Você está na página 1de 15

A IMPORTÂNCIA

DO SISTEMA
NERVOSO
Leonardo Martins Marques
12ºI
 Caracterização do Sistema Nervoso;
ÍNDICE
 O Sistema Nervoso Central e o Sistema Nervoso Periférico:

 A medula espinal;

 O ato reflexo;

 O cérebro;

 Os neurónios.

 A constituição do cérebro:

 Cérebro posterior ou metencéfalo;

 Cérebro médio ou mesencéfalo;

 Cérebro anterior ou protencéfalo.

 Os hemisférios cerebrais;

 Os lobos cerebrais;

 A importância do Sistema Nervoso.


CARACTERIZAÇÃO DO
SISTEMA NERVOSO
O sistema nervoso é o mais complexo do corpo e muitas das suas características ainda são um mistério para
a comunidade científica. É este sistema que coordena as funções de todas as partes dos órgãos do corpo, daí o
seu elevado grau de importância.

Sistema Nervoso

Sistema Sistema Nervoso


Nervoso Central Periférico

Sistema Nervoso Sistema Nervoso


Medula Espinal Cérebro
Somático Autónomo

Nervos Divisão Divisão


Nervoso Motores
Sensoriais Simpática Parassimpática
O SISTEMA NERVOSO CENTRAL E O SISTEMA
NERVOSO PERIFÉRICO
É constituído pela medula
Processa e coordena as
espinal e pelo cérebro.
informações.

Conduz a informação
É constituído pelo sistema da periferia para os
nervoso somático e sistema centros nervosos e as
nervoso autónomo. respostas para a
periferia.
O SISTEMA NERVOSO CENTRAL E O SISTEMA
NERVOSO PERIFÉRICO

A medula espinal é uma estrutura que se encontra no interior da coluna


vertebral. É constituída por fibras nervosas e desempenha duas funções
fundamentais:

 Função de coordenação: é responsável pela coordenação das


atividades reflexas, que são comportamentos automáticos e
involuntários.
 Função de condução: transmite mensagens do cérebro para o
resto do corpo e vice-versa.
O ATO REFLEXO
O reflexo é a forma de comportamento mais simples e elementar: é uma
resposta imediata, involuntária e automática a um estímulo.

Neste tipo de comportamento, que não é aprendido, ou seja, é inato, não há


intervenção do cérebro – o ato reflexo é desencadeado pela medula espinal.
O SISTEMA NERVOSO CENTRAL E O SISTEMA
NERVOSO PERIFÉRICO
O cérebro é o centro de comando de todo o corpo.
Tem milhares de milhões de neurónios e estes criam
imensas ligações entre si.

Os neurónios e os seus axónios estão suspensos numa


estrutura composta por outro tipo de células cerebrais.
Além de garantirem um suporte físico aos neurónios,
estas células também garantem a sua estabilidade.
OS NEURÓNIOS
Os neurónios podem estar ativos ou inativos. O “disparo” consiste na produção de um
sinal eletroquímico que atravessa a fronteira até outro neurónio, na sinapse, e faz com que
esse neurónio receba esse sinal e a mensagem passe de neurónio para neurónio. O sinal
eletroquímico viaja a partir do corpo do neurónio ao longo do axónio. A fenda sináptica
situa-se entre o extremo de um axónio e o início do neurónio seguinte pelas dendrites.
A CONSTITUIÇÃO DO
CÉREBRO
Cérebro

Cérebro Cérebro médio Cérebro


posterior ou ou anterior ou
Metencéfalo Mesencéfalo Protencéfalo

Bolbo Sistema Sistema Córtex


Cerebelo Tálamo Hipotálamo
raquidiano Reticular Límbico Cerebral
CÉREBRO POSTERIOR OU
METENCÉFALO
 Bolbo raquidiano

Estabelece as relações entre a medula espinal e o cérebro e desempenha funções de atividade reflexa;
Controla algumas funções, tais como, o ritmo cardíaco e respiratório assim como a circulação
sanguínea

 Cerebelo

Desempenha funções relacionadas com o equilíbrio corporal;


Coordena os movimentos, como por exemplo, escrever, comer e andar…
CÉREBRO MÉDIO OU
MESENCÉFALO
 Rede reticular

Representa a rede de neurónios que intervêm no sono e na atenção;

Esta rede procede a uma seleção de estímulos sensoriais que são,


posteriormente, tratados no córtex cerebral;

Contribui para a ativação cerebral.


CÉREBRO ANTERIOR OU
PROTENCÉFALO
 Tálamo

Estrutura pela qual passam todas as mensagens que vêm e vão para o córtex cerebral;
Coordena as impressões sensoriais;

 Sistema Límbico

Conjunto de estruturas (hipocampo, amígdala e bolbo olfativo) que têm um importante papel, como por exemplo, intervém na
agressividade e na memória;

 Hipotálamo

Regula as necessidades básicas como a fome, sede e sono;


Desempenha um papel importante no sistema nervoso autónomo:

 Córtex Cerebral

É responsável pelo processamento de informação mais elaborada e pelas funções mais complexas.
OS HEMISFÉRIOS CEREBRAIS
ESQUERDO DIREITO

É responsável pelo Controla a formação de


pensamento lógico, imagens, as relações
pela linguagem verbal, com o espaço. A
pelo discurso, pelo perceção das formas ,
cálculo e pela memória. das cores, dos afetos e
do pensamento.
OS LOBOS CEREBRAIS
Localizam-se na parte superior do cérebro
e são constituídos por duas subdivisões: a
anterior e a posterior.
Situam-se na parte da frente do
cérebro e ocupam 1/3 do seu
volume total. São responsáveis
pelas atividades cognitivas, Estão localizados na parte
pensamentos abstratos, inferior do cérebro. Processam
raciocínio e na regulação de os dados visuais recebido do
emoções. exterior: cor, movimento,
distância, …

Localizam-se na zona por cima das orelhas


e têm como principal função processar os
estímulos auditivos.
A IMPORTÂNCIA DO SISTEMA
NERVOSO
O sistema nervoso representa uma rede de comunicações do organismo.

É formado por um conjunto de órgãos do corpo humano que possuem a função de captar as
mensagens, estímulos do ambiente, "interpretá-los" e "arquivá-los".

Consequentemente, este elabora respostas, as quais podem ser dadas na forma de movimentos,


sensações ou constatações.

Desta forma, o sistema nervoso tem a capacidade de controlar e influenciar todos os outros
sistemas que contribuem para o equilíbrio do organismo, mostrando, assim, toda a sua importância.

Você também pode gostar