Você está na página 1de 20

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO (UFRPE)

UNIDADE ACADÊMICA DE SERRA TALHADA (UAST)

O BIÓLOGO NAS
ANÁLISES CLÍNICAS:
desafios e perspectivas
JACICLEIDE NUNES
CRBio 92 .664/05-D

SERRA TALHADA, 2021.


APRESENTAÇÃO

GRADUADA EM CIÊNCIAS
BIOLÓGICAS (UAST)
2011.2

ESPECIALIZAÇÃO EM
ANÁLISES CLÍNICAS E
TOXICOLÓGICAS ATUAÇÃO PROFISSIONAL:
(UFPE) ANALISTA CLÍNICO NO
LABORATÓRIO SÃO
FRANCISCO –SERRA
TALHADA
ESTÁGIOS E PROJETOS DE EXTENSÃO

HEMOPE SERRA
TALHADA(BOLSISTA), VIGILÂNCIA SANITÁRIA
2009. CONGRESSO DA MUNICIPAL(BOLSISTA),
ABHH EM FLORIANÓPOLIS - 2010.
SC

ESTÁGIO HOSPAM- VIGILÂNCIA SANITÁRIA


HOSPITAL REGIONAL (APEVISA- XI GERES)
AGAMENON MAGALHÃES, (2010).
2010.

ESTÁGIO NO CENTRO
MUNICIPAL DE SAÚDE
SERRA TALHADA (ESO)
2011.
ATUAÇÃO PROFISSIONAL

PROFESSORA NO
CENTRO DE AUXILIAR DE
ENSINO E LABORATÓRIO:
PESQUISA EM LABORATÓRIO
EMERGÊNCIAS MUNICIPAL JOSÉ
MÉDICAS PAULO TERTO
(CEPEM)

AUXILIAR DE ANALISTA
LABORATÓRIO: CLÍNICO:
LABORATÓRIO LABORATÓRIO
SÃO FRANCISCO SÃO FRANCISCO
CURSOS DE APERFEIÇOAMENTO
• HEMATOLOGIA LABORATORIAL (UFPE), 2012.

• CAPACITAÇÃO: sorologia para doenças de chagas - ELISA - HI


(LACEN-PE), 2013.
• INTERPRETAÇÃO DE EXAMES LABOARTORIAS (AEG
consultoria), 2015.

• CURSO TEÓRICO PRÁTICO DE ESPERMOGRAMA


(INSTITUTO GERA SP), 2018.

• CURSO PRÁTICO DE LEITURA DE LÂMINAS (ATLAS EM


HEMATOLOGIA), 2019.

• CURSO DE BIOQUÍMICA TEÓRICO E PRÁTICO, 2020.


• UROANÁLISES DO SÉCULO 21 (PROF. TELMA LEMOS - UFRN), 2021.
DESAFIOS

hescassez-mundial-de-seringas-pode-atrasar-vacinacao-contra-covid-19/ttps://super.abril.com.br/saude/

ACEITAÇÃO
DO BIÓLOGO CONCURSOS
NO PERÍODOS DE E
LABORATÓRIO ESTÁGIO PROCESSOS
DE ANÁLISES SELETIVOS
CLÍNICAS
O BIÓLOGO NAS ANÁLISES CLÍNICAS: desafios e
perspectivas
Análises clínicas

Existe uma infinidade de


exames de análises clínicas
Área da saúde em que que podem ser realizados
um material biológico é em laboratórios
coletado com o objetivo (hormônios, bioquímicos,
de saber mais espermas, exames
informações sobre ele imunológicos,
para fins diagnósticos. hematológicos, uroanálises,
entre outros).

EXAMES MAIS SOLICITADOS NA ROTINA LABORATORIAL:


HEMOGRAMA, GLICOSE, LIPIDOGRAMA, PROVAS DAS FUNÇÕES
HEPÁTICAS E RENAIS, SUMÁRIO DE URINA E PARASITOLÓGICO DE
FEZES.
O BIÓLOGO NAS ANÁLISES CLÍNICAS: desafios e
perspectivas
HEMATOLOGIA:
O HEMOGRAMA É O EXAME
MAIS SOLICITADO.

Coleta de sangue Aparelho que faz a contagem de


células do sangue

Lâmina corada com coloração Morfologia das células do sangue visualizada ao


Estiraço de sangue
hematológica microscópio
O BIÓLOGO NAS ANÁLISES CLÍNICAS: desafios e
perspectivas

COLETA DE MATERIAL BÍOQUIMICA CONTROLE


BIOLÓGICO DE QUALIDADE

https://www.cortesvillela.com.br/noticias/hematologia/4-dicas-para-
fazer-exames-de-sangue.html

BIOLOGIA
MICROBIOLOGIA TESTES RÁPIDOS MOLECULAR
O BIÓLOGO NAS ANÁLISES CLÍNICAS: desafios e
perspectivas
Lei 6.684 de 03/09/1979 Regulamenta as profissões de Biólogo e de Biomédico, cria o
Conselho Federal e os Conselhos Regionais de Biologia e Biomedicina.

Da Profissão de Biólogo

Art. 2º Sem prejuízo do exercício das mesmas atividades por outros profissionais igualmente habilitados na
forma da legislação específica, o Biólogo poderá:
I - formular e elaborar estudo, projeto ou pesquisa científica básica e aplicada, nos vários setores da Biologia
ou a ela ligados, bem como os que se relacionem à preservação, saneamento e melhoramento do meio
ambiente, executando direta ou indiretamente as atividades resultantes desses trabalhos;
II - orientar, dirigir, assessorar e prestar consultoria a empresas, fundações, sociedades e associações de
classe, entidades autárquicas, privadas ou do poder público, no âmbito de sua especialidade;

III - realizar perícias e emitir e assinar laudos técnicos e pareceres de acordo


com o currículo efetivamente realizado.
O BIÓLOGO NAS ANÁLISES CLÍNICAS: desafios e
perspectivas
LEI Nº 6.686, DE 11 DE SETEMBRO DE 1979. Dispõe sobre o exercício da análise clínico-
laboratorial

Art. 1º - Os atuais portadores de diploma de Ciências Biológicas, modalidade médica, e os


que venham a concluir o mesmo curso até julho de 1983 poderão realizar análises clínico -
laboratoriais, assinando os respectivos laudos, desde que comprovem a realização de
disciplinas indispensáveis ao exercício desta atividade.

LEI No 7.017, DE 30 DE AGOSTO DE 1982. Desmembramento dos conselhos de biomedicina


e de biologia.

Art. 1º – Os Conselhos Federal e Regionais de Biomedicina e de Biologia, criados pela Lei nº


6.684, de 3 de setembro de 1979, ficam desmembrados em Conselhos Federal e Regionais
de Biomedicina e Conselhos Federal e Regionais de Biologia, passando a constituir entidades
autárquicas autônomas.

Lei 7.135 de 26/10/1983. Altera a redação da Lei nº 6.686, de 11 de setembro


de 1979, que dispõe sobre o exercício da análise clínico-laboratorial, e
determina outras providências. Vetada.
O BIÓLOGO NAS ANÁLISES CLÍNICAS: desafios e
perspectivas
RESOLUÇÃO CFBio Nº 12, DE 19 DE JULHO DE 1993. Dispõe sobre a regulamentação para
a concessão de Termo de Responsabilidade Técnica em Análises Clínicas e dá outras
providências.
Art. 1º - Observado o currículo efetivamente realizado, o Biólogo legalmente habilitado,
poderá solicitar aos Conselhos Regionais de Biologia, o Termo de Responsabilidade
Técnica em Análises Clínicas, em laboratórios de Pessoa Jurídica de Direito Público ou
Privado, desde que constem em seu Histórico Escolar do Curso de Graduação em
História Natural, Ciências Biológicas, com habilitação em Biologia e/ou pós-graduação,
analisados os conteúdos programáticos, as seguintes matérias:

I - ANATOMIA HUMANA
II - BIOFÍSICA
III - BIOQUÍMICA
IV - CITOLOGIA
V - FISIOLOGIA HUMANA
VI - HISTOLOGIA
VII - IMUNOLOGIA
VIII - MICROBIOLOGIA
IX - PARASITOLOGIA
https://ciadosgifs.blogspot.com/2013/04/corujas.html
O BIÓLOGO NAS ANÁLISES CLÍNICAS: desafios e
perspectivas
RESOLUÇÃO Nº 10, DE 05 DE JULHO DE 2003. Dispõe sobre as Atividades, Áreas e
Subáreas do Conhecimento do Biólogo.

Art. 1º São as seguintes as Atividades Profissionais do Biólogo:


1 - Na Prestação de Serviços:
1.1 - Proposição de estudos, projetos de pesquisa e/ou serviços;
1.2 - Execução de análises laboratoriais e para fins de diagnósticos, estudos e
projetos de pesquisa, de docência de análise de projetos/processos e de fiscalização;
1.3 - Consultorias/assessorias técnicas;
1.4 - Coordenação/orientação de estudos/projetos de pesquisa e/ouserviços;
1.5 - Supervisão de estudos/projetos de pesquisa e/ou serviços;
1.6 Emissão de laudos e pareceres;
1.7 Realização de perícias;
1.8 - Ocupação de cargos técnico-administrativos em diferentes níveis;
1.9 - Atuação como responsável técnico (TRT).

Art. 2º São as seguintes as Áreas e Subáreas do Conhecimento do Biólogo:


2.1 - Análises Clínicas.
O BIÓLOGO NAS ANÁLISES CLÍNICAS: desafios e
perspectivas
RESOLUÇÃO Nº 227 DE 18 DE AGOSTO DE 2010. Dispõe sobre a regulamentação das Atividades
Profissionais e das Áreas de Atuação do Biólogo, em Meio Ambiente e Biodiversidade, Saúde e
Biotecnologia e Produção, para efeito de fiscalização do exercício profissional.

Art. 3º Ficam estabelecidas as seguintes atividades profissionais que poderão ser


exercidas no todo ou em parte, pelo Biólogo, de acordo com seu perfil profissional:
- Assistência, assessoria, consultoria, aconselhamento, recomendação;
- Direção, gerenciamento, fiscalização;
- Ensino, extensão, desenvolvimento, divulgação técnica, demonstração, treinamento, condução de equipe;
- Especificação, orçamentação, levantamento, inventário;
- Estudo de viabilidade técnica, econômica, ambiental, socioambiental;
-Exames, análises e diagnóstico laboratorial, vistoria, perícia, avaliação, arbitramento, laudos, parecer
técnico, relatório técnico, licenciamento, auditoria;
- Formulação, coleta de dados, estudo, planejamento, projeto, pesquisa, análise, ensaio, serviço técnico;
- Gestão, supervisão, coordenação, curadoria, orientação, responsabilidade técnica;
- Importação, exportação, comércio, representação;
- Manejo, conservação, erradicação, guarda, catalogação;
- Patenteamento de métodos, técnicas e produtos;
- Produção técnica, produção especializada, multiplicação, padronização, mensuração,
- controle de qualidade, controle qualitativo, controle quantitativo;
- Provimento de cargos e funções técnicas.
O BIÓLOGO NAS ANÁLISES CLÍNICAS: desafios e
perspectivas
RESOLUÇÃO Nº 300, DE 7 DE DEZEMBRO DE 2012. Estabelece os requisitos mínimos para o
Biólogo atuar em pesquisa, projetos, análises, perícias, fiscalização, emissão de laudos,
pareceres e outras atividades profissionais nas áreas de Meio Ambiente e Biodiversidade,
Saúde e Biotecnologia e Produção”.

Art. 1º Para fins de atuação em pesquisa, projetos, análises, perícias, fiscalização, emissão de
laudos, pareceres e outras atividades profissionais estabelecidas no art. 3º da Resolução
CFBio nº 227/2010, nas áreas de Meio Ambiente e Biodiversidade, Saúde e, Biotecnologia e
Produção, o egresso que tenha concluído a graduação até dezembro de 2015, nos Cursos
especificados no art. 1º da Lei nº 6.684/79, deverá ter cumprido uma carga horária
mínima de 2.400 horas de Componentes Curriculares das Ciências Biológicas.

Art. 3º Para efeito desta Resolução entende-se por:


II - Formação Continuada –
a) Conclusão de disciplinas, com aproveitamento e respectiva carga horária, em cursos de
graduação ou pós-graduação em Ciências Biológicas ou afins, legalmente reconhecidos;
b) Cursos de Extensão...
c) cursos de Especialização ...
d) diploma de Mestrado ou Doutorado ...
O BIÓLOGO NAS ANÁLISES CLÍNICAS: desafios e
perspectivas
RESOLUÇÃO Nº 582, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2020. Dispõe sobre a habilitação e
atuação do Biólogo em Saúde Estética e dá outras providências.

Considerando que o Biólogo atua em aconselhamento genético, análises clínicas em


todas as especialidades, citologia clínica, análises toxicológicas, diagnóstico
molecular, análises genéticas, hemoterapia, circulação extracorpórea, reprodução
humana assistida, pesquisa clínica, terapia celular, terapia gênica e na produção,
controle e desenvolvimento de produtos biológicos ou de origem biotecnológica;

Considerando que os Biólogos já atuam na área da Saúde Estética e compete ao


Conselho Federal de Biologia baixar os atos necessários para sua regulamentação;

Considerando que o Biólogo é profissional legal e tecnicamente habilitado para atuar


em Saúde Estética;
O BIÓLOGO NAS ANÁLISES CLÍNICAS

APAIXONANT CAPACITAÇÃ
DESAFIADOR HUMILDADE
E O
O BIÓLOGO NAS ANÁLISES CLÍNICAS: desafios e
perspectivas
INSTAGRAN E CURSOS ON LINE VOLTADO PARA AS ANÁLISES CLÍNICAS

@atlasemhematologia @Biodepressina @marcoskfleury @sedimentoscopia_telma


_lemos
OBRIGADA
“Situações difíceis,
constroem pessoas
mais fortes”

Obrigada!
E-mail:
jacicleidenunesrocha@gmail.com

Você também pode gostar