Você está na página 1de 41

CFST 2021

ARMAMENTO, MUNIÇÃO E TIRO


PISTOLA 9MM BERETTA

AL BATISTA
Pst 9mm Beretta

OBJETIVOS

• Identificar as características básicas da arma


• Nomenclatura
• Desmontagem e montagem de pistola
• Descrever o funcionamento da pistola
Pst 9mm Beretta

SUMÁRIO
• Introdução
• Desenvolvimento
– Características do Armt
– Características da munição
– Desmontagem e montagem da pistola
– Funcionamento da pistola
– Sanar incidentes de tiro

Conclusão
PISTOLA 9mm M975 BERETTA
Pst 9mm Beretta

CARACTERÍSTICAS DA PST BERETTA


9mm
Pst 9mm Beretta
APRESENTAÇÃO :
- Indicativo Militar ..................................................Pst 9 M975
- Nomenclatura ........................................................Pistola 9mm M975 Beretta .
- Fabricação..............................................................Itália

CARACTERÍSTICAS
Aspectos classificatórios :
1) Tipo:................................................................... De porte
2) Emprego:............................................................ Individual
3) Princípio Motor:.................................................. Força de expansão de gases
4) Funcionamento:................................................. Semi-automático
5) Carregamento:................................................... Retro carga
6) Raiamento:......................................................... Alma raiada (06 raias à direita)
7) Calibre:............................................................... 9 mm
8) Alcance Máximo: ...............................................Não determinado
9) Alcance de Utilização:........................................ 50 m
Pst 9mm Beretta

- Velocidade Prática de tiro.........................15 a 20 tiros por minuto


- Comprimento............................................217 mm
- Peso do carregador..................................Sem Carregador:850 g.
Com Carregador: 950 g.
Com Carregador Pleno:1140 g.
- Munição....................................................9mm x 19mm “Parabellum”
- Tipo de carregador....................................bifilar, alojado no punho.
- Capacidade de tiro .................................15 cartuchos no carregador e
1 na câmara
- Massa de mira..................................tipo lâmina, integrada no ferrolho
- Alça de mira ......................................................integrada no ferrolho.
Pst 9mm Beretta

MEDIDAS PRELIMINARES
Pst 9mm Beretta

MEDIDAS PRELIMINARES

1ª - RETIRAR O CARREGADOR
2ª - DESTRAVAR A ARMA
3ª - EXECUTAR DOIS GOLPES DE SEGURANÇA
Dar dois golpes de segurança trazendo o ferrolho totalmente a retaguarda e soltando-
o em seguida.
•Segurar a arma com a mão que atira;
•Cano voltado para uma posição segura;
•Não colocar o dedo no gatilho.
4ª - INSPECIONAR A CÂMARA
Consiste em verificar se existe algum cartucho ou estojo na câmara.
5ª - DESENGATILHAR A ARMA
Pressionar a tecla do gatilho e com o polegar da mão esquerda levar o cão à frente.
Pst 9mm Beretta

MONTAGEM E DESMONTAGEM DA PST 9mm


Pst 9mm Beretta

OPERAÇÕES DE DESMONTAGEM EM 1º ESCALÃO


1ª ) SEPARAR O CONJUNTO CANO-FERROLHO DA ARMAÇÃO

1)Empunhar a arma com a mão direita

2)Com a mão esquerda segurar a parte superior do ferrolho e comprimir o retém da alavanca de
desmontagem ( à direita da arma ). Simultaneamente , girar a alavanca de desmontagem de 90
no sentido horário .
Pst 9mm Beretta

2ª ) RETIRAR O GUIA E A MOLA RECUPERADORA


1)Segurando o ferrolho pela mão esquerda , pressionar com o polegar direito a parte posterior
do guia da mola recuperadora e , em seguida , aliviar a pressão exercida , com o cuidado de
não deixar a peça saltar .

2)Retirar o conjunto de seu alojamento no ferrolho .


Pst 9mm Beretta
3ª ) SEPARAR O CANO DO FERROLHO

1)Comprimir o mergulhador do bloco de trancamento para a frente , até que as Asas


do Bloco de Trancamento sejam retiradas dos seus alojamentos existentes no
ferrolho.

2)Retirar do interior do ferrolho o conjunto cano e bloco de trancamento, levantando a


parte posterior do ferrolho.
Pst 9mm Beretta

4ª ) RETIRAR O BLOCO DE TRANCAMENTO

1)Segurar o cano com uma das mãos e com a outra levantar a parte posterior do bloco
de trancamento , retirando-o lateralmente .
Pst 9mm Beretta
5ª) DESMONTAGEM DO CARREGADOR

1)Com o auxílio de um toca-pino, comprimir o ressalto da chapa do retém do fundo


do carregador .

2)Em seguida , deslocar para fora o fundo do carregador.

3)Com o polegar amparar a chapa do retém do fundo do carregador , a fim de evitar


uma descompressão violenta da mola .
Pst 9mm Beretta
- Armação
- Mola recuperadora
- Guia da mola recuperadora
- Ferrolho
SEQUÊNCIA DAS PEÇAS - Bloco de trancamento
- Cano
- Fundo do carregador
- Corpo do carregador
- Chapa do retém do carregador
- Mola do carregador
- Transportador
Pst 9mm Beretta

INTERVALO
Pst 9mm Beretta

FUNCIONAMENTO DA PISTOLA
Pst 9mm Beretta
FUNCIONAMENTO
A Pistola 9M975 Beretta é uma arma semi-automática. Seu princípio motor é
a utilização direta dos gases. Realiza o tiro intermitente, havendo um disparo cada
vez que é acionada a tecla do gatilho.

CICLO DE FUNCIONAMENTO
O ciclo de funcionamento da arma pode ser dividido em duas etapas distintas:
RECUO DO SISTEMA e AVANÇO DO SISTEMA.
O recuo do sistema realiza-se em virtude da ação de força expansão dos gases
originados pela queima da carga de projeção existente no cartucho, agindo no estojo e
transmitida ao ferrolho.
O avanço do sistema realiza-se em virtude da distensão da mola recuperadora.
Pst 9mm Beretta
RECUO DO SISTEMA

Durante o recuo do sistema realizam-se 07 (sete) operações, que são:

•DESTRANCAMENTO
•ABERTURA
•EXTRAÇÃO (2ª fase)
•EJEÇÃO
•TRANSPORTE
•APRESENTAÇÃO
•ENGATILHAMENTO (1ªfase)
Pst 9mm Beretta
1ª FASE –DESTRANCAMENTO:
“Saída das asas do bloco de trancamento de seus alojamentos no ferrolho”.
A pressão dos gases exercida sobre o alojamento do culote do cartucho no
FERROLHO faz com que este, juntamente com o CANO retrocedam. Isto ocorre porque
o CANO está preso ao FERROLHO, através do BLOCO DE TRANCAMENTO. Ao
recuar cerca de 7mm, o MERGULHADOR DO BLOCO DE TRANCAMENTO, que está
alojado na parte posterior do cano, bate no PLANO TRABALHADO DA ARMAÇÃO e
a sua parte anterior age no BLOCO DE TRACAMENTO, obrigando este último a gira
para baixo, baixando as ASAS que estavam em seus ALOJAMENTOS DO FERROLHO.
Pst 9mm Beretta

2ª FASE- ABERTURA : “Perda de contato do ferrolho com a câmara”.


Desfeito o sistema com o CANO, o FERROLHO passa a recuar só, perdendo o
contato com a câmara.
Início da compressão da mola recuperadora. A MOLA RECUPERADORA apoiada
na parte posterior da GUIA DA MOLA RECUPERADORA, é obrigada a comprimir-se.
Pst 9mm Beretta
3ª FASE - EXTRAÇÃO (2º FASE): “Retirada do estojo da câmara”.
A GARRA DO EXTRATOR, recuando solidária com o FERROLHO, retira o
ESTOJO DA CÂMARA.
Pst 9mm Beretta
4ª FASE : EJEÇÃO - “O estojo é lançado fora pela janela de ejeção”.
O ESTOJO, retirado da CÂMARA pelo EXTRATOR que o empolga pela direita
recebe uma pancada do DENTE DO EJETOR, por baixo e pela esquerda, sendo lançad
pela JANELA DE EJEÇÃO.
Pst 9mm Beretta
5ª FASE – TRANSPORTE : “Movimento de ascensão do cartucho”.
Ao recuar, o FERROLHO deixa de exercer pressão sobre o primeiro CARTUCHO
do CARREGADOR, este se eleva por força da distensão da MOLA DO
CARREGADOR.
Pst 9mm Beretta
6ª FASE - APRESENTAÇÃO : “Movimento final de ascensão do cartucho”.
O movimento de ascensão do CARTUCHO é limitado pelas ABAS DO
CARREGADOR, que o deixam exatamente no caminho do FERROLHO.
Pst 9mm Beretta
7ª FASE - ENGATILHAMENTO (1ª FASE) : “contato da armadilha (ponta) com o dente de
disparo do cão’.
Ao recuar, o FERROLHO obriga o cão a girar para trás ,permitindo que o DENTE DE
DISPARO se agarre à ARMADILHA, comprimindo a MOLA DO CÃO.

•Simultaneamente, o FERROLHO haje sobre o DENTE DA ARMADILHA, fazendo com que não
ocorra o DISPARO contínuo (tiro de rajada) ao pressionarmos a TECLA DO GATILHO.

Compressão da mola recuperadora


No fim do recuo do FERROLHO, com a compressão da MOLA RECUPERADORA, haverá a
energia potencial que possibilitará a fase seguinte do funcionamento que é o AVANÇO DO SISTEMA .
Pst 9mm Beretta

AVANÇO DO SISTEMA
O avanço do sistema é determinado pela distensão da MOLA RECUPERADORA e
ocorrem 06 (seis) operações do funcionamento.

As seis operações que ocorrem durante o avanço do sistema são:

ENGATILHAMENTO (2º FASE)


INTRODUÇÃO
CARREGAMENTO
FECHAMENTO
TRANCAMENTO
EXTRAÇÃO (1º FASE)
Pst 9mm Beretta
1ª FASE - ENGATILHAMENTO (2º FASE) : “Coincidência do Guia do Tirante com
sua ranhura no ferrolho”.
Com o avanço do ferrolho, há a coincidência do GUIA DO TIRANTE com a sua
ranhura no FERROLHO, possibilitando a elevação do TIRANTE impulsionado por sua
mola. Esta ação faz com que o TIRANTE fique em condições de agir sobre a
ARMADILHA, em conseqüência, a TECLA DO GATILHO fica na sua posição mais
recuada, o cão permanece à retaguarda, tendo o DENTE DE DISPARO preso pela
ARMADILHA.
Pst 9mm Beretta
2ª FASE - INTRODUÇÃO : “entrada parcial do cartucho na câmara”.
O FERROLHO empurra o CARTUCHO apresentado em direção à CÂMARA
retirando-o das ABAS DO CARREGADOR e fazendo-o subir a RAMPA DE ACESSO.
Pst 9mm Beretta

3ª FASE - CARREGAMENTO : “Cartucho introduzido totalmente na câmara”.


Levado pelo FERROLHO, o CARTUCHO é completamente introduzido na câmara.
Pst 9mm Beretta

4ª FASE - FECHAMENTO : “Ferrolho entra em contato com a câmara”.


Em seu movimento para a frente, o ferrolho encontra a parte posterior da CÂMARA
Pst 9mm Beretta
5ª FASE - TRANCAMENTO : “Abas do bloco de Trancamento entram em seus
alojamentos no ferrolho”.
Após o fechamento, FERROLHO E CANO avançam juntos; O BLOCO DE
TRANCAMENTO, neste avanço de 7mm, galga a RAMPA DE TRANCAMENTO (na
armação) fazendo com que as ASAS DO BLOCO DE TRANCAMENTO subam, se
colocando em seus ALOJAMENTOS no FERROLHO, caracterizando, desta forma, o
TRANCAMENTO.
FASE - EXTRAÇÃO (1º FASE) : “Garra do extrator empolga o culote do cartucho”.
A GARRA DO EXTRATOR, que é solidária ao FERROLHO, é forçada ligeiramente para
do, pelo CULOTE DO CARTUCHO passando a empolgá-lo.

Ação do Atirador: Após o atirador ter


acionado a TECLADO GATILHO, ocorrem
ainda, mais três operações de funcionamento:
•DESENGATILHAMENTO
•DISPARO
•PERCUSSÃO
Pst 9mm Beretta
1ª FASE - DESENGATILHAMENTO
Acionado a TECLA DO GATILHO, este faz com que o TIRANTE avance e agindo
sobre a ARMADILHA fará com que esta execute um pequeno movimento para frente,
liberando o cão, o qual não terá mais obstáculos ao seu avanço.
O semi-automatismo da arma é decorrente do trabalho do TIRANTE. A arma
somente é desengatilhada quando o TIRANTE desempenha o seu papel de transmissor de
movimento do gatilho à ARMADILHA.
Pst 9mm Beretta

2ª FASE - DISPARO
O cão liberado pela ARMADILHA e impulsionado pela mola, lança-se em direção a
cauda do percussor.
Pst 9mm Beretta
3ª FASE - PERCUSSÃO
A pancada do cão sobre o PERCUSSOR, faz com que sua ponta fira a CÁPSULA DO
CARTUCHO, ocasionando a PERCUSSÃO.
Pst 9mm Beretta

INCIDENTES DE TIRO
Pst 9mm Beretta

INCIDENTES DE TIRO

Em caso de incidente de tiro, proceder da forma abaixo:

1 - Retirar o carregador da arma;


2 - Dar dois golpes de segurança para extrair e ejetar eventual cartucho ou estojo
que esteja na arma;
3 - Examinar o interior do cano com o ferrolho puxado à retaguarda;
4 – Sanar o Incidente
5- Recolocar o carregador;
6 - Recarregar a arma;
7 - Reiniciar os disparos.

Caso a arma não reinicie seu funcionamento normal, verificar o quadro de


incidentes de tiro e verificar se alguma peça do armamento está defeituosa.
INCIDENTES DE TIRO CAUSAS CORREÇÃO

FALHA NA PERCUSSÃO -Ruptura do percussor. -Trocar a peça defeituosa.


− -Enfraquecimento da mola do cão. -Trocar a peça defeituosa.
− -Incompleto fechamento do ferrolho -Efetuar a limpeza completada arma.
por sujeira ou detritos nas guias de
deslizamento.
− -Existência de resíduo no alojamento -Efetuar a limpeza do alojamento do percusso
do percussor.
− -Cartucho defeituoso. -Repetir o tiro com o mesmo cartuch
Persistindo o defeito,retirar o cartuc
defeituoso.

-Carregador danificado. -Substituir o carregador.


-Enfraquecimento da mola do carregador. -Trocar a peça defeituosa.
-Existência de resíduos no sistema de -Efetuar a limpeza do carregador.
FALHA NO alimentação.
CARREGAMENTO -Existência de resíduos na câmara. -Efetuar a limpeza da câmara.

-Munição suja. -Substituir ou limpar os cartuchos.


-Extrator e ejetor defeituosos. -Substituir a peça defeituosa.
FALHA DE EXTRAÇÃO DE -Incompleto recuo do ferrolho. -Limpar as guias de deslizamento.
ESTOJO

-Enfraquecimento da mola recuperadora. -Substituir a peça defeituosa.


FALHA DE INTRODUÇÃO
-Peça defeituosa. -Substituir a peça defeituosa.
DO CARTUCHO
-Peça defeituosa. -Substituir a peça defeituosa.
FALHA DO DISPOSITIVO
-Existência de resíduos no dispositivo. -Limpar a peça.
DE SEGURANÇA
CONCLUSÃO

DÚVIDAS?