Você está na página 1de 8

1

Acionamentos Industriais

Aula IV
Variação de Velocidade na Máquina CC

Prof. Sidelmo M. Silva, Dr.


1
Sidelmo M. Silva, Dr.
2

Máquina CC com Excitação Independente


Considere o circuito equivalente para a maquina CC + Ra La Rf +

com excitação independente mostrado. Va ea Lf Vf

Para o circuito de armadura e de campo, podemos


- -
escrever: Ra – resistência de armadura
dia Rf – resistência de campo
Va  Ra ia  La  ea  0
dt ea - força contra-eletromotriz
La – indutância de armadura
ea  Laf i f 
Lf – indutância de campo
Laf – indutância mútua armadura-campo
Te  Laf i f ia Va – tensão de armadura
di f Vf – tensão de campo
Vf  Rf if  Lf 0 Te – conjugado eletromagnético
dt – velocidade do motor
Para operação com fluxo constante (if = cte), tem-se:

k  Laf i f Te  k ia ea  k  K – constante de conjugado (velocidade)


2
Sidelmo M. Silva, Dr.
3

Máquina CC com Excitação Independente


A equação mecânica para a operação da máquina é:
TL – conjugado de carga
d
Te  TL  J  B J– momento de inércia do sistema
dt B– coeficiente de atrito viscoso
A representação por espaço de estados é:

O diagrama em blocos é:

3
Sidelmo M. Silva, Dr.
4

Máquina CC com Excitação Independente


Exercício

Escrever as funções de transferência / Va e TL / 


Plotar as funções de transferência usando o MatLab, considerando os parâmetros para uma
máquina CC:
Va = Vf = 240V Ra = 0,6Rf = 120La = 12mH Lf = 240H

J = 1 kg m2 B = 0,02Nms Laf = 1,8H P = 5cv


Qual a freqüência no conjugado de carga que mais impacta a velocidade da máquina?

4
Sidelmo M. Silva, Dr.
5

Máquina CC com Excitação Independente


Em regime permanente, pode-se escrever: 
Va
k
Va  Ra  Ra
   Te  2  Inclinação =
k k  k2
  

T, Ia

Tensão de Armadura Variável Resistência de Armadura Variável


 

Va Va
k k

T, Ia T, Ia 5
Sidelmo M. Silva, Dr.
6

Máquina CC com Excitação Independente


Controle por Enfraquecimento de Campo
Um outro modo de se controlar a velocidade da máquina CC com excitação independente é
através do circuito de campo.
Objetivo - o aumento de velocidade sob carga reduzida.
Uma vez que a máquina é projetada para operar no limite da capacidade do circuito
magnético, a alternativa restante para o controle de velocidade é através do
enfraquecimento do campo.

Vantagem: Operação em velocidades superiores à


velocidade nominal.
Desvantagens: Aumento da corrente de armadura para
o mesmo conjugado de carga;
Aumento da reação de armadura.

6
Sidelmo M. Silva, Dr.
7

Máquina CC com Excitação Independente


No caso em que se usa controle de armadura e de campo, tem-se a seguinte característica
conjugado-velocidade para a máquina CC:

7
Sidelmo M. Silva, Dr.
8

Métodos de Partida e Frenagem da Máquina CC


Critérios de Partida/Frenagem:

Reduzir as correntes para minimizar o impacto para a rede elétrica


Garantir rapidez nos processos de partida e frenagem → produtividade
Conservação da energia → eficiência

Métodos de Partida
Partida resistiva – inclusão de resistências em série com o circuito de
armadura
Partida com tensão variável

Métodos de Frenagem

Frenagem dinâmica – remoção da tensão de armadura e inclusão de resistência


Frenagem por contra-corrente – inversão da tensão de armadura
Frenagem regenerativa – frenagem com tensão de armadura controlada
8
Sidelmo M. Silva, Dr.

Você também pode gostar