Você está na página 1de 15

Quem está apresentando?

Isabella Daiely Emanuelle Laryssa Ana Beatriz

GERENCIAR GRUPO
23/08 PR1 1°C Energia....

ENERGIA
NUCLEAR
A energia nuclear, também chamada atômica, é obtida a
partir da fissão do núcleo do átomo de urânio enriquecido,
liberando uma grande quantidade de energia.

Assistir Mais informações


23/08 PR1 1°C Energia....

Tópicos de hoje

ENERGIA
NUCLEAR
A energia nuclear, também chamada atômica, é obtida a
partir da fissão do núcleo do átomo de urânio enriquecido,
liberando uma grande quantidade de energia.

Assistir Mais informações


23/08 PR1 1°C Energia....

Tópicos de hoje

ENERGIA
NUCLEAR
A energia nuclear, também chamada atômica, é obtida a
partir da fissão do núcleo do átomo de urânio enriquecido,
liberando uma grande quantidade de energia.

Assistir Mais informações


O que é a energia
nuclear?
A energia nuclear, também conhecida
como energia atômica, é a energia
produzida a partir da fissão do núcleo de
um átomo, que libera uma quantidade de
calor suficiente para produzir energia.
Esta é a energia produzida nas usinas
termonucleares, que utilizam o urânio e
outros elementos como combustível
para a geração de energia.

O que é a energia nuclear


Como funciona uma
usina?
Uma usina nuclear é basicamente uma
usina termoelétrica, pois funciona
aquecendo água que vira vapor
pressurizado e, então, gira uma turbina que
faz um gerador rodar e produzir energia
elétrica. Quando o vapor passa pela
turbina, chega em um condensador que a
transforma no estado líquido novamente,
podendo ainda ser reaquecida. Assim,
então, obtém-se a energia elétrica.

Como funciona uma usina?


Vantagens
Nível menor de poluição atmosférica;

Disponibilidade do combustível;

As usinas não dependem de condições


climáticas para seu funcionamento;

Área para construção reduzida;

Há um enorme potencial energético;

Permite aumentar a competitividade;

Vantagens
Desvantagens
Risco de acidente nuclear;

Poluição térmica;

Lixo nuclear;

O investimento inicial de uma usina


nuclear é muito alto;

Ao contrário de outras opções de


energia, a energia nuclear não é
renovável, porque o urânio deve ser
extraído e não é regenerado;

Desvantagens
Energia nuclear no mundo
Por ser uma fonte de energia altamente concentrada e de elevado rendimento, diversos países
utilizam a energia nuclear como opção energética.

A construção e uso das usinas termonucleares expandiram-se consideravelmente a partir da


década de 1960, atingindo, nos dias atuais, quase 15% de toda a produção mundial de energia.
No entanto, os riscos apresentados em relação a acidentes radioativos e a possíveis impactos
ambientais dificultam a expansão dessa fonte energética, uma vez que existe muita pressão no
mundo inteiro por parte de governos, instituições e grupos socioambientais para conter a sua
utilização.

Além disso, os países que optam por desenvolver métodos e tecnologias referentes à energia
nuclear sofrem com a desconfiança da Comunidade Internacional sobre a possibilidade de
desenvolverem também armas nucleares de destruição em massa.

Energia nuclear no mundo


Protestos
Acordo com a Alemanha
Assinado nos anos 70, o Acordo Nuclear Brasil-Alemanha prevê
uma cooperação para "uso pacífico da energia nuclear". Pelo
acordo, oito usinas nucleares seriam construídas, mas apenas
Angra 2 virou realidade. Angra 3 deve entrar em operação em
2026, se os planos do governo derem certo.

Até lá, no entanto, é possível que o acordo não esteja mais em


vigor. Renovado a cada cinco anos, ele expira em 2025. Ele
poderá ser torpedeado pelo Partido Verde alemão, que, segundo
pesquisas, tem chances de fazer parte de uma coalizão de governo
após as eleições gerais de setembro na Alemanha. Para os verdes,
o país deveria se tornar um modelo mundial para o abandono da
energia nuclear.

Energia nuclear no mundo


Perigo?
Além de seu uso para fins não pacíficos, os resíduos
gerados pela produção dessa energia representam um
perigo para a humanidade.

Também existe o risco de acidentes nucleares e o


problema do descarte do lixo nuclear. Além disso, a
exposição aos resíduos de alta radioatividade pode
causar danos irreversíveis à saúde, como deformidades
genéticas.

Entre os principais impactos ambientais que podem ser


originados pela geração desse tipo de energia,
destacam-se: o aquecimento da água do mar,
contaminação pelos rejeitos da produção de energia
nuclear e risco de contaminação derivada de acidentes
e vazamento.

Perigo?
VÍDEO:
https://www.youtube.com/watch?v=OzxiQdmTD58

Você também pode gostar