUNTOR MOTOR
Características Básicas:
Este dispositivo tem a capacidade de desligar e ligar o motor do circuito de forma
manual pelo painel de controle, além de protege-lo contra curto-circuito, sobrecarga
e falta de fase, conforme já mencionado, problemas que podem ocorrer a qualquer
momento por diversos fatores e com isso o uso desse tipo de disjuntor dispensa o
uso de fusíveis de proteção no circuito do motor.
Sua aplicação no circuito de proteção do motor possibilita economia com fusíveis e
fornece maior confiabilidade a proteção para o motor, pois pode atuar em
milissegundos contra um curto-circuito.
Possuem alta capacidade de interrupção, permitindo sua utilização mesmo em
instalações com elevado nível de corrente de curto-circuito.
DISJUNTOR MOTOR
Princípio de Funcionamento:
Interrompe a passagem de corrente ao ocorrer uma sobrecarga através do
disparo térmico ou curto-circuito através do disparo eletromagnético.
Sobrecarga: corrente superior a corrente nominal, que durante um período
prolongado pode danificar o cabo condutor e o equipamento a ser protegido.
A proteção contra sobrecarga baseia-se no principio da dilatação de duas
laminas de metais distintos, com coeficientes de dilatação diferentes. Ao
ocorrer uma sobrecarga, o sistema de lâminas deformam-se (efeito térmico)
sob o calor desligando o circuito.
DISJUNTOR MOTOR
• Tabela WEG
DISJUNTOR MOTOR

• SIMBOLOGIA
DISJUNTOR MOTOR

• Dimensionamento:
O Disjuntor motor deve ser dimensionado pela corrente nominal do motor
que irá proteger.
Para um motor de 5cv, por exemplo, cuja corrente nominal (In) seja de 13,8
A, teremos:
Utilizando a tabela de disjuntor motor WEG temos: MPW16-3-U016.
DISJUNTOR MOTOR
Princípio de Funcionamento:

Já a proteção contra curto-circuito se dá por meio de dispositivo magnético,


como acontece com qualquer outro disjuntor de proteção, que vem a desligar
o circuito de modo quase instantâneo quando uma corrente muito alta é
detectada e, depende da curva de resposta do dispositivo.
São ajustados ao valor nominal do motor, no entanto, durante a partida do
motor ele permitirá a passagem da corrente e não efetuará qualquer disparo,
já que também segue as curvas de partida e operação de motor.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Você também pode gostar