Você está na página 1de 7

AUTORIA

Erica Santos
Everson Oliveira
Rodrigo Silva

LOCAL E DATA
Santa Inês – BA
2021

A VIDA BREVE E
INTENSA DE
VYGOTSKY
A VIDA DE VYGOTSKY

Lev S.emenovich Vygotsky nasceu na


cidade de Orsha, uma cidade pequena
na Bielo-Rússia, no ano de 1896.
Com 28 anos casou-se com Roza
Smekhova, e teve duas filhas.
No ano de 1934 faleceu em Moscou,
no dia 11 de junho, vítima de
tuberculose, doença que ele já tinha há
11 anos.
PERCURSO
INTELECTUAL
Como a sua mãe era professora Vygotsky já tinha uma referencia
educacional dentro de sua casa.
Até os 15 anos de idade não frequentou escolas, sua educação foi
domiciliar, com auxílio de tutores.
Com 17 anos completou o curso secundário e
em seguida no ano de 1914 a 1917 estudou
Literatura e Direito, na Universidade de
Moscou.
O trabalho que apresentou no final do curso
foi um estudo de Hamlet de Shakespeare.
Além disso, no mesmo período em que
cursava a Universidade de Moscou,
Vygotsky também participava de cursos de
História e Filosofia Universidade Popular
de Shanyavskii. Porém, não recebeu
nenhum título acadêmico por isso.
Alguns anos depois fez cursos na Faculdade
de Medicina, por ter interesse em
compreender o desenvolvimento
psicológico do ser humano, especialmente
anormalidades, físicas e mentais.
Vygotsky iniciou sua carreira aos 21 anos e seu percurso intelectual foi
marcado pela interdisciplinaridade, pois transitou por diversos assuntos.
Já seu interesse pela psicologia acadêmica surgiu com o seu contato no
trabalho de formação de professores com crianças com defeitos
congênitos.
QUADRO COMPARATIVO
DIFERENÇAS PIAGET VYGOTSKY
Papel dos fatores internos e Ele priorizava a maturação biológica, por acreditar que fatores internos Ele acreditava que o ambiente social, reconhece que, se variando
externos no preponderam sobre os externos. O desenvolvimento segue uma sequência esse ambiente, o desenvolvimento também variará. O
desenvolvimento fixa e universal de estágios. desenvolvimento humano não segue uma visão única e universal.

Processo de construção real Para Piaget, os conhecimentos são elaborados de forma espontânea pela Na opinião de Vygotsky a construção do conhecimento procede do
criança de acordo com o seu estágio de desenvolvimento, ou seja, a visão individual para o social, ou seja, a criança já nasce num mundo
particular e egocêntrica social e desde aí se forma uma visão do mundo através da
Que as crianças mantem sobre o mundo vai se aproximando interação com adultos e crianças maiores. A construção é a medida
progressivamente a concepção de adulto. pelo interpessoal antes de ser internalizada pela criança.

Papel da aprendizagem Piaget acreditava que a criança adquiria o conhecimento conforme ela fosse Para Vygotsky a aprendizagem tinha um papel muito importante em
se desenvolvendo e que a aprendizagem subornava esse processo, tendo relação ao desenvolvimento do indivíduo, por isso ele valoriza
como consequência a minimização da interação social. amaneira lúdica de ensino. Portanto, para ele quanto mais se
aprende mais se desenvolve.

Papel da linguagem no Segundo Piaget, o pensamento aparece antes da linguagem, que apenas é Para Vygotsky o pensamento e a linguagem são processos
desenvolvimento; uma das suas formas de expressão. A formação do pensamento depende, interdependentes, desde o início da vida. A aquisição da linguagem
Relação entre a linguagem e o basicamente, da coordenação dos esquemas sensor motores e não da pela criança modifica suas funções mentais superiores: ela dá uma
pensamento linguagem. A linguagem só pode ocorrer depois que a criança já alcançou forma definida ao pensamento, possibilita o aparecimento da
um determinado nível de habilidades mentais ela possibilita à criança imaginação, o uso da memória e o planejamento da ação. Neste
evocar um objeto ou acontecimento ausente na comunicação de conceitos. sentido, a linguagem, diferentemente daquilo que Piaget postula,
Piaget então estabeleceu uma clara separação entre as informações que sistematiza a experiência direta das crianças e por isso adquire uma
podem ser passadas por meio da linguagem e os processos que não função central no desenvolvimento cognitivo, reorganizando os
parecem sofrer qualquer influência dela. Este é o caso das operações processos que nele estão em andamento
cognitivas que não podem ser trabalhadas por meio de treinamento
específico feito com o auxílio da linguagem. Por exemplo, não se pode
ensinar, apenas usando palavras, a classificar, a seriar, a pensar com
responsabilidade.
 
DE OLIVEIRA, K. Vygotsky e o processo de formação
de conceitos. La Taille y otros. Piaget, Vygotsky,
Wallon: teorias psicogenéticas em discussão, p. 23-34,
1992.

REGO, Teresa Cristina. VYGOTSKY, Uma


perspectiva histírico-cultural da educação, Petrópolis,
1995.

DANIELS, Harry. Vygotsky e a pedagogia. Edições


Loyola, 2003.

Você também pode gostar