Você está na página 1de 28

Alergia

Alergia: O que é?
• A alergia é uma reacção anormal do organismo que responde
de forma exagerada ao entrar em contacto com substâncias
provenientes do exterior a que normalmente a maioria das
pessoas não reagem.
• Estas substâncias chamam-se alergénios.
Alergia: O que é?
• Uma reacção alérgica é então uma tentativa de defesa
exagerada ou de hipersensibilidade do sistema imunológico,
que ocorre em pessoas geneticamente predispostas, às quais
chamamos atópicos ou alérgicos.
• Não se sabe muito bem porquê alguns indivíduos alérgicos o
são a umas ou outras substâncias (alérgenos), como pólenes,
ácaros, alimentos, epitélios de animais, fármacos ou produtos
industriais.
Rinite alérgica
Rinite alérgica: O que é?
• A rinite alérgica é uma doença muito frequente, tanto nos
adultos como nas crianças.
• A rinite alérgica é causada pela exposição da mucosa nasal a
agentes alergénios a que o doente se sensibilizou.
Rinite alérgica: Sintomas
• Os principais sintomas de rinite alérgica são:
• Espirros; 
• Comichão nasal persistente;
• Pingo do nariz alternando com o nariz entupido; 
• Dificuldade na perceção dos odores. 
Rinite alérgica: Sintomas
• Estes sintomas mais comuns podem acompanhar-se
de prurido ou comichão na garganta, nos ouvidos e olhos. 
• Nos casos mais graves, a rinite alérgica pode associar-se
a hemorragias nasais frequentes ou a tosse frequente.
Rinite alérgica: Sintomas
• Nas crianças e adolescentes a rinite afeta a qualidade de
vida de forma significativa, com:
• Perturbações de sono; 
• Despertares frequentes durante a noite devido ao bloqueio nasal
intenso; 
• Secura da orofaringe. 
• Tudo isto se reflete na capacidade de aprendizagem e um
maior cansaço no dia-a-dia.
Rinite alérgica: Etiologia
(Causas)
• As principais causas de rinite são:
• Exposição a pó doméstico,
• Exposição a pólenes, 
• Exposição a pelos de animais,
• Manifestações de rinite no contexto de alergia a medicamentos
ou a alimentos.
Rinite alérgica: Tratamento
• Identificar quais os agentes causadores;
• Medidas de higiene e controle ambiental;
• Tratamento com fármacos como anti-histamínicos e/ou
corticoides nasais e/ou antileucotrienos;
• Vacinas antialérgicas.
Rinite alérgica
• Uma boa gestão da rinite alérgica é fundamental para manter
a doença controlada, reduzir os sintomas e manter a
qualidade de vida.
Urticária
Urticária
• A urticária consiste em inchaços avermelhados, levemente
salientes, que dão prurido.
• O prurido pode ser grave.
• A urticária possui bordas definidas e pode ter uma parte
central pálida.
• Tipicamente, os surtos de urticária aparecem e desaparecem.
• A urticária pode permanecer durante várias horas e
desaparecer, surgindo novamente em qualquer outro local do
corpo.
Urticária
• Depois de a urticária desaparecer, a pele geralmente fica com
aspeto completamente normal.
• O inchaço é causado pela liberação de substâncias químicas
(como a histamina) da pele, que causam a libertação
temporária de líquido para fora dos pequenos vasos
sanguíneos.
Urticária: Tipos
• A urticária aguda é causada com mais frequência por
• Reações alérgicas
• Reações não alérgicas
• A urticária crónica é causada com mais frequência por
• Quadros clínicos não identificados (idiopáticos)
• Doenças autoimunes
Urticária: Sinais de alerta
• Certos sintomas e características devem receber uma atenção
especial:
• Inchaço do rosto, dos lábios, da garganta, da língua ou das vias
respiratórias (angioedema)
• Dificuldade para respirar, incluindo sibilos
• Urticária de cor profunda, que se torna uma ferida aberta, ou que
persiste por mais de 48 horas
• Febre, gânglios linfáticos inchados, icterícia, perda de peso e
outros sintomas de um distúrbio que pode atingir o corpo inteiro
(sistémico)
Dermatite de
Contacto
• Dermatite de contacto (uma erupção alérgica resultante do
contacto direto com uma substância em particular).
• A erupção cutânea dá muito prurido, mantendo-se limitada a
uma área específica, e geralmente com bordas bem
definidas.
• As substâncias podem causar inflamação cutânea por um de
dois mecanismos:
• Irritação (dermatite de contacto irritante)
• Reação alérgica (dermatite de contacto alérgica)
• Independentemente da causa ou do tipo, a dermatite de
contacto causa prurido e erupção.
• A dermatite de contacto alérgica geralmente causa prurido
intenso.
• A dermatite de contacto irritante causa mais dor do que prurido.
Alergia a
medicamentos
• A alergia (ou hipersensibilidade) a medicamentos é
uma resposta inadequada e imprevisível do nosso sistema
imunológico à toma de determinado fármaco ou medicamento. 
• A alergia a um medicamento pode ocorrer após várias tomas em
que não houve qualquer reação. 
• Não tem de acontecer na primeira vez que é tomado um
medicamento.
• Mesmo uma pequena quantidade de um medicamento pode
desencadear uma reação alérgica.
• A alergia a medicamentos distingue-se de outros tipos de
reações adversas a medicamentos, que estão relacionadas com
o modo de ação do fármaco e que, por isso, são mais
previsíveis e dependem muitas vezes da dose prescrita (por
exemplo, efeitos secundários).
Como se manifesta a alergia
medicamentos?
• PELE E MUCOSAS
• Os sintomas mais frequentes envolvem a pele e/ou mucosas e
podem ser, por exemplo: 
• Urticária, angioedema: Caracteriza-se pelo aparecimento de
lesões cutâneas avermelhadas e que provocam comichão
(pruriginosas) e às quais se associa frequentemente o
angioedema (inchaço), quando são atingidas camadas mais
profundas da pele ou mucosas. O angioedema envolve
frequentemente as pálpebras, os lábios, mucosas e extremidades,
e a sua resolução é mais lenta comparativamente à da urticária;
• Edema da glote.
Como se manifesta a alergia
medicamentos?
• SISTEMA DIGESTIVO
• As reações alérgicas a medicamentos podem também
envolver o aparelho digestivo com:
• Vómitos; 
• Diarreia; 
• Cólica abdominal. 
Como se manifesta a alergia
medicamentos?
• SISTEMA RESPIRATÓRIO E CARDIOVASCULAR
• As manifestações alérgicas associadas ao sistema
respiratório podem ser:
• Rinite; 
• Tosse; 
• Pieira; 
• Dificuldade respiratória.
• Relacionadas com o sistema cardiovascular podem ser:
• Taquicardia, 
• Hipotensão, 
• Lipotímia (perda de sentidos).  
Como se manifesta a alergia
medicamentos?
• ANAFILAXIA
• A anafilaxia é a forma mais grave de uma reação alérgica.
• Caracteriza-se pela ocorrência de sintomas envolvendo dois
ou mais órgãos ou sistemas.
• Habitualmente esta reação sistémica desenvolve-se
rapidamente após exposição ao alergénio (neste caso, ao
medicamento) e coloca em risco a vida do doente quando não
tratada de forma imediata e adequada.
Tipos de reação de
hipersensibilidade
(IV)
Tipos de reação de
hipersensibilidade (IV)
• Manifestações tardias dos sintomas da alergia.
• Aproximadamente superior a 2 horas após a exposição ao
agente que provocou a alergia.

Você também pode gostar