Você está na página 1de 13

MEDIDAS

DE
DISPERSÃO
As medidas de dispersão têm a finalidade de aferir a
representatividade das medidas de posição. É bastante comum
encontrarmos sequências de dados que, apesar de terem a
mesma média, são compostas de forma diferentes. Ex.

30, 30, 30, 30, 30, 30


10, 20, 20, 40, 40, 50

A duas sequências de dados têm média 30, de forma que na


primeira sequência os valores se concentram em torno da
média, enquanto que os valores da segunda se dispersam em
torno da média.
DESVIO
DESVIO: (di) = -
Exemplo
Seja a sequência de números: 10, 20, 20, 40, 40, 50
Sabemos que a média aritmética é igual a 30: = 30

 
Vamos calcular os desvios
d1 = 10 – 30 = -20
d2 = 20 – 30 = -10
d3 = 20 – 30 = -10
d4 = 40 – 30 = 10
d5 = 40 – 30 = 10
d6 = 50 – 30 = 20

Perceba que a somatória dos desvios é igual a zero.


1 DESVIO MÉDIO

É a média aritmética dos desvios tomados em


módulo, ou seja, considerando seu valor absoluto.
 Desvio (d ) = -
i

=
2 VARIÂNCIA
Dado um conjunto de dados, a variância é uma medida de dispersão que
mostra o quanto distante cada valor desse conjunto está do valor central
(média).
Quanto menor o valor da variância, mais próximos os elementos do
conjunto de dados estão da média e quanto maior, mais os valores estão
 
distantes da média.

  (para população)
 
(para dados amostrais)
3 DESVIO PADRÃO

É a raiz quadrada da variância


 
(desvio padrão populacional)
(desvio padrão amostral)
Cálculo do Desvio Médio,
Variância e Desvio Padrão
para distribuições de
frequências amostrais
simples
Exemplo: Calcular o desvio médio, a variância
e o desvio padrão da distribuição amostral
abaixo. Veja que essa distribuição é do tipo A
(simples)
x
i fi

3 1
4 3
5 5
6 3
7 4

Σ 16
A primeira
xi coisa
fi a se fi.xi
fazer é calcular a média aritmética. Para tanto precisamos
preencher a coluna xi.fi
3 1 3
4 3 12
5 5 25
  6
7
3
4
18
28

16 86  
Σ
5,38
A segunda
x coisa
f a fi.xi
se fazer é |xcalcular
|d |=i -| i
os desvios, em módulos: |d i| = |xi - |
i i

3 1 3 2,38
4 3 12 1,38
5 5 25 0,38
  6
7
3
4
18
28
0,62
1,62

 
Σ 16 86
Depois multiplicamos os desvios, tomados em
módulos, por fi, e aplicamos a fórmula que calcula o
Desvio Médio.
xi Fi fi.xi |di|= |xi -| |xi - |. fi

3
3 1
1 3
3 2,38
2,38 2,38
2,38
4
4 3
3 12
12 1,38
1,38 4,14
4,14
  5
5
6
6
5
5
3
3
25
25
18
18
0,38
0,38
0,62
0,62
1,9
1,9
1,86
1,86
7
7 4
4 28
28 1,62
1,62 6,48
6,48
ΣΣ 16
16 86
86    16,76
16,76

DM=
Agora vamos calcular a Variância amostral (S²). Para tanto precisaremos abrir
mais duas
xi colunas,
fi como
fi.xi mostra
|di|= |xa tabela
i-| |xabaixo.
i - |. fi xi² xi².fi
3 1 3 2,38 2,38 9 9
4 3 12 1,38 4,14 16 48
  5
6
5
3
25
18
0,38
0,62
1,9
1,86
25
36
125
108
7 4 28 1,62 6,48 49 196

=
Σ 16 86   16,76   486
Cálculo do Desvio Padrão (S)
O cálculo do Desvio Padrão (S) é muito fácil, posto que é a raiz quadrada da Variância, já calculada.