Você está na página 1de 27

Análise de Dados

Análise Combinatória – 14
O que é?
 A análise combinatória fornece ferramentas
fundamentais para determinar a quantidade
de elementos em um dado conjunto. Nesse
sentido, tendo como objetivo o
conhecimento do todo, ela precede a
probabilidade e a estatística.
Contagem
 Árvore de possibilidades: uma escolha, ou
evento, abre duas ou mais possibilidades
para outra escolha, ou evento, subsequente.
Princípio multiplicativo

 
 Considere um fenômeno que seja resultado de dois
eventos (ou duas escolhas) A e B, que ocorrem
sucessivamente e de modo independente.

 Se o evento A pode ocorrer de n maneiras diferentes


e se, para cada uma dessas possibilidades, o evento
B pode ocorrer de m maneiras diferentes, então, a
quantidade de maneiras diferentes que o fenômeno
pode ocorrer é igual ao produto .
Ou seja...
 As várias maneiras de se dispor os objetos de
um conjunto em grupos denominados
agrupamentos dependem basicamente de
duas características:

1ª.) em cada agrupamento formado todos os


elementos são distintos;

2ª.) em cada agrupamento pode haver


repetição de elementos.
 Quando os agrupamentos têm a primeira
característica (todos os elementos são
distintos) são chamados de agrupamentos
simples.

 E, quando os agrupamentos têm a segunda


característica (repetição de elementos)
denominam-se agrupamentos com repetição.

 Considerando o modo de formação dos


grupos tem-se:

 Permutações, Arranjos e Combinações


Fatorial
 O conceito de fatorial é muito utilizado no estudo de arranjos
e permutações, a fim de facilitar os cálculos.

 O fatorial de um número inteiro m não negativo, é indicado


por m! (lê-se “m fatorial”) e é definido pela relação:
Algumas definições:
1! = 1
0! = 1

Exemplos:
3! = 3 . 2 . 1 = 6
4! = 4 . 3 . 2 . 1 = 24
6! = 6 . 5 . 4 . 3 . 2 . 1 = 720

O cálculo do fatorial se torna trabalhoso a medida


que m aumenta:

10! = 10 . 9 . 8 . 7 . 6 . 5 . 4 . 3 . 2 . 1 = 3.628.800
 Assim, podemos simplificar alguns cálculos,
usando o artifício de não calcular totalmente
o fatorial, mas sim uma parte dele:

(n+1)! = (n+1) . n . (n-1) . (n-2) ... 3 . 2 . 1 =


(n+1) . n!

Por exemplo:
10! = 10 . 9 . 8 . 7!
10!8!=10⋅9⋅8!8!=10⋅9=90

 Exemplos:
Permutação
 Simples: sequência ordenada e formada pelos n elementos
de um conjunto em que não há elementos repetidos.

 Para um conjunto de n elementos distintos, o número Pn de


permutações simples e possível de fazer com os n elementos:

Pn = n . (n – 1) . (n – 2) . (n – 3) .... . 3 . 2 . 1  Pn = n!

Exemplos:
 A geração de anagramas com as letras de uma palavra
formada por letras distintas, duas a duas.
 As configurações de pessoas em filas ou mesas.
Permutação com Repetição
 O número total de permutações é inferior
àquele que se poderia fazer, caso todos os
elementos fossem diferentes.

 Os elementos repetidos geram sequências


idênticas, o que reduz o número total de
possibilidades distintas.
 O número de permutações em um conjunto
com n elementos, sendo n1 a quantidade de
elementos repetidos de um tipo 1, n2 a
quantidade de elementos repetidos de um
tipo 2, ... e nk a quantidade de elementos
repetidos de um tipo k, é:
Permutação Circular
 Os n elementos do conjunto são dispostos numa determinada ordem
em torno de um círculo ou em uma tal configuração que, uma vez
percorridos todos os elementos do conjunto, retorna-se ao início.
Ex.: a disposição de convidados em torno de uma mesa. Não há nem
primeira nem última posição. Observe a disposição de 5 letras em
um círculo:
 Mantendo-se a sequência ABCDE, podemos gerar mais duas
posições por rotação.

 Nas permutações circulares de n elementos de um conjunto,


o número de possibilidades diferentes, indicado por PCn, é
dado por:
Arranjos
 São configurações ordenadas de alguns elementos de um
conjunto em que a quantidade de elementos é menor
que a quantidade de elementos do conjunto original ou igual
a ela.

 Num conjunto com n elementos, se fizermos arranjos de p


elementos, estaremos arranjando n elementos tomados. p

 Nº Total de Elementos:

p.
Combinação
 Diferente dos Arranjos, a ordem dos elementos não importa.

 Por isso devemos descontar do total aquelas combinações


que possuem os mesmos elementos, em ordens diferentes.

 Como nos arranjos, dos n elementos de um conjunto


fazemos combinações com p elementos; dizemos então que
fazemos combinações de n elementos, tomados p a p:
Exercícios
 Os resultados do último sorteio da Mega-
Sena foram os números 04, 10, 26, 37, 47 e
57. De quantas maneiras distintas pode ter
ocorrido essa sequência de resultados?

 P6=6!=6*5*4*3*2*1 = 720.
 Na palavra NORTE, quantos anagramas podem ser
formados? Quantos começam com vogal?

 NORTE =5 letras

P5=5!= 5*4*3*2*1 =120.

 Para sabermos quantos começam com vogal, sabemos


que, fixado que a primeira letra é uma vogal, restam
apenas quatro posições a serem permutadas.

 Então temos 4!= 4*3*2*1 = 24. Como temos duas


vogais, basta multiplicar 2*24=48. Assim, dos 120
anagramas que podem ser formados, apenas 48
começam com vogais.
 Quantos anagramas podem ser formados
com a palavra MARAJOARA?

 E com a palavra BARREIRA? No qual, ela


começa sempre com a letra B.
 Uma família é composta por seis pessoas: o pai, a
mãe e quatro filhos. Num restaurante, essa família
vai ocupar uma mesa redonda. Em quantas
disposições diferentes essas pessoas podem se
sentar em torno da mesa de modo que o pai e a
mãe fiquem juntos?

Pc5 = (5-1)! = 4! = 4.3.2.1 = 24


 Em uma empresa, quinze funcionários se
candidataram para as vagas de diretor e vice-
diretor financeiro. Eles serão escolhidos através do
voto individual dos membros do conselho da
empresa. Quantas maneiras distintas essa escolha
pode ser feita?

Os cargos poderão ser ocupados de 210


maneiras distintas.
 Um número de telefone é formado por 8
algarismos. Determine quantos números de
telefone podemos formar com algarismos
diferentes, que comecem com 2 e terminem
com 8.

Podemos formar 20.160 números de


telefones com os algarismos distintos
e que comecem com 2 e terminem com
8.
 Em uma urna de sorteio de prêmios existem
dez bolas enumeradas de 0 a 9. Determine o
número de possibilidades existentes num
sorteio cujo prêmio é formado por uma
sequência de 6 algarismos.

O sorteio terá 151.200 possibilidades


de sequência de 6 algarismos.
 Um

  time de futebol é composto de 11 jogadores, sendo 1
goleiro, 4 zagueiros, 4 meio campistas e 2 atacantes.
Considerando-se que o técnico dispõe de 3 goleiros, 8
zagueiros, 10 meio campistas e 6 atacantes, determine o
número de maneiras possíveis que esse time pode ser
formado.

 Goleiros =
 Zagueiros =
 Meio Campo =
 Atacantes =

C3,1 * C8,4 * C10,4 * C6,2 = 3 * 70 * 210 * 15 = 661.500 maneiras


de o  time ser formado
 Em uma sala de aula existem 12 alunas, onde
uma delas chama-se Carla, e 8 alunos, onde
um deles atende pelo nome de Luiz. Deseja-
se formar comissões de 5 alunas e 4 alunos.
Determine o número de comissões, onde
simultaneamente participam Carla e Luiz.

O número de comissões, respeitando a


condição imposta, será de 11.550.
 No jogo de basquetebol, cada time entra em quadra com
cinco jogadores. Considerando-se que um time para disputar
um campeonato necessita de pelo menos 12 jogadores, e que
desses, 2 são titulares absolutos, determine o número de
equipes que o técnico poderá formar com o restante dos
jogadores, sendo que eles atuam em qualquer posição.

Dos 12 jogadores, 2 são titulares absolutos, então teremos 10


jogadores disputando 3 vagas. Portanto, temos a seguinte
combinação: C10, 3.

Logo, podemos formar 120 equipes.

Você também pode gostar